CAPS AD (Centro de atenção psicossocial para álcool e outras drogas)

O CAPS AD (CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL PARA ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS) Viva a Vida, é um serviço de saúde que proporciona atenção integral a pessoas adultas com prejuízos físicos, sociais e familiares decorrentes do consumo nocivo de álcool e outras drogas. Esse serviço pioneiro no estado do Paraná, e existe há 16 anos em nosso município.
Implantado em 2002, o CAPS AD foi formado a partir dos profissionais remanescentes do Programa de Atenção ao Alcoolismo e outras Farmacodependências, o PAFF, responsável pelo tratamento dos funcionários públicos de Maringá.
Atualmente, o Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e outras Drogas atende em média 380 pessoas por mês, entre pacientes e familiares. Realizando uma média de 2.600 ações por mês.
Os atendimentos prestados no CAPS AD são subsidiados pelo SUS através da prefeitura de Maringá.
O CAPS AD oferece tratamento ambulatorial e multiprofissional, de segunda à sexta feira, das 7:00 às 21 horas. Sua equipe conta com 5 psicólogos, 2 psiquiatras, 1 médico clínico, 4 enfermeiros, 3 técnicos e enfermagem, 1 auxiliar de enfermagem, 2 educadoras sociais, 2 terapeutas ocupacionais, 2 assistentes sociais, 1 instrutor de artes, 4 agentes administrativos, 5 auxiliares operacionais, 2 motoristas, 2 estagiários de psicologia, além do diretor que é psicólogo, todos os servidores buscam atender com excelência e agilidade dando a devida importância a cada caso e especificidade apresentada ao acolher cada um de seus pacientes. De portas abertas para quem deseja conhecer, ingressar ou buscar informações.

Contato: 3309-4505



Vício em eletrônicos

As pessoas estão se tornando dependentes das tecnologias, o que pode ocasionar vícios eletrônicos O que antes era uma preocupação apenas com os adolescentes, por ficarem horas e horas em jogos virtuais, estende-se à classe dos adultos; e o pior, até mesmo das crianças. Muitos pais, na ânsia de ter um tempo “livre” para eles, […]



Maringá ampliará para 51 vagas sociais em Comunidades Terapêuticas

MARINGÁ AMPLIARÁ PARA 51 VAGAS SOCIAIS PARA COMUNIDADES TERAPÊUTICAS A Diretoria de Políticas sobre Drogas da Secretaria de Assistência Social e Cidadania – SASC, ampliará para 51 vagas sociais para comunidades terapêuticas. Em 2016, o numero de vagas era 29 vagas, em 2017 e 2018 foi de 41 vagas, e agora, a diretoria ampliará para […]



Cuidados Paliativos

Cuidados Paliativos são os cuidados assistenciais oferecidos para todo paciente que tenha uma doença fora de possibilidades de cura (que ameace a vida) visando melhor qualidade de vida através da prevenção e alivio do sofrimento imposto pela doença. Para isso é fundamental que o paciente tenha acesso a uma equipe multidisciplinar. Essa equipe tem o […]



Qual a importância dos familiares durante o tratamento do dependente?

Quando se tem um usuário de drogas na família, é totalmente compreensível que o relacionamento entre todos fique abalado. Normalmente, o tratamento do dependente químico envolve uma série de fatores multidisciplinares e que tem muitas fases. Por isso, a consciência e o apoio da família são cruciais para o sucesso. Ao tratar um dependente químico, […]

 

Protestos contra aumento de gasolina tomam conta da França

Protestantes do colete amarelo contra o anúncio do aumento da gasolina feito por Macron continuam a tomar conta da França. Os manifestantes de colete amarelo continuaram na terça-feira, dia 4, a bloquear a rodovia que liga Paris-Bruxelas, próximo à cidade Fontaine-Notre-Dame, enquanto o governo francês se preparava para suspender os aumentos de impostos após semanas […]



Moro anuncia nomes para comandar Senad – Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas

Sergio Moro anunciou que a Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad) será comandada pelo procurador da Fazenda Nacional, Luiz Roberto Beggiora. O futuro ministro afirmou que parte da atual estrutura tem sido “negligenciada”. “A Senad tem uma função que tem sido negligenciada nos últimos tempos, que é a gestão de ativos sequestrados e confiscados […]