Em pouco mais de 24 horas, dois acidentes são registrados no mesmo local na zona sete

O acidente aconteceu no fim da tarde desta sexta-feira (22) na Rua Mario Clapier Urbinati, na zona 7, em Maringá. Uma mulher que dirigia um GM Corsa com placas de Maringá estava indo buscar o filho na creche quando atingiu um rapaz que conduzia uma bicicleta. A motorista vinha de uma rua nova para cruzar com a Rua Mario Clapier Urbinati quando o sol teria atrapalhado sua visão.

O ciclista Hallisson Souza Santos, de 20 anos, que descia a rua foi atropelado pelo automóvel. Com a queda, a vítima ficou ferida e foi socorrida por uma equipe do Samu que foi acionada até o local do acidente. De acordo com os socorristas, o ciclista sofreu lesões leves e foi encaminhado para o H.U. A motorista do Corsa nada sofreu. Na manhã da última quinta-feira (21), outro acidente aconteceu no mesmo cruzamento envolvendo um automóvel que bateu contra um poste da Copel.



Rocam prende rapaz com cinco quilos de maconha em maringá

A ROCAM do 4º Batalhão da Polícia Militar de Maringá agiu na tarde desta sexta-feira (22) na Vila Esperança. Depois de uma denúncia anônima, os policiais prenderam Felipe Rodrigues Araújo, de 18 anos, em posse de seis tabletes de maconha totalizando cinco quilos da droga. O entorpecente estava escondido no imóvel do suspeito.

Felipe foi algemado e levado para o plantão da Polícia Civil de Maringá onde foi autuado no crime de tráfico de drogas. O suspeito ficou em silêncio e não falou com a imprensa.



Advogado solicita reconstituição de crime do açougue

Está previsto para acontecer a reconstituição do crime de assassinato que aconteceu contra Adelso Donizete Ferraz, de 41 anos, que foi atingido por um tiro no peito morrendo dentro de um açougue que fica localizado na Avenida Brasil, no Maringá Velho. O crime ocorreu no dia 20 de agosto quando a vítima e a esposa se preparavam para comprar carne assada.
No dia dos fatos, o senhor Luiz Massaroto, de 61 anos, que também era cliente do estabelecimento levou um tiro no braço e sobreviveu. O autor dos tiros é Edinaldo Ferreira da Silva, de 48 anos, que continua preso na Casa de Custódia de Maringá. Edinaldo que estava no açougue teria ficado irritado com os proprietários do estabelecimento devido a demora no atendimento. Houve confusão e xingamentos no açougue.
Edinaldo entrou em sua camionete Hilux, sacou de um revólver e descarregou a arma contra uma assadeira de frangos que estava na calçada. Os tiros atingiram também os vidros do açougue e os clientes. O advogado criminal de Marialva, Israel Batista de Moura, que defende Edinaldo, solicitou ao Ministério Público que a Delegacia de Homicídios de Maringá possa fazer a reconstituição do crime.
O pedido do advogado foi acatado. O juiz da 1ª Vara Criminal, Claudio Camargo dos Santos, determinou que seja feita a reconstituição. Na tarde de quinta-feira (21), o delegado Diego Almeida, que responde pela delegacia, disse que não foi comunicado oficialmente sobre a realização da reconstituição do crime, porém, existe a necessidade de montar um esquema de segurança para levar o suspeito Edinaldo Ferreira até a cena do crime para que os trabalhos técnicos dos peritos sejam feitos com segurança.
Já o advogado Israel Batista de Moura, disse por telefone ao repórter André Almenara, que é necessário e importante a reconstituição para averiguar a trajetória dos projéteis que foram disparados pela arma de fogo de Edinaldo. O advogado alega que seu cliente tinha a intenção de atirar na assadeira de frangos e não de ferir nenhuma pessoa presente no comércio.
Na última quarta-feira (20), completou um mês do crime contra Adelso Donizete Ferraz. A esposa e filhos também estão sendo acompanhados pelo advogado criminal Marcelo Ortiz.



Advogado solicita reconstituição de crime e juiz determina que polícia faça

Está previsto para acontecer a reconstituição do crime de assassinato que aconteceu contra Adelso Donizete Ferraz, de 41 anos, que foi atingido por um tiro no peito e morreu dentro de um açougue que fica localizado na Avenida Brasil, no Maringá Velho. O crime ocorreu no dia 20 de agosto quando a vítima e a esposa se preparavam para comprar carne assada.

No dia dos fatos, o senhor Luiz Massaroto, de 61 anos, que também era cliente do estabelecimento levou um tiro no braço e sobreviveu. O autor dos tiros é Edinaldo Ferreira da Silva, de 48 anos, que continua preso na Casa de Custódia de Maringá. Edinaldo que estava no açougue teria ficado irritado com os proprietários do estabelecimento devido a demora no atendimento.

O atirador saiu, entrou na sua camionete e depois descarregou uma arma de fogo contra uma assadeira de frangos que estava na calçada. Os tiros atingiram também os vidros do açougue e os clientes. O advogado criminal de Marialva, Israel Batista de Moura, que defende Edinaldo, solicitou ao Ministério Público que a Delegacia de Homicídios de Maringá faça a reconstituição do crime.

O pedido do advogado foi aceito. Na tarde de quinta-feira (21), o delegado Diego Almeida, que responde pela D.H, disse que não foi comunicado oficialmente sobre a realização da reconstituição do crime, porém, existe a necessidade de montar um esquema de segurança para levar o suspeito Edinaldo Ferreira até a cena do crime para que os trabalhos técnicos dos peritos sejam feitos com segurança.

Na última quarta-feira (20), completou 1 mês do crime contra Adelso Donizete Ferraz.  A esposa e filhos também estão sendo defendidos pelo advogado criminal Marcelo Ortiz. 



Advogado pede reconstituição e ministério público aceita

Está previsto para acontecer a reconstituição do crime de assassinato que aconteceu contra Adelso Donizete Ferraz, de 41 anos, que foi atingido por um tiro no peito e morreu dentro de um açougue que fica localizado na Avenida Brasil, no Maringá Velho. O crime ocorreu no dia 20 de agosto quando a vítima e a esposa se preparavam para comprar carne assada.

No dia dos fatos, o senhor Luiz Massaroto, de 61 anos, que também era cliente do estabelecimento levou um tiro no braço e sobreviveu. O autor dos tiros é Edinaldo Ferreira da Silva, de 48 anos, que continua preso na Casa de Custódia de Maringá. Edinaldo que estava no açougue teria ficado irritado com os proprietários do estabelecimento devido a demora no atendimento.

O atirador saiu, entrou na sua camionete e depois descarregou uma arma de fogo contra uma assadeira de frangos que estava na calçada. Os tiros atingiram também os vidros do açougue e os clientes. O advogado criminal de Marialva, Israel Batista de Moura, que defende Edinaldo, solicitou ao Ministério Público que a Delegacia de Homicídios de Maringá faça a reconstituição do crime.

O pedido do advogado foi aceito. Na tarde de quinta-feira (21), o delegado Diego Almeida, que responde pela D.H, disse que não foi comunicado oficialmente sobre a realização da reconstituição do crime, porém, existe a necessidade de montar um esquema de segurança para levar o suspeito Edinaldo Ferreira até a cena do crime para que os trabalhos técnicos dos peritos sejam feitos com segurança.

Na última quarta-feira (20), completou 1 mês do crime contra Adelso Donizete Ferraz.  A esposa e filhos também estão sendo defendidos pelo advogado criminal Marcelo Ortiz. 



Acidente em cruzamento na vila santa izabel em maringá deixa estragos

O acidente aconteceu na tarde desta quinta-feira (21) no cruzamento das Ruas Jalbas Rodrigues Alves com Pioneiro Virgílio Acvelino Cardoso, na Vila Santa Izabel, em Maringá. A colisão envolveu uma VW Kombi com placas de Loanda e um Toyota Corolla com placas de São Jorge do Patrocínio. Depois da batida entre os dois veículos, a Kombi tombou e ainda bateu contra um poste de energia elétrica da Copel. Nenhum dos motoristas se feriu no acidente.

Moradores do bairro O cruzamento já foi palco de inúmeros acidentes com capotamento e pessoas presas em ferragens. É o segundo acidente grave do dia envolvendo automóveis e postes de energia. A colisão entre um automóvel e poste ocorreu no início da manhã na Rua Mario Clapier Urbinati, na zona 7. 



Adolescente suspeito de matar uma pessoa e de ferir outras duas é detido em paiçandu

Depois de um trabalho de inteligência e investigação, a Polícia Civil de Paiçandu cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa de um adolescente de 17 anos que mora no Conjunto Bela Vista ll. Durante as buscas, os policiais 69 gramas de crack, 6 munições de calibre 38, 9 munições de calibre .40, um carregador de pistola calibre 9mm e mais de 1.100,00 reais em dinheiro.

O menor é suspeito de ter baleado três jovens na noite do dia 30 do mês passado na Rua Francisco José Net, no Jardim Novo Horizonte, em Paiçandu. As vítimas Alan Cavalcante Maia, de 18 anos,  Alan Abreu de Garcia, de 26, e Patrick Henrique Ribeiro, de 22 anos, estavam na garagem de uma casa quando foram atingidos por vários tiros. 

Alan Garcia foi ferido por um tiro de raspão na cabeça e outro nas nádegas. Alan Maia foi atingido na coxa esquerda e um tiro no pé. Patrick foi ferido no pé e procurou atendimento horas depois em Paiçandu. No dia 2 de setembro, Patrick Henrique foi assassinado com cinco tiros em sua casa que fica no Jardim Novo Horizonte.

Os dois jovens que sobreviveram foram ouvidos na delegacia e apontam o adolescente de ser o atirador. Na tarde desta quinta-feira (21), o adolescente acompanhado de seu advogado negou em depoimento ser responsável pelos tiros causados nas vítimas. De acordo com a Polícia Civil de Paiçandu, o menor é ainda suspeito de ter participação na dupla tentativa de assassinato que ocorreu na manhã desta quinta-feira no Jardim Universo em Maringá.

As vítimas que foram baleadas são moradoras de Paiçandu. 



Denarc prende jovem com drogas no conjunto bertioga em maringá

A Divisão Estadual de Narcóticos de Maringá (Denarc), realizou a prisão de Bruno Vieira Lisboa, de 21 anos, suspeito de cometer tráfico de drogas. Depois de denúncias, os policiais da Denarc deslocaram até a Rua Pioneiro Henrique Alves de Souza, no Conjunto Bertioga, onde apreenderam drogas diversas na residência.

No imóvel havia 860 gramas de maconha, 120 gramas de crack, 24 gramas de cocaína e uma balança de precisão. No momento da abordagem havia outros rapazes na casa que também foram levados para a sede da Denarc onde foram ouvidos e liberados na sequência. Bruno Lisboa foi autuado no crime de tráfico de drogas. Outros suspeitos estão sendo monitorados pela Denarc de Maringá.



Suspeito de matar três pessoas e ferir outras duas em sarandi está sendo procurado pela polícia

A Delegacia da Polícia Civil de Sarandi pede ajuda da comunidade para localizar Marcos Paulo Leite da Silva, de 20 anos, o vulgo “Nego Fi”, que é suspeito de uma série de crimes violentos na cidade. De acordo com o delegado Adão Rodrigues, o rapaz é suspeito de três homicídios e uma dupla tentativa de homicídio. O primeiro crime que Marcos Paulo teria cometido foi no dia 13 de maio no Jardim Castelo contra um casal de adolescentes.

As vítimas foram feridas e sobreviveram. A partir desse crime, um mandado de prisão temporária foi decretado. Nas investigações, Marcos Paulo é suspeito de ter matado um rapaz de 29 anos no Jardim Monterey no dia 23 de junho. Quatro dias depois, outro assassinato foi registrado na cidade de Sarandi com as mesmas características.

Um rapaz de 24 anos foi morto com vários tiros no Jardim Floresta. O crime de assassinato mais recente foi no dia 9 de setembro contra Ricardo Aparecido Fernandes, de de 28 anos, o vulgo “Presença”, que foi executado com mais de 15 tiros no Jardim das Torres. Em todos os crimes cometidos pelo suspeito foram usadas motocicletas e um automóvel. A Polícia Civil de Sarandi recebeu uma informação que o suspeito possa estar escondido em Londrina. Denúncias podem ser feitas no 190 ou 181 da Polícia Militar. 



Dois rapazes de paiçandu são baleados em maringá

A dupla tentativa de homicídio aconteceu na manhã desta quinta-feira (21) na Rua José Vicente da Silva, esquina com a Rua Universo, no Jardim Universo, em Maringá. Dois rapazes moradores dos bairros Catedral e Paulista da cidade de Paiçandu estavam trabalhando como pedreiros em uma obra quando foram atingidos por tiros.

Valdeir Ribeiro Vieira, de 30 anos, foi ferido na perna por um tiro que fraturou o fêmur. Já Douglas Roberto de Oliveira, de 25 anos, foi baleado no braço e ombro. Funcionários da obra colocaram Douglas em um automóvel e encaminharam o ferido para a Upa Zona Sul onde recebeu os primeiros atendimentos. Uma ambulância do Siate com apoio do médico do Samu prestaram atendimento ao Valdeir que está hospitalizado no Metropolitano de Sarandi.

De acordo com policiais civis da Delegacia de Homicídios, os tiros seriam para acertar apenas Douglas Roberto. Como Valdeir estava próximo também foi baledo. Douglas Roberto já consta com passagens pela delegacia por crime de tráfico de drogas. A polícia quer saber o motivo e quem são os atiradores para poder pedir a prisão dos suspeitos.