Pedreiro é internado em estado grave depois de sofrer queda de andaime

O acidente de trabalho foi registrado no fim da manhã na Rua Dallas, no Jardim Canadá ll, em Paiçandu. Um pedreiro que fazia um trabalho na casa de terceiros sofreu uma queda de 2 metros de altura de um andaime. Israel Monteiro de Souza, de 51 anos, ficou gravemente ferido após o andaime ceder. A dona do imóvel imediatamente pediu socorro ao Corpo de Bombeiros de Maringá. 

Uma ambulância do Samu com apoio de um médico e enfermeira deslocaram ao endereço. Depois de ser avaliada e socorrida, a vítima foi transportada para o Hospital Metropolitano de Sarandi. No trajeto, o médico pediu para a ambulância encostar para realizar a entubação no homem que apresentou uma piora no quadro de saúde. 

De acordo com a equipe médica do Samu, o pedreiro deu entrada no pronto socorro do hospital inconsciente e com um trauma grave no crânio. 



Motorista fica ferido em capotamento na rodovia de munhoz de mello

O acidente aconteceu no final da tarde de quarta-feira (14) na rodovia PR-317 próximo do trevo da cidade de Munhoz de Mello. O condutor de 36 anos que dirigia uma VW Saveiro perdeu o controle do veículo e acabou capotando. No momento do acidente chovia e a pista estava bem molhada. Uma ambulância da cidade prestou atendimento e o rapaz foi socorrido com ferimentos leves e encaminhado para o hospital.

A Polícia Rodoviária Estadual do posto de Iguaraçu informou que o capotamento da Saveiro foi bem próximo de onde aconteceu a tragédia do último final de semana quando um Azera bateu de frente contra um Uno matando cinco pessoas. 



Mulher morre de acidente na rodovia pr-317 em maringá

A jovem Pâmela Gabriela Alves Firmindo, de 18 anos, morreu de acidente de carro na noite de quarta-feira (14) na rodovia PR-317, próximo da rotatória do Posto 1500, em Maringá. Pâmela estava com o namorado em um automóvel GM Celta quando o veículo capotou. Infelizmente com a batida a jovem de 18 anos morreu na hora. O condutor do carro identificado por João Paulo Busquim, de 19 anos, sofreu ferimentos e foi encaminhado para o hospital. 

De acordo com informações dos socorristas da Viapar, a passageira não utilizada cinto de segurança pois seu corpo foi arrastado no asfalto devido ao capotamento. A Polícia Rodoviária Estadual esteve registrando o boletim de acidente. As causas do acidente serão apuradas pelo Instituto de Criminalística que esteve no local fotografando o carro. 

O corpo de Pâmela Gabriela foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Maringá.



Restos mortais são encontrados em terreno na vila operária

A Polícia Civil de Maringá pediu apoio da Secretaria de Serviços Públicos (Semusp) para realizar uma escavação em um terreno na Travessa Barroso, Vila Operária. Depois do uso de maquinário e de homens com enxadas, os policiais encontraram ossos de um humano. Há muitos anos o local foi usado por usuários de drogas em uma casa que havia no quintal. De acordo com a polícia, o imóvel foi destruído há alguns anos pelo proprietário do terreno. 

Uma equipe de peritos criminais foi chamada ao local para fotografar os ossos. Os policiais estão em busca de localizar o crânio e a arcada dentária. Os restos mortais serão encaminhados para o Instituto Médico Legal de Maringá. 



Mulher que sobreviveu no acidente trágico do contorno sul continua na uti

Bruna Fernandes, de 18 anos, é a jovem que sobreviveu do acidente do Contorno Sul que resultou na morte do seu pai, o senhor José Carlos Neves de Paula, de 36 anos, e do outro motociclista, Mateus Real dos Santos, de 27 anos. Bruna continua internada em coma na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Casa de Maringá. De acordo com familiares, a jovem já passou por uma cirurgia. Já a equipe de enfermagem confirma que a paciente está evoluindo.

Bruna Fernandes estava na garupa do pai quando foram atingidos pela Montana que já tinha atropelado e matado o primeiro motociclista. O pai de Bruna também morreu na hora. A jovem foi socorrida por equipes do Siate, Samu e Salvar. A família de Bruna pede muita oração para a jovem se recuperar dos ferimentos..



Ação da polícia militar em maringá, sarandi e paiçandu aborda mais de cem pessoas

Após um dia todo com instruções de técnicas e táticas de nivelamento, os policiais militares do Pelotão de Choque e Canil, grupos de Rotam e Rocam de toda a área do 4º Batalhão, realizaram uma operação policial militar nas cidades de Maringá, Sarandi e Paiçandu. Os policiais se reuniram no centro da cidade para ajustar os pontos que seriam importantes para a realização de abordagens.

O objetivo da Operação VIRIBUS – que em Latin significa FORÇA, era aumentar a visibilidade das equipes e aplicar todo o conhecimento adquirido ao longo do dia. As equipes realizaram policiamento presença nas cidades e abordagens em busca de pessoas armadas ou procuradas pela justiça, bem como armas, drogas, veículos com queixas de furto ou roubo.

Toda a avenida Colombo foi policiada no início da operação, anunciando à população que ali passou, que a força policial especializada estava nas ruas. O resultado direto foi sentido na eficiência da prevenção, pois apesar de resultar em 12 bares vistoriados, 106 pessoas abordadas, 27 motos e 22 carros vistoriados, nada de ilícito foi encontrado nos três municípios durante a ação policial.

A prevenção efetiva é uma preocupação direta do comando do 4º Batalhão. O tenente-coronel, Ademar Paschoal, Comandante da PM, quer ver seu efetivo 24 horas patrulhando para oferecer mais segurança para a população. A Polícia Militar continua pedindo para que a comunidade utilize o 181 para denunciar o tráfico de drogas e outros crimes praticados por marginais. 



Motociclista que morreu no contorno sul seria pai nos próximos dias

A tragédia que aconteceu no domingo passado no Contorno Sul em Maringá abalou duas famílias. Dois motociclistas morreram em um acidente que foi provocado por um motorista de uma Montana. Uma das vítimas era moradora do Jardim Independência, em Sarandi. Mateus Real dos Santos, de 27 anos, que pilotava a CBX Strada foi o primeiro a ser atropelado pelo veículo. 

Mateus trabalhava por conta como jardineiro. Casado com Patrícia, Mateus seria pai pela primeira vez. A esposa está grávida de 9 meses. Um casal simples que tinha muitos sonhos, um deles de construir uma família juntos. O sonho foi interrompido no domingo. De acordo com familiares, Mateus chegou a almoçar com a esposa no domingo. No período da tarde, aconteceu um chá de bebê na casa do casal. Como só havia mulheres, Mateus disse que sairia de moto e depois retornaria para sua casa.

Foi na saída com sua motocicleta que a tragédia aconteceu. A família já velou e sepultou o corpo de Mateus Real. A esposa que já tem um filho de um outro relacionamento está desesperada e em estado de choque pois o filho que carrega vai nascer daqui alguns dias sem a presença do pai. Força Patrícia. Sua missão agora será de pai e mãe. 



Homem baleado no itaparica pode ter sido morto por engano

A Delegacia de Homicídios de Maringá suspeita que o crime de assassinato contra Luis Carlos Ribeiro, de 32 anos, foi por engano. A morte de Luis Carlos aconteceu na noite da última sexta-feira (9) na Rua Almerinda Silveira Coelho, no Conjunto Itaparica. A primeira informação que os policiais receberam na cena do crime era que a vítima tinha tentado separar uma briga.

Na manhã desta segunda-feira (12), a D.H recebeu duas pessoas que foram ouvidas pelos investigadores. A versão apresentada para a polícia dá conta que ocorreu uma confusão de algumas pessoas com um mendigo que estaria embriagado causando um desconforto nos moradores. Luis Carlos por sua vez não teria nenhum elvolvimento com as pessoas, mas quando os atiradores passaram pela rua efetuando disparos acabou atingindo a vítima que morreu. 

O repórter André Almenara gravou uma entrevista com o delegado titular da Delegacia de Homicídios. Veja abaixo o vídeo.

 



Motorista embriagado que provocou acidente no centro é colocado em liberdade

Lucas Leonardo Neves, de 21 anos, que provocou um acidente no domingo (11) na Avenida Tiradentes, em Maringá, conseguiu sair da prisão por uma decisão da justiça. O jovem que é morador da cidade de Foz do Iguaçu veio a Maringá para participar de uma festa quando se envolveu em uma batida na Avenida Paraná, esquina com Tiradentes. O condutor do VW Golf que descia a Avenida Paraná realizou uma conversão para mudar de pista quando atingiu um Nissan Versa.

O motorista do Nissa até tentou evitar a batida mas não foi possível, o carro dele tombou. O condutor não se feriu, mas a mulher que estava como passageira foi socorrida com ferimentos leves. Lucas chegou a fugir do local mas foi abordado por equipes da Polícia Militar. O resultado do bafômetro no motorista do Golf acusou 0,52 mg/l de álcool no sangue. Lucas Leonardo foi detido e conduzido para a delegacia da Polícia Civil de Maringá.

Na manhã desta segunda-feira (12), o delegado Laércio Fahur, que autuou o rapaz em flagrante, disse que o motorista confessou que não possui carteira de habilitação, e que tinha ingerido cerveja. Lucas Leonardo informou em seu depoimento que os policiais agiram com truculência no momento da abordagem, e que forçado a fazer o bafômetro. Sobre fugir do local, o motorista informou que saiu por causa da grande aglomeração de pessoas que ali estavam.

Um Juiz de plantão analisou o caso e colocou o condutor do Golf em liberdade no mesmo dia de sua prisão. O motorista entrou em contato com o repórter André Almenara na manhã de hoje pedindo para que imediatamente sua foto fosse retirada do site. Caso não fosse, o repórter sofreria ação na justiça. 



Motorista da montana que matou dois motociclistas estava com a cnh cassada

Igor Gabriel dos Santos, de 20 anos, condutor da Chevrolet Montana, está preso no setor de carceragem da Polícia Civil de Maringá. Igor atropelou e matou dois motociclistas em um acidente na tarde de domingo (11) no Contorno Sul. O jovem estava acompanhado do pai, Marcelo Aparecido Gonçalves, de 41 anos. O condutor da Montana que descia a avenida Sincler Sambatti colidiu contra a traseira de uma moto CBX Strada. O piloto da moto morreu na hora. 

Desgovernada, a Montana invadiu a pista contrária e bateu de frente contra uma moto Honda Twister. O piloto da moto José Carlos Neves de Paula, de 36 anos, morreu na hora. A filha que estava na garupa, Bruna Fernandes, de 18 anos, foi levada para o Hospital Santa Casa em estado gravíssimo. A caminete Montana ainda ficou tombada. Durante o socorro, a polícia acreditava que o motorista da Montana pudesse ser Marcelo e não o filho.

Depois que a PM compareceu no hospital é que ficou sabendo que o condutor era Igor Gabriel. Foi realizado o teste do etilômetro no rapaz. O resultado apresentado pela equipe de trânsito foi de 0,32 mg/l de álcool no sangue do rapaz. Igor recebeu alta do hospital e foi detido. O delegado Laércio Fahur, que estava de plantão, autuou o motorista em duplo homicídio com dolo eventual, ou seja, o motorista não tinha a intenção de provocar o acidente, mas assumiu o risco.

A Polícia Civil ainda apurou que a carteira de habilitação de Igor estava cassada. De acordo com o delegado, o jovem que recentemente tirou a CNH já cometeu diversas infrações de trânsito. Igor Gabriel que está preso poderá ser julgado em uma sessão de júri popular pela morte dos dois motociclistas. O primeiro motociclista que morreu foi encaminhado para o IML sem identificação. Na manhã desta segunda-feira (12) familiares informaram que o nome do rapaz era Mateus Real dos Santos, de 27 anos, morador de Sarandi.