Futebol Feminino



Vadão convoca o Brasil com Marta, Cristiane e Formiga

JUAREZ-FIRMINOMantido no comando da Seleção Brasileira feminina de futebol apesar de não ter conquistado uma medalha nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o técnico Vadão divulgou a sua primeira convocação para um amistoso após a realização do evento. A relação para a partida contra a França, em 16 de setembro, em Grenoble, é bem semelhante àquela das Olimpíadas, inclusive com a presença de atletas veteranas.

A meia-atacante Marta, de 30 anos, a atacante Cristiane, de 31, e a volante Formiga, de 38, defenderão novamente a Seleção Brasileira. Depois da derrota para o Canadá na disputa pela medalha de bronze olímpica, em Itaquera, as três se mostraram muito emocionadas e colocaram em dúvida a participação na próxima edição dos Jogos, em 2020, no Japão.

Em relação às Olimpíadas do Rio, o Brasil não terá a zagueira Bruna Benites, que esteve no torneio, diante da França. A lateral Camila e as atacantes Darlene e Thaís Guedes, lembradas como suplentes nos Jogos, foram convocadas por Vadão para o amistoso.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda estuda a melhor maneira de reformular o seu projeto de uma Seleção feminina permanente, criado no princípio de 2015. A tendência é de que a fórmula passe a ser direcionada às categorias de base.

Confira a convocação da Seleção feminina:

Goleias
Bárbara (Seleção permanente)
Aline (Seleção permanente)

Laterais
Fabiana (Dalian Quanjian-CHI)
Tamires (Fortuna Hjorring-DIN)
Poliana (Houston Dash-EUA)
Camila (Corinthians)

Zagueiras
Mônica (Orlando City-EUA)
Rafaelle (Changchun Volkswagen-CHI)
Érika (Paris Saint-Germain-FRA)

Volantes
Thaisa (Corinthians)
Formiga (Seleção permanente)

Meias
Marta (Rosengard-SUE)
Andressinha (Houston Dash-EUA)
Thaís Guedes (Hyundai Steel Red Angels-COR)

Atacantes
Bia (Hyundai Steel Red Angels-COR)
Andressa Alves (Barcelona-ESP)
Cristiane (Paris Saint-Germain-FRA)
Debinha (Dalian Quanjian-CHI)
Raquel (Changchun Volkswagen-CHI)
Darlene (Changchun Volkswagen-CHI)

Comente aqui


Alemanha vence Suécia e conquista medalha de ouro no futebol feminino

Don Karekone Lanches

Don Karekone Lanches

A Alemanha é campeã olímpica no futebol feminino. Nesta sexta-feira, as alemãs enfrentaram a Suécia, no Maracanã, na grande final da disputa nos Jogos Olímpicos Rio 2016, e conseguiram garantir a medalha de ouro diante das algozes das brasileiras com uma vitória por 2 a 1.

Comente aqui


Seleção Brasileira feminina busca prêmio de consolação contra o Canadá

JUAREZ-FIRMINOJuntando os cacos após ser eliminada pela Suécia nos pênaltis, nas semifinais dos Jogos Olímpicos, a Seleção Brasileira buscará a medalha de bronze no torneio feminino de futebol contra o Canadá, a partir das 13 horas (de Brasília) desta sexta-feira, em Itaquera. As canadenses perderam para a Alemanha.

A Seleção feminina já conseguiu duas medalhas na história dos Jogos Olímpicos, a prata em 2004 e em 2008, nas duas ocasiões perdendo para os Estados Unidos na final. Já as canadenses jamais nem sequer decidiram o bronze.

Caso a partida desta sexta-feira termine empatada no tempo regulamentar acontecerá uma prorrogação de 30 minutos. Persistindo a igualdade, o classificado será conhecido nas cobranças de pênaltis.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X CANADÁ

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 19 de agosto de 2016, sexta-feira
Horário: 13 horas (de Brasília)
Árbitra: Teodora Albon (Romênia)
Assistentes: Petruta Iugulescu (Romênia) e Maria Sukenikova (Eslováquia)

BRASIL: Bárbara; Poliana, Rafaelle, Mônica e Tamires; Thaisa, Formiga e Marta; Debinha, Cristiane e Beatriz
Técnico: Vadão

CANADÁ: Stephanie Labbe; Shelina Zadorsky, Rhian Wilkinson, Josee Belanger e Ashley Lawrence; Desiree Scott, Sophie Schmidt e Jessie Fleming; Melissa Tancredi, Christine Sinclair e Janine Beckie
Técnico: John Herdman

Comente aqui


Suécia e Alemanha decidem a medalha de ouro no futebol feminino

samuaraSuécia e Alemanha decidem a medalha de ouro do torneio de futebol feminino dos Jogos Olímpicos de 2016 nesta sexta-feira, às 17h30 (de Brasília), no Maracanã. As suecas surpreenderam ao eliminar a Seleção Brasileira nos pênaltis após empate sem gols. O time já havia despachado a favorita equipe dos Estados Unidos também nas penalidades. Já as alemãs bateram o Canadá com mais facilidade: 2 a 0.

Caso a partida desta sexta-feira termine empatada no tempo regulamentar, ocorrerá uma prorrogação de 30 minutos. Persistindo a igualdade, o classificado será conhecido nas cobranças de pênaltis.

Curiosamente a Alemanha já ganhou três medalhas olímpicas, todas de bronze, em 2000, 2004 e 2008. Já as suecas jamais ganharam uma medalha olímpica em sua história.

FICHA TÉCNICA
SUÉCIA X ALEMANHA

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19 de agosto de 2016, sexta-feira
Horário: 17h30 (de Brasília)
Árbitra: Carol Anne Chenard (Canadá)
Assistentes: Marie-Josee Charbonneau e Suzanne Morisset (ambas do Canadá)

SUÉCIA: Hedvig Lindahl; Linda Sembrant, Nilla Fischer e Jessica Samuelsson; Elin Rubensson, Lisa Dahlkvist, Kosovare Asllani, Emilia Appelqvist e Caroline Senger; Lotta Schelin, Stina Blackstenius
Técnica: Pia Sundhage

ALEMANHA: Almuth Schul; Saskia Bartusiak, Leonie Maier, Annike Krahn e Tabea Kemme; Sara Daebritz, Melanie Behringer e Melanie Leupolz; Anja Mittag, Alexandra Popp e Dzsenifer Marozsan
Técnica: Silvia Neid

Comente aqui


Nos pênaltis, Brasil perde para a Suécia e vai disputar a medalha de bronze

A Seleção Brasileira não tem mais chances de levar o ouro no futebol feminino. Nesta terça-feira, após empate por 0 a 0, as comandadas de Oswaldo Alvarez caíram nos pênaltis para a Suécia, por 4 a 3, e agora só podem chegar ao bronze nos Jogos Olímpicos.

Após dominar a partida, mas não conseguir o gol, o time brasileiro perdeu dois pênaltis, com Cristiane e Andressinha. As europeias perderam apenas uma cobrança, vencendo por 4 a 3, e eliminando o time brasileiro.

A disputa da medalha de ouro acontece na próxima sexta-feira, às 17h30 (de Brasília). Mais cedo, às 13 horas, a Seleção decidirá o terceiro lugar, para buscar o bronze, contra a perdedora da partida entre Canadá e Alemanha, que acontece ainda nesta terça-feira, às 16 horas (de Brasília).

Comente aqui


Após goleada na fase de grupos, Brasil reencontra Suécia na semifinal

JUAREZ-FIRMINODepois de fazer um jogo emocionante no empate sem gols com a Austrália, eliminado a rival nas cobranças de pênaltis, a Seleção Brasileira feminina de futebol reencontra a Suécia nesta terça-feira, às 13h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pelas semifinais dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Na fase de grupos, as canarinhas golearam as europeias por 5 a 1 com enorme facilidade. Porém, agora terão pela frente uma rival com a auto-estima em alta. Isto porque as suecas despacharam o grande favorito ao ouro, Estados Unidos, nas quartas de final também nas penalidades, após empate por 1 a 1.

Canadá e Alemanha fazem a outra semifinal – Quem se classificar entre Brasil e Suécia irá decidir a medalha de ouro contra a vitoriosa da outra semifinal, entre Canadá e Alemanha, que jogam às 16h(de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). As canadenses venceram a França por 1 a 0 nas quartas de final, mesmo placar com que as alemães despacharam a China.

As duas seleções já se enfrentaram na fase de grupos e as canadenses se sobressaíram diante das alemãs, vencendo pelo placar de 2 a 1. O Canadá, inclusive, teve também a melhor campanha do Grupo F, se classificando na primeira posição com 100% de aproveitamento, enquanto a Alemanha teve dificuldades e garantiu vaga na segunda colocação, com apenas quatro pontos.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X SUÉCIA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de agosto de 2016 (Terça-feira)
Horário: 13h(de Brasília)
Árbitro: não divulgado pela organização

BRASIL: Bárbara, Fabiana (Poliana), Rafaelle, Mônica e Tamires; Thaisa, Formiga e Marta; Andressa Alves, Débora e Beatriz
Técnico: Vadão

SUÉCIA: Hedvig Lindahl, Linda Sembrant, Nilla Fischer e Jessica Samuelsson; Lisa Dahlkvist, Caroline Seger, Elin Rubensson, Kosovare Asllani e Sofia Jakobsson; Lotta Schelin e Fridolina Rolfo
Técnico: Pia Sundhage

Comente aqui


Alemanha sofre, mas supera China e encara Canadá nas semifinais dos Jogos

logo-multi1As  alemãs entraram em campo na Arena Fonte Nova nesta sexta-feira e não tiveram vida fácil. Enfrentando uma aguerrida seleção da China, as bicampeãs mundiais não conseguiram apresentar um grande futebol, mas contaram com gol de Melanie Behringer, somente na segunda etapa, para garantirem a vitória e classificação para as semifinais do futebol feminino nos Jogos Olímpicos.

Pela próxima fase, a Alemanha encara a seleção do Canadá, que enfrentou a França, também nesta noite, e garantiu a classificação com a contagem mínima. Em duelo realizado na Arena Corinthians, Sophie Schidmit foi responsável por anotar o gol que garantiu vaga canadense nas semifinais.

O embate entre as alemãs e as canadenses será disputado na próxima terça-feira, às 16h.

Comente aqui
 

RIO 2016: Após última rodada, duelos das quartas do Futebol Feminino são definidos

logo-multi1A última rodada da fase de grupos do Futebol Feminino dosJogos Olímpicos foi realizada toda nesta terça-feira. Brasil e Estados Unidos entraram em campo classificados e ganharam as companhias de Canadá, Alemanha, França, China, Suécia e Austrália. Com isso, os confrontos das quartas de final foram definidos. Os quatro jogos serão realizados nesta sexta-feira.

Confira os resultados da 3ª rodada
Alemanha
1
x
2
Canadá
Austrália
6
x
1
Zimbabwe
Colômbia
2
x
2
Estados Unidos
Nova Zelândia
0
x
3
França
Africa do Sul
0
x
0
Brasil
China
0
x
0
Suécia

CONFIRA OS CONFRONTOS DAS QUARTAS

Sexta-feira
13 horas – Mané Garrincha, em Brasília
Estados Unidos x Suécia

16 horas – Arena Fonte Nova, em Salvador
China x Alemanha

19 horas – Arena Corinthians, em São Paulo
Canadá X França

22 horas – Mineirão, em Belo Horizonte
Brasil x Austrália

Comente aqui


Brasil fica no zero com a África do Sul, mas garante liderança do Grupo E

logo-multi1A Seleção Brasileira de futebol feminino teve seu primeiro empate nas Olimpíadas. Com um time misto por já ter garantido a classificação, o Brasil parou na barreira defensiva imposta pela África do Sul, na Arena da Amazônia, e ficou no 0 a 0, no último jogo válido pelo Grupo E do torneio.

Mesmo com o resultado, a Seleção Brasileira garantiu o primeiro lugar do Grupo E das Olimpíadas, com sete pontos na tabela.

Com isso, o Brasil terá como adversário nas quartas de final a Austrália, em jogo a ser realizado na próxima sexta-feira, às 22h (de Brasília), no Mineirão.

Comente aqui