Rio 2016



Maicon Siqueira derrota britânico e conquista o bronze no taekwondo

Maicon Siqueira é o mais novo medalhista olímpico do Brasil. O taekwondista conquistou o bronze, neste sábado, ao derrotar o britânico Mahama Cho, por 5 a 4, na categoria acima de 80kg dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Esta é a segunda medalha do taekwondo brasileiro na história das Olimpíadas. A última vez que um lutador verde e amarelo chegou tão longe foi em Pequim 2008, quando Natália Falavigna faturou o bronze na categoria acima de 67kg.

Rio 2016
Comente aqui


Brasil vence Alemanha nos pênaltis e conquista me dalha de Ouro

 Foi exatamente como tinha que ser. Nas cobranças de pênalti após um empate por 1 a 1 no tempo normal, o Brasil bateu a Alemanha dentro do Maracanã e levou a primeira medalha de ouro na história dos Jogos Olímpicos. Neymar, mesmo após todas as críticas da imprensa, marcou de falta no primeiro tempo e ainda consagrou na última cobrança de pênalti, após erro de Petersen. A festa no estádio durou até mesmo após o apito final. Na disputa pela medalha de bronze, Nigéria venceu Honduras, por 3 a 2.

Comente aqui


Diante da forte defesa espanhola, polo masculino termina em 8º no Rio 2016

A Seleção Brasileira masculina de polo aquático entrou na água neste sábado para a disputa do sétimo lugar contra a Espanha. Em um confronto equilibrado, o time verde e amarelo dificultou a vida dos rivais europeus, mas não conseguiu conter o poder ofensivo da equipe espanhola e com isso teve de se despediu do Rio 2016 com a derrota por 9 a 8, e consequentemente o oitavo lugar no torneio.

Rio 2016
Comente aqui


Brasil busca ouro em final dos sonhos contra Alemanha

logo-multi1Pouco mais de dois anos depois da vexatória goleada de 7 a 1 sofrida para a Alemanha nas semifinais da Copa do Mundo de 2014, a Seleção Brasileira reencontra a Alemanha em uma decisão dos sonhos. Em jogo, neste sábado, às 17h30 (de Brasília), no Maracanã, a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Prata em 1984, 1988 e 2012, a Seleção Brasileira terá que superar a Alemanha e o clima de revanche para enfim ganhar o tão sonhado troféu. O time está embalado pela goleada de 6 a 0 aplicada em Honduras nas semifinais, enquanto que os alemães bateram a Nigéria por 2 a 0. A Alemanha também nunca conquistou o ouro.

Comente aqui


Honduras e Nigéria decidem terceiro lugar

PREPARA-CURSOSHonduras e Nigéria se enfrentam neste sábado, às 13 horas (de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte, pela disputa da medalha de bronze do torneio masculino de futebol dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Os hondurenhos foram atropelados pela Seleção Brasileira nas semifinais por 6 a 0, enquanto que os nigerianos caíram por 2 a 0 para a Alemanha.

Comente aqui


Com mais uma prata, Isaquias bate recorde brasileiro de medalhas

samuaraMais uma vez, Isaquias Queiroz anotou seu nome na história do esporte olímpico brasileiro. Na manhã deste sábado – penúltimo dia de Jogos Olímpicos – o baiano de Ubaitaba conquistou mais uma prata na canoagem velocidade e chegou a três medalhas em uma única edição das Olimpíadas, sendo o primeiro brasileiro a conseguir tal fato.

O jovem de 22 anos agora ultrapassa nomes como Gustavo Borges (prata e bronze em Atlanta 1996) e Cesar Cielo (ouro e bronze em Pequim 2008), da natação, e Guilherme Paraense (ouro e bronze) e Afrânio da Costa (prata e bronze), ambos nos Jogos da Antuérpia 1920.

Isaquias é um dos principais nomes do esporte atualmente, já tendo sido três vezes campeão mundial – no C1 500m em 2013 e 2014 e no C2 1.000m em 2015. O canoísta também foi campeão nos 1.000m e 200m do C1 no Pan-Americano de Toronto 2015.

As três medalhas conquistadas – prata no C1 e C2 1.000m e bronze no C1 200m – também foram as primeiras do Brasil na história da canoagem olímpica. Com a prata da dupla e as duas medalhas garantidas no vôlei de quadra masculino e no futebol masculino, o Brasil já garante 18 no quadro geral e conquista sua melhor participação em Olimpíadas, ultrapassando as 17 de Londres 2012.

Rio 2016
Comente aqui


Brasil se vinga da Rússia e reedita final olímpica diante da Itália no domingo

MAIS-EMPREGOSO Brasil está na final da disputa do vôlei masculino. Nesta sexta-feira, no Maracanãzinho, a seleção brasileira se vingou da Rússia, algoz dos Jogos Olímpicos de Londres, e venceu a partida por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/20 e 25/17, garantindo classificação para a grande decisão da competição.

Com a vaga carimbada na final, o Brasil terá como adversário a Itália, reeditando a decisão olímpica de Atenas 2004, último título conquistado pelo vôlei masculino nos Jogos Olímpicos. Nas últimas duas Olimpíadas, a seleção brasileira foi vice-campeã, perdendo para os Estados Unidos em Pequim 2008 e para a Rússia em Londres 2012.

Rio 2016
Comente aqui


Em prova que deve marcar despedida, Bolt conquista nono ouro em Olimpíadas

JUAREZ-FIRMINOUsain Bolt conseguiu chegar ao objetivo traçado em sua vinda aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Nesta sexta-feira, no Estádio Olímpico, o velocista conquistou seu terceiro tricampeonato em Olimpíadas ao ficar com a medalha de ouro no revezamento 4x100m junto de seus companheiros da Jamaica.

Com o resultado, Usain Bolt se igualou a outros quatro atletas como o segundo que mais conquistou medalhas de ouro na história das Olimpíadas, com nove. O único que supera o jamaicano é o fenômeno da natação norte-americana, Michael Phelps, que possui 23.

Rio 2016
Comente aqui


Alemanha vence Suécia e conquista medalha de ouro no futebol feminino

Don Karekone Lanches

Don Karekone Lanches

A Alemanha é campeã olímpica no futebol feminino. Nesta sexta-feira, as alemãs enfrentaram a Suécia, no Maracanã, na grande final da disputa nos Jogos Olímpicos Rio 2016, e conseguiram garantir a medalha de ouro diante das algozes das brasileiras com uma vitória por 2 a 1.

Comente aqui


Brasil perde para o Canadá e fica sem medalha no futebol feminino

logo-multi1Após encantar os torcedores no início do torneio de futebol feminino dos Jogos Olímpicos, com direitos a gritos de “Marta” em jogos da equipe masculina, a Seleção Brasileira despediu-se da competição sem medalha. No início da tarde desta sexta-feira, em Itaquera, o time de Vadão voltou a mostrar ineficácia no ataque, pecou na defesa e acabou derrotado por 2 a 1 (gols de Rose e Sinclair; Beatriz descontou) pelo Canadá na disputa pelo bronze.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 X 2 CANADÁ

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 19 de agosto de 2016, sexta-feira
Horário: 13 horas (de Brasília)
Árbitra: Teodora Albon (Romênia)
Assistentes: Petruta Iugulescu (Romênia) e Maria Sukenikova (Eslováquia)
Público: 39.718 pessoas
Cartões amarelos: Andressa Alves, Marta e Rafaelle (Brasil)
Gols: BRASIL: Beatriz, aos 33 minutos do segundo tempo; CANADÁ: Rose, aos 24 minutos do primeiro tempo, e Sinclair, aos 7 minutos do segundo tempo

BRASIL: Bárbara; Fabiana, Rafaelle, Mônica e Tamires (Érika); Thaisa, Formiga e Marta; Beatriz, Cristiane (Debinha) e Andressa Alves (Poliana)
Técnico: Vadão

CANADÁ: Lebbé; Bélanger, Buchanan, Zadorsky e Lawrence; Matheson (Schmidt), Scott e Fleming; Rose (Chapman), Sinclair e Tancredi (Beckie)
Técnico: John Herdman

Comente aqui