STJD marca julgamento e pode tirar Felipão e Deyverson da reta final do Brasileirão

STJD marca julgamento e pode tirar Felipão e Deyverson da reta final do BrasileirãoO Palmeiras pode perder Deyverson e…

Publicado por Antonio Marcos Noticias em Quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Comente aqui


CBF confirma mudança de Paraná x Palmeiras para Londrina

CBF confirma mudança de Paraná x Palmeiras para Londrina A CBF confirmou nesta quarta-feira que a mudança de mando de…

Publicado por Antonio Marcos Noticias em Quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Comente aqui


Furacão mostra força em casa e sai em vantagem diante do Fluminense

Furacão mostra força em casa e sai em vantagem diante do Fluminense O Atlético Paranaense fez valer sua força na Arena…

Publicado por Antonio Marcos Noticias em Quinta-feira, 8 de novembro de 2018

1 Comentário


Santa Fe e Junior iniciam choque colombiano na Sul-Americana

Santa Fe e Junior iniciam choque colombiano na Sul-AmericanaIndependiente Santa Fe e Junior iniciam nesta quinta-feira…

Publicado por Antonio Marcos Noticias em Quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Comente aqui


Ingressos para final da Libertadores chegam a custar R$ 15 mil

O torcedor que ainda queira assistir a primeira partida da final da Copa Libertadores terá que ‘tirar o escorpião do bolso’. Isso porque os ingressos para o duelo entre River Plate e Boca Juniors, que será realizado no próximo sábado, às 18 horas (de Brasília), chegam a custar mais de 140 mil pesos argentinos (por volta de R$ 15 mil).

Os valores estipulados pelo Boca vão de 1.300 pesos (cerca de R$ 140) até 2.700 (aproximadamente R$ 285) e devem ser esgotados somente pelos sócios mais assíduos do clube, que tem a preferência na hora da compra. No entanto, os preços aumentam em mais de 10 vezes nas mãos de cambistas e em sites alternativos.

Comente aqui


Coutinho deve ser cortado da Seleção Brasileira

Coutinho deve ser cortado da Seleção Brasileira Na manhã desta quinta-feira, o Barcelona anunciou, por meio de seu…

Publicado por Antonio Marcos Noticias em Quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Comente aqui


Presidente da CBDU elogia o trabalho do Convention de Maringá na realização dos JUBs

O presidente da Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU), Luciano Cabral, que está em Maringá desde quarta-feira da semana passada para conduzir a realização do maior evento do desporto universitário da América Latina, os Jogos Universitários Brasileiros Fase Final (JUBs), enalteceu a parceria do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau na captação, preparação e, no momento, realização dos jogos.

Em seu gabinete instalado no Boulevard dos Atletas, ambiente de interação e entretenimento dos participantes dos jogos no Pavilhão Azul do parque de exposição, Cabral disse que Maringá vai realizar uma das melhores edições dos JUBs por ver a união de todos os segmentos para o êxito do evento, com destaque para a Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU), prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer, e o Convention.

“O Convention participou ativamente desde que foi aventada a possibilidade de os JUBs acontecerem em Maringá”, explicou. Segundo ele, com o trabalho realizado pelo Convention junto à rede hoteleira e outros parceiros, a Federação Paranaense e a prefeitura puderem pleitear o evento, com todas as condições necessárias para uma realização em alto nível.

“A Federação, a CBDU e a prefeitura decidem o evento, mas são as parcerias que o fazem acontecer. É aí que entra o papel do Convention, que une diferentes parceiros para a viabilização do projeto”, diz.

“Tivemos a felicidade de encontrarmos aqui um Convention bem parceiro, que reuniu os equipamentos de hotelaria da cidade, nos ajudou a trabalhar os programas, levou orientação aos hotéis, fez as capacitações e levou aos parceiros as informações de como o evento se desenvolve. Foi um facilitador também nas negociações, assinaturas de contratos”, explica o presidente.

Segundo ele, a fase final dos JUBs é o mais importante evento do Brasil disputado pelos Conventions de todo o País e o trabalho realizado em Maringá habilita a cidade a pleitear futuras edições dos jogos, como já aconteceu com Blumenau (SC) e Goiânia (GO), que já realizaram duas edições dos JUBs nos últimos anos.

Para Cabral, que está no terceiro mandato na presidência da CBDU, é importante que cidades como Maringá pleiteiem e realizem eventos do porte dos JUBs. Ele diz que a cidade conta com privilegiada estrutura esportiva e uma rede hoteleira de qualidade, que são os principais pontos para se conseguir captar um evento desta natureza.

“A hotelaria se destaca porque é ela que vai proporcionar as condições propícias para os participantes e se tratando dos JUBs, que traz atletas de alto nível técnico, é importante não somente a hospedagem, mas também o bom acolhimento que o hotel oferece a esse atleta”. E Maringá, segundo ele, está demonstrando que tem capacidade para isto e que isto é resultado do bom trabalho do Convention junto aos empresários do segmento e seus colaboradores.

Um evento do porte dos JUBs impacta a economia do município em mais de R$ 10 milhões. Só a rede hoteleira receberá mais de R$ 2 milhões da CBDU, mas outros segmentos, como os de alimentação, transporte e entretenimento também serão impactados.

 

Parceria

A superintendente Executiva do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Yara Linschoten, explicou que o Convention trabalha pelo fomento do turismo de eventos em Maringá e “entrou de cabeça” no apoio à captação dos JUBs por entender a importância de um evento deste porte para a economia do município e por saber da seriedade e competência da CBDU na organização e realização de seus eventos.

“Tratava-se de um evento que unia forças que já demonstraram competência e seriedade na realização de grandes eventos, como a própria CBDU, a Federação Paranaense e a Secretaria de Esportes da prefeitura de Maringá”.

A superintendente diz que o trabalho do Convention sempre dá bons resultados devido ao empenho de seus filiados. “Os hotéis, estabelecimentos do ramo gastronômico, enfim, todos os segmentos do trade turístico de Maringá se empenharam para oferecer a melhor acolhida aos atletas e torcedores, que, sem dúvida, levarão uma boa imagem de nossa cidade”, disse.

JUBS Maringá
Comente aqui


Skate estreia como modalidade nos JUBs, em Maringá

Esporte será disputado individualmente nas modalidades Bowl, Freestyle e Street

 

Clara Aguiar e Tiago Mathias – CBDU

 

Depois de ser confirmado como modalidade oficial olímpica no ano de 2016, por decisão do Comitê Olímpico Internacional (COI), o skate começa, aos poucos, a ser visto com outros olhos. A expectativa é de que o esporte, que carrega uma cultura admirada por jovens no mundo inteiro, ganhe mais adeptos que busquem se profissionalizar na modalidade. Percebendo esse movimento, a fase final dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) irá contar, pela primeira vez, com o esporte entre suas modalidades oficiais para incluir os estudantes que já fazem parte desse universo.

 

A universitária Ana Caroline Santana comenta que começou no skate ainda criança, por diversão e por admirar seus amigos que já vivenciavam o skate. Para a estudante, “não é só um esporte, é um estilo de vida”. Após começar a competir e se destacar na cena, Ana agora se prepara para representar a FESU/UNB na fase final do JUBs em Maringá. A atleta se mostra empolgada por fazer parte da estreia nos jogos.  “Acho muito importante estar presente na primeira edição porque a gente vai construir um espaço pra abraçar as outras pessoas da universidade que vivem o skate também. É importante que a gente saia daqui (da graduação), mas que a cena continue, que outros estudantes participem, que continuem ganhando bolsas para estar no esporte. Estamos tendo esse espaço e precisamos aproveitá-lo e reivindicá-lo”, diz a acadêmica de Letras.

 

Também representando a UNB, o estudante de engenharia de produção Victor Martins acredita que ter o skate como modalidade dentro dos JUBs é um grande passo para a quebra de estigma sobre a prática, que no passado já foi taxada de maneira negativa pelo senso comum. O atleta comenta que apesar de achar que o skate engloba muito mais do que uma simples competição, a visibilidade que está sendo gerada é de extrema importância para o esporte.

 

“Me sinto lisonjeado de estar sendo um dos primeiros a participar dos jogos, espero que isso seja um legado. A expectativa pra Maringá é ter uma vivência fora da minha cidade, aumentar networking, conhecer pessoas de outros lugares, entender como o esporte funciona em outras universidades, trocar experiências. Acho isso mais importante para o skate até do que uma medalha”, completa o universitário.

 

No JUBs, o skate será disputado por 10 atletas (três mulheres e sete homens, dos Estados de Roraima, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraná e do Distrito Federal) em torneio individual nos naipes feminino e masculino, nas modalidades Bowl, Freestyle e Street. As competições acontecem nestas terça (6) e quarta-feira (7), na Praça Pedro Alvares Cabral, mais conhecida como “Praça de Patinação”, na Avenida Cerro Azul.

 

No Bowl, cada atleta tem direito a apresentações de 40 segundos, onde serão avaliados critérios como estilo, constância, dificuldade de manobras, número e variedade de manobras, precisão na execução, criatividade, velocidade e utilização da pista.

 

No Freestyle, os universitários têm o direito dar duas voltas de dois minutos, onde será considerada apenas a melhor volta. Os juízes avaliarão técnica, consistência, variedade e aspecto artístico. Já no Street, a competição será dividida em baterias com até 05 universitários. Após aquecimento, os atletas disputarão 03 Jam Sessions de 05 a 07 minutos cada uma.

 

O JUBs 2018 é uma realização da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal de Maringá e da Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU). Patrocínio CBDU: Correios. Apoio CBDU: Gympass e SuperBolla.  Parceria Institucional: Ministério do Esporte, Comitê Olímpico Brasileiro e Comitê Paralímpico Brasileiro.

 

JUBS Maringá
Comente aqui


Ciclismo volta à fase final dos JUBS, em Maringá

Treinos e disputas são realizados até sexta-feira (9), no velódromo da Vila Olímpica

 

Clara Aguiar e Tiago Mathias – CBDU

 

Entre as modalidades disputadas nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), o ciclismo retorna à competição na fase final, em Maringá. Todos os anos, a cidade sede do JUBs recebe a oferta de incluir duas modalidades optativas no cronograma. Na Cidade Canção, foram eleitas ciclismo e vôlei de praia.

 

O presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Luciano Cabral, explica a escolha. “Pelo fato de ter na cidade excelentes equipamentos esportivos para as duas modalidades, o que por consequência faz com que Maringá tenha também ótimos atletas em ambas”, ressalta.

 

O ciclismo será disputado no velódromo de Maringá, no complexo esportivo da Vila Olímpica, entre esta terça-feira (6) e sexta-feira (9). O regulamento completo, com os horários de treinamentos e provas, está disponível por meio do link (https://www.cbdu.org.br/wp-content/uploads/2018/01/BOLETIM-02-05-11..pdf).

 

O JUBs 2018 é uma realização da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal de Maringá e da Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU). Patrocínio CBDU: Correios. Apoio CBDU: Gympass e SuperBolla.  Parceria Institucional: Ministério do Esporte, Comitê Olímpico Brasileiro e Comitê Paralímpico Brasileiro.

JUBS Maringá
Comente aqui


Maringá F.C anuncia mais dois reforços para 2019

Maringá F.C anuncia mais dois reforços para 2019O Maringá Futebol Clube confirmou na tarde desta segunda-feira (5)…

Publicado por Antonio Marcos Noticias em Segunda, 5 de novembro de 2018

Maringá F.C
Comente aqui