Mês: junho 2007



Senado: olha só quanta gente boa!

1 –Renan Calheiros envolvido em acusações

O senador e presidente do Congresso Nacional, Renan é acusado de receber dinheiro do lobista Cláudio Gontijo, da construtora Mendes Júnior, para pagar pensão e aluguel da jornalista Mônica Veloso, com quem o presidente do Senado tem uma filha. As provas que deveriam inocenta-lo, o inculpam cada dia mais. Ao invés de afastar-se da presidência, como seria eticamente de se supor, o senador agarra-se com unhas e dentes ao poder e cria uma tropa de choque para montar um Conselho de Ética apenas de aliados, que estão fazendo de tudo para inocentá-lo, de preferência sem julgamento.

2 – Senador Quintanilha responde a inquérito no STF

Eleito novo presidente do Conselho de Ética no Senado, Leomar Quintanilha (PMDB-TO), da tropa de choque do Renan, não poderia ser sequer membro do Conselho: ele responde a inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF), após ter sido indiciado pela Polícia Federal (PF) em um processo de 2002 que investiga desvio de dinheiro público e é investigado pelo Ministério Público (MP) por sonegação fiscal.

3 – Joaquim Roriz novamente acusado

Desviando o foco das atenções do triste episódio de Renan e seus comparsas, o senador Joaquim Roriz está sendo acusado de ter participado de uma negociação para partilha de dinheiro com Tarcísio Franklin de Moura, ex-presidente do BRB (Banco de Brasília). Ele negou as denúncias, discursou para uns poucos ouvintes e encenou sua choradeira, além de apelar à sua religiosidade. Negou os fatos, como fazem todos os indiciados, sejam deputados ou senadores.

Somente o PSOL (justo o PSOL!!!), com o apoio do Gabeira (PV), está se mobilizando, demonstrando publicamente seu protesto. Vamos torcer para que a Corregedoria do Senado (leia-se Romeu Tuma) aja de fato e com rigor, para tirar de cena estes pilantras, digo, estes senadores, que tão maus exemplos vêm proporcionando aos seus próprios filhos, às suas famílias e à população do país.

Sem categoria
Comente aqui


Congresso Nacional: o 3o. mais caro do mundo!

Deu no site “Transparência Brasil”:

“Em 2007, o Brasil destinou para a manutenção do mandato de cada um de seus 594 parlamentares federais quase quatro vezes a média do gasto dos parlamentos europeus e do canadense. Pelos padrões europeus de gasto parlamentar, o orçamento do Congresso brasileiro – equivalente a R$ 11.545,04 por minuto – poderia manter o mandato de 2.556 integrantes.


Se for levado em conta o custo absoluto do Congresso brasileiro por habitante (R$ 32,49), ele seria o terceiro mais caro do mundo, atrás do italiano (R$ 64,46) e do francês (R$ 34,00). O Brasil fica mais caro, porém, se for calculado o peso desse custo no bolso de cada habitante por duas medidas importantes para comparar economias nacionais – o salário mínimo e o PIB per capita. No Brasil, gasta-se dez vezes, em relação ao salário mínimo, o que se gasta na Alemanha ou no Reino Unido. Comparado ao PIB per capita, o gasto nacional é mais de oito vezes maior que o espanhol.

O mandato de cada parlamentar brasileiro custa hoje 2.068 salários mínimos – mais que o dobro do que ocorre no México, segundo colocado entre os países pesquisados, e 37 vezes o gasto proporcional ao salário mínimo registrado na Espanha.”

E você, tem pago seus impostos federais direitinho todo mês para sustentar essas mordomias imorais?

Sem categoria
Comente aqui
  

Políticos ou Quadrilheiros?

Deu na Folha On Line, 26/06/07:

“A ameaça de Sibá em colocar o relatório para votação irritou os aliados de Renan que, nos bastidores, admitiram não ter número de votos suficientes para enterrar o processo contra o senador. Na prática, o grupo pró-Renan temia a aprovação de um voto em separado apresentado pela oposição que determinava a ampliação do foco das investigações sobre o senador.
Diante de tamanha pressão dos aliados, o presidente do conselho acabou tendo na renúncia uma saída para evitar um desfecho que não desagradasse os aliados de Renan.”

A pergunta fica no ar: nota fria não dá cadeia?

Lembranças associadas ao evento:
Notas frias – Lucros exagerados na venda de bois – Empreiteira pagando despesas do senador – Revelações aéticas sobre amante – Tropa de choque para encobrir irregularidades – Frases de efeito para iludir povo – Apego suspeito ao poder – Provas forjadas

Sem categoria
Comente aqui
 

Fernando e Rosemary

Tornara-se um hábito.
Toda manhã, Fernando aguardava impaciente, com os sentidos aguçados, pela movimentação na casa em frente. Assim que as dobradiças da porta rangiam, um ruído longínquo que os seus ouvidos já treinados sempre escutavam, pulava da cama e corria para a janela. Sorrateiramente, entreabria as cortinas e com a ajuda de um velho binóculo Zeiss acompanhava cada passo da sua linda vizinha.
Estonteante, linda, maravilhosa. Uma morena com todos os seus atributos nos lugares exatos. Seu rosto era o de uma atriz hollywoodiana, nem mesmo nestas primeiras horas do dia era necessária qualquer produção.
Fernando conhecia a rotina da moça. Com movimentos felinos, nos quais imperava uma sensualidade inigualável, ela caminhava pelo jardim com passadas curtas, rebolando até o portão de entrada, onde apanhava o pão e o leite entregues na madrugada. Seu robe provocante, semitransparente, deixava entrever as formas do seu corpo escultural.
O retorno do portão para casa, então, era um verdadeiro espetáculo, a deusa deixava Fernando…

Se você gostou deste texto,
o conto completo está no livro
“Encontro na barca e outras histórias de bahr”,
à venda em Londrina na Livrarias Porto
(Shopping Catuai) ou pelos sites
www.livrariasporto.com.br
www.vencer.com.br link “Livraria”

Sem categoria
1 Comentário
  

Estão chegando mais amigos do rei

Reprodução de foto cedida à UOL, de convenção do PT,
apenas ilustrativa da matéria

Um só dia depois de conceder reajustes de 30,57% a 139,75% aos companheiros do PT em cargos de confiança, o Rei Lula cria mais 626 cargos, que agora vão abrigar 22.189 “camisas vermelhas”.
Esta benesse vai nos custar, só neste ano, R$277 milhões. Em 2008 a despesa chegará a R$475,6 milhões.
Enquanto isso… continuam os problemas de filas em hospitais, faltam medicamentos gratuitos à população, favelas vão crescendo geometricamente, as escolas praticamente deixaram de ensinar, balas perdidas matam adultos e crianças quase que diariamente, e os pobres aposentados receberam uma mísera correção de 3,3%, isto é, menos de 136% do que a generosidade concedida ao pessoal dos cargos de confiança.
O que mais se estranha é o total silêncio da sociedade civil, dos pagadores de impostos, das associações de classe e de todos aqueles que sabem reconhecer injustiças, protecionismo, corporativismo e oportunismo.

Sem categoria
Comente aqui