Mês: agosto 2007

 

A Corte nababesca do Presidente Lula

O título não é meu. É de um e-mail que começou a circular na internet.
O que os jornais anunciavam timidamente, já começou.
É a nomeação dos milhares de cargos para a turma do PT.
É só verificar no Diário Oficial de 21/08/07.
Nomeados exclusivamente para o GABINETE PESSOAL do Presidente Lula: 18 cargos de código “DAS 5” com salário de R$8.400 reais por mês cada = gasto de R$ 151.200,00 por mês.
03 cargos de código “DAS 6” com salário de R$10.448 reais por mês cada = gasto de R$ 31.334,00 por mês.
Total de 21 cargos com gasto mensal de R$182.534,00 (além de todos os outros cargos que já existiam no Gabinete Pessoal do Presidente).
Serão estas nomeações necessárias? Serão nomeações por troca de favores? Serão nomeações para a preparação do 3º mandato consecutivo?


Sem categoria
Comente aqui
  

Debochando na nossa cara

Se eu fosse advogado, jamais teria estômago para defender acusados de ilícitos.
O Brasil inteiro acompanhou, por todos os meios de comunicação, o caso Mensalão, tomando conhecimento da enxurrada de acusações, provas e testemunhos da roubalheira de milhões e milhões de reais do dinheiro público (nosso dinheiro) por um enorme bando de (bandidos, quadrilheiros, ladrões, gangsteres, criminosos… qual seria a expressão exata?).
Pois veja a cara-de-pau de alguns dos advogados de defesa, nas alegações a favor dessa corja, desprezando toda a realidade que o Brasil inteiro conheceu:

Advogado de José Dirceu: “é uma peça de ficção”.
Advogado de Marcos Valério: “as provas foram anexadas de forma ilícita”.
Advogado de Luiz Gushiken: “se o Procurador-Geral fosse advogado, seria alvo de processo disciplinar”.
Advogado de Delúbio Soares: “o crime não está devidamente descrito na denúncia”.
Advogado de José Genoíno: “é um simples capricho do Procurador-Geral”.
Advogado de Sílvio Pereira: “a denúncia é vaga”.

Só existe uma única razão para que advogados de defesa procedam dessa maneira. Você sabe qual é.

Sem categoria
Comente aqui
 

Polícia Federal comprova: Renan mentiu

O Ministério Público Federal abriu ontem, 21/08, um inquérito para investigar suspeitas de enriquecimento ilícito, uso de documentos falsos, prevaricação e crime financeiro que pesam contra o senador Renan Calheiras.

Foi provado que Renan maquiou o patrimônio para justificar o pagamento da pensão, mas na ânsia de provar sua inocência a todo custo, não tomou o devido cuidado para que as contas fechassem.

Pois os documentos apresentados não provam que ele vendeu o gado, muito menos nas quantidades que afirma. Em outras palavras: ele não conseguiu provar que, das receitas recebidas, tenha ampliado tanto seu patrimônio, pago os valores declarados à ex-amante e possuído o número de bois no pasto que alegou.

E agora, senhores senadores: a casa vai continuar abrigando esse indivíduo, ainda mais na posição de Presidente do Senado – um dos mais altos cargos públicos da nação – ou terá a postura ética que lhe compete e despachá-lo para casa, ou melhor para sua fazenda, ao lado dos seus “milhares” de bois?

Sem categoria
Comente aqui


Chegamos a 200

Bahr-baridades chega a 200 inserções de matérias, fotos, ilustrações e artigos.
Mesmo incluindo artigos sobre propaganda e literatura, além de fotos originais e engraçadas, o blog tendeu mais para o lado político, resultado da absoluta insatisfação do autor com os acontecimentos no país, principalmente
originados em Brasília.
Insatisfação que não é só minha. As pessoas de bem, que se conduzem com ética e sabem distinguir o certo do errado, têm reagido da mesma maneira, através de cartas aos jornais, textos em blogs, Ongs, grupos organizados, entrevistas em veículos de comunicação e principalmente através da incalculável corrente de comunicação por e-mails.
Sei que este blog representa um grito, talvez apenas um sussurro, ouvido por pequena parcela da população. Mas, se somarmos este blog a outros blogueiros entre jornalistas, publicitários e profissionais de outras atividades que seguem a mesma linha de raciocínio e de críticas, sinto-me realizado por estar, deste modo, colaborando para uma mudança de mentalidade política e ética no Brasil.
JEB

Sem categoria
Comente aqui


Será que agora vai?

O Supremo Tribunal Federal está analisando a denúncia oferecida pela Procuradoria da República e, se acatá-la, instalará ação penal sobre os denunciados do vergonhoso “mensalão”, que passarão a réus no processo por desvios de verbas públicas.
A União vai receber pelo menos R$ 55 milhões como ressarcimento dos desvios provocados pelo esquema do mensalão, mas, segundo estimativa do Ministério Público Federal do Distrito Federal, a quantia pode ser ainda maior.
“Fala-se em R$ 55 milhões, mas isso é apenas uma estimativa. Nós ainda aguardamos as investigações do STF. É um valor que não está fechado, pode ser muito mais”, afirmou a procuradora Michelle Bastos.

As penalidades pelos crimes prevêem o ressarcimento integral dos recursos desviados, assim como o pagamento de multa que pode chegar a dez vezes o valor do salário do envolvimento no ato criminoso. Como novas ações podem atingir outros envolvidos, o Ministério Público estima que o valor do ressarcimento seja ainda maior.
Finalmente, para satisfação do lado ético da sociedade brasileira, estão citados José Dirceu, Delúbio Soares, Silvio Pereira e José Genoino – grupo conhecido como “núcleo central” do mensalão. As ações também incluem o publicitário Marcos Valério, o ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto, e vários parlamentares que teriam recebido os recursos do mensalão.
Se a denúncia for aceita, estará sendo preparado o caminho para toda essa turminha brava passar vários mensalões, digo vários meses, talvez anos, na prisão.
Aí será feita a justiça que o corporativismo dos parlamentares evitou a ferro e fogo.

Sem categoria
Comente aqui