Mês: novembro 2010



Filmes pornográficos para a Terceira Idade


Pesquisa realizada em maio de 2010 pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 193 países mostra que o Japão e San Marino (pequeno país situado nas Montanhas Apeninas, na Europa) são os países com a maior expectativa de vida do mundo. Enquanto no Brasil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o percentual de idosos está em torno de 10% da população, no Japão esse percentual chega a 20%.

Além de possuir a maior expectativa de vida do mundo, 83 anos, e o maior percentual de idosos, o Japão também tem a maior indústria de… filmes pornográficos para a 3ª idade. O maior produtor de cinema pornô, Shigeo Tokuda tem 75 anos, e ingressou na indústria pornográfica aos 59 anos, depois de viver como funcionário de escritório. Os filmes com idosos conquistaram espaço no país nos últimos 10 anos, ocupando, hoje, entre 20% e 30% do mercado. Tokuda já produziu mais de 300 filmes até hoje.

Sem categoria
Comente aqui


Palestra na Academia de Letras de Ibiporã

Tive o prazer de, neste domingo, ter sido convidado para apresentar uma palestra na Academia de Letras de Ibiporã, município vizinho a Londrina, PR.

Falei do que gosto: um enfoque sobre a história da propaganda no Brasil.

O tema despertou grande interesse, visto que a cidade fica distante dos grandes centros da atividade publicitária e de certa forma o enfoque se mostrou uma novidade para a maioria dos presentes. Houve intensa participação com perguntas e comentários, o que muito me gratificou.

Afinal, trabalhei em publicidade desde 1957 até 2008 e, junto com a história da propaganda brasileira, tenho muitas histórias e experiências pessoais para partilhar.

Falar sobre propaganda é sempre um enorme prazer.

Sem categoria
Comente aqui


Lei do silêncio e o abuso dos ruídos

Artigo publicado na Seção “Ponto de Vista” do Jornal de Londrina, em 28/11/2020

A quantidade de cartas e comentários enviados pelos leitores do Jornal de Londrina a respeito do excesso de ruídos e da falta de respeito por parte de uma pequena parcela da população demonstra o quase desespero a que chegamos, principalmente pela omissão, falta de atendimento e pelo descumprimento da legislação por parte das autoridades responsáveis.

Alguns leitores se queixam de que pedidos de providências dirigidos aos órgãos responsáveis nunca foram atendidos, tendo os reclamantes sido encaminhados de um setor para outro, como em um jogo de empurra-empurra.

A lei do Silêncio é regulamentada pelo CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE – CONAMA. Dentro das suas atribuições consta o “Programa SILÊNCIO”, coordenado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA, com a participação de Ministérios do Poder Executivo, órgãos estaduais e municipais de meio ambiente, e demais entidades interessadas.

Parece que essa regulamentação, de 1981, ainda não chegou a Londrina. Provavelmente estão aguardando a colocação de trilhos para reativar alguma linha férrea que possa nos trazer esta informação. Ou quebrou-se o eixo da roda da carruagem que transportaria o malote.

A regulamentação enfoca a deterioração da qualidade de vida, causada pela poluição sonora, que está sendo continuamente agravada nos grandes centros urbanos; a emissão de ruídos, em decorrência de quaisquer atividades industriais, comerciais, sociais ou recreativas, inclusive as de propaganda política, “que deverão obedecer, no interesse da saúde, do sossego público, aos padrões, critérios e diretrizes estabelecidos nesta Resolução”; e a emissão de ruídos produzidos por veículos automotores e os produzidos no interior dos ambientes de trabalho, entre outros tópicos.

Curiosamente, não tomei conhecimento, não li e nem ouvi um único comentário emanado da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Londrina; de algum jurista; de algum representante de entidade civil; nem de algum dos envolvidos diretamente na solução do problema, que viesse em defesa ou demonstrasse solidariedade aos londrinenses.

Enquanto isso nós, moradores da cidade, principalmente na região da Madre Leônia próximo ao Muffato; da Av. Higienópolis, entre o Lago Igapó e a Madre Leônia; da área de lazer próxima à barragem; na vizinhança de obras; e ouvintes compulsórios de buzinaços, música caipira ao nível de centenas de decibéis, gritaria, disparos de alarmes de veículos, obras fora do horário permitido, foguetórios esparsos disparados pelas madrugadas à título de alguma festividade, inauguração, ou comemoração, vamos sendo induzidos à neurose, à surdez, à insônia, ao estresse e a súbitos impulsos explosivo-vingativos contra tais abusos – sentimentos que até há pouco tempo nem faziam parte da índole dos londrinenses.

Julio Ernesto Bahr

Sem categoria
Comente aqui
 

E o Rio de Janeiro continua indo…

… de mal a pior.

Às 23 horas de ontem (25/11), a Polícia Militar do Rio registrava 37 veículos incendiados somente neste dia em diversos pontos da cidade. No total, 80 veículos haviam sido queimados e 38 pessoas já tinham morrido desde domingo (21) quando as operações policiais no Rio de Janeiro foram iniciadas. O número de escolas e creches públicas fechadas no Rio nesta quinta-feira devido aos confrontos entre policiais e traficantes chegava a 180. Na rede municipal, o total de escolas fechadas no turno da tarde chegava a 159. Juntas, elas atendem 38.566 alunos. Já na rede estadual deixaram de funcionar 21 colégios.

Enquete recém-iniciada hoje pela Folha de São Paulo mostra que por conta da violência, 80% (3.646 votos) deixariam de viajar ao Rio por conta da violência, de um total de 4.563 votos (votos computados até as 7:00h da manhã)

E não é o PT de Dilma, Lula, Mercadante e Marta que vive detonando São Paulo?

Pois enquanto o Rio de Janeiro virou praça de guerra, em São Paulo toda a Av. Paulista será enfeitada, inclusive o parque Trianon e os prédios particulares, que estão sendo chamados a aderirem à festa, com decorações especiais.
Além disso, 2.000 enfeites em forma de cometa e 500 em formato de pinheiro serão montados em avenidas de todas regiões da cidade, além de 3.500 pontos com luzes piscantes. São 80 mil conjuntos de micro-lâmpadas, mini-strobos e refletores, 35 mil conjuntos com 100 micro-lâmpadas cada um, mais 5 mil de 200 micro-lâmpadas, 475 jogos com mini-strobos, 3.000 bolas com leds e 3.000 simuladores em led de neve caindo. A represa de Guarapiranga, o parque do Ibirapuera e o Vale do Anhangabaú terão árvores gigantes.


A justiça paulista trabalha a todo vapor na cidade: o promotor Maurício Lopes pediu à Justiça que o deputado eleito Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, seja condenado a cinco anos de prisão por crime de de falsidade ideológica. Segundo o promotor, Tiririca entregou à Justiça Eleitoral declarações falsas sobre sua alfabetização e a propriedade de bens. A lei prevê que a punição no caso pode ir de um a cinco anos de prisão. Um parecer de uma fonoaudióloga do Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo que acompanhou a audiência na qual Tiririca foi submetido a um teste de ditado e leitura apontou que o humorista apresentou sérias dificuldades no teste e pode ser classificado como analfabeto funcional. “O leitor que lê apenas decifrando letras e não interpretando o que foi lido ou que escreve apenas reproduzindo palavras copiadas ou ditadas é o que chamamos de analfabeto funcional”, afirma o parecer.


E o Cine Olido (centro de São Paulo) preparou cinco dias de muitas risadas. De sexta (26) a terça-feira (30), a mostra ‘Rindo com Jerry Lewis’ exibe sete filmes com o ator, produtor e roteirista norte-americano, considerado um dos maiores comediantes do cinema. Ingressos custam R$ 1.

E aí, Lula & Cia.? Ainda vão continuar detonando São Paulo?

Sem categoria
Comente aqui


Lula e o encontro com blogueiros

Por razões óbvias, o autor deste blog “bahr-baridades” NÃO foi convidado ao primeiro encontro de blogueiros com o presidente Lula no dia de ontem, 24/11.

Apenas dez blogueiros que podem ser chamados de “progressistas” participaram do encontro/entrevista, acertada com o Palácio do Planalto. Do grupo, apenas dois podiam ser considerados “neutros”. Os outros são fervorosos defensores do governo e se alinharam com a candidatura Dilma Rousseff.

Nosso blog não é considerado “progressista” (no sentido político que pretendem dar à palavra), não defende o governo, sempre detestou Lula e jamais se alinhou com a candidata Dilma. Por isso, posso afirmar com muita convicção: não estou nem um bocadinho chateado por não ter sido convidado… eu tinha muita coisa melhor a fazer.

Sem categoria
Comente aqui


Um cesto de benefícios

Como se vê, a justiça brasileira é extremamente branda para quem infringe a lei. Pode-se dizer mesmo que criou um grande cesto de benefícios: segundo a juíza Roberta Barrouin Carvalho de Souza, da Vara de Execuções Penais do Rio, o ex-banqueiro Salvatore Alberto Cacciola já cumpriu um sexto da pena de 13 anos de prisão a que foi condenado em 2005 por crimes contra o sistema financeiro. Assim, obteve progressão para o regime semiaberto, ou seja, ele continuará preso, mas poderá sair para visitar periodicamente sua casa ou trabalhar fora do presídio.

Sempre é bom lembrar: o dono do extinto banco Marka já fugira do país em 2000, se refugiando na Itália, onde tem cidadania, e ficou de ressarcir aos cofres públicos R$ 2,987 bilhões. Quem não se lembra dele, sorridente e seguro de si, pilotando uma motoneta na Itália, entrevistado por um repórter da Globo? Acabou sendo preso e levado para o presídio de segurança máxima em Bangu, na zona oeste do Rio. Agora deverá passar a uma unidade de regime semiaberto.

“O benefício de progressão de regime, segundo previsto no artigo 112 da LEP [Lei de Execução Penal], envolve o preenchimento de dois requisitos, um objetivo e outro subjetivo. O objetivo diz respeito ao tempo de pena que o apenado deve cumprir até que faça jus à progressão de regime, no caso, 1/6 das penas unificadas”, decidiu a juíza. “O subjetivo é concernente ao comportamento carcerário demonstrado pelo apenado no presídio. Com efeito, da análise dos sobreditos cálculos e da ficha disciplinar, que ora determino seja acostada aos autos, verifica-se que ambos os requisitos acima descritos encontram-se preenchidos”, acrescentou a juiza em sua decisão.

De sexto em sexto os criminosos enchem um cesto. Agora só falta a devolução dos R$2,987 bilhões. Moleza!

Foto: Folha/Imagem

Sem categoria
Comente aqui


Bye-bye, Rio de Janeiro

Tudo indica que o Brasil já pode dar adeus ao Rio de Janeiro como parte integrante da nação. O Rio está entregue nas mãos de narcotraficantes, bandidos, criminosos, assassinos, incendiários e deixou, há muito tempo, de ser controlado pelo Estado de Direito.

As autoridades surgem todo dia nas telinhas da tevê com um blá-blá-blá fantástico, tecendo loas à tal polícia pacificadora nas favelas (que eles insistem em chamar de comunidades) e, um dia após o Secretário da Segurança informar que vários morros já estão “pacificados”, eis que incendiários tocaram fogo em automóveis nas ruas. Para azar do Secretário, os únicos dois incendiários presos até aqui, eram originários de um tais dos morros “pacificados”.

Não satisfeitos em tocar fogo em automóveis, a bandidagem incendiou hoje vários ônibus, mostrando quem realmente manda no Rio de Janeiro.

Faça um tour com o Google Earth e navegue além das praias, pelos morros cariocas: você vai descobrir que a população que vive nas favelas é infinitamente maior do que a população que está espremida entre o mar e as montanhas. Qualquer pessoa mais lúcida há de convir que os péssimos administradores da cidade foram coniventes e são os culpados por essa situação irreversível, que passou de todos os limites do razoável.

É uma pena: minha lua-de-mel foi no no Rio de Janeiro, visitei várias e várias vezes a cidade, participei de jantares no Hotel Glória, ouvi jazz no barzinho do Hotel Nacional, morei no Hotel Debret, conheci todas as praias cariocas, passeei pelos bairros e locais turísticos, fui assistir o Moulin Rouge no Canecão – mas deixei de visitar o Rio de Janeiro há muito, muito tempo. Não quero tomar um tiro de “bala perdida”, sofrer um arrastão nas Vias Amarela ou Vermelha, nem ter meu carro incendiado.

Bye-bye, Rio de Janeiro: esse estado foi riscado do meu mapa do Brasil. Que tristeza!

Sem categoria
Comente aqui
 

Advogado flagrado fumando crack

Quanto mais escarafuncham, mais podridão vai surgindo no caso do goleiro Bruno do Flamengo, que é suspeito de assassinar a namorada Elza Samúdio, mãe de filho seu.
Além das figuras esdrúxulas que foram surgindo no caso (Bolacha, Bola e outros, todos elementos de baixíssimo nível), agora veio a tona o envolvimento do advogado Ércio Quaresma – ele é viciado em crack.
O vídeo mostra o advogado em uma boca-de-fumo em Belo Horizonte, na companhia de uma viciada e do traficante que fornece a droga.
Provavelmente a tese que era defendida pelo advogado – de que Elza Samúdio continua viva – era simplesmente efeito das tragadas do crack. Pura miragem.
Quaresma (bem antes da próxima Páscoa) já foi destituído da função de defender o implicado goleiro e agora vai ser julgado pela OAB.

Sem categoria
9 Comentários