Mês: novembro 2013



Mensalão, dinheiro desviado, crimes e a OAB

clamando por justiça

Uma das incontáveis passeatas de pessoas que clamam por justiça, por condenações de acusados e pelo endurecimento das leis

Então, vamos lá, curto e grosso: em momento nenhum durante todo o processo do mensalão – que foi a maior bandalheira da História do Brasil, cometida pelo governo petista e está há anos em evidência na mídia – o pessoal da OAB e dos “Direitos Humanos” criticou o ato ilícito praticado pelos mensaleiros, nem denunciou que o desvio do dinheiro prejudicou a saúde pública, deixou de ser aplicado em estradas, transportes, hospitais, médicos, escolas e benefícios tão necessários para a população.

Nesta semana surgiu o presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Wadih Damous para criticar, veja só, a “espetacularização midiática” da prisão de réus condenados no processo. E mais, Damous disse, ainda, que a prisão em regime fechado do deputado federal José Genoino (PT-SP) foi ilegal e arbitrária.

Tudo indica que a posição da OAB – através da Comisssão de Direitos Humanos – é elitista, deformada, alienada dos problemas brasileiros e focada apenas no “bem estar” de prisioneiros, homicidas, sequestradores, traficantes, psicopatas e assaltantes. Pois jamais se viu nenhum representante dessa entidade prestar socorro às vítimas, consolar os familiares, nem mesmo apoiar viúvas e órfãos.

Está na hora da OAB repensar sua posição em relação à sua verdadeira função. Ou ela assume de vez que é um braço desse governo bolchevista que está no poder, se importando apenas com o bem estar e objetivos espúrios dos seus “cumpanheros”, ou então que reformule seus conceitos praticando as ações que realmente dignificam o sentido das palavras “direitos humanos”.

Foto: Veja
Sem categoria
1 Comentário
 

Bolsas Família, a moeda de troca nas eleições

contra voto bolsa familiaEstá circulando pelas redes sociais esta campanha visando bloquear o voto das pessoas que vivem mamando nas tetas do governo e recebem Bolsas Família – aliás, a campanha não cita as várias outras modalidades de bolsas.

Nada mais justo: a distribuição desenfreada de bolsas a torto e a direito criou uma porcentagem enorme composta por milhões de pessoas que automaticamente se tornaram eleitores do partido esquerdista que governa o país. É a chamada moeda de troca: a bolsa pelo voto.

Com toda a certeza aqueles que fazem parte da classe trabalhadora, que tomam condução de madrugada e viajam horas até seus empregos, que pagam altos impostos e encargos, que ficam horas nas filas de hospitais aguardando atendimento, que são assaltados mas ruas, que não conseguem escolas públicas de qualidade para seus filhos, serão o verdadeiro espelho do desejo popular. Os votantes que ganham bolsas estão totalmente sob suspeição.

O governo joga sujo: além de comprar votos com essas bolsas, já está fazendo campanhas em prol do seu partido pela mídia, descumprindo a lei eleitoral. E ainda por cima  manipula e divulga pesquisas de intenções de voto UM ANO ANTES das eleições –  verdadeiro atentado ao bom senso, com a única finalidade de induzir o eleitorado a imaginar que tudo está cor de rosa para a governanta. Todos nós sabemos que os outros candidatos nem possuem espaço para se promoverem e obviamente ficam lá embaixo nos números das pesquisas. Uma afronta à nossa inteligência!

O que se deduz é que falta um ordenamento jurídico para o tema eleições. Começando por proibir o voto dos beneficiados pelas benesses das Bolsas Família, cassando-lhes os títulos eleitorais,

Sem categoria
Comente aqui


Nada como um ministro da Justiça “cumpanhero”

cardozo

O ministro petista Cardozo

Ao contrário do que as polícias de todo o país fazem o tempo todo quando cumprem mandados de busca e de prisão, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo expediu ordens diretas para o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, para que fizesse cumprir a lei (você conhecia esta lei?), segundo a qual é proibido o uso de algemas nos atos de prisão. Uma súmula vinculante do Supremo Tribunal Federal (STF), de agosto de 2008, estabelece que as algemas só podem ser utilizadas em caso de resistência ou risco à integridade física do preso ou de terceiros.

Tudo indica que essa lei não é cumprida integralmente: a tevê exibe vários programas tipo “Polícia 24 Horas” que mostra os policiais – além de derrubarem portas e arrebentarem cadeados – algemarem os procurados, mesmo sem que estes esboçem qualquer tipo de reação. Nunca vi nenhum tipo de preocupação de advogados nem da OAB quanto a esse “desrespeito” à lei.

No caso dos reús petistas do mensalão, a sorte está com eles.  Seus advogados “temiam algemasque a lei fosse desrespeitada e que seus clientes, algemados”. Como o ministro é do mesmo partido, todos os réus foram “respeitados em seus direitos”. Um exemplo para o mundo!

Além disso, o ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, receberam a “honrosa” visita do senador Eduardo Suplicy, também “cumpanhero” do PT. Não é qualquer prisioneiro que recebe a visita de um senador da República…

E para completar as demonstrações de carinho, Suplicy foi acompanhado de Dona Rioco Kayano e Ronan, mulher e filho de Genoino, além de um advogado do deputado licenciado, fugindo às normas do Complexo Penitenciário da Papuda em Brasília, que só permite visitas a detentos a cada 15 dias.

Agora só falta instalar um chuveiro de água quente especialmente para os mensaleiros. Provavelmente será muito fácil para o ministro da Justiça tomar essa providência – ele, aliás, não emitiu uma única bronca ao diretor-geral da Polícia Federal, que falhou na missão de bloquear as fronteiras evitando a fuga do também condenado Henrique Pizzolato. Este foragido provavelmente está na Itália torrando a dinheirama que desviou do Banco do Brasil – além da gorda aposentadoria que recebe mensalmente e não lhe foi confiscada.

Sem categoria
Comente aqui


Será um helicóptero? Será um OVNI?

demolicao

Não, é um simples trator. Tudo bem que ele foi colocado num lugar inusitado, no alto de um esqueleto de prédio. Esse esqueleto está na região da Gleba Palhano, em Londrina, PR e ficou abandonado por anos a fio. Agora começa a ser demolido. Ao invés de ser implodido, estão utilizando esse trator para ir derrubando os pilares e lajes, de cima para baixo. Para quem nunca havia visto – como eu -, a cena chama a atenção.

Sem categoria
Comente aqui


Menina de nove anos encanta quando canta ópera

Só mesmo ouvindo para acreditar: no programa Holland’s Got Talent (Holanda) esta menina de apenas nove anos de idade, Amira Willighagen (guarde esse nome)  deixou os jurados e o público boquiabertos e maravilhados quando se apresentou cantando a ária  “O mio babbino caro” de Puccini. E o inacreditável: ela jamais estudou canto! Este vídeo já recebeu mais de dois milhões e meio de acessos. Ouça e se delicie!

Sem categoria
Comente aqui


Fronteiras: foragidos escapam, drogas entram

Deu para perceber pelas notícias da fuga de Henrique Pizzolato para a Itália que sempre há um jeitinho para foragidos da justiça deixarem o Brasil. Segundo o “Estadão”, o ex-diretor do Banco do Brasil enfrentou uma viagem de 1.600 quilômetros, 20 horas de estrada, fez duas paradas para abastecer o carro, comeu refeições de biscoito, banana e água e chegou à fronteira do Paraguai há cerca de 50 dias. O automóvel que o levou permaneceu em território brasileiro, Pizzolato despediu-se do amigo que o levava, atravessou a pé a linha imaginária entre os dois países e embarcou em outro veículo, que já o esperava. Rumou para Buenos Aires, na Argentina, onde, já com outra via do passaporte italiano – a primeira fora entregue à Justiça do Brasil, junto com o passaporte brasileiro -, tomou um voo para a Itália.

Provavelmente foi uma estratégia até sofisticada demais: inversamente tem sido muito mais descomplicada a entrada de imigrantes ilegais no Brasil, cruzando fronteiras secas ou através de rios e se misturando com as pessoas em várias cidades brasileiras sem serem detectados. Só mesmo quando ocorrem denúncias, como no caso dos bolivianos ilegais que trabalhavam num regime de escravatura em pequenas fábricas de confeccção no bairro do Bom Retiro em São Paulo, ou quando a Polícia Federal promove algumas incursões em áreas afastadas que viram palco de tiroteios e invasões, é que os ilegais são descobertos.

submarino

Pequeno submarino para transporte de drogas descoberto pela polícia. E os outros?

È também notória a facilidade com que drogas e armamentos (até pesados) “vazam” por nossas fronteiras. Barcos e até submarinos fabricados em fundos de quintal cruzam toda noite nossos rios abastecendo traficantes e delinquentes. Pequenos aviões riscam os céus aterrisando em pistas clandestinas, ou simplesmente arremessando  toneladas de drogas mensalmente. Até tripulantes de navios chegaram a desovar pacotes de drogas no mar que só foram descobertas por aparecerem próximos das praias de Guarujá.

Quanto à extradição de Pizzolato para o Brasil, seria uma surpresa inesperada: primeiro porque ele possui cidadania italiana e a exemplo de outro condenado (Salvatore Cacciola, que deu um golpe monumental no Brasil prejudicando milhares de acionistas do seu banco “Marka), dificilmente a Itália o “exportaria”. Cacciola só foi preso muitos anos depois porque cometeu a asneira de viajar até Mônaco para visitar a namorada e a Interpol o interceptou.

Pesa ainda sobre uma eventual extradição de Pizzolato o caso de Cesare Battisti, ex-militante italiano, antigo membro dos Proletários Armados pelo Comunismo e condenado por assassinatos na Itália. Foragido no Brasil, nossos amáveis e generosos ministro Amorim e o apedeuta lula, com o aval do STF, julgaram por seu livre arbítrio – contra todas as provas e evidências levantadas na Itália – de que ele era apenas um “perseguido político” e jamais o devolveram aos italianos. No mínimo, no mínimo, agora os italianos darão o troco. Aliás, seria um troco muito bem dado.

Sem categoria
Comente aqui


Só falta o chefão lula ser preso!

Texto de Caio Lucas Macedo, Advogado – OAB 4536 – SPBR

 

lula e maduro

Dois enganadores populistas-esquerdistas, Maduro da Venezuela e lula do Brasil. Quanto tempo levará para que a História os coloque nos verdadeiros lugares, ou seja, no limbo?

O homem que esteve à frente desta nação e não teve coragem, nem competência, nem vontade para implantar reforma alguma neste país, pois as reformas tributárias e trabalhistas nunca saíram do papel, e a educação, a saúde e a segurança ficaram piores do que nunca.

O homem que mais teve amigos safados e aliados envolvidos, da cueca ao pescoço, em corrupção e roubalheira, gastando com os cartões corporativos e dentro de todos os tipos de esquemas.

O homem que conseguiu inchar o Estado brasileiro e as empresas estatais com tantos e tantos funcionários, tão vagabundos quanto ele, e ainda assim fazê-lo funcionar pior do que antes.

O homem que tem uma mulher medíocre, inútil, vulgar e gastadeira, que usava, indevidamente e desbragadamente, um cartão corporativo, ao qual ela não tinha direito constitucional, que ia de avião presidencial para São Paulo “fazer escova” no cabelo e retornar a Brasília.

O homem que ajudou seu filho a enriquecer, tornando-o milionário do dia para a noite, sem esforço próprio algum, só às custas de conchavos com empresas interessadas em mamar nas “tetas” do governo. E depois ainda disse para a nação que “esse garoto é um fenômeno”, e lhe concedeu um passaporte diplomático.

O homem que mais viajou inutilmente, quando presidente deste país, comprando um avião caríssimo só para viajar pelo mundo e hospedar-se às custas da nação brasileira nos mais caros hotéis, tão futilmente e às custas dos impostos que extorquiu do povo.

O homem que aceitou passivamente todas as ações e humilhações contra o Brasil e contra os brasileiros diante da Argentina, Bolívia, Equador, Paraguai.

O homem que, perdulária e irresponsavelmente, e debochando da nossa inteligência, perdoou dívidas de países também corruptos, cujos mandatários são “esquerdistas”, e enviou dinheiro a título de doação para eles, esquecendo-se que no Brasil também temos miseráveis, carentes de bons hospitais, de escolas decentes e de um lugar digno para viver.

O homem que, por tudo isso e mais um elenco de coisas imorais e absurdas, transformou este país num chiqueiro libertino e sem futuro para quem não está no seu “grande esquema”.

O homem que transformou o Brasil em abrigo de marginais internacionais, FARC’anos etc., negando-se, por exemplo, a extraditar um criminoso vagabundo, para um país democrático que o julgou e condenou democraticamente.

Esse homem representa o que mais nos envergonha pelo Mundo afora!! O homem que transformou corruptos e bandidos do passado em aliados de primeira linha. O homem que transformou o Brasil num país de parasitas e vagabundos, com o Bolsa-Família, com o repasse sem limite de recursos ao MST, o maior latifúndio improdutivo do mundo e abrigo de bandidos e vagabundos e que manipulam alguns ingênuos e verdadeiros colonos.

Para se justificar a estes novos vagabundos, o homem lhes afirma ser desnecessário ESTUDAR e que, para se “dar bem” neste País, basta ser vagabundo, safado, esquerdista e esperto. Aliás, neste caso, o homem fez inverter uma das mais importantes Leis da Física, que é a Lei da Atração e repulsão; significa que força de idênticos sinais se repelem e as de sinais contrários se atraem. Mas esse homem inventou que forças do mesmo sinal se atraem. Por exemplo: ele (o homem) atrai, para sua base, políticos como JOSÉ SARNEY, COLLOR, RENAN… que ficaram amiguinhos de seus comparsas JOSÉ DIRCEU, GENOÍNO, GUSCHIQUEN, e ainda agregaram o apoio de juristas como LEWANDOVSKI, TOFOLI, etc. …

É, homem… Você é o cara… É o cara-de-pau mais descarado que o Brasil já conheceu. Você é o homem que deveria apanhar na cara, porque envergonha todo brasileiro honesto e trabalhador.

É, homem, você é o cara… É o cara que não tem um pingo de vergonha na cara, não tem escrúpulos, é “o cara” mais nocivo que tivemos a infelicidade de ter como presidente do Brasil!

Mas …como diz o velho ditado popular: NÃO HÁ MAL QUE SEMPRE DURE…

Sem categoria
Comente aqui


Os ridículos

os ridiculos

As saudações ridículas de José Genoíno e Zé Dirceu – condenados e presos por desvios de dinheiro público – quando se apresentavam à polícia para cumprir penas. A saudação lembra os membros americanos do Black Power no final da década de 1960  e começo da de 1970, um movimento que enfatizou o orgulho racial e colaborou para o fim do racismo. Essa sim, era uma reivindicação justa. Já as poses de Genoíno e Dirceu… ridículas é dizer pouco!

Sem categoria
1 Comentário