Os ridículos

os ridiculos

As saudações ridículas de José Genoíno e Zé Dirceu – condenados e presos por desvios de dinheiro público – quando se apresentavam à polícia para cumprir penas. A saudação lembra os membros americanos do Black Power no final da década de 1960  e começo da de 1970, um movimento que enfatizou o orgulho racial e colaborou para o fim do racismo. Essa sim, era uma reivindicação justa. Já as poses de Genoíno e Dirceu… ridículas é dizer pouco!

Sem categoria

Um comentário sobre “Os ridículos

  1. Luiz Carlos Della Vecchia 17 de novembro de 2013 12:31

    Ridículo é pouco, são canalhas invocando aquilo que sempre corromperam, a justiça.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.