Bolsas Família, a moeda de troca nas eleições

contra voto bolsa familiaEstá circulando pelas redes sociais esta campanha visando bloquear o voto das pessoas que vivem mamando nas tetas do governo e recebem Bolsas Família – aliás, a campanha não cita as várias outras modalidades de bolsas.

Nada mais justo: a distribuição desenfreada de bolsas a torto e a direito criou uma porcentagem enorme composta por milhões de pessoas que automaticamente se tornaram eleitores do partido esquerdista que governa o país. É a chamada moeda de troca: a bolsa pelo voto.

Com toda a certeza aqueles que fazem parte da classe trabalhadora, que tomam condução de madrugada e viajam horas até seus empregos, que pagam altos impostos e encargos, que ficam horas nas filas de hospitais aguardando atendimento, que são assaltados mas ruas, que não conseguem escolas públicas de qualidade para seus filhos, serão o verdadeiro espelho do desejo popular. Os votantes que ganham bolsas estão totalmente sob suspeição.

O governo joga sujo: além de comprar votos com essas bolsas, já está fazendo campanhas em prol do seu partido pela mídia, descumprindo a lei eleitoral. E ainda por cima  manipula e divulga pesquisas de intenções de voto UM ANO ANTES das eleições –  verdadeiro atentado ao bom senso, com a única finalidade de induzir o eleitorado a imaginar que tudo está cor de rosa para a governanta. Todos nós sabemos que os outros candidatos nem possuem espaço para se promoverem e obviamente ficam lá embaixo nos números das pesquisas. Uma afronta à nossa inteligência!

O que se deduz é que falta um ordenamento jurídico para o tema eleições. Começando por proibir o voto dos beneficiados pelas benesses das Bolsas Família, cassando-lhes os títulos eleitorais,

Sem categoria

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.