E se Lula for preso?

odebrecht e andrade gutierrezA “Operação Lava Jato” prendeu Marcelo Odebrecht, presidente da empresa que leva seu nome e Otávio Marques de Azevedo, presidente da Andrade Gutierrez, duas das maiores empreiteiras do Brasil, que estão enroladas até a última pá de cimento no imbróglio do cartel de obras públicas e no ajuste do resultado das licitações ligadas à Petrobras.

Odebrecht fez ameaças: quando o cerco estava se fechando, encontrou-se secretamente nas últimas  semanas com  petistas e advogados próximos a Dilma e a Lula e transmitiu seu recado: “não cairia sozinho”. Ao menos uma dessas mensagens foi repassada diretamente à presidente da República. Que nada fez.

Quando os policiais foram prender Marcelo Odebrecht, ele se descontrolou. Seu pai, Emilio Odebrecht, patriarca da família que ergueu a maior empreiteira da América Latina, já vinha tendo acessos de raiva com o avanço da Operação Lava Jato: “Se prenderem o Marcelo, terão de arrumar mais três celas”, repetia ele. “Uma para mim, outra para o Lula e outra ainda para a Dilma.”

lula_presoEntão tudo indica que a prisão de Lula está próxima: afinal, ele não tem mais foro privilegiado e pode ser “convidado” a prestar esclarecimentos. Daí para o Ministério Público provar sua participação em todos os esquemas de corrupção no poder público federal dos últimos 14 anos no Brasil, será um pulinho.

E se Lula for condenado? Pode-se deduzir desde já que o partido ficará esfacelado, a “estrela maior” que criou o partido, mobilizou milhões de operários e posteriormente milhões de pessoas com seu “populismo intimista regado a cachacinha” estará fora de combate. Com isso, os frágeis elos que ainda mantêm a governanta mor ligada ao partido, se romperão e ela ficará mais órfã do que já está. Daí para um impeachment…

Se Lula for preso, será a maior reviravolta política ocorrida no Brasil desde os tempos do “Fora Collor!”. E a governanta mor que se prepare!

Sem categoria

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.