Tiranocracia do Temer

O baixinho Temer ao lado do senador Ronaldo Caiado

O ano chega ao fim e os brasileiros (os não corruptos) se sentem traídos e decepcionados. Eis que de repente e não mais do que de repente descobrimos que nossa República virou uma tiranocracia conduzida por um grupelho que deveria prestar contas à justiça, mas se mantém no poder.

Como a maioria dos déspotas (que ou quem exerce autoridade arbitrária ou absoluta), Temer vem tomando decisões esdrúxulas que trombam de frente com a maneira de pensar e agir dos brasileiros. E como a maioria dos déspotas, até o perfil físico tem semelhanças: Mussolini, o fascista, 1,69m. Josef Stalin, o carniceiro,1,68. Napoleão Bonaparte, o conquistador, 1,60. Getúlio Vargas, nosso ditador oficial, 1,63. Kim Jong II, o pai do idiota que dirige a Coreia do Norte, tinha 1,70 (dizem que com ajuda de “sapatos mágicos”, que faziam aumentar sua altura). E Temer tem 1,70 (provavelmente com a mesma ajuda dos “sapatos mágicos”).

E o que isso tem a ver? Talvez os psicólogos expliquem a tendência de mandonismo e poder que emana da cabeça dos baixinhos. Seria uma compensação para quem vê o mundo lá de baixo… que sofreram bullying na escola por causa do tamanho… que foram sempre os últimos a ser chamados para completar um time de futebol ou de basquete… que nunca conquistavam as garotas mais bonitas…

E por que Bahr-Baridades chama nosso regime de tiranocracia? Pois um dirigente como Temer, que legisla mais em causa própria, indiciado duas vezes oficialmente por corrupção, abrigando em seus ministérios vários corruptos oficiais, não poderia jamais usar o poder para emitir decretos que visam proteger… a eles mesmos. O “Indulto de Natal”, já chamado de “Insulto de Natal” criado por Temer é a prova viva de que estamos todos nas mãos de pequenos ditadores, os quais desprezam a lógica, os poderes constituídos e a inteligência dos brasileiros.

Infelizmente, só há o que temer nesta virada de ano, no cenário político brasileiro!

Sem categoria

Um comentário sobre “Tiranocracia do Temer

  1. MARIO LUIZ LESSER 30 de dezembro de 2017 11:44

    A atual situação é espelho do que ocorre neste Pais desde seu “descobtimento”,fruto de um ato de suborno. Os meios não judtificam os fatos

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.