Mês: setembro 2012



Expressões com a palavra chá

Semana passada ensinei algumas expressões relacionadas ao inglês britânico. Essas expressões também me fizeram lembrar que chá de fraldas e chá de panelas em inglês na verdade não usam a palavra “tea” (chá). Seria assim:

Chá de fraldas: Baby shower
Chá de panelas: Bridal shower
Chá de lingerie: lingerie shower

Com relação as expressões com a palavra “tea” (chá), no inglês britânico, este vídeo traz uma explicação detalhada das expressões que vou exemplificar abaixo:

1. “It’s not my cup of tea” – traduzindo ao pé da letra seria “não é minha xícara de chá”.  Seria algo como “não é minha praia, eu não curto”

2. “I wouldn’t do it for all the tea in China” – Ao pé da letra “Eu não faria isso nem por todo o chá da China”, seria algo como “não faria isso nem que a vaca tussa”

3. “It’s as good as a chocolate teapot” – Ao pé da letra “É tão bom quanto um bule de chocolate”, ou seja, não tem utilidade alguma, não é bom.

 

5 Comentários
 

To look forward to….

O tal do verbo “look” tem tantas utilidades que resolvi postar aqui algumas delas, principalmente porque hoje meu aluno me enviou um vídeo com a frase “I’ve been looking forward to” que ele aprendeu comigo este mês.

Look at – olhar para. Ex. “I’m looking at the window” (estou olhando para a janela)

Look for – procurar. Ex. “I’m looking for my watch” (estou procurando meu relógio)

Look after – cuidar. Ex. “Can you look after the baby for a while?” (Você pode dar uma olhada/ cuidar do bebê um pouco?)

Look like – parecer com. Ex. “I look like my mother” (eu pareço com minha mãe)

Look – olhar/parecer. Ex. “You look beautiful in this dress” (Você fica bonita com este vestido)

Look forward to – Estar ansioso para. Ex. “I’ve been looking forward to this moment” (Estou/ tenho estado ansiosa por este momento) Exemplo neste vídeo.

Importante: toda vez que usar look forward to e for um verbo em seguida, deve usar “ing”. Ex. “I’m looking forward to seeing you again” (Estou ansioso para ver você novamente)

 

2 Comentários


Couch potato

Essa expressão seria algo como “lazy” (preguiçoso). Traduzindo ao pé da letra seria “batata no sofã”, mas na verdade seria alguém que  fica o dia todo esparramado no sofá assistindo tv e comendo. Seria um Homer Simpson da vida. E você, está se sendindo um “couch potato” hoje?

1 Comentário


Intercâmbio

Acabei de receber um email do presidente do comitê local da ONG de intercâmbio que fiz em 1998. Que felicidade! Então resolvi falar um pouco sobre esta experiência mágica que é fazer um intercâmbio num outro país e falar um pouco sobre os diferentes tipos.

Eu fui em 1998 como “high school student”. Eu era adolescente, tinha estudado inglês por quatro anos e fui morar nos EUA com uma família americana e fazer um ano do segundo grau lá. O casal da família me chamava de filha e os filhos (um casal) me chamavam de irmã. Foi a experiência que mudou minha vida e muito do que sou hoje devo a isso.

Claro que a cultura é muito diferente mas desde o início fui pensando “não é o país que tem que se adaptar aos meus costumes, mas sim eu aos costumes dele”. Então eu ia para a igreja (evangélica) com a família todo domingo, apesar de eu ser católica, pois era parte da rotina deles, e fazia tudo conforme as regras da casa, independente de concordar ou não. Resultado: até hoje chamo eles de pai, mãe, irmão, irmã, etc. Visitei eles novamente em 2001, 2003, 2007, 2011 e os verei agora em novembro novamente. Nunca ficamos um mês sem conversarmos.

Morar em outro país me fez crescer pessoalmente e profissionalmente. Aprendi a dar valor em pequenas coisas e a respeitar o que é diferente do meu cotidiano, não julgar outras culturas sem conhecer e a ter muito mais responsabilidade. Tenho amigos americanos desde aquela época e essa semana meu “irmão” americano me ligou mostrando pelo facetime que estava noivando e todo feliz apresentando a noiva. Momentos como esse não tem preço.

Para quem tem interesse, não percam a oportunidade de fazer um intercâmbio. É inexplicável de tão bom. Só tenham em mente que vai ser muito difícil no início mas se você estiver disposto a se adaptar, será a melhor experiência da sua vida. Alguns intercâmbios que conheço:

High school – para adolescentes até 18 anos que querem estudar um ano fora. Ficam na casa de uma família. Foi o que fiz.

Au pair: babá por um ano na casa de uma família. Conheço muita gente que fez e adorou. Tem que cuidar das crianças da casa, morar com a família dessas crianças, que paga um salário determinado para você, assim como um curso que você quiser fazer lá e geralmente deixam um carro para você dirigir. Toda semana tem folga e você tem a oportunidade de sair para passear com amigos.

Work and Travel experience: muito comum entre estudantes universitários e também é muito legal. Geralmente ocorre nas férias de verão e são três meses trabalhando nos EUA em estações de esqui, hotéis, redes de fast food, etc. Dá pra ganhar uma graninha e ainda sobra alguns dias no fim da viagem para passear.

 

 

6 Comentários


Drive me to drink – Irlanda

Minha aluna falou que o chefe dela (que é irlandês) ensinou mais uma versão de “deixar alguém louco”, que eu e ela conhecíamos como “drive somebody nuts/crazy”. Ele disse que na Irlanda pode-se dizer “drive somebody to drink”.
Ou seja: Ele está me deixando louco seria, no que já conhecemos: “He is driving me nuts” ou “He is driving me crazy”.

De acordo com essa versão irlandesa, pode ser também “He is driving me to drink”

Comente aqui


Tipos de crime

to burgle: arrombar um local para roubar coisas
to steal: roubar objetos de alguém
to rob: roubar uma casa ou banco
to mug: assaltar alguém (atacar)

to murder/kill: matar alguém
to forge: falsificar
to smuggle: contrabandear
to bribe: subornar
to shoplift: furtar mercadorias em uma loja
to kidnap: sequestar alguém
to hijack: sequestar um ônibus, navio ou avião
to rape: estuprar
to trespass: invadir domicílio/propriedade
Comente aqui


Revistas para treinar seu inglês

Faz um mês comprei uma revista chamada “Hot English”. É como a “Speak Up”, uma revista em inglês para aprender e ensinar. Não gostei, achei muito ruim. O sotaque das pessoas no áudio parece ser de não nativos, mas até então tudo bem. O problema é que  tinha uma mocinha que não se decidia se fala com sotaque britânico ou americano, misturava tudo. Além disso, a revista é separada por níveis: Pré-intermediário, Intermediário, Intermediário-avançado e Avançado. Balela. O avançado deles é intermediário. O intermediário avançado é básico. Também tem a “Top English” que comprei uma vez ano passado e o problema foi que achei muito erros.  Não sei se melhorou agora. Por fim cheguei a conclusão de que a “Speak Up” é a melhor delas.

1 Comentário


Erro na placa

Um aluno me enviou esse link e lembrei de quando fiz pós na área um professor meu de tradução falou sobre  uma placa que viu em Foz que era assim: “Take care of your head” (cuidado com a cabeça).

Agora veja as duas frases: Cuidado com a cabeça! x Cuidado com a saúde.

Em inglês: “watch your head” x “take care of your health”.

Aqui a palavra “cuidado” tem dois sentidos totalmente diferentes. A primeira é sinônimo de prestar atenção, no sentido de tomar cuidado para não se machucar. A segunda seria no sentido de se zelar ou se responsabilizar.

Isso significa que falar “take care of your head”, querendo dizer para tomar cuidado para não bater a cabeça, está ERRADO! O certo seria: “watch your head” ou “be careful with your head”. Por sinal, toda vez que viajo TAM a aeromoça fala “Take care of your head”.  OMG!

 

 

1 Comentário


Paris Hilton e seu vocabulário

Sabe o tal do “tipo assim” que muitos brasileiros usam muito porque possuem falta de vocabulário ou simplesmente tem preguiça de pensar? Pois nos EUA também existe isso. Paris Hilton é um típico exemplo disso. A coisa que mais me irrita é ouvir ela falando. Só sai “you know, like…like, like”, é p tal do tipo assim. Vamos parar de ficar usando somente “so, then, and, like”? Para dar um “up” no vocabulário e também um ar mais formal:

Moreover(além disso) – ex. “The meeting is too long. Moreover, we’re already late”

In addition (além disso) – Ex. “The company provides cheap Internet access. In addition, it makes shareware freely available”.

Therefore(Portanto) – Ex. “Their car was bigger and therefore more comfortable”

As a result (como consequencia, resultado) – Ex. “I had a bad score on the test. As a result, I flunked”.

Such as (como por exemplo) – ex. “Cartoon characters such as Mickey Mouse and Snoopy are still popular”
Abaixo uma entrevista de pouco mais de um minuto com a Paris Hilton. Veja que em 10 segundos (dos 15 aos 25 seg) ela fala duas vezes “you know” sem necessidade. Claro que ela acaba falando várias outras vezes isso e também o tipo assim (like).
4 Comentários