Mês: agosto 2015



Vamos pra Disney comigo?

Como muitos sabem sou guia de turismo nos EUA, sempre levando grupos para New York, Costa Oeste, etc.
Desta vez levarei um grupo para a Disney. A viagem é de 15 dias, com tudo incluso (entrada em todos os parques, passagem aérea, hotel dentro da Disney, dois guias, tour de compras, pulseira Disney personalizada, cd com fotos do passeio, seguro de viagem, etc). Quem tiver interesse entre em contato comigo.
DISNEY

Sem categoria
2 Comentários


O que significa “rick roll”? Do vídeo dos Foo Fighters desta semana

Hoje vi uma matéria que amei.
O grupo de rock Foo Fighters me agrada cada vez mais por suas atitudes de preocupações com seus fãs e a sociedade num geral e a notícia de hoje foi mais uma a me agradar.
Existe um grupo radical americano chamado de WBC (Westboro Baptist Church) que é conhecido por manifestações homofóbicas e que estava nesta sexta-feira na frente do Sprint Center, em Kansas City, aonde a banda Foo Fighters iria tocar à noite para seus fãs. Não que os fãs do Foo Fighters sejam na maioria gays. Na verdade esse grupo radical resolve aparecer em shows e outras ocasiões que tenham uma grande aglomeração de pessoas para protestar contra gays. Nesta sexta foi igual. Tinham cartazes como “God Hates Fags” (Deus odeia bichas).
Pois a Banda foo Fighters resolveu “trolar” esse radicais com uma pegadinha chamada “Rick rolling”.
A banda apareceu numa pick up gigantesca com essa música num volume muito alto, com cartazes dizendo “Vocês acabaram de ser ‘rickrolled’ (trolados)” e um cara de sunga colorida e camiseta lilás escrito Foo Fighters dançando ao lado deles.
Clique aqui para ler a matéria completa e veja abaixo o vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=lfVUb_Tw_Gg

Mas o que significa “rick rolling”?
Esta gíria tem como substantivo “rick rolling” e como verbo “to rick roll” vem do sucesso da década de 80 do cantor Rick Astley, a música “Never Gonna give you up”.
O que acontece hoje é que uma pessoa pede pra você entrar numa página ou num link (por exemplo: Flagra! Dercy Gonçalves ainda está viva!) e quando você clica ali e pensa que vai entrar no site que deseja ver aparece esse vídeo da década de 80 no lugar. Uma pegadinha. O fato é que essa pegadinha ficou tão famosa que alavancou novamente a carreira do cantor que já estava esquecido a tal ponto que ele até participou do maior desfile de Ação de Graças dos Estados Unidos em 2008, do desfile da Macy’s, em NYC.
Veja abaixo o famoso vídeo de Rick Astley:

Comente aqui


Como dizer “tá bombando” em inglês?

Hoje uma aluna me perguntou isso.
Como dizer ele tá bombando na night / como dizer ele está detonando na night? Ou seja, fazendo o maior sucesso?
Pois bem, pra dizer que algo está fazendo o maior sucesso geralmente dizemos “rocking” ou “pimping”. No entanto, “pimping” também pode significar várias outras coisas e entre elas o fato de ser o cafetão de alguém ou de prostituir alguém. Então eu não uso essa gíria para não dar brecha para um duplo sentido ou uma piada maior.
Ex. “He’s rocking the night” / “He’s pimping the night” (ele está bombando na noite)
Ex2. “He rocks on soccer” (Ele detona/arraza no futebol)

SE for na internet, usa-se “to trend” ou “to go viral” ou “to be a big hit”
Ex. “He’s trending on twitter” / “He’s going viral on twitter” / “He’s a big hit on twitter” (Ele está bombando no twitter)

FIQUE CALMO E CONTINUE DETONANDO/ARRASANDO

FIQUE CALMO E CONTINUE DETONANDO/ARRASANDO

Captura de Tela 2015-08-20 às 14.01.56

Captura de Tela 2015-08-20 às 14.02.17

Comente aqui


Ladybug X ladybird

Esses dias estava dirigindo e vi isto aqui:

LADYBUG X LADYBIRD

LADYBUG X LADYBIRD

Como vi no desenho que era uma joaninha, lembrei que em inglês joaninha se diz “ladybug”. Então fiquei pensando o motivo de estar escrito “ladybird”. Pensei: “Será que foi um erro de escrita? Um erro de tradução? Será que é de outra região?”

Pois foi depois que pesquisando descobri que “ladybird” é mais usado na Inglaterra e Irlanda, enquanto que “ladybug” é mais falado nos EUA. Ou seja, as duas palavras tem o mesmo significado: joaninha!

2 Comentários


Como se diz festa do pijama em inglês

Nos Estados Unidos é muito comum as meninas chamarem as amigas para dormirem na suas casas assim junta um monte de menina para fazer uma “fest do pijama” na casa da amiga.
Quando morei lá fizemos uma com 12 meninas. Cada uma levou seu saco de dormir (lá eles acampam muito então todo mundo tem um saco de dormir) e passamos a noite assistindo filmes românticos, fazendo a unha, batendo papo… coisas que toda adolescente faz.
Essa semana lembrei de como isso é comum lá e que eles chama isso de “slumber party”

SLUMBER PARTY - festa do pijama

SLUMBER PARTY – festa do pijama

2 Comentários


Bear x Bare: homófonos

Essa semana recebi um trocadilho com um duplo sentido que achei interessante compartilhar.
A palavra BEAR significa “urso” em inglês e BARE pode significar nu, despido ou descoberto. Ex. “barefoot” = descalço.
“With your bare hands” é uma expressão idiomática que significa “com suas próprias mãos” ou seja, sem o uso de nenhuma ferramenta ou arma para fazer algo.

O fato é que essas duas palavras, apesar de terem traduções totalmente diferentes são palavras homófonas (em inglês “homophones”). Ou seja, a pronúncia (o som) é igual. Ambas são representadas foneticamente assim: /ber/ no inglês americano e assim /beə(r)/ no inglês britânico. Clique aqui para ouvir a pronuncia de BARE e aqui para ouvir a pronúncia de BEAR e ver que é a mesma.

TROCADILHO: BEAR X BARE

TROCADILHO: BEAR X BARE


O significado: “Construí isso com minhas próprias mãos/mãos de urso”

Comente aqui
 

Como dizer “vestibular” em inglês

Primeiro: não há vestibular nos EUA nem na Inglaterra.
O que há é um acompanhamento das suas notas da escola (segundo grau) e também um teste do governo, como se fosse um ENEM de lá. São: Scholastic Aptitude Test (SAT) e o American College Test (ACT). Tem que ter os dois, diferente do Vestibular, que é uma nota totalmente separada do histórico da escola. Se o aluno for mal em uma dessas provas pode refazer um ou dois meses depois. Para entrar em qualquer universidade dos EUA existe uma nota mínima exigida nesses dois testes que são difíceis e duram em média 5h cada. Além disso, dependendo da universidade em que você quer entrar, também precisa ter um bom histórico escolar dos últimos três anos do ensino médio de lá, além de que a boa performance em esportes, em grupos de estudo e outras atividades escolares conta pontos para ser admitido numa universidade americana. Uma curiosidade é que lá o ensino médio, chamado de high school, tem quatro anos e cada ano tem um nome. O primeiro ano é chamado de “freshman” que é a equivalência de calouro, e eles são zoados pelos outros como os calouros numa faculdade. O segundo ano corresponde ao “sophomore”, o terceiro ao “junior” e o último ano, os veteranos, que são os maiorais da escola, são os “seniors”. Para mais detalhes sobre esses testes veja no blog aqui.
Algumas pessoas traduzem como “college entrance exam” mas outras acham que não deve haver tradução, mas sim o uso da palavra “vestibular” e uma breve explicação, já que não é o mesmo que um “college entrance exam”, mas sim um teste específico que ocorre no Brasil. Concordo com esta última opinião. Eu diria “vestibular” e explicaria como funciona.
Mais detalhes sobre como funciona o vestibular e como explica-lo em inglês aqui.

Abaixo vídeo explicativo do que é o SAT teste:

Comente aqui


Past perfect X Past perfect continuous

Estou lecionando Past Perfect e Past Perfect continuous para uma turma e eles estavam com bastante dúvidas que acho que são pertinentes esclarecer para todos que também confunde muito os dois.

Primeiro vou esclarecer o que é cada um e depois dizer a diferença entre os dois.

1) PAST PERFECT (HAD + PARTICIPLE): Usamos quando temos 2 ações no passado e a ação com o “past perfect” é SEMPRE a ação que aconteceu antes da outra ação. Seria um “duplo passado”. Ex. When he arrived I had already left (Quando ele chegou – SIMPLE PAST – eu já tinha saído – PAST PERFCT – primeiro eu saí, depois ele chegou) ex2. By the time I got to the station the train had left (quando ele cheguei na estação o trem tinha saído) ex3. I didn’t know who she was. I’d never seen her before (Eu não sabia quem ela era. Eu nunca a tinha visto antes – antes daquele momento no passado)

2) PAST PERFECT CONTINUOUS (HAD BEEN + VERB-ING): Usamos pra dizer que algo começou a acontecer num passado anterior a outro evento/ação, continuou acontecendo e parou LOGO antes desse outro passado OU continuou a acontecer até ocorrer essa outra ação no passado. Ex. “The sun was shinning, but the ground was wet. It had been raining” (O sol estava brilhando mas o chão estava molhado, tinha chovido) – quer dizer que estava chovendo por um período e parou de chover um pouco antes de eu olhar e ver o sol brilhando, pois a grama ainda estava molhada. Ou seja, algo que estava acontecendo por um tempo e parou um pouquinho antes da outra ação no passado (o sol estava brilhando). Ex2. “At last the bus came. I had been waiting for 20 minutes.” (Finalmente o ônibus veio. Eu estava esperando fazia 20 minutos) – Ou seja, a ação estava acontecendo por um certo período (eu estava esperando) e parou de acontecer quando a outra ação no passado aconteceu (o ônibus veio)

FONTES: English Grammar in Use (Raymond Murphy), Advanced Language Practice (Michael Vince)

Pra resumir, past perfect é uma ação anterior a outra ação no passado. Past Perfect continuous é uma ação no passado que acabou um pouco antes de outra ação no passado acontecer OU que estava acontecendo e foi interrompida por essa outra ação no passado.

5 Comentários


Expressões em homenagem à luta Ronda X Bethe

Estava vendo as provocações da lutadora de MMA brasileira Bethe Correia contra a campeã Ronda Rousey e me decepcionei.
Há algum tempo eu havia assistido uma reportagem que mostrava a trajetória da brasileira e achei uma história de vida de superação emocionante. Mas quando vi a brasileira tirando sarro da americana pelo fato do seu pai ter se matado e sugerindo que Ronda já fez uso de drogas, mal acreditei que era a mesma pessoa humilde e honesta que eu havia visto na reportagem de tempos atrás. Parecia a irmã do Chael Sonney ali. Totalmente sem freio. Bethe continuava falando, falando, falando e falando…. até mesmo durante a pesagem continuava provocando a rival, que chegou a chorar ao falar do golpe baixo que foram as palavras usadas pelo brasileira.
Bethe disse depois que não se referiu ao pai de Ronda e que não sabia que ele havia se matado. No entanto, continuou provocando e falando…. Pois na hora da luta, mais uma vez, fez um show à parte na sua apresentação e entrada, ao som de “Beijinho no ombro”. A brasileira, que também tirou sarro de Ronda dizendo que a americana não sabia usar as mãos para bater (se referindo a socos) pois sempre ganhou por “arm lock”, acabou sendo nocauteada por um poderoso soco na têmpora aos 33 segundos do primeiro round.
Na hora veio na minha mente a expressão idiomática “HER BARK IS WORSE THAN HER BITE” que traduzindo literalmente seria “o latido dela é pior que sua mordida”, e em português a equivalência é “cão que ladra não morde”.
E para completar a lição a cereja do bolo foi Ronda chorando dizendo que esperava que nunca mais envolvessem família no MMA e dizendo em português que ama o Brasil. Lição de humildade.
Lembrei da outra expressão “THE ICING OF THE CAKE” que ao pé da letra é “a cobertura do bolo” mas no Brasil geralmente dizemos “a cereja do bolo”.
E sobre a Ronda ganhar da Bethe justamente co um soco, que muita gente achava ser a parte mais fraca da americana, lembrei de “DON’T JUDGE A BOOK BY IT’S COVER” (não julgue um livro pela capa”.
Veja a luta abaixo:
https://www.youtube.com/watch?v=z6oRm9w56Eo

Comente aqui