Mês: setembro 2015



Como se diz “gabaritar no teste” em inglês?

Semana passada apliquei prova para meus alunos e uma aluna gabaritou a prova escrita (acertou tudo) e errou só 2 itens na prova oral.
Então ontem, quando eu estava apresentando as notas, falei pra ela: “you almost aced the test, congrats!” e ela não entendeu e fui explicar.
Nos EUA quando você tem nota máxima num teste, geralmente tira A+ e não 100, como na maioria dos lugares no Brasil.
“Aced” vem da letra A, que é a nota máxima nos EUA. Gabaritar, ou seja, acertar TUDO num teste seria então “to ace a test” em inglês.

To ace = gabaritar

To ace = gabaritar

Comente aqui


Próximo conversation class free

Olá gente! Muita correria e muita viagem como guia de turismo, por isso não marquei antes nosso próximo conversation, mas agora já tenho as datas dos próximos 2!
Dia 03/10 e 17/10 às 15h serão nossos próximo encontros para bater um papo em inglês e tomar um delicioso café da tarde verdadeiramente americano no Bolos do Frei de Maringá.
Quem tiver interesse por favor me avise para eu poder reservar mesa para o número certo de pessoas. Tem que ter inglês mínimo intermediário pois nosso bate papo é 100% em inglês ok?
A única coisa que terão que pagar serão as coisas que comerem/beberam lá. A conversação é gratuita. 🙂

Sem categoria
2 Comentários


Qual a diferença: I wish you were X I wish you would

Antes de falar sobre a diferença de usar “I wish you were” e “I wish you would” acho importante friar a diferença entre WISH e HOPE
1) WISH: desejo, sonho, desejar, sonhar, querer algo que você acha difícil de acontecer
2) HOPE: esperança, confiança, expectativa, esperar, ter esperança de que aconteça algo.
Basicamente o HOPE usamos quando acreditamos que algo vá acontecer ou tem grandes chances de acontecer e WISH quando acreditamos que algo é muito difícil de acontecer mas temos esse sonho, esse desejo.

Quando usamos HOPE podemos usar algo no futuro ou presente. Ex. “I hope it doesn’t rain tomorrow” (Espero que não chova amanhã) = “I hope it won’t rain tomorrow” (Espero que não chova amanhã)

Quando usamos WISH é um pouquinho mais complicado:
a. Para falar de um WISH (desejo, sonho) para o presente ou futuro usamos o PASSADO. Ex. “I wish you weren’t leaning” (Eu queria que você não estivesse partindo) – quer dizer que a pessoa está partindo, mas meu desejo é que ela não partisse. Ex2. “I wish I had a car” (Eu queria ter um carro) – eu queria ter, mas não tenho. Ex3. “I wish you were my sister” (Eu queria que você fosse minha irmã) – é um sonho, não tem como você ser minha irmã.
b. Para falar que você gostaria que uma situação MUDE, usa WOULD depois do WISH e não o passado. Ex. “I wish it would stop raining” (eu queria que parasse de chover) – quer dizer que eu tenho a esperança que o tempo mude e que pare de chover. Ex2. “I wish you wouldn’t make such a mess” (Eu queria que você não fizesse tanta bagunça) – eu quero que você mude de atitude. Ex3. “I wish you would arrive earlier” (Eu queria que você chegasse mais cedo) – quero que da próxima vez você chegue mais cedo, quero essa mudança.
c. Quando vou falar de um desejo ou um sonho passado, uso o HAD + PARTICIPLE. Ex. “I wish I hadn’t eaten so much” (Eu queria não ter comido tanto) – eu comi muito mas queria não ter comido tanto.

FONTE: Advanced Language Practice – Michael Vince – livro de gramática usado em cursos preparativos para testes como CAE – Cambridge Advanced Examination.

Comente aqui


Uso de tradução em inglês no trem Curitiba Morretes

Olá gente. Como também atuo como guia de turismo credenciada, semana passada viajei a semana toda a trabalho para Curitiba e depois Gramado.
Em Curitiba fizemos o passeio de trem Curitiba-Morretes. Eu estava acompanhando um grupo do Senac que estuda o curso de guia de turismo. Ou seja, são futuros guias de turismo.
Eu já havia feito esse passeio antes e havia alguns turistas estrangeiros no mesmo vagão. Mas o que me surpreendeu desta vez foi que o número era bem maior: eram 12 pessoas no vagão que não falavam português. Durante o trajeto, que é muito lindo, há sempre um guia, também credenciado pela EMBRATUR, contando toda a história da ferrovia e as belezas naturais ali encontradas… em português!
Como vi que os estrangeiros passariam o tempo todo ali sem entender nada, perguntei para ele se havia tradução. Ele disse que quando há um vagão só de estrangeiros aí eles contratam um guia para falar em inglês. Mas vi que em outros vagões também era possível ver outros estrangeiros. Creio que estavam espalhados em diferentes vagões e se estivessem todos num só vagão poderiam ter um guia falando em inglês.
Diante do fato que eles teriam que ficar mais de 1h ouvindo instruções em português sem entender nada, me ofereci para fazer a tradução simultânea e o guia aceitou com o maior prazer. A parte mais interessante foi quando o guia falou da ponte construída entre dois túneis, a que quando passamos parece que estamos voando, que teve as peças trazidas da Bélgica de navio e quando traduzi um grupo de quatro pessoas veio todo contente dizer que eram da Bélgica e pedir mais informações a respeito. Também teve um casal de jovens americanos que pediu dicas de restaurantes e depois veio querer me dar gorjeta, pois é prática lá dar gorjeta para tudo. Agradeci mas não aceitei, disse que minha gorjeta é saber que eles gostaram do nosso país e vão falar bem depois. Eles disseram que com certeza estão gostando muito.
Depois disso saí contente por ter ajudado um grupo de pessoas a entender um pouco mais sobre nosso país e nossa história e gostaria de deixar essa sugestão para todos que falam inglês e percebem um estrangeiro precisando de uma ajuda com tradução. Primeiramente é importante perguntar se ele gostaria de tradução ou de ajuda, se ele aceitar, é uma boa maneira de mostrar como nós brasileiros também somos gentis e de dar uma boa impressão do nosso país. Com certeza vai ser bacana para você que vai praticar seu inglês, e para o visitante, que sairá bem informado e contente.

1 Comentário


Pronúncia: a werewolf x a wearwolf x a warewolf x aware wolf

11824138_10206041934780657_1708381255_n

Esta figura é uma brincadeira com o som das palavras.
São palavras com escritas diferentes, significados diferentes, mas pronúncias iguais. Quando acontece isso chamamos as palavras de “homophones”.
a Werewolf: um lobisomen. fonética: /ə’werwʊlvz/ clique aqui para ouvir a fonética
a wearwolf: essa palavra não existe, é um neologismo, a equivalência seria o mesmo que uma pele de lobo (como um casaco). A pronúncia é a mesma que a primeira: /ə’werwʊlvz/
a Warewolf: ware significa mercadoria ou algo que está à venda. “A warewolf” é mais um neologismo para dizer “um lobo à venda”. o som aqui seria o mesmo que as primeiras palavras: /ə’werwʊlvz/
Aware wolf: a equivalência seria o mesmo que “lobo consciente”. A pronúncia seria a mesma que as das palavras anteriores: /ə’werwʊlvz/

Comente aqui


At the window x in the window

Preposição é algo que realmente confunde muita gente quando se trata do inglês, principalmente quando falamos de AT, IN, ON.
Isso porque há muitas exceções.
Vou passar uma regra GERAL sobre quando usar AT, IN, ON quando for falar de lugar.
“I’m in the pool” (Estou na piscina)
“I’m on the beach” (Estou na praia)
“I’m at school” (Estou na escola)

Como pode ver, nessas três frases AT, IN, ON tiveram a mesma tradução = NA
Qualquer um desses três pode significar no, na, em.
Mas então quando usá-los com relação à lugar?
Se a tradução pode ser a mesma, o que vai mudar então é o SENTIDO. IN no sentido de dentro. ON em cima, em contato com a superfície. AT sentido geral. Ou seja, “in the pool” porque quando quando você está na piscina só pode estar dentro, pois você não é Deus para estar flutuando na piscina. Da mesma forma dirá que está “in the class” (na sala), “in the car” (no carro), “in the kitchen”(na cozinha) pois só pode estar dentro desses lugares. In Maringá, In Paraná, In Brazil (em Maringá, no Paraná, no Brasil) pois está dentro do perímetro que pertence à essa cidade, estado, país.
Dirá então que está “on the beach” (na praia) porque está em cima da areia, “on the street” (na rua) porque está em cima da rua, “on the farm” (porque está no campo aberto, em cima da fazenda”, “on the floor” (no chão) porque está em cima. Pode dizer que mora “on Brazil avenue” (na avenida Brasil) porque mora em cima desta rua. Mas diz que mora “at 310 Brazil avenue” porque o endereço (localização com número) é algo abstrato, criado pelo homem, não é a localização exata, em contato com uma super;icil ou dentro dela, é um número imaginário criado pelo homem para inventar uma localização.
“At school” (Na escola) porque escola, casa, shopping, trabalho, igreja, banco e qualquer outra construção que tenha mais de um cômodo você sempre fala no sentido geral, pois pode estar em qualquer lugar desse local. Pode estar na garagem, na entrada, no jardim, no banheiro, da sala, na recepção, etc. Da mesma forma diz que está “at the window” (na janela) quando está sentado perto da janela ou debruçado nela, não sentado em cima da janela. Diz que está “at the beach” quando quer dizer que está em Camboriú ou qualquer outra cidade de praia mas não necessariamente está em cima da areia. Diz que está “at the traffic lights” (no semáforo) quando está perto do semáforo e não em cima dele nem dentro do mesmo. Diz que tem uma pessoa “at the door” pois tem uma pessoa perto da porta e não colada na porta como se fosse um adesivo nem dentro na mesma.

Então “at the door” seria “na janela” quando você está perto da janela ou debruçado, com os braços apoiados na mesma. “In the window” seria “na vitrine”, pois está “do lado de dentro da janela” ou seja, lá dentro na vitrine. Viu só como o uso errado de uma preposição muda totalmente o sentido da frase?
AT the window = na janela
IN the window = na vitrine

2 Comentários


O que significa o jogo “never have I ever”

A famosa apresentadora de TV Elen DeGeneres sempre faz essa brincadeira com seus entrevistados.
Traduzindo seria o mesmo que “Eu nunca fiz”. É o mesmo que a brincadeira “Eu nunca”, que quando a pessoa diz que nunca fez algo (geralmente inusitado) e quem nunca fez levanta a placa igual ou concorda e quem já fez levanta a placa que já fez.
O que acontece muito no Brasil é um grupo de amigos sentar pra brincar isso e toda vez que alguém disser “eu nunca” e completar a frase (ex. eu nunca nadei pelado num rio) e alguém disser que já fez, essa pessoa tem que pagar um mico ou virar um copo de bebida alcóolica.
No vídeo abaixo ela faz a brincadeira com os atores Johnny Depp, Gwyneth Paltrow and Paul Bettany.
A primeira pergunta é:
“Nunca estive numa praia de nudismo” (nude beach = praia de nudismo)
“Nunca fui preso” (to be arrested = ser preso)
“Nunca fiz uma tatuagem que me arrependo” (tatoo = tatuagem; regret = se arrepender)
“Nunca fiz sexo num avião” (mile high club – gíria usada para chamar pessoas que já fizeram sexo a bordo de um avião)
“Nunca menti para conseguir um emprego (to lie = mentir)
“Nunca me livrei de uma multa por excesso de velocidade por ser uma celebridade” (speeding ticket = multa por excesso de velocidade)
“Nunca esqueci o nome de um ficante/namorado” (date = namorado/ficante)
“Nunca vi os meus colegas de trabalho de Mortdecai nus” (naked = nu)
“Nunca menti num programa de entrevistas” (talkshow = programa de entrevista)
“Nunca fiz sexo por mensagens” (to sext = fazer sexo por mensagens)
“Nunca disse que um bebê era fofo quando era obviamente feio” (cute = fofo; ugly = feio)

Never Have I ever:

Comente aqui


Como dizer “é por minha conta” ou “eu pago a conta” em inglês?

Quando você sair com alguém e esta pessoa quiser dividir a conta mas você quer pagar, pode dizer:
“It’s on me” ou “it’s my treat”

Mas e “como dizer é por conta da casa”? Neste caso dizemos “it’s on the house”.

E como dizer dividir a conta em inglês? To go dutch.

Abaixo uma foto de uma matéria muito interessante que vi mês passado circulando na net. Dois bombeiros estavam esgotados depois de um tenso dia de trabalho e foram tomar café num lugar quando a garçonete ouviu sobre o que eles estavam conversando e na hora de trazer a conta trouxe um bilhete dizendo que pagaria a conta por eles serem pessoas tão corajosas, dedicadas e exemplos na sociedade. Ato que impressionou os bombeiros e por isso resolveram postar foto do bilhete e agradecendo a moça pelo gesto de bondade. Exemplo.

11868633_10206100212837572_717484282_n

Comente aqui