Mês: janeiro 2016



Ship, chip, sheep, cheap, tip: Diferença na Pronúncia

Essas palavras se confundem muito na hora de falar, ou seja, na pronúncia.
Antes de descrever sobre cada um, gostaria de explicar que o som da vogal I longa, representado assim /i:/ é como o som do I em português. Já o som da vogal I curta, representada assim /i/ é com o so do i quase sem mexer na boca, sem abrir.
Se quiser pode ver e ouvir o som do I curto clicando aqui e o som do I longo clicando aqui.

Então vamos ver as diferenças:
SHIP (navio): tem o som de X e i curto. A grafia fonética é assim: /ʃɪp/ Ouça clicando aqui.

CHIP (batata frita no inglês britânico, batata estilo ruffles no americano, ou chip de computador, celular, etc): tem o som do T da palavra tia falada por um paranaense do interior e I curto. A grafia da fonética é assim /tʃɪp/ Orça clicando aqui

SHEEP (carneiro, ovelha): tem o som de X e I prolongado. A grafia fonética é assim: /ʃiːp/ Orça clicando aqui.

CHEAP (barato): tem o som do T da palavra tia falada por um paranaense do interior e I longo. A grafia da fonética é assim /tʃɪ:p/ Orça clicando aqui.

TIP (gorjeta, dica): tem o som do T da palavra tia falada por um curitibano or nordestino e I curto. A grafia da fonética é assim /tɪp/ Orça clicando aqui.

Comente aqui


Os dois significados de “pull off”

O leitor YUKI perguntou:
“Você sabe o que significa ‘pull off’? Eu gostaria de traduzir uma frase mas achei ‘pull off’ só relacionado a carros. A frase é ‘Some people can’t pull off sarcasm’. Thank you”

Pull off é um verbo frasal (verbos que se juntam com uma preposição, advérbio ou palavras de uma outra classe gramatical e formam um significado geralmente bem diferente do significado inicial do verbo e, por isso mesmo, não podem ser traduzidos ao pé da letra) com dois significados diferentes:

1. PULL OFF + OBJETO (Em um veículo ou carro) – sair da estrada/rodovia à para parar por um momento. Não confunda com “PULL OVER” que é encostar no meio -feio/guia ou desviar o carro para a margem da estrada (acostamento).

2. PULL + OBJETO + OFF – obter êxito em algo. Ex. “We pulled off the deal”. (Nós tivemos sucesso na negociação) Ex2. “I never thought you’d pull it off”. (Nunca pensei que eu teria êxito nisso)
Então na frase “Some people can’t pull off sarcasm” a tradução seria algo como “algumas pessoas simplesmente não conseguem ser sarcásticas” ou mais ao pé da letra “Algumas pessoas não conseguem ter êxito em sarcasmo”.

2 Comentários


Résumé x resume: diferença de tradução e pronúncia

“Résumé”, apesar de ser uma palavra em inglês, tem acento pois é derivada do francês. Geralmente as palavras em inglês não tem acento. Résumé tem a escrita da fonética representada assim: /ˈrezəmeɪ/ para ouvir a pronúncia clique aqui. O significado é o mesmo que “curriculum vitae” ou seja, currículo. “Résumé” é mais comum no inglês americano (Estados Unidos) enquanto que “Curriculum Vitae” é mais comum no inglês britânico.

Quando à palavra “resume”, é representada pela fonética /rɪˈzuːm/. Para ouvir pronúncia clique aqui.
“Resume” é um verbo e significa “resumir”.
Então resume NÃO significa resumo, ok?
Resumo em inglês se diz “abstract” ou “summary”

Comente aqui


A expressão do inglês “baby boomer”

O leitor Augusto perguntou o significado de geração Baby Boomer.
Pois bem, essa expressão é usada para definir grupos de pessoas principalmente no meio empresarial.
Baby Boomer são as pessoas que nasceram logo após II Guerra mundial (1945). São as que gostam de emprego fixo e estável, valorizam mais experiência. Do inglês: Baby (bebê); Boom (explosão). Baby boomer = explosão de bebês. Porque com o fim da II Guerra Mundial os soldados americanos voltaram para suas casas e conceberam filhos todos na mesma época. Daí a origem da expressão.
Logo após os baby boomers tem a geração X, das pessoas que nasceram em meados da década de 60 até final de 70. Foi a geração que viveu no Brasil a “Diretas Já” e fim da ditadura. No meio profissional a Geração X tem resistência em relação a tudo que é novo, além de apresentar insegurança em perder o emprego por pessoas mais novas e com mais energia.
Já a geração Y é a que nasceu na década de 80 (eu) tem a capacidade em fazer várias coisas ao mesmo tempo, tem um desejo constante por novas experiências, o que no trabalho resulta em querer uma ascensão rápida, que a promova de cargos em períodos relativamente curtos e de maneira contínua. Eu estou no mesmo emprego há 8 anos e não penso em sair. Então sou excessão neste caso mas não gosto de fazer a mesma coisa sempre. Tento sempre mudar, inovar, fazer diferente. Bem típico da geração Y.
A geração Z é a nascida na década de 90 que tem comportamento individualista e antissocial. Preferem ficar na Web que jantar na mesa com a família, tem perfil mais imediatista e não tem paciência com os mais velhos que tem dificuldades com tecnologia.



O que significa a gíria M.I.A.?

No reality show americano “Keeping Up with the Kardashians” ouvimos frequentemente Kourtney dizendo que seu marido está M.I.A (pronunciamos em-ai-ei). Mas o que significa MIA? MIA é a abreviação de “Missing in action”. Em português seria o mesmo que dizer que a pessoa está sumida, ou seja, não dá notícias, ninguém sabe aonde foi. No lugar de dizer que a pessoa “disappeared” (desapareceu/sumiu) é mais comum como uma gíria dizer que a pessoa está M.I.A.

M.I.A. - Missing in action

M.I.A. – Missing in action

4 Comentários


5 coisas que te impedem de aprender um segundo idioma

Li este texto em inglês e achei super interessante. Então resolvi resumir em português. Mas para quem tem interesse em ler a versão original leia clicando aqui.

1. Vá devagar: É comum quando alguém vai começar a estudar um idioma estar extremamente empolgado e eufórico. Mas o correto é ir devagar. Pois geralmente nesses casos a pessoa estuda todos os dias na primeira semana, e já na segunda semana pula um dia porque está muito cansado, e na outra pula dois, e assim vai diminuindo a empolgação e a dedicação junto. Então em breve, se vê frustrado e com um monte de coisa pra estudar que ficaram para trás. Então o correto é marcar dias fixos (não precisa ser todo dia) umas duas ou três vezes por semana para se dedicar em casa e manter o ritmo. Mantenha um ritmo frequente. Dez minutos todos os dias vale mais que um dia inteiro de estudos somente uma vez por semana.

2. Os benefícios de uma memória fraca: muita gente se gaba de ter uma ótima memória fotográfica e de poder gravar vocabulário com facilidade. Mas isso não vale nada se você não pratica e não sabe usar esse vocabulário apropriadamente numa frase. O certo é praticar o vocabulário aprendido. Se não tiver com quem praticar escreva frases ou fale consigo mesmo frases ou diálogos com o que aprendeu. Mesmo a pessoa com ótima facilidade de aprendizado não conseguirá aprender se não colocar em prática o que viu em sala. Se não lembrar de um vocabulário na hora de falar, improvise e use outro no lugar que você se lembre.

3. Ninguém é perfeito: Não fique com medo de falar e errar. Se você não praticar nunca vai falar perfeito. Se você praticar e errar várias vezes, pode ir aprendendo e aprimorando devagar. Até os nativos escorregam principalmente em gramática. Claro que também é importante falar corretamente, mas o primordial deve ser conseguir comunicar o que se pretende.

4. Todo trabalho e nenhuma diversão: algumas pessoas se cobram tanto que acabam ficando estressadas e esquecem de se parabenizar e reconhecer o quanto evoluíram. Sempre olhe para o tanto que aprendeu e se já está conseguindo manter uma conversa em inglês.

5. O objetivo está sempre à frente: todo mundo tem um objetivo quando está aprendendo uma língua. Mas depois acabam se perdendo e esquecendo de manter o foco. Eu, por exemplo, a cada três meses coloco uma meta/objetivo para meus alunos e quando chega o final desses três meses passo se eles alcançaram esse objetivo ou não e coloco outro se conseguiram, e assim vai.

1 Comentário


Erro na pronúncia da tradução do filme “O Dilema”

Estava assistindo ao filme “O Dilema” no TNT (em inglês “The Dilemma”) quando ouvi o ator Vince Vaughn falar sobre o estilo de carro “muscle car”. O filme, infelizmente, era dublado. E na dublagem ele falou do carro “muscle car” sem traduzir para o português, o que está tudo bem pois no Brasil as pessoas falam sem tradução sobre esse estilo de carro. Mas o problema é que o dublador falou ERRADO a palavra. Ele disse “mãscou car”.
Na verdade, tanto no inglês britânico quanto no americano não existe essa pronúncia. Não se pronuncia o C na palavra “muscle” (músculo). clique aqui e ouça a pronúncia.

Veja o trailer do filme:

Comente aqui


Como e diz “lacrou” em inglês

Está na moda dizer que a pessoa “lacrou” quando arrasou ou foi extremamente bem em algo.
Essa gíria que está fazendo sucesso na internet surgiu desse vídeo abaixo:

Clique aqui para saber como esse vídeo acabou se tornando viral e deu surgimento à gíria “lacrou”

Mas como se diz isso em inglês?
Em inglês podemos dizer “nailed” com o mesmo sentido de lacrou/arrasou/acertou em cheio. Fiz um post com a expressão “nail” e seus usos. Clique aqui para ler a respeito.
Tem um texto em inglês que fala justamente sobre como Mark Zuckerberg (dono do Facebook) lacrou numa resposta para uma senhora que escreveu no face que sempre aconselhou a neta dela a namorar um nerd, pois ele pode ser o próximo Zuckerberg no futuro.

Veja o texto aqui

Comente aqui


O que é silver lining em inglês?

Estava lendo uma notícia sobre Kim Kardashian em inglês em que mencionava o quanto ela sofreu na segunda gravidez mas que a “silver lining” eram os presentes caríssimos que ela e o baby ganharam.
O que vem a ser “silver lining”?
Esta expressão vem da expressão idiomática “every cloud has a silver lining” (para ver explicação desta frase clique aqui)
Silver lining seria o lado bom de tudo que é ruim. Em inglês quando falamos do lado bom de uma situação difícil podemos dizer “silver lining” ou “brighter side”
Literalmente silver lining seria a linha ou contorno prateado. Lining também pode significar forro de roupa ou estofamento.
Brighter pode ser mais brilhante ou mais claro. Side significa lado.

Abaixo a matéria com a expressão:

SILVER LINING

SILVER LINING

Comente aqui