Mês: julho 2010



Quarta Fotográfica – Ferdinand GT3 RS, o Porshe mais lerdo do mundo

Da marca Porsche e seus famosos, possantes e caríssimos bólidos todo mundo já ouviu falar. Mas a versão Ferdinand GT3 RS do esportivo, considerado o Porsche mais lerdo do mundo, para mim é novidade. Montado em uma garagem, o modelo é essencialmente um Porsche 911, só que feito com fita adesiva, polietileno, papelão, cartolina e papel alumínio – tão poluente quanto uma bicicleta.

Na minha opinião, trata-se da réplica (escala 1:1) mais genial já feita de um automóvel. Depois de chamar a atenção nas ruas da Áustra (fotos abaixo) e de rodar por Salzburgring (vídeo), o Ferdinand virou artigo de museu. Hoje, está exposto no Museum of Art Linz. Fora de série!

Ferdinand GT3 RS: Porsche de papelão virou item de museu!

Tudo começou em uma garagem…

… da ideia de transformar um quadricículo movido a metal num famoso esportivo.

Quem não tem cão…

Uma réplica feita a partir de uma miniatura!

Vai acompanhando…

Lanternas, literalmente.

Num projeto que levou meses para ficar pronto, a primeira aparição em público.

E dá-lhe fita adesiva.

E dá-lhe papel alumínio.

Da garagem, Ferdinand passa primeiro por bateria de testes…

… para depois ganhar as ruas da Áustria.

Olha só quantos curiosos. Bom, eu certamente seria um deles!

Repara a naipe de mala do proprietário! Mas ele pode.

Comente aqui


Um espaço para ‘As Criativas’

Lançado no Dia Internacional da Mulher, o site Plano Feminino surge para atender um público exigente, que toma decisões, que é crítico em suas escolhas e, acima de tudo, independente: a mulher brasileira. As multifuncionais, como são tratadas no Plano Feminino, têm no site um espaço para apresentar seu perfil e falar de sua trajetória profissional.

Responsáveis por 51% das compras pela internet, segundo dados do instituto Nielsen, a mulher brasileira tem na seção “As Criativas” a oportunidade de divulgar portfólio, fotos, vídeos e links pessoais em redes sociais, como o LinkedIn. Segundo a diretora-geral do Plano Feminino, Viviane Duarte, a intenção é reunir profissionais criativas de diversas áreas, como diretoras de criação, designers, artesãs, entre outras.

Para fazer parte do rol de “As Criativas”, basta acessar a seção correspondente, clicar em “crie seu perfil” e preencher os dados. O serviço é gratuito.

Comente aqui


A Ferrari me dá nojo!

Escrevi no Twitter durante o GP da Alemanha de Fórmula 1, em Hockenheim, que a Ferrari causa nojo! O papelão do jogo de equipe, que tantas vezes prejudicou Rubens Barrichello em relação a Michael Schumacher, foi empregado neste domingo para favorecer Fernando Alonso na disputa pela ponta com Felipe Massa. Após a próva, Nick Lauda disparou: “uma vergonha!”

Foi assim: Massa ultrapassou Alonso na largada, fazia uma boa prova e se encaminhava para a vitória um ano após aquele grave acidente – mola do carro de Barrichello que o atingiu na cabeça – que o tirou das pistas por meses. Mas, na 49ª volta, a 18 do fim, veio a mensagem dos boxes:

– Fernando está mais rápido que você. Pode confirmar que entedeu a mensagem? – disse o engenheiro do brasileiro.

Uma volta depois, Massa confirmou que havia entendido a ordem. Após retomar aceleração em uma curva de baixa, desacelerou bruscamente sua Ferrari para ceder passagem a Alonso.  Comentarista da Globo e ex-piloto de F-1, Luciano Burti deixou claro que, em condições normais, Massa tinha condições e carro para conter as investidas de Alonso e vencer a prova.

– Boa decisão. Vamos ficar assim no momento. Me desculpe – voltou a declarar o engenheiro de Massa.

No Twitter, o jornalista expert em F-1, Fabio Seixas, retuitou mensagem de outro usuário, indignado com a postura da Ferrari: “Resposta correta do Massa: fuck you, do you understand? Infelizmente, não foi essa que ele respondeu“. Concordo, teria sido a resposta mais interessante. Uma pena brasileiros talentosos como Massa terem de se submeter a situações vergonhosas como essa, que mancham a imagem da escuderia e da categoria.

Perdi meu tempo assistindo à corrida deste domingo.

Futeba & F-1
2 Comentários


Serra passa por Maringá sem dar entrevista coletiva

O que se viu na vinda do presidenciável tucano  José Serra a Maringá foi, no mínimo, inusitado. Dezenas de repórteres, fotógrafos e cinegrafistas disputando espaço – quase que a tapas – com políticos e populares para chegar perto do “homem”. Tudo pela melhor foto, pela imagem em close, por uma declaração qualquer.

Escrevi para odiario.com:
Serra promete ‘entupir’ o Brasil de cursos técnicos
Juventude do PSDB inaugura comitê em Maringá

Serra em pausa para refrigerante (foto de LF)

Já esperava que Serra fosse se esquivar da coletiva com a imprensa maringaense. Horas antes, em Paranavaí, tinha atendido os jornalistas por 10 minutos e se esquivado de temas polêmicos. De interessante, disse que vai “entupir o Brasil de cursos técnicos”. Concordo que isso seja bom, especialmente se for vinculado ao ensino médio – aí o jovem terminaria o 2º grau com alguma perspecitva de emprego.

Queria perguntar ao candidato que leitura ele faz das recentes pesquisas de intenção de voto. Na sexta-feira, Vox Populi aponta Dilma 8 pontos percentuais na frente. Um dia depois (hoje), vem o Data Folha anunciando Serra e a candidata do Lula em empate técnico – ele com 37% e ela, 36%. Tenho o pressentimento de que ele não gostaria da pergunta, e me diria: “onde foi que você viu isso?”

Mas Serra é um cara simpático – embora sua recorrente comparação com o Mr. Burns, da série Simpsons. Atendeu a todos sem demonstrar cansaço, como se caminhasse à beira-mar e cercado de misses. Quando parou para beber um guaraná (zero, para manter a elegância), demonstrou interesse pela região de Maringá. As respostas foram dadas pela sempre sorridente Cida Borghetti, que concorre à Câmara dos Deputados.

No momento em que Serra bebia o refrigerante para refrescar, um fotógrafo veio me empurrando e disse:

– Dá para tirar esse celular da frente que preciso fotografar

Ahhh, o sangue ferveu. Respondi:

– isso aqui é um câmera portátil, mais cara que esse teu trambolho aí, e não um celular. Sou repórter de O Diário e estou fazendo meu trabalho.

– e eu sou “O” fotógrafo do Serra, e fotografo só pra ele – respondeu o sujeito.

– então você vai ter muitas outras oportunidade para fotografá-lo – respondi, sem dar licença. Cara folgado aquele.

Por fim, como já havia pressentido, Serra vazou de helicóptero sem conceder entrevista coletiva. O auditório havia sido preparado para a tal coletiva. E o fotógrafo puxa-saco-esclusivo… foi junto.

Comente aqui


Beto Richa reclama da segurança pública em passeata

Candidato a governador pela “Coligação Novo Paraná”, Beto Richa (PSDB) cumpriu nesta quarta-feira (21) agenda de campanha em cidades do norte e noroeste do Estado. Em rápida passagem por Maringá, chegou em helicóptero adesivado – que pousou na Praça da Catedral por volta das 13h30 – e partiu a pé rumo à Avenida Brasil em campanha à moda antiga: o corpo a corpo com o eleitor.

Entre apertos de mão, poses para fotos e bate-papo com aliados políticos, Richa atendeu a imprensa e falou sobre um tema que preocupa o maringaense: a segurança pública. “A situação é caótica, de descaso com a população”, declarou. “Hoje, temos um efetivo da Polícia Militar inferior ao de 20 anos atrás. Olha só quanto a população do Paraná cresceu nesse período”, reclamou.

Leia mais na edição impressa de O Diário.

2 Comentários


Caminho de Santiago – 800 km a pé

Juliana Daibert e o marido, Mestre Narizinho, venceram o desafio e concluíram com fibra uma peregrinação de 819 km de Saint Jean Pied-de Port, na França, até Santiago de Compostela, na Espanha. Houve quem disse: “você não vai conseguir”. Contudo, a “Lois Lane” de O Diário superou as dores musculares, as bolhas nos pés e as costas doloridas e completou a jornada para a qual tinha se preparado fisica e psicologicamente.

Retornou mais bela e radiante, com a estima nas nuvens e um degrau acima espiritualmente. Já me deu bons conselhos, inclusive. Já preparou uma sopa com costelinha de porco fora de série, divina, para os amigos. Já nos brinda novamente com sua presença todos os dias. Daibert é uma guerreira, uma mulher de fibra que nasceu para vencer. Bom tê-la novamente em nosso meio.

Como não poderia deixar de ser, ela agora nos agracia, nas páginas de O Diário e também em odiario.com, com relatos do Caminho de Santiago. Convido-os a ler no site. Do Mestre Narizinho, vamos esperar que ele cumpra com a promessa e escreva um livro. Estou aqui para dar todo apoio, naquilo que eu puder ajudar. Parabéns ao casal pelo exemplo de determinação.

Comente aqui


Webber vence GP da Inglaterra de F-1

A temporada 2010 da Fórmula 1 encerra sua primeira metade com uma certeza e uma aposta da imprensa especializada: o título ainda está em aberto e a disputa deve mesmo ficar entre Red Bull e McLaren. As duas equipes protagonizaram o GP da Inglaterra, em Silverstone, na décima etapa do mundial.

De ponta a ponta, o australiano Mark Webber, da Red Bull, venceu a prova e desabafou com seu engenheiro, ainda dentro do carro: “nada mau para um segundo piloto”, referindo-se ao fato de, supostamente, o alemão Sebastian Vettel ser o preferido da equipe. Antes da corrida, Webber teve uma discussão com a chefia da equipe sobre atualizações do carro, dadas apenas a Vettel.

Lewis Hamilton, da McLaren, também saiu como vencedor em Silverstone. Em casa, o inglês terminou a prova em segundo e manteve a liderança do compeonato. Com motivos para sorrir, Nico Rosberg, da Mercedes, completou o pódio em terceiro – ele segue andando na frente de seu companheiro de equipe, o heptacampeão Michael Schumacher.

Leia mais em odiario.com.

Futeba & F-1
Comente aqui
 

Contra previsões, aposto na Holanda!

Meu irmão mais novo, que no Twitter atende por @joaocoliveira, participou de alguns bolões durante a Copa do Mundo e mais ganhou do que perdeu. Na agência de publicidade onde ele trabalha, ouvi dizer que a galera já estava copiando os palpites dele, de modo a acertar o resultado e rachar a grana. Outro que anda acertado tudo é Paul, um polvo do aquário Sea Life Oberhausen, na Alemanha. O polvo “vidente” acertou todos os resultados envolvendo a seleção germânica no mundial e, na final, apontou que a Espanha será campeã contra a Holanda.

Paul, o polvo vidente: Espanha fatura o título e Alemanha fica com 3º lugar

Para elevar minhas chances no bolão da redação de O Diário, deveria ter consultado meu irmão e, mais, ter esperado a imprensa divulgar a mais recente previsão de Paul. Joguei que a Holanda vence a Espanha por 2 a 0, quem sabe com um gol logo de início e outro próximo do fim da partida, quando a Espanha partir em desespero em busca do empate… e dar espaços para contra-ataques. Mas não tem jeito, tanto @joaocoliveira quando o polvo acham que vai dar Espanha.

No bolão da redação de O Diário, das 33 apostas 15 apontam vitória da Espanha, 7 em empate no tempo normal (e prorrogação) e 11 que a Holanda fica com o título. Como fui o único a chutar em 2 a 0 para a Laranja Mecânica, um “pouco provável acerto” me renderá R$ 165. Se eu ganhar, convido a holandesa de “Chora, me liga” para dar uma volta e comemorar!

Copa 2010
1 Comentário


Arte no YouTube – Lego para imprimir

Molecada de hoje – que meu irmão do meio costuma chamar de “piá de apartamento” – só quer saber videogame, internet, de beijar na boca com 10, transar com 15, engravidar com 17… as coisas não são mais como antigamente (até pareço um velho escrevendo). Dá uma bicicleta para um adolescente pra tu ver? O cobiçado presente de outrora já não faz tanto sucesso. Imagine a vergonha: ir pra balada de bicicleta? Para quem tem 30 anos, ou mais, isso não apenas era normal na adolescência como ainda havia o risco da gatinha se interessar por ti – se você tivesse uma Caloi 10 então, aí sim!

Daqueles tempos, ainda antes da era digital, relembro alguns brinquedos que marcaram minha infância. Entre eles: o lego. Wikipédia para os mais jovens: “o sistema LEGO é um brinquedo cujo conceito se baseia em partes que se encaixam permitindo inúmeras combinações. Criado pelo dinamarquês Ole Kirk Christiansen, é fabricado em escala industrial em plástico injetado desde meados da década de 1950, popularizando-se em todo o mundo desde então”.

O lego evoluiu. Antes, apavorava quem montasse, por exemplo, uma roda-gigante com lego. Hoje, apavora quem faz uma impressora – que imprime de verdade! – com o lego. Veja no vídeo abaixo. Bons tempos esses de tecnologia, bons tempos aquele das brincadeiras com lego, jogos de tabuleiro, bétis, futebol de rua…

Aproveitando a deixa, que tal uma festa rave em lego… genial!

Comente aqui