Cursos & Intercâmbios



MOOCs abrem as portas de Harvard para ‘meros mortais’

Quem diria que meros mortais, como este jornalista que vos escreve, teria um dia condições da fazer um curso certificado por universidades de renome como Stanford e Harvard, nos Estados Unidos. E melhor, de graça!

O compartilhamento de conteúdo é o espírito dos cursos on-line abertos e massivos (MOOCs, da sigla em inglês), assunto abordado na reportagem “MOOCs abrem portas de universidades renomadas”, publicada por O Diário (Maringá, 14/02/2016, página A4). Pelo incentivo ao estudo, imbuído no texto, foi  uma das matérias me mais me animou escrever.

veduca

Veduca. Plataforma brasileira para MOOCs conta com a parceria da USP e da UnB

 

Leia a reportagem completa em odiario.com

Estudando o tema, e para tanto me cadastrando em plataformas onde você pode cursar os MOOCs, encantei-me pelo assunto e propus a pauta. Ganhei da chefia alguns dias para apurar e escrever. E, de quebra, acabei me cadastrando no MOOC de Ciência Política ofertado pela Universidade de São Paulo (USP) na plataforma Veduca.

Abaixo, segue a lista de onde você encontra os MOOCs:

CourseraUma das maiores plataformas em número de MOOCs, conta com 138 instituições parceiras de todo o mundo, entre elas Yale e Stanford. Há cursos em vários idiomas, sendo a maioria em inglês. As instituições parceiras no Brasil são: Fundação Leman, Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a instituição Insper.

EdXProvedor de MOOCs desenvolvido em 2012 a partir de uma parceria entre a Universidade de Harvard e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), conta com várias universidades renomadas entres suas quase 100 instituições parceiras. São ofertados cursos nas mais diversas áreas, em cinco idiomas: inglês, mandarim (chinês), francês, hindi e espanhol.

VeducaPlataforma brasileira, ainda tem um número discreto de MOOCs (13 atualmente). A vantagem é que todos os cursos são em português. Entre as instituições parceiras estão: Universidade de São Paulo (USP), BM&FBovespa, Unisinos e Universidade de Brasília (UnB). Além dos MOOCs, oferta palestras de universidades norte-americanas, entre elas Harvard, Stanford, Yale e MIT – com legendas em português.

UdacityOutra gigante do universo dos MOOCs (sem opções em português), possui estrutura didática semelhante ao da EdX, mas ao invés de ter universidades como parceiras, conta com cursos oferecidos por empresas como Google, Facebook, At&t e Amazon. Criada a partir de um experimento da Universidade de Stanford, teve mais de 160 mil inscritos em seu primeiro curso, de introdução à inteligência artificial, em 2011.

Mooc.orgExtensão do EdX, foi desenvolvida em 2013 por Harvard e MIT, em parceria com o Google, como plataforma para a oferta de MOOCs por empresas, professores e até mesmo instituições governamentais. Também permite que universidades e faculdades que não fazem parte do EdX ofereçam suas aulas.

Miríada XExistem ainda várias outras plataformas para MOOCs, como a espanhola Miríada X, que conta com 60 instituições parceiras. Em sua maioria são da Espanha, como a Universidad de Navarra, mas também há instituições e Portugal e do Brasil, como a Universidade Nova de Lisboa, a Anhembi Morumbi, a PUC do Rio Grande do Sul e a Universidade de Blumenau (Furb).

Outros. Há várias outras plataformas para compartilhamento de MOOCs e algumas delas são exclusivas de determinadas instituições. Um exemplo é a Saberes, do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), do Senado Federal. Na Saberes estão disponíveis quase 50 cursos. São MOOCs também, apesar de o ILB ainda não adotar essa nomenclatura.

Vale a pena conferir conferir a matéria e turbinar seu currículo com algum desses cursos. De graça, como diz a reportagem, não há mais desculpa para não estudar.

 

 

Comente aqui


Federação Mundial de Curling oferece trainee em jornalismo na Suíça

A Federação Mundial de Curling está aceitando inscrições ao sua programa de trainee de mídia esportiva. Três estudantes de jornalismo serão selecionados para participar do Campeonato Europeu Le Gruyère de Curling na Suíça. Os três escolhidos serão premiados com uma viagem totalmente paga para os campeonatos, alojamento e algumas despesas de moradia pela duração do evento.

As inscrições estão abertas. Saiba mais no site da IJNet.

Comente aqui


ILB tem inscrições abertas para 21 cursos a distância, todos gratuitos

O ILB (Instituto Legislativo Brasileiro) está com inscrições abertas para os cursos de EAD (educação a distância) sem tutoria – que podem ser feitos por qualquer cidadão, gratuitamente. No primeiro semestre deste ano, esses cursos oferecidos pelo ILB alcançaram a marca de 100 mil matrículas.

Nos últimos dias, segundo a Agência Senado, o ILB chegou a superar o patamar de mil matrículas diárias. Na modalidade sem tutoria, são 21 cursos, que englobam diferentes áreas de interesse. Os cursos disponíveis são:

* Cerimonial no Ambiente Legislativo
* Conhecendo o Novo Acordo Ortográfico
* Desenvolvimento de Equipes
* Direito Administrativo para Gerentes no Setor Público
* Doutrinas Políticas Contemporâneas: Liberalismo
* Doutrinas Políticas Contemporâneas: Novas Esquerdas
* Doutrinas Políticas Contemporâneas: Social-Democracia
* Doutrinas Políticas Contemporâneas: Socialismo
* Ética e Administração Pública
* Excelência no Atendimento
* Fundamentos da Integração Regional: O Mercosul
* Gestão Estratégica com foco na Administração Pública
* Introdução ao Direito Constitucional
* Introdução ao Direito do Consumidor (parceria entre o ILB e a ANATEL)
* Introdução ao Orçamento Público
* Lei de Acesso à Informação (parceria Senado/UFMG)
* Modalidades, Tipos e Fases da Licitação
* O Poder Legislativo
* Ouvidoria no Ambiente Legislativo Municipal
* Processo Legislativo Federal
* Relações Internacionais: Teoria e História

Clique aqui para saber mais e fazer sua inscrição.

ILB. Foto: Agência Senado

Comente aqui


Fundação Konrad Adenauer está com inscrições abertas para pós-graduação na Alemanha

Jovens profissionais, com idade máxima de 30 anos, podem se inscrever no programa de bolsas de estudo em cursos de pós-graduação na Alemanha. Oferecidas pela Fundação Konrad Adenauer, as bolsas são destinadas a estudantes brasileiros de todas as áreas acadêmicas contempladas no sistema universitário alemão (exceto música e artes, medicina, odontologia e veterinária).

De acordo com a fundação, os candidatos devem ter conhecimentos da língua alemã suficientes para a apresentação do certificado “Zertifikat Deutsch” do Instituto Goethe, no momento da partida para a Alemanha. Também são esperados rendimento escolar acima da média e engajamento político e social.

Os estudantes selecionados receberão bolsa mensal durante o intercâmbio (com duração de no mínimo um ano), passagens de ida e volta, seguro saúde, auxílio financeiro para a compra de livros e curso intensivo de alemão no Instituto Goethe.

Para se candidatar é preciso preencher um formulário que pode ser obtido no site www.kas.de/brasilien/pt. As inscrições vão até as 23h59 do dia 1º de junho. Mais informações aqui.

Comente aqui


Instituto oferece bolsa de inglês em NY para focas

Acadêmicos no último ano de Jornalismo, Relações Públicas ou Marketing podem concorrer a uma bolsa de estudos para cursar inglês em Nova York. São 12 bolsas, oferecidas pelo Integrated Learning Center (ILC) para estudantes latino-americanos.

Os alunos terão a oportunidade de praticar a língua em situações reais, tanto em sala de aula como em passeios pela cidade. As aulas serão realizadas nas instalações da ILC, no coração de Manhattan, Nova York, em julho de 2013.

Leia mais no IJNet e saiba como se inscrever.

Comente aqui


Programa do governo holandês abre inscrições para bolsas de estudos

O Netherlands Fellowship Programme (NFP), programa de bolsas de estudos do governo holandês, está com inscrições abertas para cursos de mestrado, doutorado e de curta duração. Os candidatos já devem ter sido aceitos em alguma universidade holandesa parceira do programa.

O objetivo do NFP é auxiliar no treinamento de mão-de-obra de países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento. O programa complementa o salário que o beneficiado deveria receber em seu país de origem, durante o curso. Essa “mesada” é uma contribuição que leva em consideração o custo de vida de uma pessoa na Holanda.

A bolsa também pode cobrir custos de anuidades, vistos, viagem e de pesquisa para a tese. O regulamento pode ser baixado na página do NFP, no site da Nuffic.

 

1 Comentário


Google oferece bolsa em jornalismo de dados

Do IJNet

Estudantes de jornalismo com formação sólida em tecnologia de computadores podem se inscrever para um bolsa de estudos oferecida pelo Google.

A empresa financiará dois bolsistas em um programa de mestrado em estudos de jornalismo de dados na Universidade de Hong Kong. A ênfase do programa é no desenvolvimento de ferramentas digitais para apuração e redação jornalística, análise de dados e visualização de dados.

As bolsas cobrirão mensalidade integral para o ano acadêmico 2012-2013. As inscrições vão até 31 de maio. Para mais informações (em inglês), clique aqui.

Comente aqui


Rotary oferece bolsa de estudo sobre paz

Do jornal O Diário

O Distrito 4630, do Rotary em Maringá, está recrutando e endossando um Bolsista Rotary pela Paz. As bolsas oferecem a oportunidade de especialização em paz e resolução de conflitos. Os interessados devem contatar a subcomissão distrital das Bolsas Educacionais do distrito até 15 de maio.

Os contatos devem ser feitos com Aline Cantarotti, pelo e-mail [email protected], ou com Jussara Olivo Rosa Perin, pelo [email protected] A Fundação Rotária aceita inscrições até 1° de julho deste ano.

Comente aqui


Conferência internacional da Wikimedia está com inscrições abertas

Do IJNet

Jornalistas de todo o mundo são convidados a participar do Wikimania 2012, conferência internacional da Wikimedia, entre 12 e 15 de julho, em Washington (EUA). O evento permitirá que a comunidade e o público em geral compartilhem suas experiências com iniciativas de conhecimento livre em todo o mundo.

As inscrições com desconto vão até 23 de abril e custam US$35 para editores da Wikimedia e estudantes e US$55 para aqueles sem projetos Wikimedia. Os valores cobrem o acesso a todos os dias de conferências, café da manhã, almoço para três dias, acesso a eventos e passeios da Wikimania. Clique aqui para mais informações (em inglês).

Comente aqui


NY Times oferece curso para blogueiros

Uma ótima oportunidade para quem fala inglês e é blogueiro assíduo. O jornal New York Times oferece um curso on-line sobre lei de mídia para blogueiros. O programa será realizado de 3 a 30 de outubro, ao custo de US$ 135 por matrícula.

O curso será ministrado por George Freeman, especialista em direito da mídia e vice-presidente e conselheiro geral assistente do New York Times. O objetivo do programa é transmitir o conhecimento jurídico fundamental que todo jornalista precisa saber.

Ficou interessado? Clique aqui para ler mais.

Comente aqui