Futeba & F-1

 

Mineiraço foi bem pior que o Maracanaço

Nos cem anos de história da Seleção Brasileira de futebol, sofremos nossa pior e mais humilhante derrota. Com um estilo de jogar sempre dependente de craque (nesta Copa, a dependência era de Neymar), a segunda geração da Família Scolari vai carregar um fardo que não será esquecido neste século (e talvez nem no próximo).

Foi um “Mineiraço”, bem mais trágico que o “Maracanaço”. Em 1950, na derrota diante do Uruguai, sequer éramos campeões. A história há de contar que, desta vez, o drama foi bem maior. Os milionários jogadores que nos representaram em campo, ao menos naquele momento de “apagão” assistido pelo mundo todo, esqueceram-se do significado das cinco estrelas de nosso escudo.

Uma seleção pentacampeã mundial – mesmo desfalcada de seu único craque, mesmo contando com um centroavante “cone” e um atacante com mais bunda que pontaria, mesmo sem grandes talentos no banco de reserva – não tem o direito de perder dessa maneira.

 

Mineiraço

Jogadores do Brasil após a derrota para a Alemanha. (Foto Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

 

Contudo, como diz o ditado, nada é tão ruim que não possa piorar. Quando perdemos de 3 a 0 para a França, na final da Copa de 98, quem imaginaria que, 16 anos mais tarde, jogando em casa, ficaríamos de fora da final ao perder de 7 a 1 para a Alemanha? Desta vez, nem o alemão mais otimista apostaria nesse resultado.

Nesta Copa, ainda pode ficar pior. Imagina nova derrota por goleada, agora para a Argentina, na disputa pelo terceiro lugar? E mais: pensa só se a Argentina chegar à final e vencer a Alemanha jogando bonito e com gol de bicicleta de Messi? Na “Copa das copas” tudo é possível… menos acertar todos os resultados do bolão. E se tudo é possível, dos males o menor: que vença a Holanda.

4 Comentários


Fred ganha Bola de Ouro

Do José Simão, na ótima coluna desta quarta-feira (15).

“E atenção! Manchete do site Futebol da Depressão: “Fluminense entra com recurso e Fred ganha a Bola de Ouro”. Pronto! Nem Messi, nem Cristiano Ronaldo! Fred ganha Bola de Ouro!

E a Fernanda Lima botou os airbags pra dentro! A gente nem pôde ver os peitos padrão Fifa da Fernanda Lima! E diz que o Maradona ficou muito emocionado com a homenagem ao Pelé! Rarará!”

Comente aqui


Decote de Fernanda Lima derruba transmissão de TV no Irã

O assunto está um pouco vencido, confesso, mas não me aguentei sem dar um pitaco no Café!

Fato mais comentado no sorteio da Copa do Mundo foi, entre os amantes do futebol arte, o confronto entre Espanha e Holanda, campeã e vice no mundial de 2010, na África do Sul. As seleções abrem os jogos do grupo B, que também tem Chile e Austrália. Qualquer coisa fora do cenário Espanha em primeiro e Holanda em segundo, e vice-versa, será uma enorme zebra.

http://youtu.be/ROUs6zbRm6E

O segundo assunto mais comentado certamente foi sensual presença da atriz Fernanda Lima, que apresentou o sorteio ao lado do marido, o ator Rodrigo Hilbert. Ela ofuscou não apenas o marido, mas também o elenco de ex-jogadores famosos. Bem conhecida dos brasileiros, Fernanda fez sua primeira grande aparição para a audiência mundial, dando o que falar.

Por conta de seu vestido decotado, dentro dos padrões ocidentais para uma bela mulher, mas ousado demais para o mundo árabe, Fernanda acabou (sem querer) ferrando com a vida dos iranianos. Coitados. Assim que a apresentadora global de “Amor & Sexo” apareceu na transmissão do sorteio da Copa, a censura do governo do Irã tirou a transmissão do ar. E nem explicou a sua audiência o par de motivos. Leia mais.

São as mulheres brasileiras, sempre fazendo sucesso.

Comente aqui


Ninguém quer pegar o Brasil na Copa

A Fifa realiza, nesta sexta (6), o sorteio das chaves da Copa do Mundo de 2014 que, asseguram, terá o jogo de abertura disputado no estádio do Corinthians, mais conhecido com Itaquerão. O Brasil corre o risco de pegar no grupo A (que tem o anfitrião como cabeça de chave), países como México e Nigéria – que não são de se desprezar – e potências europeias, como Itália e França.

Tudo depende da sorte (ou do azar) no sorteio. Fato é que os brasileiros não são os mais preocupados. Potência do futebol mundial, é o Brasil que costuma assustar os adversários, ainda mais jogando em casa e depois de ter massacrado a Espanha na final da Copa das Confederações. E esse receio dos adversários em enfrentar o Brasil foi muito bem descrito em propaganda do Itaú.

 

Comente aqui


Cardoso na vitória do Brasil contra o Chile

O leitor Harry Cardoso, possivelmente parente distante do editor deste Café, enviou foto do jogo entre Brasil e Chile, disputado em 19 de novembro, no estádio Rogers Centre, em Toronto (Canadá). Na penúltima partida oficial da “Famiglia Scolari” geração 2, antes da Copa, a seleção pentacampeã venceu por 2 a 1.

Brasil x Chile

Bom para o leitor, que esteve no estádio torcendo pelo Brasil. Apesar do sobrenome, Harry não é brasileiro nem português. Filho de pai britânico, cresceu no Quênia (África) e, depois de se casar, mudou-se para o Canadá. Harry conhece vários países do mundo e seu próximo destino, em janeiro do ano que vem, será o Brasil.

A amizade do Harry com o Cardoso que assina este post vem de 2010. Nos conhecemos em Cusco, onde estive para conhecer Machu Picchu.

 

Comente aqui


Corintianos, Palmeirenses, São-Paulinos e Santistas: provocações das boas

Nas redes sociais, os apaixonados por futebol seguem cada vez mais criativos. E às vezes fazem uso desse artifício para provocar os rivais. Antes a provocação no Face do que as confusões com mortos e feridos nos estádios. Seguem dois exemplos bem-humorados que estão sendo curtidos e compartilhados no Facebook.

Quem será que bolou essa: palmeirense, são-paulino ou santista?

Essa aqui só pode ter partido de um corintiano

Como o São Paulo nunca caiu, a torcida dos rivais pelo rebaixamento é grande

Essa aqui acho que foi um palmeirense que se confundiu com a cor antes da interrogação. Rosa é do outro clube

Comente aqui


Com suspensão da Gaviões, estádios do Rio ficarão mais seguros por 90 dias

Casos de tumultos nas arquibancadas, ataques a torcedores de outros clubes nos arredores dos estádios e ocorrências envolvendo disparos criminosos de sinalizadores devem diminuir nos estádios do Rio de Janeiro, pelo menos nos próximos 90 dias. Esse é o período em que a torcida organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel, está proibida de entrar nas arenas cariocas.

A decisão da promotora Glicia Pessanha Crispim (ver abaixo), do Ministério Público do Rio de Janeiro, visa a dar mais segurança às famílias que vão aos estádios. Na suspensão, a promotora também considerou que a Gaviões da Fiel é reincidente em episódios de violência nas arquibancadas. Em 2012, a organizada já havia sido proibida de entrar nos estádios do Rio por seis meses.

Leia também!
– Contagem regressiva para rebaixamento do São Paulo

Este ano, corintianos dispararam um sinalizador contra a torcida do San José, matando um garoto de 14 anos na Bolívia. A exclusão do Corinthians da Libertadores chegou a ser cogitada por conta daquele triste episódio. Livre, alguns dos torcedores detidos na Bolívia, como suspeitos de terem feito o disparo, tornaram a se envolver em confusões nos estádios.

 

Comente aqui


Luverdense só precisa de empate para passar às quartas de final da Copa do Brasil

Para os grandes clubes, a Copa do Brasil é o caminho mais curto para a Libertadores. Para os pequenos, é o caminho mais curto para a fama. O pouco temido Luverdense, de Lucas do Rio Verde, interior de Mato Grosso, não perdeu sua chance de aparecer. Jogando em casa, bateu o Corinthians (que tem na bagagem um título mundial) por 1 a 0.

Dias antes da partida disputada na noite desta quarta-feira (21), no Passo das Emas, muitos jogadores do Corinthians provavelmente sequer sabiam da existência de Lucas do Rio Verde. Talvez ainda distraídos pela notícia dos selinhos dados pelo atacante Emerson Sheik – que foi expulso na partida – durante a semana, os corintianos pouco renderam. O atacante Alexandre Pato, novamente, não fez jus ao alto investimento do Timão para repatriá-lo.

Com a vitória, o pequeno clube mato-grossense precisa apenas de um empate no jogo de volta para avançar às quartas-de-final da Copa do Brasil. Se avançar na competição, enfrentará Santos ou Grêmio. O que se sabe é que no Pacaembu, no próximo dia 28, o Luverdense terá a maior torcida do Brasil.

1 Comentário


Prêmio do Bolão Tomo Café na Copa das Confederações

Prêmio do bolão: chinelos estilizados, no número da campeã

Durante a Copa das Confederações, o Café com Jornalista realizou um bolão para reunir, em torno dos palpites, os viciados em caféque curtem futebol. E o final das contas, uma mulher deu um baile nos marmanjos.

Com mil pontos de vantagem para o segundo colocado, a campeã foi Daniela Araújo, de São Bernardo do Campo.  Conforme prometido, a vencedora receberá um brinde, que finalmente ficou pronto.

São sandálias Havaianas estilizadas, com logo do Café o nome do bolão. Daniela, seu brinde está a caminho. Aproveitamos para agradecer a participação de todos que se uniram à brincadeira.

Veja como foi o Bolão Tomo Café na Copa das Confederações.

 

Errata: Daniela é de São Bernardo do Campo-SP e não de Cascavel, como informado num primeiro momento.

Comente aqui