Ministério Público



Concurso da Câmara de Joinville pode ser anulado; MP investiga denúncias

O concurso da Câmara de Vereadores de Joinville, realizado no domingo (19), pode ser cancelado. Por conta de denúncias feitas ao Ministério Público, há a possibilidade de a prova ter de ser aplicada novamente. Candidatos procuraram o MP alegando que o instituto responsável por fazer o teste teria plagiado questões aplicadas em outros concursos, contrariando contrato assinado com a Câmara, que previa ineditismo das questões.

Só na prova de Jornalismo, mais de 15 questões eram similares ou idênticas a perguntas utilizadas em prova do Cespe ou publicadas em site especializado em concursos. Leia a matéria completa no Notícias do Dia, aqui!

O concurso recebeu mais de 7 mil inscritos para 47 vagas, quatro delas para jornalistas graduados. Os salários chegam a R$ 4,8 mil. Abaixo, infográfico do ND mostra o motivo da realização do concurso da Câmara de Joinville.

 

Entenda o concurso da Câmara

1 Comentário


Com suspensão da Gaviões, estádios do Rio ficarão mais seguros por 90 dias

Casos de tumultos nas arquibancadas, ataques a torcedores de outros clubes nos arredores dos estádios e ocorrências envolvendo disparos criminosos de sinalizadores devem diminuir nos estádios do Rio de Janeiro, pelo menos nos próximos 90 dias. Esse é o período em que a torcida organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel, está proibida de entrar nas arenas cariocas.

A decisão da promotora Glicia Pessanha Crispim (ver abaixo), do Ministério Público do Rio de Janeiro, visa a dar mais segurança às famílias que vão aos estádios. Na suspensão, a promotora também considerou que a Gaviões da Fiel é reincidente em episódios de violência nas arquibancadas. Em 2012, a organizada já havia sido proibida de entrar nos estádios do Rio por seis meses.

Leia também!
– Contagem regressiva para rebaixamento do São Paulo

Este ano, corintianos dispararam um sinalizador contra a torcida do San José, matando um garoto de 14 anos na Bolívia. A exclusão do Corinthians da Libertadores chegou a ser cogitada por conta daquele triste episódio. Livre, alguns dos torcedores detidos na Bolívia, como suspeitos de terem feito o disparo, tornaram a se envolver em confusões nos estádios.

 

Comente aqui