MIT cria célula solar a partir da grama

Andreas Mershin,  um pesquisador do MIT, criou painéis solares a partir de resíduos agrícolas, como aquelas aparas da grama cortada e também de folhas mortas.

A descoberta se baseia na fotossíntese, processo pelo qual as plantas transformar luz solar em energia.

A grande sacada do pesquisador foi isolar as moléculas da proteína que promovem a fotossíntese, convertendo fótons em um fluxo de elétrons, a eletricidade.

O sonho de Mershin é misturar aparas de grama (ou outro resíduo agrícola) em um saco com produtos químicos baratos, pintar uma lâmina de vidro ou o próprio telhado com a mistura e começar a produzir eletricidade logo em seguida.

Uma descoberta ou invenção destas pode revolucionar a geração de energia em áreas de baixa densidade demográfica que, em geral,  ficam em países em desenvolvimento.

Fonte: ExtremeTech

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.