Queimados

O Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Universitário (HU) de Londrina realizou nesta semana a primeira operação com uma nova técnica de cirurgia plástica. O procedimento utiliza uma pele sintética à base de colágeno bovino, que pode ser usado como enxerto ou implante da área queimada.
O médico chefe do CTQ, Reinaldo Kuwahara, explica que por ser uma estrutura sem células, não há risco de o organismo do paciente rejeitar a nova camada. “Mesmo sendo um material importado e caro, o custo benefício é ótimo, pois diminui o tempo de internação e recuperação”, fala o médico.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.