Pesquisa identifica perfil e revela dados socioeconômicos dos maringaenses

Uma pesquisa que ouviu 540 pessoas traçou um perfil e apontou como vivem, pensam e consomem os maringaenses. Os resultadosrevelam que a maioria da população é do sexo feminino (54,4%), tem entre 26 e 35 anos (27,6%), é casada (51,6%) e concluiu o ensino médio (30,7%). Em relação a ocupação profissional, 43% trabalham com carteira assinada, 45,5% atuam no setor de serviços e 32% têm renda familiar entre R$ 2,4 mil e R$ 4 mil.
O levantamento também revelou a percepção dos maringaenses sobre o cenário econômico. A maioria (47,3%) acredita que a economia maringaense estará um pouco melhor nos próximos seis meses. Apesar disso, 64,4% disseram que encontrar emprego na cidade está difícil e 32,8% acreditam que essa situação deve permanecer inalterada pelo menos até o próximo ano.
Projeto Maringá em Números trata-se de uma pesquisa de amostra de domicílios – realizada pelo Curso de Economia da Faculdade Cidade Verde (FCV), Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM) e Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (CODEM) – que tem por finalidade gerar indicadores a respeito de temas como população, educação, trabalho, rendimento, religião, economia, meio ambiente, entre outros. O levantamento será feito trimestralmente com o intuito de construir uma base de dados.
Os pesquisadores ouviram 540 pessoas no último dia 26 de agosto, em todas as regiões da cidade. A margem de erro é de 2,19 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança da pesquisa é de 95%, o que quer dizer que a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.