Artista reencontra ambientes que criou para os 40 anos do Parque do Ingá

A artista plástica Rosa dos Anjos chegou a Maringá nesta segunda-feira e logo foi ao Parque do Ingá, um dos lugares onde há um acervo de ambientes, esculturas e pinturas que ela criou especialmente para o dia das comemorações dos 40 anos do parque, 16 de outubro de 2011.

Antes desta visita, fotos de Suely Sanches, publicadas na internet, especialmente no Facebook, chamaram a atenção para o que aconteceu com bancos no Parque do Ingá. Eles foram pintados, em 2011 pela artista plástica Rosa dos Anjos.

A foto acima mostra um dos bancos pintados. Eram 13 bancos, com diversos desenhos. As fotos da Suely não tinham nenhuma motivação crítica, mas mostraram os bancos antes, e como eles estão agora:

Rosa dos Anjos foi recebida pelo secretário de Meio Ambiente, Ederlei Alkamim, a quem apresentou um plano para recuperação das pinturas e das demais peças artísticas que ela criou e que estão no parque. Ao todo são 55 peças, animais, objetos, ambientes diversos.

A foto acima mostra um desses espaços. Eles precisam de manutenção.

A artista plástica brasileira sediada no Amazonas, Rosa dos Anjos, é a autora destes trabalhos artísticos que estão no Parque do Inga, criados há 6 anos que necessitam ser revitalizadas. O acervo compreende desde a estatua em bronze do prefeito Adriano Valente, que criou o Parque do Ingá, como a gruta da Santinha, os animais em tamanho natural (identificados em braile, para que os cegos tambem possam identificá-los), os bancos pintados com coruja, insetos e borboletas, que ja não existem mais.
Rosa chegou ontem a Maringá e foi convidada para proferir uma palestra aos alunos e professores do curso de Artes Visuais, nesta terça-feira, às 14 horas, na UEM, no Auditório do Bloco I12.

O tema será : “A arte e sua valorização como patrimônio histórico e cultural  – direitos  autorais do artista, Lei Federal 9610/98”.

4 comentários sobre “Artista reencontra ambientes que criou para os 40 anos do Parque do Ingá

  1. Domingos Aparecido 13 de março de 2018 08:16

    O BONITO E O FEIO.
    O Parque do Ingá é lindo maravilhoso, elogiado por todos os turistas que visitam a Cidade Canção. Em compensação, a poluição sonora denigre a imagem da cidade, é um tal de carros de alto falantes fazendo propaganda volante pelas ruas que parece aquelas cidades do interior de Mato Grosso.
    ATENÇÃO! a cidade está sendo invadida pelos GADARENOS, são pessoas que fedem pois, ficam meses e meses sem tomar banho e tomam cachaça o dia todo. Esse é o preço alto que a metrópole paga por ser famosa.
    *** Ao chegar ao outro lado, ao país dos gadarenos vieram ao seu encontro dois endemoninhados, saindo dos túmulos. Eram tão ferozes que ninguém podia passar por aquele caminho”(Mateus 8,28) Bíblia de Jerusalém.

  2. Ana 13 de março de 2018 08:41

    Que absurdo. Que falta de sensibilidade, falta de respeito. Obras de arte destruídas. Vergonha

  3. Suely Sanches 13 de março de 2018 10:23

    Obrigada, boa matéria.

  4. Rosa Dos anjos 16 de março de 2018 22:48

    Obrigada pela matéria com certeza Maringá terá de volta a beleza das esculturas do Parque do Ingá se depender da minha arte e da inspiração e da vontade da prefeitura e da valorização cultural do Povo maringaense

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.