Autor: Diniz Neto



Hepatites virais

Dados da Secretaria de Estado de Saúde mostram que desde 2007 os casos de hepatites virais vêm diminuindo no Paraná. Entretanto, os números ainda assustam. Nos últimos três anos, 9.557 casos de hepatite A, B e C foram registrados no Estado. A Organização Mundial de Saúde estima que cerca de 1,5 milhão de pessoas sofram destas doenças no Brasil e apenas 20% delas sabem que estão doentes.
“As hepatites virais representam uma importante questão de saúde pública. O Paraná oferece capacitações constantes aos profissionais de saúde e testes rápidos em eventos e nas unidades de saúde dos 399 municípios do Estado para identificar e tratar adequadamente essa doença”, destacou a superintendente de Vigilância em Saúde, Julia Cordellini.

Comente aqui


Secretário de Gestão deixa o governo

O secretário de Gestão de Maringá, Laércio Fondazzi, pediu demissão do cargo. A justificativa foi de problemas de saúde e familiares. Ele precisa fazer uma cirurgia delicada nos olhos.
Laércio participou da campanha de Ulisses Maia a prefeito, da equipe de transição e do governo, desde o dia 1º da janeiro.

Comente aqui


Procon notifica 30 postos

Fiscalizando postos de combustíveis, agentes do Procon notificaram 30 deles, em Maringá, no período entre a última sexta-feira, dia 21, até quarta, 26. A fiscalização visa evitar aumento abusivo nos preços da gasolina, etanol e diesel na cidade. Ela foi iniciada logo após o órgão receber denúncias de que alguns postos de combustíveis estariam repassando aos consumidores o aumento anunciado pelo Governo Federal na última quinta-feira (20), mesmo sem ter ainda adquirido os combustíveis com o novo preço. De sexta-feira para cá a operação do Procon ocorre diariamente nos postos.
Após a notificação é dado prazo de 10 dias para que os proprietários enviem ao Procon as notas fiscais emitidas para aquisição, a partir do dia 1º deste mês, e os atuais preços de venda dos combustíveis.
“Caso se confirme que o estabelecimento tenha majorado os valores sem ter adquirido os combustíveis com o novo preço praticado pelas distribuidoras, ficará caracterizado o aumento sem justificativa. Nesse caso o posto será autuado e poderão ser aplicadas as penalidades previstas no Código de Defesa do Consumidor contra o proprietário”, afirma o diretor, Rogério Calazans. O valor das autuações é variável de acordo com o tamanho, volume de vendas e faturamento do posto. “A operação prossegue até a próxima sexta-feira, mas se até lá não forem fiscalizados todos os postos, os fiscais do Procon retornarão a campo na semana que vem”, assegura Calazans. (CP)

Importante também e atualizando: O governo consegui derrubar a decisão do juiz do Distrito Federal que proibia o aumento de imposto sobre o combustível.

Difícil realmente entender o que acontece no país. Aumento de imposto é completamente inaceitável. Ainda, segunda Constituição, qualquer imposto novo ou reajuste só pode ser feito de um ano para o outro. Enfim, vamos colecionando absurdos, crises, problemas, prejuízos e dificuldades.

Comente aqui


Racismo e mercado de trabalho

Os números e relatos são impressionantes: pesquisa divulgada em um festival de inovação, em São Paulo, revelou dados sobre o racismo no ambiente de trabalho. No estudo, que ouviu cerca de 200 pessoas entre 18 e 50 anos, de diferentes classes sociais, 67% dos entrevistados afirmaram acreditar que já deixaram de ser contratados para uma vaga por serem negros. E seis em cada dez disseram que já foram vítimas de discriminação no ambiente de trabalho. Entre as principais dificuldades para conseguir entrar no mercado de trabalho, os entrevistados elencaram a falta de qualificação (43%) em primeiro lugar, seguida pelo racismo (34%) e por não ter o domínio da língua inglesa (31%) . “As consequências do racismo interferem diretamente na qualidade de vida e produtividade dos trabalhadores ao psicossomatizar em seus corpos, contribuindo para o adoecimento de talentos, e, ainda, fazendo com que o rendimento não seja desenvolvido tanto quanto poderia. Sob a perspectiva empresarial, um ambiente que propaga o racismo contribui significativamente para a baixa produtividade do colaborador, para o desenvolvimento de doenças físicas e psíquicas”, apontou Fernando Montenegro, idealizador da pesquisa.
Os entrevistados contaram que já alisaram ou rasparam o cabelo para passar por uma entrevista de emprego ou para ser aceito no ambiente de trabalho. “O gerente disse que eu deveria tirar as tranças e alisar o cabelo para ficar mais bonita”, contou uma das entrevistadas na pesquisa, que não teve seu nome revelado.

Comente aqui


Devolução

Os paranaenses que pedem CPF na nota já receberam quase R$ 600 mil, que foram devolvidos pelo programa Nota Paraná. O valor pode ser acompanhado pelo Devolutômetro que está instalado no centro de Curitiba. “Como contraponto ao impostômetro, que mostra o montante de tributos pagos pela sociedade, o Paraná tem o devolutômetro, que apresenta à população os valores restituídos ao contribuinte”, comentou o governador Beto Richa, na inauguração do painel interativo. O programa devolve aos contribuintes 30% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) recolhido pelo estabelecimento onde fez suas compras. Todo mês também são sorteados 250 mil prêmios aos 1,63 milhão de participantes cadastrados. Por mês são devolvidos cerca de R$ 3 milhões, que podem ser sacados em dinheiro ou então utilizados para pagamento de IPVA ou doação a instituições.

Comente aqui


Opinião: Mais gente ajudando a combater crimes

Christopher Peter Bueno Netto encaminha artigo avaliando dificuldades dos órgãos de segurança e sugerindo abereturas à participação de voluntários no controle de situações e combate a irregularidades e crimes.

“A INCAPACIDADE DOS ÓRGÃOS DE SEGURANÇA NO COMBATE AO CRIME É UM FATO.

A assertiva acima é irrefutável, tendendo a ser motivado pela falta de alocação de recursos orçamentários adequados, pela possível baixa qualidade dos testes psicológicos e treinamento a que seriam submetidos os ingressantes, pela quantidade e qualidade das armas e equipamentos adquiridos para uso das corporações, inferiores aos dos bandidos, pelos baixos salários recebidos pelos policiais de menor patente, fatos que inclusive tendem a incrementar a criminalidade existente em qualquer grupo de cidadãos.

HÁ COMO MINORAR OS EFEITOS DESTA INCAPACIDADE FUNCIONAL.

A reportagem do Jornal Nacional de 24 de julho mostra vídeos dos 10 km que atravessam a Grande Vitória, no Espírito Santo, que se diz serem os de maior incidência de acidentes e mortes no país.

Particularmente, numa cena do vídeo, no qual o gravador cantou a bola de que o caminhão que ele gravava atravessaria o sinal vermelho, o que de fato aconteceu, percebe-se a facilidade com que qualquer pessoa, com um mínimo de bom senso e cidadania, com o saco cheio destas infrações que roubam vidas e aleijam seus concidadãos, poderia ser cooptado a colaborar com as autoridades de segurança, a videografar tais cenas com seus smartphones.

Dar validade jurídica aos vídeogramas feitos pelos cidadãos, contendo registro de local e hora de videogramas que sejam enviados a sites oficiais, estabelecidos e divulgados pelos órgãos de segurança, dentro de um determinado período, com certeza reduziria as infrações e consequentemente os acidentes.

O que impede as autoridades de modo geral a usar nossos concidadãos a colaborar com elas?

Isto é um mistério. Será que alguma autoridade se prontifica a dar esta informação?

Pergunta-se, que argumentos sólidos, de bom senso, impedem as autoridades de segurança de todos os níveis de usar os cidadãos a se ajudar, na sua própria segurança? Será que um cidadão comum tem menos mérito, menos valor, merece menos fé que um policial? O cidadão que lhes cobra, pede resposta.

O que vale é a cena videografada mostrando local e hora do fato. Quem a videografou não tem a mínima importância. Ponto final.

Implantada a validade destes vídeos, em todo o país, deixaríamos de ser campões mundiais de múltiplas tragédias.

Se os Ministros dos Transportes, da Justiça e da Saúde entre outros, quisessem mesmo minorar o CUSTO BRASIL dos acidentes de trânsito, apresentariam uma medida provisória que validasse os videogramas mencionados.”

Christopher Peter Bueno Netto[email protected]

Comente aqui


Agência do Trabalhador fechada até amanhã

Desde quarta-feira, 26, até amanhã,  sexta, 28, a Agência do Trabalhador de Maringá não prestará atendimento ao público. A paralisação temporária ocorre por conta da mudança de móveis e equipamentos que estão sendo transferidos para o novo endereço da sede do órgão, que, a partir da próxima segunda-feira, 31, passará a funcionar na avenida João Paulino Vieira Filho, 917, na região do Novo Centro.
A Agência do Trabalhador funciona há 20 anos na cidade por meio de convênio entre o Sistema Nacional de Emprego (Sine) – do Ministério do Trabalho – e a Prefeitura de Maringá, que responde pelo pagamento do aluguel.
De acordo com o secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide), Francisco Favoto, a nova sede está sendo instalada em imóvel de primeira locação, com área de 840 metros quadrados, sala de espera, acessibilidade com elevador privativo e em ambiente climatizado. Além do espaço oferecer mais conforto para usuários e servidores, o valor da locação vai gerar uma economia mensal de R$ 6,3 mil para a Prefeitura de Maringá.
“Com a mudança, o valor mensal de R$ 20,8 mil pagos pela área de 800 metros quadrados na Rua Joubert de Carvalho será substituído por um aluguel de R$ 14,5 mil mensais em uma área maior. A economia anual para o município será de R$ 75,6 mil”, explica o secretário.

Comente aqui


Habilitação digital

A partir de fevereiro, entrará em vigor a versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação. A carteira virtual terá o mesmo valor do documento impresso. A diferença é que a versão eletrônica poderá ser acessada por meio de um aplicativo em smartphones. A carteira impressa continuará valendo e sendo emitida normalmente.

Comente aqui


Começa hoje, em Curitiba, a VIII Jornada Parananese de Reumatologia

Começa hoje, quinta-feira, dia 27, a VIII Jornada Paranaense de Reumatologia. Abertura às 19 horas, no Bourbon Curitiba Convention Hotel. Confira a programação no site da Sociedade Paranaense de Reumatologia: https://goo.gl/myhKgG

Acompanhe no site e na página do Facebook.

Comente aqui


Coluna de quinta-feira, dia 27 de julho

MULHER Acontece hoje, às 20 horas, na sala de reuniões do Restaurante Fim da Picada, reunião para lançamento do Podemos Mulher. Claudia Bocchi, na foto ao lado do senador Alvaro Dias, está organizando a reunião junto com o presidente do partido, Carlos Augusto Ferreira. Mulheres líderes na cidade confirmaram presença. O núcleo feminino do partido começa forte, em Maringá.

EXTRAORDINÁRIAS Ontem a Câmara de Maringá realizou duas sessões extraordinárias. Uma às 9h30 e outra às 10h30. Hoje, às 9h30, será realizada mais uma extraordinária.

EMENDAS O Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos foi aprovado, em segunda discussão, com duas emendas. Hoje será votada em terceira discussão.

AGÊNCIA REGULADORA Emenda dos vereadores Sidnei Telles (PSD) e Jean Marques (PV), cria uma agência reguladora para normatizar e fiscalizar os serviços.

CATADORES Emenda assinada por oito vereadores estabelece que o compromisso de remuneração do Município é com as cooperativas de recicláveis e que a fundação de uma cooperativa precisa ser aprovada pelo Conselho Gestor Pró-Catador.

MST Invasores da fazenda Lupus, em Alto Paraíso, disseram ontem que não vão sair. Na estrada de acesso estão acampados, há muitos anos, dezenas de famílias do movimento Contag (Confederação dos Trabalhadores Rurais na Agricultura).

FATALIDADE Aconteceu ontem em Campo Mourão: João Pedro da Silva, 21 anos, atleta do Sport Clube Campo Mourão morreu após sofrer um infarto, em meio a um treinamento.

REALIDADE Alison Maia, repórter policial, publicou em grupo de Whatsapp um texto impressionante. Menor de 14 anos preso conta porque optou pelo mundo do crime.

DENÚNCIA O menor trabalhou em uma oficina e depois em feira livre. Nos dois locais os “patrões” foram denunciados e ele teve que sair do emprego.

SINUCA O menor contou que não tem pai, a mãe é muito pobre e a opção foi vender drogas. Não é uma defesa de um criminoso, é um alerta para a incompatibilidade de algumas leis com a realidade do nosso país. O texto está no blog.

NOVO SITE A Uningá está com novo site: uninga.br.

 

REGIÃO

TARIFA ZERO O movimento Mandaguari Tarifa Zero e autoridades participaram da reabertura da Estrada Terra Roxa. Agora há uma cancela no local e veículos de Mandaguari não pagam para passar.

ISENÇÃO DE IPTU Cerca de 500 aposentados, pensionistas e idosos receberam as certidões de isenção do IPTU, em Mandaguari.

PRAÇA A praça Maria de Lourdes Chieregatti Pedroso, no Jardim Califórnia, Sarandi, será inaugurada no próximo sábado, 28 de julho, às 17h, na Avenida São Francisco com a Avenida Califórnia.

CONTADORES Amanhã, 28, os contadores das 30 prefeituras da Amusep participam de reunião na sede da entidade, a partir das 14 horas. O evento é coordenado pelo contabilista Paulo Paixão, com a presença de um auditor da Receita Federal.

 

FRASE
“A confiança do ingênuo é a arma mais útil do mentiroso”. Stephen King, escritor norte-americano.

 

PARA LEMBRAR

CAMPANHA DO AGASALHO 2017 – Prorrogada até o dia 31 de agosto. Confira aqui alguns postos de arrecadação: • Just Construções – Av. Prudente de Morais, 698 – (44) 3025-1627 • Acim Ver. Basílio Sautchuk, 388 – 0800 600 9595 • Sicred • Sindvest R. Rebouças, 140 – (44) 3026-3379.

27 A 29 DE JULHO, VIII Jornada Paranaense de Reumatologia, no Bourbon Curitiba Convention Hotel – Curitiba – Paraná. Realização da Sociedade Paranaense de Reumatologia.

28 DE JULHO, das 8 às 12 horas, II Dia de Campo de Agronomia Uningá. Apresentação das culturas do milho, aveia e trigo. Anexo ao campus da Uningá.

DE 2 A 4 DE AGOSTO, II Congresso Regional de Direito dos Animais. Abertura: dia 2, 19 horas, com palestra de William Fracalossi. Plenário da Câmara Municipal de Maringá (entrada pela avenida Cerro Azul).

 

ÚLTIMA
Como diria o nosso salário: é hoje que eu vou me acabar!

Comente aqui