Autor: Diniz Neto



Descentralização administrativa para economia de recursos, no Paraná

Lindolfo Júnior e Osmar Dias: Interiorização e corte de gastos no plano de governo de Osmar

O gestor público Lindolfo junior, defende austeridade absoluta, na contribuição de ideias que tem sugerido ao plano de governo de Osmar Dias.
Ele defende a venda e aviões e carros oficias, para investimento no que é prioridade.
Com um governo descentralizado e mais perto dos municípios, haverá economia também para as prefeituras e câmaras municipais. Será o fim das peregrinações a Curitiba.
As ideias da descentralização vêm da experiência de Santa Catarina, na gestão do então governador Luiz Henrique da Silveira.

Comente aqui


Coluna de terça-feira, dia 21 de novembro

PREFEITOS O presidente da Associação dos Municípios do Paraná, prefeito de Assis Chateaubriand, Marcel Micheletto, participa hoje e amanhã de mobilização de prefeitos de todo o país, em Brasília. Ele lidera os prefeitos do Paraná.

RECURSOS Os municípios brasileiros pedem R$ 4 bilhões para fechar as contas de 2017. A parte do Paraná soma R$ 270,3 milhões.

FICA NO PMDB Na semana passada escrevi que o deputado federal João Arruda poderia deixar o PMDB para ingressar no PDT. Mas fonte ligada ao deputado demente.

TRÂNSITO João Arruda tem bom trânsito em Brasília e atende a alguns municípios da região.

INTERNET Ontem o deputado fez um debate ao vivo na sua página no Facebook, sobre Uber x Táxi.

DIABETES O II Dia D: Educar para Prevenir, campanha de conscientização sobre o diabetes realizada no Parque do Ingá, domingo (19) contou com a participação de
acadêmicos e professores da Medicina e Educação Física da Uningá.

PODEMOS O partido mobilizou filiados e amigos para o evento de saúde, através do Núcleo de Esportes e Saúde, presidido por César Lalli.

PLANO DE GOVERNO Militantes do Podemos estão mobilizados e encaminhando propostas ao plano de governo de Osmar Dias. Ele estará em Maringá amanhã.

PV Quem deve passar por Maringá hoje é Chico do PV, o presidente estadual do partido. Amanhã ele estará em Cascavel.

CANDIDATO O maringaense Carlos Moraes, apresentador de televisão, que está fazendo sucesso em Cascavel, deverá ser candidato a deputado federal, em 2018.

MORADORES O deputado federal Edmar Arruda conseguiu recursos para a Associação dos Moradores Ecologicamente Corretos de Maringá (AMECOM).

CALÇADAS Os recursos serão utilizados para o início de um projeto de revitalização de calçadas, na cidade, idealizado pelo ex-vereador de Maringá, professor Basílio Baccarin.

PALESTRA Em missão oficial ao Japão, o deputado federal Luiz Nishimori, presidente do Grupo Parlamentar Brasil-Japão fez palestras para atrair novos investimentos para o Brasil.

OUTRA LÍNGUA Na Prefeitura de Maringá nem todos os secretários falam a língua do prefeito. Uma ligação entre bairros está paralisada por um secretário. Prejuízo da população e da empresa que faz a obra.

 

MUNICÍPIOS

MELHORES CIDADES Estudo do Observatório das Metrópole, núcleo da UFRJ, fez um estudo e apontou as cinco melhores cidades para ser viver no Sul do Brasil.

QUATRO Do Sul, o Paraná tem cinco cidades: Maringá, Umuarama, Jandaia do Sul e São Jorge do Ivaí.

PRODUÇÃO AGRICOLA São Jorge do Ivaí também passou Marialva a Astorga e assumiu o primeiro lugar na produção agrícola da região de Maringá.

LICITAÇÕES A Prefeitura do Município de Mandaguari está se destacando pela implantação do sistema online de licitações. É um dos poucos sistemas funcionando plenamente.

 

FRASE
“O auto-respeito é a raiz da disciplina. A noção de dignidade cresce com a habilidade de dizer não a si mesmo”. Abraham Lincoln

 

PARA LEMBRAR

21 E 22 DE NOVEMBRO O Fórum da Longevidade será realizado hoje e amanhã, na FEITEP, Av. Paranavaí, 1164 – Parque Industrial Bandeirantes, Maringá.

22 DE NOVEMBRO, às 19 horas, no Sebrae, IV Semana da Micro e Pequena Empresa Paranaense. Palestra com Jairo de Paula, com o tema “Capacitação em Coaching – Gestão e Liderança Funcional”. A programação que também terá palestras sobre crédito e gestão para empresas. Inscrições gratuitas: https://goo.gl/BpTExB. Evento da Fampepar com apoio do Sebrae.

22 DE NOVEMBRO, às 8 horas. Na paróquia São Paulo Apóstolo, a pediatra Mariane Arns e mais 100 médicos realizarão um mutirão de consultas e encaminhamentos. Bebês até 4 meses de idade. O bebê não precisa estar cadastrado na Pastoral

24 DE NOVEMBRO, 13 horas, Hotel Metrópole. Fórum Justiça, Capital e Trabalho. A terceirização, a flexibilização da jornada, o fatiamento das férias e o fim da contribuição sindical. Temas em debate com o advogado tributarista Dirceu Galdino; desembargadores Cássio Colombo Filho e Ney José de Freitas e juiz federal Marlon Mellek, membro da Comissão de Redação Final da nova Lei Trabalhista.
Vagas limitadas. Informações no site www.forumjct.com.br.

 

ÚLTIMA
Maringá virou a cidade do Rolex.

Comente aqui
 

Agrononia: Alimentos e força para a economia brasileira

Projetos e trabalhos do curso de Agronomia da Uningá têm se destacado pela qualidade.
Vou compartilhar esse vídeo também no Facebook (Ideias&Fatos) e mais as fotos correspondentes ao texto abaixo, do professor Ecker Flowerland:

“No domingo (19), alunos do 3º ano de Agronomia da Uningá, com o apoio de alunos do 1º, 2º e 4º ano e de integrantes da Agro Uningá Consultoria (AUC), realizaram nova colheita oriunda de novos projetos em andamento junto ao Núcleo Experimental de Agronomia/Uningá.
Após levantamento de possibilidades (hipóteses), revisão artigos, planejamento (cronograma), instalação ensaios (várias culturas com vários objetivos), acompanhamento, avaliações chegou o momento da colheita e obtenção dos primeiros resultados.
Os trabalhos em evidência neste último sábado estão relacionados a cultura da alface com o uso de adubação orgânica e/ou mineral, aplicados na base e também foliar. Mais informações podem ser obtidas com os autores dos projetos, alunos do 3º ano de Agronomia, matriculados na disciplina de Olericultura.
Certamente o trabalho não para por aqui, mas a alegria em vê-los colhendo sua própria produção e realizar a distribuição dos alimentos aos familiares, vizinhos, colegas de trabalho, funcionários, amigos, enfim, levar o conhecimento a frente… ah, é um valor simplesmente maravilhoso.
O presente projeto faz parte do planejamento do Laboratório de Horticultura e Sementes do Centro Universitário Inga – Uningá com o intuito de contribuir com o crescimento profissional destes jovens.
Reiteramos nossos agradecimentos à Uningá por apoiar todo o trabalho, e ao coordenador do Curso de Agronomia, professor Sérgio Ricardo Sirotti”.

Vale a pena ver as fotos.

Comente aqui


Prefeitos de todo o país se encontram em Brasília, por recursos

Presidente da AMP, Marcel Micheletto, prefeito de Assis Chateubriand

Prefeitos de todas as regiões do Brasil estarão nesta terça e quarta-feira (dias 21 e 22), em Brasília, para pedir ao Governo Federal a liberação de R$ 4 bilhões extras para reforçar o caixa dos municípios, neste final de ano. A parte referente aos 399 municípios do Paraná é de R$ 270,3 milhões. Coordenado pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios), o movimento é parte da campanha “Não deixem os Municípios afundarem”.

A mobilização recebe o apoio da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) e prevê a realização de várias atividades para sensibilizar o Governo Federal e o Congresso Nacional quanto à importância da liberação dos recursos. “As prefeituras estão enfrentando uma das maiores crises da sua história. A verba extra que estamos pedindo será fundamental para ajudar os municípios a honrarem seus compromissos financeiros, neste final de ano”, explica o presidente da AMP, 2º vice-presidente da CNM (Confederação Nacional dos Municípios) e prefeito de Assis Chateubriand, Marcel Micheletto.

O movimento começa na manhã desta terça (dia 21), com uma sessão solene na Câmara dos Deputados, seguida de reunião entre os municipalistas e as lideranças estaduais. O objetivo do encontro é apresentar aos parlamentares as reivindicações do movimento. Um dos projetos prioritários para as prefeituras é a votação, pelo Congresso Nacional, do veto do presidente Temer ao projeto que garante o Encontro de Contas entre o Governo Federal e as prefeituras na área previdenciária. As lideranças municipalistas defendem a derrubada do veto.

A votação da matéria foi adiada para o mesmo dia da mobilização dos municípios – 22 de novembro. Além disso, a AMP e a CNM pedem – entre outras reivindicações – a atualização dos programas federais e a prorrogação do prazo para a destinação adequada dos Resíduos Sólidos.

Aumento do FPM – A mobilização prossegue na quarta-feira (dia 22), quando haverá reunião no Auditório Petrônio Portela, localizado no Senado Federal. O presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), falará sobre o tema.

Os prefeitos esperam ainda a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 29/2017. A matéria prevê o aumento de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), principal fonte de receita de 70% das 55 mil cidades brasileiras.

Ao meio dia, os participantes da mobilização deixam o Senado e percorrem a Esplanada dos Ministérios rumo ao gramado do Congresso Nacional. O ato será o ponto alto da mobilização. Finalizado o percurso, o movimento municipalista se reunirá na sede da CNM para traçar um balanço das atividades realizadas e próximos passos.

Assessoria de Comunicação da AMP , com CNM.
Aurélio Munhoz. Reg.Mtb: 2.635/PR
Telefones: 41-3223-5733 e 41-99544-0404

Comente aqui


Podemos participa de evento alusivo ao Dia Mundial do Diabetes

O Podemos Maringá participou de evento do Dia Mundial do Diabetes, por meio do núcleo do Podemos Esportes e Saúde, ontem, domingo, dia 19. O evento aconteceu no Parque Ingá, e foi promovido por alunos da Uningá (Liga Acadêmica de Metabolismo e Endocrinologia – Lamen – do curso de Medicina e de Educação Física da Uningá). No local foram atendidas várias pessoas que fizeram o teste para aferir o nível de açúcar no sangue e pressão arterial. Os dados foram anotados em uma carteira que o paciente utilizará para acompanhar os níveis de glicemia.
A data tornou-se oficial pela ONU (Organização das Nações Unidas) a partir de 2007, com a aprovação da Resolução das Nações Unidas 61/225. O dia 14 de novembro foi escolhido por marcar o aniversário de Frederick Banting que, junto com Charles Best, concebeu a ideia que levou à descoberta da insulina em 1921.
As informações são do presidente do Podemos, Carlos Augusto Ferreira, e César Lalli, presidente do Núcleo Podemos Esportes e Saúde.

2 Comentários


Fica no PMDB

Na semana passada escrevi que o deputado federal João Arruda poderia deixar o PMDB para ingressar no PDT. Uma outra informação, de excelente fonte, desmente a especulação, garantindo que o parlamentar vai permanecer no PMDB.

João Arruda tem bom trânsito em Brasília e atende a alguns municípios da região.

Nas redes sociais tem um trabalho inovador. Hoje, dia 20, segunda-feira, por exemplo, às 11h30, realiza um “vivo” na sua página no Facebook, com debate sobre Uber x Táxi. Fiquei curioso, vou dar uma espiada.

 

Comente aqui


De mal a pior

Mary Zaidan

A um ano das eleições gerais, os protagonistas conhecidos na disputa para o Planalto impressionam. Não por ideias, plataformas ou coisa que o valha. Mas pela falta delas. Pela repetição de vícios e modos.

À criatividade zero somam-se a desconexão com o eleitor e mais do mesmo: as mentiras de Lula nos palanques antecipados, portanto ilegais, as brigas fraticidas entre os tucanos e os repetidos atores na terceira via: Marina Silva, Ciro Gomes, Cristovam Buarque.
As novidades ficam por conta de uma aventura embalada por Luciano Huck e do ultradireitista Jair Bolsonaro, que alimenta o sonho de ser o Donald Trump tupiniquim.

Bolsonaro tem surfado no neomilitarismo, que tem lá os seus adeptos, mas que dificilmente arregimentará maioria. E, ainda que com jovens bons de barulho nas redes sociais venha conseguindo angariar apoios, atrai ódio em proporção similar.

Na outra ponta, o ex Lula lidera absoluto. Mas não tem qualquer chance de chegar lá com as tais caravanas que, nas melhores plagas petistas, Nordeste e Minas, reuniram menos gente do que o ex imaginava, e que o PT, a CUT e os demais movimentos ditos populares prometeram.

Escaldado por duas derrotas consecutivas para Fernando Henrique Cardoso no primeiro turno de 1994 e 1998, Lula sabe que tem de ir além do campo à esquerda, que, assim como o da direita de Bolsonaro, tem limite definido. Daí o perdão aos “golpistas”, diga-se, ao PMDB.
Lula foi quem desenhou e firmou a parceria com Michel Temer, ungido vice da pupila Dilma Rousseff. Foi ele quem alinhavou o apoio do PMDB que hoje ocupa com primazia as páginas do noticiário político-policial sem que o PT receba créditos pelo patrocínio da roubalheira geral e, em particular, de Sérgio Cabral e cia.

Pouco importa. Pragmático, Lula quer renovar a aliança com o PMDB.

Por dever de ofício, vai repudiar publicamente Temer, mas já abriu as portas para Renan Calheiros e os seus, para aliados de Eduardo Cunha. Do contrário, teme colaborar para que os votos do centro – a maior faixa da população — caiam no colo de novidades à la Huck ou dos tucanos, ainda que estes estejam tropeçando no peso de seus bicos.

O PSDB é um caso à parte. Tem especial talento para conspirar contra si, em especial quando as chances de poder se mostram promissoras. Seria a alternativa natural entre candidaturas extremas, mas não consegue lidar nem com as divergências internas, quem dirá com os conflitos cotidianos que um governo exige. Antes das urnas, tem dois dilacerantes confrontos intramuros agendados: a guerra pela presidência da sigla e uma ainda não definida prévia para escolha do candidato ao Planalto.

Enquanto os tucanos se imolam em vez de amolar seus bicos para a disputa de outubro, Bolsonaro mordisca parte do eleitorado do PSDB utilizando o Movimento Brasil Livre e outros do tipo. E Lula tenta alargar sua rede de apoios para além dos fiéis.

Mas está só.

Perdeu para a prisão seus dois mais preciosos auxiliares – José Dirceu, o “capitão do time”, e Antonio Palocci, o homem que dialogou com a classe média e a atraiu para o então chefe. E o rumo, com a morte do ex-ministro e salvador de todas as trapalhadas, Márcio Thomaz Bastos, há exatos três anos. Abandonou muitos companheiros desde o mensalão e hoje inspira mais desconfiança do que crédito.

Em seu favor, o candidato Lula tem o fato de as investigações concentradas no PMDB darem alívio à folha corrida do PT e dele próprio.
Com o PMDB nas páginas nobres da ladroagem, perdeu fôlego a difusão de notícias sobre os desvios petistas. Poucos lembram, por exemplo, que a senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, é ré por corrupção e lavagem de dinheiro.

Lula, com ganhos declarados de R$ 6 mil da bolsa-anistia e R$ 25 mil de pró-labore da sua empresa de palestras, não mais foi cobrado pelos R$ 9 milhões de previdência privada que só vieram à tona depois de o juiz Sérgio Moro pedir o bloqueio da conta. Muito menos dos R$ 21,6 milhões que o Ministério Público Federal quer bloquear.

Nem o mais fundamentalista dos militantes seria capaz de explicar como Lula, o nordestino pobre que virou presidente, amealhou tal fortuna. Superou com folga, em pouquíssimo tempo, a elite dos 172 mil entre os 200 milhões de brasileiros que, segundo o Global Wealth Report 2016, realizado pelo Banco Credit Suisse, têm mais de U$ 1 milhão, R$ 3,4 milhões ao câmbio de hoje. Lula tem.

A fogueira na qual o PMDB arde agora protege a fritura de Lula, que, amanhã, estará azeitado com o mesmo PMDB dos escândalos de hoje.

Comente aqui


Coluna do dia 19 de novembro, domingo

EM MARINGÁ Na próxima quarta-feira, dia 22, a ACIM receberá Osmar Dias. Vem para uma reunião com empresários e lideranças de Maringá, que será realizada às 17 horas na entidade.

NOVO Ontem aconteceu o 3º Encontro Nacional do Partido Novo, em São Paulo. João Amoêdo, fundador do partido, ensaiava ser lançado à Presidência da República.

FECHANDO Se confirmada esta candidatura, acabam especulações de que o partido poderia lançar João Dória ou o apresentador Luciano Huck.

SKATE Atletas da modalidade, de todo o estado, esperavam competir na praça Pedro Alvares Cabral (Praça da Patinação), no fim de semana. Mas a reforma não ficou pronta.

DIA DO RIO Acontece hoje caminhada do Circuito das Águas Pirapó, em comemoração ao Dia do Rio. São 10,3 km por paisagens rurais e pela Captação da Sanepar em Maringá.

SANEPAR O evento começa às 7 horas, com um café da manhã na Estrada Morangueira (Venda 200), Km 2, na propriedade de Ricardo Favoretto. A saída será às 8 horas.

CAMPANHA O senador Roberto Requião esteve em Maringá e região na sexta-feira. Animadíssimo com a campanha.

TRABALHISTA O deputado federal João Arruda deve deixar o PMDB e ingressar no PDT. Vai de Osmar Dias.

APOIO Na semana que passou mais partidos anunciaram apoio à candidatura de Cida Borghetti ao governo. O Patriotas, de Bolsonaro e o Avante, de Danilo D´Avila.

CBN Na quinta-feira, em Cascavel, o ministro Ricardo Barros deu entrevista à CBN e falou sobre o avanço dos apoios à candidatura da vice-governadora, Cida Borghetti.

OBRAS Entre março de 2013 e agosto de 2017, as obras urbanas no Paraná somaram R$ 1,7 bilhão de investimentos e atenderam 392 cidades do Estado.

NÚMEROS Ratinho Júnior está divulgando estes números, que correspondem a 3,2 mil obras realizadas no Paraná.

BANDEIRA Foi um sucesso o evento de juramento à Bandeira, realizado pela Junta Militar e Tiro de Guerra, no feriado. Trabalho eficiente e em equipe do cabo Zé Maria.

VERDE O presidente estadual do Partido Verde, Francisco Caetano Martin, o Chico do PV, estará em Maringá na terça-feira.

 

MUNICÍPIOS

SÃO JORGE DO IVAÍ Thiago Brado e Bruninho e Davi fazem a abertura da Festa de Aniversário de São Jorge do Ivaí, no dia 7 de dezembro.

17ª FESTA DAS NAÇÕES São Jorge do Ivaí completa 62 anos e realiza a sua 17ª Festa das Nações.

SARANDI A partir de hoje, 19, o Restaurante Vô Serafim vai atender aos domingos e feriados. Av. João Marangoni, 1229, Jardim São José – Sarandi (próximo ao Contorno Sul).

LIXO ELETRÔNICO No próximo sábado, dia 25, na praça Independência de Mandaguari, das 8 às 15 horas, ponto de recebimento de lixo eletrônico.

 

FRASE
“Para mim, é muito melhor compreender o universo como ele realmente é do que persistir no engano, por mais satisfatório e tranquilizador que possa parecer”. Carl Sagan

 

PARA LEMBRAR

19 DE NOVEMBRO, às 9 horas, Circuito Paranaense de Skate Amador, etapa final 2017. Será realizado no CSU (a praça na Zona 2 não ficou pronta). Evento da Gerência da Juventude, Federação Paranaense de Skate e Associação Maringaense de Skate.

19 DE NOVEMBRO – 8 horas. A Liga Acadêmica de Metabolismo e Endocrinologia (Lamen) do curso de Medicina e o curso de Educação Física da Uningá participam neste domingo, 19 de novembro, do II Dia D: Educar para prevenir com orientações sobre o diabetes. O evento será das 8h às 13h no Parque do Ingá, oferecendo uma série de serviços à comunidade.

22 DE NOVEMBRO, às 19 horas, no Sebrae, IV Semana da Micro e Pequena Empresa Paranaense. Palestra com Jairo de Paula, com o tema “Capacitação em Coaching – Gestão e Liderança Funcional”. A programação que também terá palestras sobre crédito e gestão para empresas. Inscrições gratuitas: https://goo.gl/BpTExB. Evento da Fampepar com apoio do Sebrae.

22 DE NOVEMBRO, às 8 horas. Na paróquia São Paulo Apóstolo, a pediatra Mariane Arns e mais 100 médicos realizarão um mutirão de consultas e encaminhamentos. Bebês até 4 meses de idade. O bebê não precisa estar cadastrado na Pastoral.

 

ÚLTIMA
Minhoca é um absurdo: Não tem pé nem cabeça.

1 Comentário


Projeto social e ambiental vai revitalizar calçadas, em Maringá

Prof. Basílio Baccarin, presidente da AMECOM, comanda a entidade há sete anos. Foto: Aldemir de Moraes.

O projeto pretende buscar recursos públicos e privados, em parcerias com entidades

A Associação dos Moradores Ecologicamente Corretos de Maringá (AMECOM), presidida pelo ex-vereador de Maringá, professor Basílio Baccarin deu início a um projeto que pretende revitalizar calçadas, as adequando para o modelo ecologicamente correto, conforme as especificações do município e ainda, a plantação de flores.
O projeto prevê, além da questão ambiental, a responsabilidade social. Para isso, a AMECOM fez uma parceria com entidades que atendem moradores de rua, dependentes químicos e pessoas em risco social, oferecendo recuperação, profissionalização e reinserção. São parceiros do projeto a Fraternidade Nossa Senhora da Anunciação, o Recanto Mundo Jovem e o Centro de Ressocialização do Egresso – Associação Crer.
Enquanto algumas instituições vão cuidar do plantio das flores, outras serão responsáveis pela adequação e construção das calçadas.
O primeiro recurso para a AMECOM, no valor de R$ 20 mil, conquistado pelo deputado federal Edmar Arruda (PSD) em parceria com o Ministério Público do Trabalho do Paraná, dá início ao projeto e será aplicado na revitalização da calçada em frente ao Colégio Gastão Vidigal, na Rua Líbero Badaró, Zona 7.
“O objetivo é a promoção e valorização humana e a prática da cidadania, além da questão ambiental”, ressaltou Baccarin. “Os alunos vão ajudar a plantar as flores e a fazer a manutenção, envolvendo um processo de responsabilidade e educação”, complementou.
Para o deputado Edmar Arruda o projeto tem grande importância de conscientização ambiental, responsabilidade com a inclusão social e a valorização do patrimônio público e, por esta razão, merece o engajamento da sociedade.
“Graças ao apoio do Edmar conseguimos o recurso. Queremos ampliar o trabalho e precisamos do apoio dele novamente e, de empresários. É uma ação de promoção humana e inclusão social”, ressaltou Baccarin.
A obra está prevista para ser entregue no final de dezembro.

2 Comentários