Curitiba



Lula terá recepções a favor e contra, quarta-feira 13, em Curitiba

Na Internet circulam informações de que Curitiba terá uma quarta-feira 13 movimentada, com manifestações a favor e protestos contra Lula.
O ex-presidente vai a Curitiba para o segundo depoimento ao juiz Sergio Moro.
O curioso é que este depoimento poderia ser feito por videoconferência, mas à época, Lula decidiu que queria ir a Curitiba. A viagem acontece depois de uma semana muto desfavorável ao petista, especialmente pelo depoimento do ex-ministro e companheiro Antônio Palocci dado justamente ao juiz federal Sérgio Moro, na capital paranaense.
Lula terminou uma peregrinação pelo Nordeste um dia antes do depoimento de Palocci. No palaque, lideranças pró-Lula não economizaram em agressões verbais a Moro e pediram “luta” em favor do ex-presidente, afirmando que ela só termina no dia 1º de janeiro de 2019, aludindo a uma eventual posse do seu apoiado como presidente.
A Frente Brasil Popular, a Resistência Democrática e o Fórum de Lutas 29 de Abril esperam petistas, aliados e movimentos sociais para defender Lula.
De outro lado os movimentos Curitiba Contra a Corrupção e o Movimento Brasil Livre organizam uma “recepção” com grande manifestação contra Lula.
Os lulistas esperam a sua presença em ato marcado parra as 18 horas na Praça Generoso Marques, em frente ao Paço Municipal, dentro da programação da 2ª Jornada de Lutas pela Democracia, que começa com atividades culturais a partir das 14 horas.
Eles querem repetir a mobilização e os debates de maio, quando Lula prestou seu primeiro depoimento à Justiça Federal de Curitiba.
Os movimentos de protesto contra Lula querem concentrar pessoas em frente ao Museu Oscar Niemeyer (MON), a partir das 13h30. A expectativa é de que o público cresça no fim da tarde, quando muita gente sai do trabalho.
A expectativa é de o movimento contra Lula cresça em razão das últimas notícias, como o depoimento de Antônio Palocci e a prisão de Gedel Vieira Lima.
Promessa de quarta-feira quente em Curitiba.

1 Comentário


Efeito cracolândia

O COPE faz uma varredura no Centro de Curitiba hoje pela manhã. Mais de 50 homens estão envolvidos na operação Hóspede do Bagulho, que procura em pensões e pequenos hotéis centrais traficantes e foragidos da Justiça. A ação policial tem como objetivo desmantelar o comércio de drogas e cumprir quatro mandados de busca.

Comente aqui


Frustou?

São contraditórias as informações sobre o número de pessoas que foi a Curitiba para apoiar o ex-presidente Lula. Alguns falam em pouco mais de 4 mil manifestantes pró-Lula no evento marcado nas proximidades do Tribunal da Justiça Federal. Outros falam de 10 mil e alguns até em 20 mil. O fato é que parece ter havido uma certa frustração em quem falava em até 50 mil pessoas.
Uma coisa é certa: foi investido muito dinheiro público para o controle dos deslocamentos e esquemas de segurança.

Comente aqui


Ministro da Saúde visita Hospital Municipal

O deputado federal Ricardo Barros, que assumiu o Ministério da Saúde, no governo do presidente Michel Temer, fará a sua primeira visita a um hospital nesse domingo, 15 de maio. Às 11 horas ele estará no Hospital Municipal de Maringá, sua cidade natal.
À tarde, às 17 horas, o ministro terá reunião com a diretoria do Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba.
Amanhã, segunda-feira, 16, Ricardo Barros terá reunião com o conselho deliberativo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Comente aqui


Curitiba sedia IX Encontro Sul/Sudeste da Microempresa

IX encontro sul-sudeste conampe 3 banner pequeno horizontal w

Na próxima segunda e terça-feira Curitiba sediará o IX Encontro Sul/Sudeste da Micro e Pequena Empresa. O evento será aberto às 13h30, do dia 23, no auditório do SEBRAE-PR, à Rua Caeté, 150, Prado Velho, Curitiba-PR.
O evento acontece em momento de grande importância para as micro e pequenas empresas, que respondem por 52% dos empregos com carteiro assinada no país e são responsáveis por mais de 80% dos primeiros empregos no Brasil.
O segmento está pronto para ser o principal instrumento de políticas públicas de inclusão e desenvolvimento no país, mas espera decisões efetivas do governo federal.
Nos estados e municípios onde a micro e pequena empresa têm recebido atenção e apoio especial a geração de empregos e o crescimento da economia têm sido comprovados. São exemplos o estado do Paraná, melhor ambiente estadual para os pequenos negócios, segundo pesquisa  nacional do Sebrae, estado que hoje é a 4ª maior economia estadual no país, superando o Rio Grande do Sul, e o município de Maringá, primeiro a aprovar uma lei municipal geral da microempresa, hoje considerado o 4º melhor município do país, com uma economia vigorosa, em crescimento e geradora de empregos.

Convidados – Estão convidados os presidentes das federações de setores produtivos, como a FIEP, FECOMÉRCIO e FAEP, os deputados federais Helder Salomão, do Espírito Santo, e Luiz Carlos Hauly, do Paraná. Dirigentes da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.
Na área da inovação, identificação e TI são convidadas as empresas Safeweb e Sage. O Sescap terá também participação importante no evento.

Palestras – Duas palestras são muito espetadas no IX Encontro Sul/Sudeste da Micro e Pequena Empresa. Na segunda-feira, às 17 horas, palestra de Allan Costa, “A arte de fazer acontecer – Como cortar o blábláblá e criar resultados extraordinários”. Com currículo de formação internacional e uma carreira muito bem-sucedida, Allan deixou um emprego de R$ 900 mil por ano para ser um empreendedor de sucesso.
A palestra de terça-feira, dia 24, às 10h30, não é menos intrigante. O título é “Quero Vender! E agora?” O palestrante é o carioca Alex Ludwig, psicanalista, hipnólogo, parapsicólogo e especializado em RH, além de pesquisador do comportamento humano. É consultor e palestrante na área comportamental, já tendo falado em todo o Brasil assim como no exterior para mais de um milhão de pessoas.
Sua palestra é muito importante, pois a venda é o objetivo de todos os empresários e empresas. E vender é uma ciência, uma arte.
É presidente do GRUPO GIGA PIZZA que conta com uma rede de empresas no setor alimentício. Considerado uma case de sucesso, a empresa GIGA PIZZA FRANCHISING está em fase de expansão para todo o território nacional.

Informações sobre o evento podem ser obtidas no e-mail [email protected] e no site www.conampe.org.br.
Nas redes sociais, fan page Sistema Conampe.

Comente aqui


Doenças reumáticas ocorrem em qualquer idade

Muitas pessoas imaginam que as doenças reumáticas são uma característica de pessoas com mais idade. Errado. As doenças reumatoides podem ocorrer em pessoas de qualquer idade, inclusive crianças e jovens.
As doenças e tratamentos dessa especialidade estão em debate no XXXII Congresso Brasileiro de Reumatologia que está sendo realizado até amanhã, na Expounimed, em Curitiba.

Assista aqui entrevista do presidente do Congresso, Dr. Eduardo Paiva, ao Bom Dia Paraná. Acesse AQUI.

Outras informações sobre o Congresso:

Portal G1 – Congresso médico oferece curso gratuito para pacientes com artrite

Site do Congresso

Fan page da Sociedade Paranaense de Reumatologia

Comente aqui


Curitiba sediará 32º Congresso Brasileiro de Reumatologia

A Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) realiza, de quinta-feira a sábado (7 a 10), em Curitiba, o 32º Congresso Brasileiro de Reumatologia que reunirá profissionais da área, do Brasil e do exterior. O evento tem o apoio da Sociedade Paranaense de Reumatologia (SPR), presidida pelo médico Marco Rocha Loures, e será realizado na ExpoUnimed Curitiba.
O Congresso terá conferências, miniconferências, mesas redondas, sessões interativas de casos clínicos, sessões de temas livres e também vai possibilitar o contato pessoal entre os pesquisadores e os participantes. Mas a grande novidade deste ano será um quiz show – um jogo de perguntas e respostas para testar os conhecimentos e entreter os participantes.
Também estão programados 11 cursos pré-congresso (alguns ainda tem inscrições, veja no site do evento), com temas como Ultrassonografia – Básico e Avançado, Dor para o Reumatologista, Reumatologia para Atenção Primária, Capilaroscopia, Órteses em Reumatologia, Infiltrações e Ultrassonografia Músculo-Esquelética Pediátrica.
De acordo com o presidente do Congresso, Eduardo dos Santos Paiva, os temas e os convidados foram minuciosamente escolhidos pela comissão científica, para dar ao evento a relevância necessárias no dia-a-dia dos reumatologistas. “Mas também estamos, com este congresso, preparando o futuro próximo de nossa especialidade. Os palestrantes nacionais e internacionais esmeraram-se no preparo de suas apresentações e são todos grandes experts em seus campos”, frisou.
O presidente da SPR, Marco Rocha Loures, destacou a importância do evento que será realizado aqui no Paraná. “É uma grande oportunidade para todos nós, de estarmos debatendo, buscando informações, aprendendo e nos atualizando sobre os temas importantes e presentes no dia a dia do profissional, sem que para isso seja necessário se deslocar a outro país”.

Outras informações sobre o Congresso, e inscrições nos cursos, no site: www.sbr2015.com.br­­
Entrevistas
Dr. Marco Rocha Loures (44) 9973-2900
Dr. Fernando Chiuchetta (41) 3252-6355
SPR – Luciane (41) 9657-8210

Comente aqui


Renault lança Projeto “O Trânsito e Eu”

renault

A Renault e a prefeitura de Curitiba anunciaram na sexta-feira (12), durante as comemorações de um ano do Projeto Ecoelétrico – que utiliza a maior frota pública de veículos Renault 100% elétricos do País – uma parceria para a implantação do programa de educação para segurança no trânsito “O Trânsito e Eu”. Desenvolvido e coordenado pelo Instituto Renault, o programa está voltado ao público infantil e deverá atender inicialmente 18 mil crianças de 12 escolas públicas. Pela parceria, os miniveículos elétricos Renault usados no projeto farão parte da frota Ecoeletrinho.
Voltado às crianças com idade entre de 7 a 11 anos, o projeto “O Trânsito e Eu” tem por objetivo conscientizar a sociedade para um trânsito mais humano e seguro. Lançado como piloto em 2012 em parceria com a Ecovia (do grupo EcoRodovias) e Prefeitura de São José dos Pinhais, o projeto ganhou impulso em 2014, quando foi estendido a todas as escolas públicas municipais de São José dos Pinhais e Quatro Barras, atendendo mais de 7 mil alunos de 56 instituições de ensino. O projeto já está presente também em outras cidades, como Pelotas (RS), e está previsto para ser implantado em mais 5 localidades ainda este ano. A ação se desenvolve também através de apresentações itinerantes, as quais já passaram por Maringá e São José dos Campos.
A estratégia educacional do projeto combina atividades lúdicas e práticas. Para o ensino em sala de aula, o Instituto Renault produz e distribui kits educativos ilustrados e de fácil compreensão, elaborado por educadores que empregam diferentes ferramentas pedagógicas. Nas atividades práticas, o projeto ganha vida com o uso de minicarros elétricos Renault, que são conduzidos pelas próprias crianças, sob a orientação e supervisão de educadores para poderem vivenciar e aprender a se comportar neste ambiente.
Os miniveículos, adesivados com o selo Ecoeletrinho em alusão ao projeto Ecoelétrico, serão cedidos pelo Instituto Renault à Prefeitura de Curitiba. O município se encarregará da construção de uma minicidade (inauguração prevista para agosto deste ano) dotada de uma minipista contendo todas as sinalizações e avisos de trânsito, contemplando pedestres, pessoas com deficiência, ciclistas e veículos, recriando o ambiente urbano das cidades. “A Renault desenvolve diversas ações para contribuir com a educação para a segurança no trânsito para vários públicos – crianças, jovens e adultos. O lançamento do projeto “O Trânsito e Eu” em Curitiba, cidade que é uma referência nacional em mobilidade urbana, é uma importante etapa deste programa”, destaca Caíque Ferreira, Vice-presidente do Instituto Renault e Diretor de Comunicação da Renault.

INSTITUTO RENAULT – O Instituto Renault promove ações nas áreas de sustentabilidade social e ambiental, desenvolvendo diversos projetos com as comunidades no entorno do seu complexo industrial. O objetivo é promover a geração de renda e o desenvolvimento humano. A segurança no trânsito é um dos seus temas prioritários e neste eixo realiza diversas ações para vários públicos – crianças, jovens e adultos.
Para o público infantil o principal projeto é O Transito e Eu. O Open Fórum Trânsito e Transformação está voltado para jovens e adultos e é desenvolvido em parceria com instituições como FIEP-Sesi-PR / Cifal -Centro Internacional de Formação de Atores Locais, ligado à ONU, e concessionária Ecovia.
O Instituto Renault apoia também projetos como o Road show de segurança viária, desenvolvido e apresentado pela TRAFPOL – IRSA – International Road Safety Academy, da Espanha, e que está voltado ao público universitário (jovens de 16 a 21 anos) de instituições como PUC-PR e Universidade Makenzie. No conjunto das suas ações, o Instituto Renault já promoveu e apoiou iniciativas que já beneficiaram mais de 300 mil pessoas.

Comente aqui


Workshop sobre rastreabilidade de medicamentos

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) sedia nesta quarta-feira (30) o “III Workshop RDC 54/2013 – Implantação da Codificação e Rastreabilidade de Medicamentos”, evento realizado pela Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Oficiais do Brasil (Alfob) e pela Incubadora Tecnológica do Tecpar (Intec), responsável por outro evento que é realizado na mesma ocasião, o “XVI Workshop INTEC – Oportunidades de negócios na área da Saúde”.
Os eventos debaterão como operacionalizar o que determina a Lei 11.903/2009, que dispõe sobre o rastreamento da produção e do consumo de medicamentos por meio de tecnologia de captura, armazenamento e transmissão eletrônica de dados. Para implantar essa mudança, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) criou o Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNCM), por meio da Resolução RDC 54/2013.
Pela normativa, até o final de 2015 o controle dos medicamentos deverá ser realizado por meio de um sistema de identificação exclusivo dos produtos, por toda cadeia envolvida. Os remédios receberão identificação específica para gestão e rastreabilidade com dados completos do registro sanitário do produto, do fabricante, da apresentação, do responsável técnico, da data de fabricação e validade. Esses dados deverão ser disponíveis para o acesso por todos os envolvidos no processo, desde o laboratório produtor até o usuário, passando pela cadeia de logística e pelas unidades de dispensação.
A abertura do evento vai contar com a participação de Júlio Felix, diretor-presidente do Tecpar e presidente da Alfob; João Carlos Gomes, secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná; Michele Caputo Neto, secretário de Estado da Saúde do Paraná; Dirceu Aparecido Braz Barbano, presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); Carlos Augusto Grabois Gadelha, secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde; Nelson Akio Fujimoto; secretário de Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; Cezar Luciano Cavalcanti de Oliveira, coordenador de Tecnologia Industrial Básica do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; Wilson Duarte Alecrin, presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass); e Antonio Carlos Nardi, presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

SERVIÇO: III Workshop RDC 54/2013 – Implantação da Codificação e Rastreabilidade de Medicamentos e XVI Workshop INTEC – Oportunidades de negócios na área da Saúde.
DATA: 30 (quarta-feira).
HORÁRIO: 8h30 às 17h30.
LOCAL: auditório do Tecpar (Rua Professor Algacyr Munhoz Mader, 3775 – Cidade Industrial de Curitiba).

Comente aqui


Estádio sem internet em Curitiba

O atraso nas obras da Arena da Baixada apresenta mais uma surpresa. A internet Wi-fi prometida no estádio pode não funcionar. As empresas alegam que não tiveram tempo suficiente, de 150 dias necessários, para apenas 70 dias. A falta de interesse da prefeitura pelas obras levaram ainda ao cancelamento de obras importantes em torno do estádio, como centro de imprensa, que seria convertido em uma unidade de saúde após o mundial, e, agora, será abrigado em uma tenda de lona.
O prefeito da Fifa para Curitiba, o coreano Man Gil Shin, acionou um plano de emergência para garantir uma estrutura mínima para a imprensa internacional e a área VIP. Os torcedores “podem enfrentar problemas”, segundo o sindicato nacional das empresas de telefonia. Em todo o Brasil a empresas de telefonia foram forçadas a investir mais de R$ 226 milhões, mas devido ao atraso das obras, Curitiba ficou de fora de quase totalidade desse investimento e as redes continuam as mesmas. Informações do jornal Metro.

O futebol está de volta pra casa!

Comente aqui