Desenvolvimento



Regiani discute pauta para o desenvolvimento do Sul

Em Brasília o diretor de Operações do BRDE, João Luiz Agner Regiani, esteve em audiência com o deputado federal pelo Paraná, Luiz Carlos Hauly (PSDB), relator especial da Reforma Tributária. Na oportunidade Regiani expôs ao deputado sobre a necessidade de inclusão na reforma tributária de tratamento tributário especial e diferenciado às instituições financeiras de desenvolvimento, […]

Comente aqui


Cooperação e negócios internacionais

João Regiani e José Martins Brandão Coelho, no BRDE

O diretor de operações do BRDE, João Regiani, recebeu no banco o presidente honorário da Câmara de Comércio Brasil-Portugal para o Paraná, José Martins Brandão Coelho. Ele é português, com atuação empresarial em Angola (África).
No encontro trataram sobre as possibilidades de mútuos investimentos entre os países, com foco especial no desenvolvimento de parcerias com empreendedores do Paraná. Segundo Regioni, sem dúvida, atualmente o intercâmbio internacional de investimentos se constitui numa das boas alternativas para o desenvolvimento da economia do estado.
Nesta direção Regiani, que representa o Paraná na diretoria do BRDE, tem focado a sua atuação na instituição.

Comente aqui


A identidade local como um elemento fundamental do desenvolvimento


O Centro de Estudos em Sustentabilidade (FGVces) da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (Eaesp-FGV) é um espaço de estudo, aprendizado, reflexão, inovação e de produção de conhecimento, integrado por pessoas que formam um quadro de formação multidisciplinar. Tem como missão expandir continuamente as fronteiras do conhecimento, contribuindo para um desenvolvimento sustentável, no âmbito da administração pública e empresarial. Busca ser um espaço de excelência em cocriação, compartilhamento e aplicação do conhecimento.
A Revista Página 22, publicada na internet, é um canal jornalístico de comunicação do FGVces com a sociedade que se coloca como fórum de debates, reflexão e aprofundamento das questões fundamentais da sustentabilidade. Atua como um radar de tendências e apresenta propostas.

O texto “A identidade local como um elemento fundamental do desenvolvimento” é muito interessante, ao avaliar e propor que o desenvolvimento não pode ser feito apenas com obras ou grandes investimentos. Só é possível na perspectiva da inclusão dos “seus habitantes, sua rede de empresas, suas instituições governamentais, seu diversificado tecido social”.
“‘Esses elementos articulados conformam arranjo único – entre instituições, empresas, mercados e governos – que dá identidade a um território e o torna ator fundamental do desenvolvimento. Supõe-se que seja através desse arranjo que uma realidade local, um território, pode reorientar, ajustar, fazer convergir as grandes forças do Estado e do mercado em prol de suas necessidades’, afirma o professor Francisco de Assis Costa, professor do Programa de Pós-Graduação em Economia da Universidade Federal do Pará (UFPA) e do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (Naea) nesta entrevista”.
“O objetivo do desenvolvimento local, portanto, vai muito além do crescimento econômico e da riqueza material proporcionada por vultosos investimentos em grandes obras de infraestrutura como as que temos em várias regiões do Brasil. Ao fim e ao cabo, almeja a distribuição de renda, a descentralização do poder e o protagonismo local, com o propósito final de promover bem-estar às pessoas que ali convivem”.

O texto completo está no site P22. Acesse aqui.

Comente aqui


O Legislativo no Codem

20160629_cmm_ 041
A convite do Codem o presidente da Câmara de Maringá, Chico Caiana, esteve na reunião plenária do Codem, apresentando um relatório do trabalho que a Câmara realiza e alguns números relacionados às suas despesas.
Muitos não sabem, mas a Câmara de Maringá é a que tem menor gasto dentre as câmaras de municípios com populalção entre 300 e 450 mil habitantes. A constatação está em pesquisa feita em 14 municípios dos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais.
Além da boa gestão, a Câmara local se destaca na inovação da Escola Legislativa, com atividades que só ela realiza, dentre as 399 câmaras municipais do Paraná, e na área de Tecnologia de Informação (TI), com a implantação de sistemas cedidos gratuitamente pelo Poder Judiciário Federal e o Senado, o que representa a economia de milhões de reais em desenvolvimento e implantação.
Só um dos sistemas, o SEI!, representa, segundo o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, uma economia de R$ 20 milhões.
O presidente do Sinduscon, José Maria Vasconcelos, considerou a apresentação importante, ao trazer informações positivas e que destacam a Câmara dentre as demais, além da demonstração de interesse da Câmara que submeter o seu trabalho ao julgamento dos maringaenses. Segundo José Maria, as informações apresentadas merecem ser compartilhadas por entidades organizadas de Maringá com entidades parceiras do país e de outros estados.
A plenária do Codem foi presidida por Edson Cardoso Pereira e contou com a presença do presidente da ACIM, José Carlos Valêncio. Eles também agradeceram a presença da Câmara e tiveram manifestações positivas em relação à economia de dinheiro público e os trabalhos de inovação e qualidade que o Legislativo maringaense está desenvolvendo.

Comente aqui


Consórcio de Desenvolvimento traz lideranças de Goiás a Astorga

O líder do PTB na Câmara dos Deputados, Jovair Arantes, de Goiás, e os deputados estaduais petebistas daquele Estado, Henrique Arantes e José Antônio, além do prefeito de Itumbiara (GO), Chico Bala, e do ex-prefeito da cidade, José Gomes, desembarcam em Maringá neste sábado de manhã (5) e seguem direto em comitiva até Astorga, a 48 quilômetros, para, juntos com o deputado federal paranaense Alex Canziani (PTB), participarem do ato de apresentação do novo maquinário do Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento da Região de Astorga (Cindast), presidido pelo prefeito da cidade Arquimedes Ziroldo (PTB), anfitrião do evento, que acontecerá às 11h30, na Casa da Cultura, na avenida Doutor José Soares de Azevedo, 30, ao lado da Prefeitura.
O consórcio, inédito no Paraná, atua na área de pavimentação e manutenção asfáltica. Idealizado por Canziani e em operação desde o ano passado, o Cindast já realizou obras em 24 cidades, congrega hoje 30 municípios e pode chegar a 58 até o final do ano.

Comente aqui


Palestra empresarial em Marialva, dia 3

Cidade Empreendedora, em Marialva

Cidade Empreendedora, em Marialva

No próximo dia 3 de dezembro (terça-feira), a partir das 20 horas, no Cine Teatro Sonia Maria Silvestre Lopes, acontecerá o encerramento das atividades do Programa Marialva Cidade Empreendedora 2013. O evento está sendo organizado pela Secretaria de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico de Marialva.
O encerramento terá a palestra “A arte de sair do lugar comum”, com o palestrante Marco Zanqueta, abordando motivação, inovação, atendimento, superação de limites, entre outros temas.
O Cidade Empreendedora é desenvolvido na Capital da Uva Fina através do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), com o apoio da Acimar (Associação Comercial e Empresarial de Marialva), e promove o desenvolvimento e o aumento da competitividade das empresas da cidade de Marialva. O programa oferece diagnóstico empresarial, treinamentos, consultorias nas empresas, e, palestras para empresários e funcionários.
O Prefeito Edgar Silvestre (Deca) reforçou que o objetivo do governo municipal e do Sebrae é potencializar, fortalecer e dar apoio às pessoas empreendedoras. “Incentivando e apoiando o empreendedorismo, conseguimos desenvolver a economia do nosso município. Por estas e outras razões, já garantimos a continuidade do programa no ano de 2014, chegando assim, à 6ª edição consecutiva”, disse.
“Convocamos todos os comerciantes, empresários e a comunidade em geral para participar desse momento importante para o nosso município, quando vamos finalizar mais um ano com a exposição de excelentes resultados e uma palestra de primeira qualidade”, disse Ideuber Carlos Celeste, Secretário Municipal de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico.

Mais informações: (44) 3232-5963 (Com Iône); (44) 3014-1414 (com Edson); (44) 9921-1982 (com Ideuber).

Comente aqui


Empresa apresenta plano de fábrica de aeronaves

O presidente da Avio International Group, Luigino Fiocco, entregou ontem, quarta-feira (20), em Curitiba, o plano de negócios da fábrica de helicópteros e aviões de pequeno porte para técnicos da Secretaria estadual da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul. O documento traz detalhes da unidade que será construída em Maringá e dos investimentos, estimados em R$ 174 milhões.
O plano de negócios era uma exigência do protocolo de intenções assinado em julho deste ano entre a Avio, o Governo do Estado e a Prefeitura de Maringá. A empresa ítalo-suíça requisitou enquadramento nos programas de incentivo Paraná Competitivo e ParanAéreo.
“A fábrica da Avio consolida o polo de aeronáutica e defesa do Paraná, e estimula a instalação de novas empresas do setor no Estado”, afirma o secretário Ricardo Barros.
De acordo com Fiocco, a previsão é de que as obras iniciem no primeiro semestre de 2014, com a montagem dos primeiros modelos em dois anos. A unidade deve criar mais de mil empregos. Além do mercado brasileiro, a empresa planeja vender para países da América do Sul, Estados Unidos e Canadá.
A Avio vai construir a unidade nas imediações do Aeroporto Regional de Maringá. Inicialmente serão produzidos helicópteros SK-1 Twin Power e aviões acrobáticos F22 Pinguino – ambos modelos de pequeno porte (dois lugares) e usados para treinamento e atuação policial na defesa e controle de território.
O complexo industrial terá, ainda, espaço para a produção de peças e para a prestação de serviços de manutenção de equipamentos. “Teremos também um centro de treinamento permanente para a formação de mão de obra”, explica Luigino.

MARINGÁ – O presidente da Avio International Group apresenta em Maringá nesta quinta-feira (21) o plano de negócios para o prefeito Roberto Pupin e técnicos da administração municipal.

Comente aqui


Representante do PNUD em Maringá, na quarta-feira

Nesta quarta-feira (09/10), Ieva Lazavericute, do PNUD Brasil – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, visitará Maringá.
Ela será recepcionada em café da manhã, às 8 horas, no SESI Maringá, ocasião na qual as organizações que integram o Movimento Nós Podemos Maringá entregarão à representante do PNUD Brasil materiais que apresentam as ações que cada uma desenvolve em prol dos objetivos de desenvolvimento do milênio

Comente aqui


Iguaraçu lança programa para atrair empresas

O Diário destacou na edição de ontem (25), o novo Programa de Desenvolvimento Local lançado pelo município de Iguaraçu para atração de empresas.
O plano garante benefícios para as empresas.
O primeiro centro empresarial lançado, o Alpha Empresarial, oferece excelente localização para empresas, na PR317, há apenas 10 quilômetros de Maringá.
O novo programa dá continuidade a ações estratégicas iniciadas há mais de 10 anos, finalizadas com sucesso e a implantação de empresas voltadas à habitação, lazer e turismo.
Com o novo programa, Iguaraçu quer atrair empresas, gerar empregos e se tornar um polo regional de desenvolvimento.

Comente aqui


Unificação da inspeção sanitária avança no Paraná

O Instituto Adventista Paranaense (IAP), em Ivatuba, sediou a etapa paranaense do Seminário Nacional sobre o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária para os Serviços de Inspeção Municipal (SISBI/POA/SUASA), recebendo médicos veterinários dos municípios e de órgãos dos governos do estado e federal. O objetivo é encaminhar os municípios da região e do Paraná para a adesão ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA), passo importante para apoiar a agricultura familiar e a pequena agroindústria.
O evento está sendo realizado nos estados brasileiros pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), com apoio de várias entidades, dentre elas o Sebrae, com recursos do governo federal através do Banco do Brasil, Secretaria de Agricultura Familiar/Ministério do Desenvolvimento Agrário e Secretaria de Defesa Agropecuária/Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Abertura – O evento foi aberto pelo prefeito de Ivatuba, o médico Robson Ramos, que destacou a importância do seminário e do SUASA, especialmente para os pequenos municípios e para a promoção de desenvolvimento regional.
O presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Paraná (CRMV-PR), Eliel de Freitas, veio a Ivatuba e destacou a preocupação da autarquia em relação aos profissionais médicos veterinários e zootecnistas que participam dos sistemas de inspeção de produtos de origem animal, elogiando a parceria da Amusep em abrigar o evento no Paraná, além de anunciar os seminários organizados pelo CRMV-PR em diversos municípios, em parceria com o Centro de Apoio às Promotorias de Justiça de Defesa do Consumidor.
O presidente da Amusep, Edgar Silvestre (Deca), prefeito de Marialva, zootecnista, lembrou que a Amusep, junto com o Sebrae, a Emater e outros parceiros vem debatendo o tema há alguns anos e que é chegada a hora dos municípios da região unificarem as suas legislações municipais, implantado o Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária e os Serviços de Inspeção Municipal.
Deca falou sobre a Amusep, que se tornou uma associação de municípios de referência no municipalismo do Paraná e do país, com estrutura técnica, programa de desenvolvimento (Pró-Amusep) e agora dois grandes consórcioes implantados, de Saúde Cisamusep e de Gestão Proamusep, além de quatro consórcios microrregionais de Desenvolvimento.
Participaram do seminário Fernando Fagundes Fernandes, médico veterinário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Selênio Sartori, engenheiro agrônomo, diretor executivo do Consórcio Intermunicipal de Atenção à Sanidade Agropecuária (Cisama), representando o Ministério de Desenvolvimento Agrário; Elza de Moraes, gerente estadual da Adapar, representando o presidente Inácio Kroetz; Elias Zinczuk, da Confederação Nacional dos Municípios CNM; profª Gisele Gadotti, da Agência deDesenvolvimento Lagoa Mirim, da Universidade Federal de Pelotas; Eliezer de Oliveira Santos, representando o IAP; Joversi Rezende, representando o Sebrae; jornalista Marcos Batista, assessor de Comunicação do Conselho Regional de Medicina Veterinária, e Luiz Fernando Leivas, Agência de Desenvolvimento Lagoa Mirim.
O evento contou com 223 participantes, o maior realizado até agora nos estados brasileiros.

 

Comente aqui