2018



Começando?

Para muitos o ano começa agora… depois do Carnaval.
2018 começou agitado, com muitos desafios, mas com o tradicional “depois do Carnaval”. Sem dúvida muitas decisões ficaram para ser tomadas e muitas coisas vão acontecer a partir de agora.
Algumas coisas são inadiáveis, outras não dependem de nós, outras serão ainda proteladas.
Desejo a todos que os planos se tornem realidade, que os obstáculos se tornem motivação e energia.
Vamos em frente!

1 Comentário


Câmara de Maringá inicia período legislativo

A Câmara Municipal de Maringá iniciou hoje de manhã o ano legislativo de 2018. A primeira sessão especial aconteceu às 8 horas, para eleição das comissões permanentes.
Está em andamento a primera sessão ordinária do ano. A abertura contou com a presença do prefeito Ulisses Maia, que destacou o seu apreço pelo Poder Legislativo, no qual trabalhou durante quase 20 anos, em funções de assessoria, como vereador e presidente da Câmara, por dois mandatos.

Comissões – As comissões ficaram assim constituídas:
Comissão de Constituição e Justiça – Presidente: Alex Chaves; vice-presidente: Jean Marques; membro: Carlos Mariucci.
Comissão de Finanças e Orçamento – Presidente: Sidnei Telles; vice-presidente: Onivaldo Barris; membro: Chico Caiana.
Comissão de Políticas Gerais – Presidente: William Gentil; vice-presidente: Altamir dos Santos; membro: Mario Verri.

Comente aqui


Os tons da campanha

Artigo de Gaudêncio Torquato, jornalista, professor titular da USP e consultor político e de comunicação, publicado hoje, 17 de janeiro, na página 2 de O Diário

Como será a campanha eleitoral deste ano? Que prioridades comporão a agenda partidária? A resposta exige saber as diferenças entre o pleito deste ano e o de 2014. Vejamos: 1. Não serão permitidas doações aos partidos por empresas; 2. A campanha em rádio e TV terá a duração de 35 dias, enquanto a campanha de rua não poderá ultrapassar 45 dias. (Na anterior, durava 45 dias na mídia e 90 nas ruas).
Teremos, portanto, uma campanha mais modesta do ponto de vista de recursos financeiros e mais curta. Sob essas mudanças, resta aos candidatos as alternativas: aumentar a visibilidade junto ao eleitorado; usar novos meios para cooptar eleitores, pois contarão apenas com as verbas a saírem do Fundo Especial de Financiamento de Campanha- FEFC – aprovado pelo Senado e pela Câmara, de cerca de R$ 1,7 bilhão. (Em 2014, só para as candidaturas presidenciais as despesas somaram R$ 652 milhões, 13% do total gasto com as campanhas estaduais para governadores e deputados). Para este ano, a projeção é de um gasto de R$ 300 milhões na campanha presidencial, a metade da anterior. O cabresto financeiro curto e a diminuição do tempo de campanha elegem as coligações como a maior prioridade dos partidos que lançarão candidatos. Quanto mais ampla a coligação, maior tempo de mídia eleitoral.
O rádio e a TV são os meios que propiciam a massificação do nome e dos programas dos candidatos. Lembrando: o PT deverá dispor de 5 minutos e 13 segundos e o PSDB, de 4 minutos e 11 segundos. Seis outros partidos – MDB, PP, PSD, DEM, PR, PSB – deverão dispor de 18 minutos e 12 segundos. Logo, o caminho que resta aos candidatos é procurar formar coligações com grandes e médios partidos, de forma a aumentar sua exposição.
A campanha deste ano deverá receber forte impulso das redes sociais.
Nessa área, o deputado Jair Bolsonaro está hoje na dianteira, contabilizando 4.719.570 seguidores no Facebook e com 3,2 milhões de reações entre 23 de setembro e 23 de outubro passado, enquanto Lula, com 3.045.933 seguidores no Facebook, teve 1,1 milhão de reações; João Doria, com 1.060.737 seguidores, teve 1 milhão de reações. Os 12 nomes que hoje se apresentam como pré-candidatos somam 16,9 milhões de seguidores no Facebook, 6,2 milhões no Twitter e 1,7 no Instagram. Portanto, quem está com a máquina das redes a pleno vapor sai na frente.
Como é sabido, o marketing político com foco em eleições se ampara em cinco eixos: pesquisa, discurso, comunicação, articulação e mobilização. O eixo de articulação abriga intensa agenda de contatos com os grupamentos eleitorais e com a própria teia política. Serão vitais a articulação social e a articulação política. A primeira abrange contatos de candidatos com a freguesia eleitoral (segmentos, categorias profissionais e classes sociais). Pano de fundo: a sociedade brasileira dá as costas à política, preferindo que organizações da sociedade civil a representem: associações, sindicatos, federações, grupos, núcleos, setores profissionais. Quase 50% do eleitorado brasileiro se concentram em apenas 191 dos 5.568 municípios. Trata-se de um momento para firmar compromissos, ouvir demandas, propor coisas viáveis e factíveis, mostrar-se por inteiro ao eleitor.
Quanto ao discurso, é oportuno lembrar que o eleitor está vacinado contra promessas mirabolantes, programas fantasiosos. A pequena visibilidade de alguns candidatos poderá ser fatal. Os mais onipresentes – aparecendo em todos os lugares – estarão na dianteira. As redes sociais poderão ser meios para multiplicar a presença do candidato. Usar as redes de modo que não cheguem a massacrar o seguidor- eis outro desafio a ser enfrentado. Por isso, os programadores das redes e os fornecedores de conteúdo deverão compor o batalhão de frente das campanhas.
Resta recitar o ditado: muita disposição, fé em Deus e pé na tábua.

Comente aqui


Entidades assistenciais serão beneficiadas pelo Show de Aniversário da Maringá FM 2018

Entidades assistenciais atendidas pelo Provopar de Maringá serão beneficiadas, mais uma vez, pela venda de ingressos do tradicional Show de Aniversário da Maringá FM. O evento será no dia 4 de fevereiro, a partir das 13 horas, no Parque de Exposições de Maringá, reunindo apresentações dos cantores mais amados do Brasil. O Show já faz parte do calendário cultural da cidade e comemora, em 2018, 37 anos de sucesso da rádio em um grande evento de solidariedade.

Para cada ingresso vendido, o Grupo Maringá de Comunicação (GMC) doa o valor correspondente a um quilo de alimento às entidades selecionadas pelo Provopar. Em 2017, o GMC repassou o valor de R$25 mil, que ajudou na realização de projetos do Provopar e beneficiou as entidades assistenciais Associação Aliança de Misericórdia, Projeto Vida, Albergue Nossa Senhora Luíza de Marilac, Casa Missão Amor Gratuito e Associação Independente de Apoio a Vida.

“A rádio nos enche de orgulho há 37 anos. O público se identificou com a gente e nada mais justo do que comemorarmos todos juntos mais um aniversário da emissora. Além de promovermos um dia de muita diversão, música e reunir amigos e famílias, nós nos preocupamos também com as entidades assistenciais da cidade”, afirma a diretora artística da Maringá FM, Jany Lima.

Uma das entidades beneficiadas em 2017 foi a Associação Aliança de Misericórdia. O assistente social, Marcos Dirksen, explicou que o valor doado foi usado para comprar alimentos que são oferecidos nas refeições servidas diariamente pela Associação. “A doação veio em boa hora, pois o nosso estoque estava quase vazio e a Associação estava atendendo com capacidade máxima”.

Show e ingressos
Os ingressos para o Show de Aniversário já estão sendo vendidos no térreo do Edifício Três Marias, em cidades da região de Maringá e também online pelo site www.inovaingressos.com.br. Os valores variam conforme cada área. A arquibancada tem o preço único de R$11. Já a área Vip, o valor para meia entrada é de R$25, mediante apresentação de carteirinha do estudante, e solidário também no valor de R$25, com doação de 1 litro de leite. Para quem prefere conforto, tem a área Backstage. O valor da meia entrada é de R$150, com carteirinha do estudante, e solidário no valor de R$150 com doação de 1 litro de leite.

O cantor sertanejo Luan Santana é a primeira atração confirmada para a festa. As demais atrações serão divulgadas em breve. “Ficamos muito felizes em poder compartilhar esse momento com nossos ouvintes e com toda a comunidade. Pensamos sempre na comodidade e preços justos para que todos possam curtir a festa com toda família”, conclui Jany.

Menores de 14 anos poderão prestigiar o evento, mas deverão obrigatoriamente estar acompanhados do pai, mãe ou responsável legal (tutor), comprovado em documento. A entrada não será permitida caso o adolescente não esteja acompanhado do responsável legal.

Serviço
O Show de Aniversário da Maringá Fm é uma realização da GMC Eventos, com promoção da rádio Maringá FM.
Data: 04 de fevereiro
Local: Parque de Exposições (Av. Colombo, 2186)
Horário: a partir das 13 horas
Ingressos:
Arquibancada: R$ 11,00 – (ingresso preço único)
Vip: Meia – R$ 25,00 (com carteirinha de estudante) / Solidário – R$ 25,00 (com doação de 1 litro de leite)
Backstage: Meia – R$150,00 (com carteirinha de estudante) / Solidário – R$ 150,00 (com doação de 1 litro de leite)
Pontos de vendas oficiais:
– Maringá: Rádio Maringá FM – térreo do Edifício Três Marias (Av. Getúlio Vargas, 266)
– Astorga – Dony Eventos
– Santa Fé – farmácia Drogamais
– Colorado – Stop Cowboy
– Santo Inácio – Autopeças Ronere
– Jaguapitã – Onen Modas
– Nova Esperança – WR Country
– Mandaguari – Nega Maluca
– Arapongas – Stop Jeans
– Apucarana – Stop Jeans
– Online: www.inovaingressos.com.br

Comente aqui


2018 vai ser muito melhor

*Carlos Massa Ratinho Júnior

O ano de 2017 não foi fácil para muitos paranaenses e muitos brasileiros. Foi um ano de superação. E essa talvez seja a marca mais profunda que ficará registrada quando olharmos para trás, puxando em nossas memórias esse período: a superação que nos fortaleceu e nos uniu.
Também foi um ano de construção. Em meio aos ajustes necessários que o nosso País viveu em tantas áreas, começamos a construir as bases para um cenário diferente no futuro. Um cenário de crescimento e que projeta esse crescimento sustentado em ações que se traduzem em mais respeito e mais dignidade.
E essa foi exatamente a linha que seguimos. Foi exatamente isto o que fizemos. Eu e meus companheiros do PSD, do PSC, e de vários partidos que nos acompanham, percorremos boa parte do Paraná em encontros regionais para dialogar com as pessoas em um diálogo franco e aberto onde mais ouvimos do que falamos. Em cada encontro, além da mão amiga, as pessoas nos estenderam suas esperanças, suas crenças e suas sabedorias para indicar qual o melhor caminho para chegarmos a um futuro melhor, possível para todos, com o respeito que cada cidadão merece.
Neste Paraná tão grande, onde cada região tem realidades e características próprias, discutimos os assuntos de interesses locais, mas a partir de uma visão ampla e integrada. Penso que é assim que nosso estado deve ser gerido e que a inovação passa obrigatoriamente por esse olhar atento que reconhece, compreende e respeita as características e as necessidades de cada região, de cada município. O Paraná não pode ter esquecidos.
Porque acreditamos na força do diálogo, do entendimento e na cooperação, penso que o caminho está sendo bem trilhado pois alguns pontos em comum já começam a cristalizar.
Se este ano que está iniciando será crucial para a realização do futuro que queremos para todos os paranaenses, é fundamental que comecemos a pensar e planejar a realização de programas de gestão pública focados em qualidade e que sejam ininterruptos. É preciso assumir um compromisso de zelo com a coisa pública. Um compromisso com a eficiência.
Temos a grande oportunidade de contrariar as previsões pessimistas. Não podemos adiar as mudanças e os avanços que a sociedade espera. Não podemos deixar que o radicalismo, tampouco as teimosias ou interesses pessoais, formem uma barreira contra o avanço, contra a inovação.
Os sinais são cada vez mais claros de que as mudanças são inadiáveis. A distância que se coloca entre o Paraná de hoje e o Paraná inovador, mais forte e mais competitivo, deixará de existir quando as ações de gestão do nosso estado passarem a fazer parte de um consistente planejamento estratégico, capaz de elevar o nosso estado ao patamar de desenvolvimento sonhado por todos.
2018 será bem melhor. Vamos avançar na direção de um futuro mais próspero, condizente com o enorme potencial do nosso estado. Vamos trabalhar para que esse cenário se realize. Tenham certeza. Bom ano novo para todos.

*Ratinho Júnior é deputado estadual pelo PSD

Comente aqui


Convergência natural em torno da vice

A cada fica mais clara a aliança para a eleição de Cida Borghetti (Progre) governadora e Beto Richa (PSDB) senador. Diversos sinais foram dados ao longo de 2017. Dos mais sutis aos mais diretos.

Veja bem, Cida Borghetti participou da convenção estadual do PSDB que elegeu Richa presidente da legenda. Também esteve na confraternização de fim de ano da equipe do Governo do Estado. O deputado estadual Ratinho Jr (PSD) não compareceu a nenhum dos eventos.

Já Beto Richa foi à reunião da executiva dos Progressistas agora em dezembro, onde a legenda de Cida sinalizou apoio à candidatura dele ao Senado. E não participou da pré-convenção do PSD de Ratinho Jr também realizada em dezembro.

Movimentação semelhante ocorre em São Paulo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) sinalizou para companheiros tucanos e aliados o apoio ao vice Márcio França (PSB) – que a exemplo de Cida, deve assumir o governo em Abril e concorrer à reeleição – em detrimento da candidatura própria do PSDB pleiteada por José Serra e João Dória. Alckmin afirmou que irá apoiar um só candidato ao governo paulista. O mesmo deve ocorrer no Paraná.

1 Comentário


Greca diz à CBN que apoiará Cida, em 2018

A notícia foi publicada no blog Caixa Zero, no portal da Gazeta do Povo: O prefeito Rafael Greca afirmou à rádio CBN de Curitiba, nesta quarta-feira que, caso Cida Borghetti seja mesmo candidata ao governo do estado em 2018, deverá ter seu apoio pessoal na campanha. A declaração confirma os rumores da aproximação entre o prefeito e o grupo da vice-governadora, casada com o ministro da saúde, Ricardo Barros.
Na entrevista, Greca disse que “terá lealdade com quem teve lealdade com ele na última eleição”. “A Cida me apoiou na última eleição. Se ela for concorrer ela merecerá a minha atenção como amigo e cidadão. Mas como prefeito vou manter a prefeitura na neutralidade”, afirmou o prefeito.
Em 2016, quando Greca conquistou a prefeitura, a filha da vice-governadora, deputada estadual Maria Victoria, que havia concorrido no primeiro turno, foi a primeira a anunciar apoio ao atual prefeito no segundo turno, que Greca disputou contra Ney Leprevost.
O outro candidato do campo governista à eleição de 2018, Ratinho Jr., apoiou seu correligionário Ney Leprevost. Os dois estão hoje no PSD e provavelmente farão parte da mesma chapa no ano que vem. Osmar Dias, terceiro nome importante da disputa de 2018, esteve ao lado de Gustavo Fruet, maior desafeto atual de Rafael Greca.
O movimento de Greca garante apoio importante para a vice-governadora, que deve assumir o governo estadual em abril, caso Beto Richa renuncie para ser candidato ao Senado, como se imagina. Mas também traz vantagens para Greca, que terá desde já apoio do ministro da Saúde e, em 2018, um bom acesso à governadora.

Para ouvir a entrevista completa de Greca à rádio, clique aqui.

2 Comentários


Contorno Sul: Recursos Orçamentários estão assegurados, diz Ricardo Barros

Deputado federal Cacá Leão e Ricardo Barros: Recursos para o Contorno Sul estão garantidos no orçamento 

O deputado federal e atual ministro da Saúde, Ricardo Barros (Progressistas), anunciou na manhã desta quinta-feira, 14, o atendimento do pedido que fez ao relator do Orçamento, deputado Cacá Leão (Progressistas), para a inclusão de R$ 70 milhões para as obras do Contorno Sul Metropolitano de Maringá. A licitação estava sub judice, em fase de encerramento.

“Fizemos uma solicitação ao presidente Michel Temer que no ano que vem possamos dar a ordem de serviço para início das obras. Essa é uma conquista importante. Um projeto que há oito anos está sendo elaborado, desde o primeiro convênio com a prefeitura na administração do prefeito Silvio Barros e poderá ter seu início no em 2018, na medida em que recursos orçamentários ficam assegurados para este fim”.

Barros destacou que a obra vai criar um grande espaço de novas oportunidades de negócios, áreas industriais, beneficiando também os municípios de Paiçandu, Sarandi e Marialva. A obra também dará mais segurança para os usuários do trecho.

4 Comentários


Orçamento do Paraná começa a ser votado hoje, dia 11

Na sessão plenária desta segunda-feira (11), começa a ser votado na Assembleia Legislativa do Paraná o projeto de lei nº 579/2017 – Lei Orçamentária Anual (LOA), de autoria do Poder Executivo, que estima a receita e fixa a despesa do Governo do Estado para o exercício financeiro do ano de 2018. As receitas para o próximo ano serão de R$ 59,7 bilhões. Das 1.435 emendas apresentadas ao Orçamento pelos parlamentares, no Legislativo, o relator acatou 1.365, especialmente emendas às despesas previstas, emendas programáticas, emendas ao texto do projeto e mesmo emendas coletivas, num total de 95% de aproveitamento das proposições dos deputados à LOA.

Para a Educação o valor equivale a 30%, equivalente a R$ 8,505 bilhões; em Saúde a vinculação prevista de 12% representa R$ 3,401 bilhões; e em Segurança Pública o Poder Executivo vai destinar R$ 3,795 bilhões. Já para o Poder Legislativo, o repasse será de 5% (sendo 3,1% para a Assembleia Legislativa e 1,9% para o Tribunal de Contas); para o Poder Judiciário estão previstos 9,5% e 4,1% ao Ministério Público.

Comente aqui


Uningá organiza congresso internacional de odontologia

Uningá. Foto de Douglas Marçal

Em 2018 0 Congresso de Especialidades Odontológicas da Uningá chega à quinta edição internacional, com ampla abrangência a partir de 2018.
O Congresso deve ser realizado em Florianópolis, no mês de agosto, e pretende reunir os maiores especialidades nas diversas áreas da odontologia e ampliar a área de abrangência dos grandes eventos realizados pela Uningá.

Comente aqui