Cargos em Comissão



1ª edição, ‘O Assunto é Política’: Reforma administrativa, cargos, populismo e eficiência

Foi ao ar a primeira edição da coluna ‘O Assunto é Política’, hoje, na CBN Maringá.
Texto e áudio estão no site da CBN Maringá.

Comente aqui


Coluna de hoje em O Diário: Mudanças na estrutura administrativa da Prefeitura

EM CURITIBA O deputado estadual Evandro Júnior (PSDB) recebeu ontem o prefeito de Atalaia, Fábio Vilhena (PSD), em Curitiba. Trabalho conjunto com bons resultados para o município. SEMANA DO MEI A Semana do Microempreendedor Individual (MEI) começou ontem, em Maringá, com a oficina “5 menos que são mais”. HOJE A oficina tem continuidade na Sala […]

Comente aqui


Comissão de Defesa dos Direitos da Juventude

A Comissão de Defesa dos Direitos da Juventude da Assembleia Legislativa do Paraná realizou a primeira reunião ordinária do segundo semestre nesta terça-feira (22). Dois projetos de lei estavam na pauta e receberam parecer favorável dos relatores. De autoria da deputada Claudia Pereira (PSC), a primeira proposição institui o Dia do Futebol Americano do Estado do Paraná. Já o segundo item, de autoria do deputado Claudio Palozi (PSC), concede o título de utilidade pública à Associação Beneficente Davi Muller, com sede no município de Cianorte. Fábio Campana

Comente aqui


Paraná reduz cargos comissionados

O governo do Paraná reduziu o número de servidores comissionados em 34,4% e aumentou o número de efetivos em 2,21%, em 2013, segundo o IBGE.
A administração indireta do estado foi responsável pela maior queda: de 1.588 comissionados em 2012, fundações e autarquias do estado terminaram 2013 com apenas 684 cargos ocupados.
Com esses números, o Paraná se tornou o estado com o menor número de comissionados em relação a seu quadro de funcionários: 1,25%. No resto do país, a tendência foi de crescimento no número de comissionados.
Pesquisa feita em 2012 mostra que o Paraná contava com um total de 3.966 comissionados, em 198 mil servidores – incluindo a administração direta e indireta. Em 2013, esse número caiu para 2.602, enquanto o universo total de servidores cresceu para 208,4 mil. Já o número de efetivos, contratados por concurso, subiu de 157,6 mil para 161,1 mil.
Informações de Chico Marés, Gazeta do Povo.

Comente aqui


As demissões anunciadas pelos governadores

Segundo temos lido e ouvido, o governador Beto Richa demitiu cerca de 3.500 ocupantes de cargos comissionados. No Distrito Federal as demissões chegaram a quase 20 mil cargos, algo realmente impressionante.
Estas demissões são anunciadas com certa pompa, porque representam limpeza, redução de gastos. Nem tanto.
O que nós precisamos acompanhar agora são as nomeações para estes cargos. A estrutura administrativa não foi mudada. Comissionados demitidos não significa extinção de cargos. Eles ficam em aberto, esperando OS NOVOS NOMEADOS.
O nos interessa, como contribuintes, é se os governadores vão contratar menos ou mais do que encontraram.
A conta não é simples e exige paciência: eles demitiram em pacotão, mas vão contratar em conta gotas.
Muito importante para o país é a redução de gastos públicos, em todos os níveis do setor público. Para nós resta acompanhar nomeações e gastos públicos para compormos uma opinião a respeito dos nossos governantes.

5 Comentários