Cida Borghetti



Outubro Rosa

A vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, recebeu nesta quarta-feira (13), no Palácio Iguaçu, o grupo H.O.G. Curitiba, formado por proprietários de motos da marca Harley Davidson, que todos os anos promovem ações para a campanha do Outubro Rosa de combate ao câncer. A ação que está na sua quarta edição tem como meta arrecadar neste ano R$ 1 milhão para o Hospital Erasto Gaertner, referência em diagnóstico e tratamento do câncer no Sul do Brasil.
A vice-governadora confirmou presença nos eventos e reafirmou seu compromisso no combate ao câncer. “O apoio e o trabalho voluntário de todos é que vai fazer a diferença no combate a essa doença. Precisamos avançar cada vez mais na busca da cura através do diagnóstico precoce”, afirmou a vice-governadora, que ainda como deputada estadual, foi autora da lei estadual de combate ao câncer de mama.

1 Comentário


Coluna de sexta-feira, dia 1º de setembro

Acdêmicos de cursos de engenharia da Uningá consertam brinquedos: prática de conhecimentos e alegria de crianças

RECURSOS PARA MARINGÁ A governadora do Paraná (em exercício), Cida Borghetti, assinou a liberação de R$ 605 mil para a aquisição do imóvel para a implantação de Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) em Maringá. A unidade oferece proteção às vítimas de violência, com ajuda psicológica e assistência social. Cabe ao núcleo o desenvolvimento de operações de combate aos mais variados tipos de violência, entre elas o abuso sexual.

APOIO Muito importante o apoio do governo do Paraná para Maringá, em áreas vitais como segurança, proteção da criança e saúde.

RECURSO O recurso é proveniente de um convênio com o Fundo Estadual para a Infância e a Adolescência (FIA), conforme deliberação Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente (CEDCA/PR).

PESSOAL Em Maringá, profissionais que integram o quadro da Polícia Civil serão realocados para a unidade, que contará com delegado, investigadores e escrivão.

SAÚDE O programa Bem-Estar, da Rede Globo, terá participações ao vivo, hoje, de Londrina, em Ação Global realizada no aterro do lado Igapó.

MARINGAENSES Grupo de médicos de Maringá, coordenados por Marco Rocha Loures, participam do evento no estande da Reumatologia. Das 8 às 14 horas.

VESTIBULAR A Universidade Estadual de Maringá (UEM) abriu inscrições para o Vestibular de Verão 2017. Somente pelo site www.cvu.uem.br.

MICROEMPRESAS Yagor Victor Assis Mariano representou o secretário Francisco Favoto e a Prefeitura de Maringá no 2º Encontro das Micro e Pequenas Empresas do Paraná. Evento com quase mil pessoas, em Curitiba.

SAINDO Ratinho Junior deve deixar a Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Paraná na próxima segunda-feira. Reassume a cadeira na Assembleia Legislativa.

2018 Ratinho Junior passará a focar na organização da pré-campanha, de olho nas eleições do ano que vem.

SENADOR O ex-governador Orlando Pessuti anunciou que é pré-candidato ao Senado, pelo PMDB. No caso ele ficará com a vaga de Requião, que possivelmente será expulso do partido.

CRIANÇAS Muito bom o projeto das engenharias da Uningá em que acadêmicos consertam brinquedos, que depois são repassados para crianças. Show!

 

REGIÃO

JANDAIA DO SUL A Universidade Federal do Paraná abriu as inscrições para o vestibular 2017/2018. No câmpus avançado de Jandaia do Sul são cinco cursos.

INSCRIÇÕES Devem ser feitas até o dia 14 de setembro, exclusivamente pelo site www.nc.ufpr.br.

INDEPENDÊNCIA Começam hoje, vários municípios, as programações da Semana da Pátria. Em Marialva começa às 8h30, na praça em frente ao Paço Municipal.

DIÁRIAS Algumas Câmaras e Prefeituras da região tiveram gastos elevados com diárias, de janeiro até agora. Alguns casos são difíceis de explicar.

 

FRASE
“Algumas coisas você nunca entenderá o porquê. Então menos autopiedade e mais resiliência!” Queila Haine

 

PARA LEMBRAR

16 DE SETEMBRO, 20 horas – ANIVERSÁRIO – “20 Anos do Colégio Estadual Tânia Varella Ferreira”. Comemoração com jantar/baile, no Buffet Ilha Di Capri (Avenida Alziro Zarur, nº 172 – Mandacaru – Maringá/PR).

 

ÚLTIMA
Uma seleção de trovadores mandou: “Na frente de Sérgio Moro, provada a corrupção. Não tem vela, não tem choro, vão todos pro camburão!”

Comente aqui


Coluna de quarta-feira, dia 30 de agosto

NO PHS? O presidente estadual do PHS, deputado federal Diego Garcia, convidou Osmar Dias para ingressar o partido. Ele tem o apoio para ser candidato a governador. O convite foi gravado e Osmar ficou de dar uma resposta em breve.

PODEMOS Todos imaginavam que Osmar fosse ingressar no Podemos, partido onde está Alvaro Dias, como pré-candidato a presidente. Mas parece que não se confirmará.

PROPOSTAS Além das definições partidárias, os pré-candidatos começam a definir suas propostas para o Paraná.

ENTREVISTA Cida Borghetti concedeu entrevista ao Jornal da Manhã, defendendo a atenção à infância como política pública. Está publicada no blog.

PEDÁGIO Este será um dos temas certos da próxima campanha ao governo do Paraná.

BEBIDAS O deputado estadual Evandro Araújo (PSC) votou contra o projeto de lei 50/2017 que dispõe sobre a venda de bebidas nos estádios do Paraná.

MOTIVO “Vejo o risco da venda de bebidas aumentar significativamente os episódios de violência entre torcidas e os acidentes de trânsitos nas saídas dos estádios.”

SAÚDE O deputado estadual Evandro Junior (PSDB) recebeu resposta do secretário de Saúde, Michele Caputo, sobre a nova sede da 15ª Regional de Saúde.

2018 O prédio atual será demolido. A regional vai para prédio alugado e a nova sede deverá ser construída a partir do ano que vem.

POLITIZANDO A política, que mais atrapalha do que ajuda, chegou aos números da fila de espera para creches (CMEIs) de Maringá. Polêmica que se arrasta desde o começo do anos.

A SOLUÇÃO Ontem, na Câmara, os vereadores concordaram que a educação de Maringá está bem e que é preciso resolver o problema, criando as vagas que faltam.

NÚMEROS Os números da educação favorecem a administração anterior: IDEB 7.1, melhor das médias cidades, maior número de construção de escolas/CMEIs em quatro anos, na história: 19 unidades e 38 reformadas e ampliadas.

 

REGIÃO

ÂNGULO De sexta-feira a domingo, em frente ao Ginásio de Esportes Antônio Benavides, acontecem as comemorações de 27 anos de criação do município.

BANDAS Sexta-feira o show será da Banda Jair Supercap Show. No sábado, será a vez da Banda Santa Esmeralda subir ao palco principal. Nos dois dias, às 22 horas.

MANDGUARI A programação da Semana da Pátria em Mandaguari começa na próxima sexta-feira (1º de setembro) e se estenderá até o dia 7, com vários eventos.

COORDENAÇÃO A programação é coordenada pela Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Mandaguari.

 

FRASE
“Difícil não é lutar por aquilo que se quer e sim desistir daquilo que mais se ama”. Bob Marley

 

PARA LEMBRAR

CAMPANHA DO AGASALHO 2017 – Termina na próxima quinta-feira a Campanha do Agasalho, coordenada pelo Provopar.

30 E 31 DE AGOSTO, no Campus da FIEP, em Curitiba – II Encontro das Micro e Pequenas Empresas do Paraná, reunindo empresários e representantes do poder público municipal e estadual, sindicatos, associações e entidades de classe para discutir os rumos dos pequenos negócios no Estado.

16 DE SETEMBRO, 20 horas – ANIVERSÁRIO – “20 Anos do Colégio Estadual Tânia Varella Ferreira”. Comemoração com jantar/baile, no Buffet Ilha Di Capri (Avenida Alziro Zarur, nº 172 – Mandacaru – Maringá/PR).

 

ÚLTIMA
Se errar é humano, acertar é coisa de extraterrestre?

Comente aqui


Cida aposta na atenção à infância como política pública

Em entrevista ao Jorna da Manhã e portal aRede, no fim de semana, Cida Borghetti falou sobre suas ideias para o Paraná

Com mais de 25 anos de trajetória na vida pública, a vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti (PP), está entre as possíveis candidatas à sucessão de Beto Richa (PSDB) em 2018. Empresária, formada em administração com especialização em políticas públicas, Cida iniciou o gosto pela política em casa e atualmente é casada com Ricardo Barros, Ministro da Saúde do Governo Temer, e mãe da deputada estadual Maria Victória.

Cida foi presidente voluntária do Provopar Maringá, deputada estadual por dois mandatos e deputada federal. É reconhecida no Brasil e no exterior pelo trabalho estimulando a saúde preventiva, combate ao câncer de mama e na atenção às crianças, jovens e mulheres. No Governo Estado, a vice-governadora coordena o relacionamento com Brasília – é a responsável pelo grupo de trabalho que negocia projetos, busca recursos, obras e investimentos de interesse do Estado na capital federal.

A vice-governadora é a segunda entrevistada da série do Jornal da Manhã e do portal aRede sobre a eleição de 2018.

Jornal da Manhã: Vice-governadora, o que lhe credencia e motiva para disputar o cargo de governadora do Paraná em 2018?

Cida Borghetti: Sinto-me preparada para o desafio. Vivemos num Estado diferenciado, com agropecuária pujante, indústria qualificada e diversificada, comércio forte e uma população trabalhadora e preocupada com o desenvolvimento das suas regiões. Aproveito as oportunidades para conversar com a população, debater com lideranças, receber demandas e dialogar com nossos parlamentares aqui no Paraná e em Brasília. É o momento de conversar e de ouvir. São diálogos produtivos, com paranaenses que se preocupam com o desenvolvimento do nosso Estado. Tenho disposição, vontade e gosto muito do que faço.

JM: Quais são os principais desafios do Estado para os próximos anos?

Cida: Temos o reflexo de uma forte crise econômica que atinge todo o país. O caminho é uma gestão eficiente e preocupada, cada vez mais, com a boa aplicação do recurso público. Buscar eficiência, as práticas inovadoras e as parcerias com a iniciativa privada. O desenvolvimento harmônico e sustentável do Paraná passa pela união de diferentes órgãos e entidades, da classe produtiva e dos trabalhadores. A união é fundamental para vencermos as dificuldades.

JM: Enquanto vice-governadora, a senhora acompanhou o processo de ajuste fiscal do Estado nos últimos anos. Acredita que tal processo foi fundamental para a equalização das contas do Paraná?

Cida: Sem dúvida, o governador Beto Richa e a sua equipe se adiantaram à crise e iniciaram o ajuste fiscal no fim de 2014. Tivemos o essencial apoio da nossa bancada na Assembleia Legislativa. Hoje, o Paraná é destaque no país. Honra os compromissos, paga os salários em dia e amplia os investimentos na saúde, assistência social, educação, segurança, habitação, saneamento, estradas e portos. O ajuste fiscal também auxiliou os cofres municipais com o aumento dos repasses de ICMS.

JM: A experiência que a senhora tem na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) deve contribuir para possível disputa de 2018?

Cida: Não só dos oito anos da Assembleia, também dos quatro anos na Câmara Federal, do trabalho voluntário do Provopar de Maringá e da chefia do escritório de representação do Paraná em Brasília. Funções onde pude, com a permissão de Deus, contribuir pelo desenvolvimento do nosso Estado. Na Assembleia tive a oportunidade de ampliar o trabalho pela proteção às crianças, jovens, mulheres e idosos e pela saúde preventiva. Consolidamos no Paraná uma ampla mobilização pelo combate ao câncer de mama por meio de uma lei estadual que serviu de referência para a lei nacional. Também legislei pela regulamentação e criação das regiões Metropolitanas de Maringá e Londrina, estímulo a criação de empregos, apoio aos servidores, investimentos e obras nos municípios e nas universidades estaduais. É fundamental a boa relação entre o Poder Executivo e os parlamentares para o desenvolvimento do Estado.

JM: Diante da sua trajetória política, o que a senhora destacaria?

Cida: Aprendi o gosto pela política em casa, com o meu pai, seu Ivo Borghetti, um getulista de carteirinha. Carrego um ensinamento dele: “Se você não está satisfeito, não reclame, faça melhor”. Iniciei com a formação da juventude do PDS, minha ficha de filiação foi abonada pelo governador Ney Braga. Fui eleita deputada estadual por dois mandatos, deputada federal. São mais de 20 anos de trajetória política. Nesse tempo creio que posso destacar duas grandes ações. A primeira é a mobilização pelo combate ao câncer de mama. Além das campanhas de conscientização, consegui por meio de emendas individuais a aquisição e instalação de modernos centros de diagnóstico e tratamento em Maringá, Londrina e Cascavel. Locais com equipes multidisciplinares para atender a quem mais precisa. Também me orgulha muito a aprovação e sanção do Marco Legal da Primeira Infância, a legislação mais avançada na proteção e nos direitos às crianças de zero a seis anos. Tive a honra de presidir a Comissão Especial na Câmara Federal que, em tempo recorde, redigiu o texto. Esse texto serve de base para o programa Criança Feliz do Governo Federal.

JM: Caso sua candidatura se confirme, qual seria a sua principal aposta de política pública?

Cida: As crianças. Sempre as crianças. Unir as prefeituras, governo federal, iniciativa privada e a sociedade para ampliar os investimentos na primeira infância. A atenção adequada nas primeiras horas, dias e anos da criança é decisiva. É o período de maior desenvolvimento do cérebro. O futuro do estado e do país passa por adultos mais bem preparados e qualificados. Também defendo o apoio ao setor produtivo e o suporte total e irrestrito às demandas dos municípios. Quem me conhece sabe que sou municipalista. É lá na ponta que as coisas acontecem, e é onde os recursos precisam chegar.

JM: A senhora é uma das mulheres de maior destaque no cenário político paranaense. Acredita que tal posição é resultado do trabalho realizado nos últimos anos?

Cida: Eu gosto muito do que eu faço. Encontrei na política um caminho de realização pessoal e profissional. Pela política podemos mudar a realidade que nos cerca. Desde o início, há mais de 20 anos, tenho me qualificado para esses desafios. Sou empresária, formada em administração pública com especialização em políticas públicas. Levanto bandeiras importantes como da saúde preventiva, valorização dos servidores, do amparo às mulheres e jovens, do respeito ao meio ambiente e do fortalecimento dos municípios. Fiz diversos cursos, entre eles o de liderança executiva em desenvolvimento da Primeira Infância da Universidade de Harvard. Tenho me preparado desde jovem e continuo me preparando para exercer a política, a gestão e honrar os votos recebidos.

JM: Caso a senhora de fato se candidate ao cargo de governadora em 2018, a candidatura deve ser no PP ou a senhora pensa em mudar de partido?

Cida: Se a pré-candidatura se confirmar, será pelo PP. Retornei ao partido há cerca de um ano e meio com o convite das direções nacional e estadual da legenda para disputar as eleições ao Governo do Estado. Aceitei o desafio com muita responsabilidade.

JM: Caso continue no PP, tem alguma noção de quais partidos poderiam compor a chapa na disputa pelo Palácio do Iguaçu?

Cida: É cedo ainda para falar na formação de chapa. Cada legenda está analisando o cenário, as conversas são rotineiras e devem se intensificar a partir dos próximos meses. Da minha parte espero contar com a ampliação da coligação vencedora das campanhas de 2010 e 2014.

JM: Se a senhora for candidata, qual seria a importância de Ponta Grossa para sua campanha e seu Governo?

Cida: Ponta Grossa e os Campos Gerais são essenciais para a economia e o desenvolvimento do Paraná. A região se consolidou nos últimos anos como um dos principais indutores do desenvolvimento do Estado. A cidade recebeu investimentos de grandes empresas e de multinacionais. Foi a região mais beneficiada com o programa Paraná Competitivo, que gerou empregos e trouxe riquezas. Além disso, tem campos férteis, pecuária de ponta e mão de obra qualificada. Cabe ao poder público estimular as aptidões de cada município e cada região.

JM: Enquanto vice-governadora, qual é a bagagem que a senhora traz de atuação no Executivo que possa te ajudar enquanto governadora?

Cida: Eu sinto uma satisfação imensa, um orgulho muito grande de servir o povo do Paraná. Agradeço a confiança do governador Beto Richa. Ser vice-governadora permitiu ampliar meu trabalho em defesa das crianças brasileiras, na luta contra o câncer de mama, na articulação de mais recursos junto ao Governo Federal. O cargo permite acompanhar detalhadamente a condução do governo com seus desafios e suas conquistas. Aprendi muito e hoje tenho conhecimento pleno do que o Paraná representa nesse imenso território brasileiro e o que temos que fazer para melhorar ainda mais a vida do nosso povo.

1 Comentário


Governadora em Maringá, hoje à noite

A governadora em exercício, Cida Borghetti, participará nesta sexta-feira (25), às 20 horas, no Moinho Vermelho, Maringá, da entrega do Prêmio Empresário do Ano Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM).
O homenageado deste ano é João Cantagalli, sócio da Crivialli, empresa fundada há 20 anos especializada em produtos de higiene e limpeza.
Cida assumiu o governo do Paraná em razão de viagem oficial de Beto Richa aos Estados Unidos e Canadá.

1 Comentário


Cida Borghetti confirma novos recursos do Estado para Maringá

A governadora em exercício Cida Borghetti confirmou, nesta quinta-feira (24), liberação de cerca de R$ 500 mil para aquisição de viaturas para a Guarda Municipal de Maringá. O repasse do Governo do Estado ao município deve ser disponibilizado nas próximas semanas.

“São recursos já garantidos para melhorar e ampliar a atuação da Guarda Municipal. Investimentos que se somam a diversas obras e repasses realizados nos últimos anos”, disse. “O Governo do Estado apoia todos os municípios com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos paranaenses”, acrescentou.

Além dos recursos para viaturas da guarda, a segurança pública de Maringá receberá mais um reforço nos próximos meses. A governadora em exercício adiantou que a cidade terá mais 10 viaturas da Polícia Militar. Será a segunda remessa de viaturas policiais para o município neste ano, que também já recebeu três veículos para o Corpo de Bombeiro e dois para a Defesa Civil.

Cida também lembrou que neste ano o Estado autorizou R$ 10 milhões para financiar a construção de 20 novas áreas de convivência, com academia da terceira idade, áreas de lazer e parque infantil, a pedido da Prefeitura de Maringá. A documentação do município passa por análise, inclusive da Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

Na audiência em que recebeu autorização de financiamento, em maio, o prefeito Ulisses Maia destacou outras medidas do Estado em favor do município. “O governo mostra grande responsabilidade e respeito com Maringá. Neste ano recebemos 120 policiais, R$ 10 milhões do recurso extra do ICMS, e ainda recursos de cerca de R$ 600 mil para uma unidade de saúde”, disse.

SAÚDE – A governadora afirmou que Maringá vai receber também R$ 320 mil para aquisição de duas ambulâncias e equipamento de raio x. Também na área de saúde, a cidade terá um novo Centro de Especialidades do Paraná que deve beneficiar 800 mil moradores da região Noroeste. A unidade será gerida pelo Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Setentrião Paranaense (Cisamusep).

Cida destacou o investimento do Governo do Estado nas obras do Centro de Especialidades, que chega a R$ 13 milhões. Além disso, outros R$ 4 milhões estão liberados para a compra de equipamentos. “A nova unidade vai ampliar em 60% o número de atendimentos especializados”, destaca a governadora em exercício.

ÁGUA – Para evitar problemas no abastecimento de Maringá, o Estado já anunciou R$ 16 milhões para a estação de coleta de água do Rio Pirapó. “É muito importante para evitar crise de abastecimento, como a que a cidade viveu há dois anos”, afirmou o prefeito Ulisses Maia. Além disso, o investimento da Sanepar vai resolver um problema no distrito de Floriano, com a construção de uma nova adutora.

1 Comentário


Prefeito de Quinta do Sol confirma apoio a Cida, Beto e Ricardo Barros

No segundo dia de visitas aos municípios da sua base eleitoral, Ricardo Barros fortalece apoios às candidaturas de Cida Borghetti ao Governo do Estado, Beto Richa ao Senado e dele a deputado federal. Barros concorrerá em 2018 ao sexto mandato.

Na manhã desta terça (22), o prefeito de Quinta do Sol, João Claudio Romero, declarou o apoio a chapa a ser formada por Cida, Beto e Ricardo Barros. “Nosso munícipio sempre pode contar com vocês e iremos retribuir com nosso apoio nas próximas eleições. Nossa cidade precisa de pessoas comprometidas em nos ajudar a fazer uma boa administração”, disse o prefeito acompanhado de diversas lideranças.

Barros está andando toda região durante esta semana em que está de férias no Ministério da Saúde. São mais de 60 municípios. “Estamos consolidando as próximas eleições. Hoje iniciamos em Itambé, Floresta, Quinta do Sol, Peabiru, Campo Mourão, onde faremos uma grande reunião na COMCAM. É mais um dia de trabalho, revendo os amigos”, disse Barros. Na Comcam, Barros recebeu agradecimento e uma homenagem de lideranças da região.

1 Comentário


Cida e Pelé pelas crianças

Cida Borghetti e Pelé se encontraram no sábado em Curitiba para entregar um moderno laboratório construído pelo Hospital Pequeno Príncipe. Pelé batiza a unidade voltada às pesquisas e diagnósticos de doenças que atingem crianças e jovens, e a vice-governadora é uma das principais e mais antigas apoiadoras das ações do Hospital. Cida lembrou que adquiriu uma das primeiras medalhas da ação “Gols pela Vida”, o gol número 7 do Rei. A medalha foi dada de presente de Natal à filha Maria Victoria e hoje tem espaço de destaque no gabinete da jovem deputada. (Foto: Jonas Oliveira) Fabio Campana

Comente aqui


Cida apresenta projeto de duplicação da BR-376 ao ministro dos Transportes

 

Nesta sexta-feira, dia 18, a vice-governadora Cida Boirghetti terá uma audiência com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, em Maringá. Ela apresentará a ele o projeto de duplicação da BR-376, do Paraná até Mato Grosso do Sul.
A duplicação foi tema de reunião do governador Beto Richa, da vice-governadora, prefeitos e lideranças da região Noroeste. O projeto é para uma obra entre Paranavaí (PR) e Taquarussu (MS).
Cida fará a audiência em Maringá na sexta-feira, aproveitando a visita do ministro a Maringá para anunciar recursos para ampliação do aeroporto regional Silvio Name Júnior.

1 Comentário


Vice-governadora participou da reunião da Amusep, hoje

A vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti; o reitor da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Mauro Luciano Baesso; e o chefe do Estado Maior do Terceiro Comando Regional da Polícia Militar (3º CRPM), coronel Antônio Roberto dos Anjos Padilha, participaram da reunião mensal da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep). O encontro, na sede da entidade, foi realizado nesta sexta-feira (11) pela manhã. O gerente regional do Sebrae, para o noroeste do Estado, Luiz Carlos da Silva, e o consultor da instituição, Marcos Aurélio Gonçalves, também estiveram presentes.
Cida falou sobre as ações do governo desenvolvidas em todo o Estado. Destacou os projetos relacionados à Saúde, Educação e Segurança Pública. “O Hospital Universitário de Maringá vai ganhar mais cem leitos. Centenas de escolas vão passar por reformas. Viaturas novas e armas ajudam a reforçar o policiamento e o combate à criminalidade”, ressaltou. Citou a instalação, em Maringá, de uma unidade do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) para a produção de medicamentos usados no tratamento de câncer e comentou ser a primeira visita dela à nova sede da Amusep.
O reitor da UEM apresentou dados sobre a instituição e esclareceu pontos sobre a resistência das universidades públicas em ingressarem no Sistema de Recursos Humanos – RH Meta 4. Argumentou que o foco do impasse está relacionado ao regime de Tempo Integral e Dedicação Exclusiva (Tide), que permite aos professores desenvolverem projetos de pesquisa e outras atividades voltadas à ampliação do conhecimento. Adiantou, no entanto, que um projeto de lei, prestes a ser apresentado na Assembleia Legislativa, vai equacionar o problema.
Com a responsabilidade de assegurar o policiamento em 116 municípios do noroeste do Paraná, o coronel Padilha fez um relato das ações atuais e dos planos que pretende executar no comando do 3º CRPM. Um deles é a instalação do Estado Maior em uma sede própria, em fase de construção em uma área próxima ao campus sede do Centro Universitário de Maringá (Unicesumar). Frisou que a chegada das novas viaturas e de “armamento pesado”, como fuzis e submetralhadoras, favorece o trabalho de combate ao crime. Declarou ainda que vai ampliar a parceria com as prefeituras, para elaborar programas de prevenção integrados com as policias Civil e Militar.
Comitê Territorial
A constituição do Comitê Territorial de Desenvolvimento de Ambientes para os Pequenos Negócios foi o motivo que levou os técnicos do Sebrae a participarem do encontro da Amusep. Luiz Carlos e Marcos Aurélio foram reforçar o convite para os prefeitos estarem presentes no evento a ser realizado no próximo dia 17 (quinta-feira), pela manhã, na sede do Escritório Regional da instituição. A partir das 8h30, haverá a exposição da proposta, da finalidade, como será a organização e como a estrutura vai atuar na região.
O maestro e arranjador Tom Brasil também teve um espaço no encontro para falar sobre o projeto “Tom Brasil Canta a Moda Brasileira” e uma palestra musical voltada para os servidores municipais.

Comente aqui