Curitiba



Curitiba vai integrar consórcio regional das Guardas Municipais


A Comissão de Economia, Fiscalização e Finanças da Câmara de Vereadores de Curitiba deu parecer favorável ao projeto da prefeitura que inclui Curitiba no consórcio regional das Guardas Municipais.

Com o aval do colegiado, a matéria segue, nas próximas sessões, para o debate entre os parlamentares antes das votações em plenário. “O consórcio vai auxiliar nas diligências em área de fronteira dos municípios”, disse o vereador Bruno Pessuti (PSD).

A iniciativa recebeu apoio também do presidente da Comissão de Economia, Thiago Ferro (PSDB), além dos vereadores Paulo Rink (PR), Mauro Bobato (Pode), Ezequias Barros (PRP), Mauro Ignacio (PSB) e Sabino Picolo (DEM).

Comente aqui


Rádio Banda B repercute entrevista de Cida Borghetti

O portal Banda B, de Curitiba, repercutiu entrevista da vice-governadora, publicada no fim de semana.
A reportagem começa com as perguntas: “O governador Beto Richa (PSDB) vai apoiar a candidatura de sua vice, Cida Borghetti (PP) ao governo do Paraná em 2018? Ele irá deixar o cargo em abril para disputar uma das vagas ao senado, deixando assim a cadeira de governadora para Borghetti?”
A reportagem continua: Quem pensa que as respostas destas perguntas é que vão definir se a esposa do ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP) será candidata ao Governo em 2018, está enganado. É o que garante a própria vice-governadora. Segundo ela, em qualquer cenário, a candidatura ao governo é certa.
“Quando voltei ao PP já assumi a missão de ser a primeira mulher a me tornar governadora efetiva do Paraná. Espero contar com o apoio da ampla aliança que sempre esteve com o governador Beto Richa, ter o apoio dele e mais ainda, ter também a possibilidade de assumir efetivamente o cargo de governadora em abril do ano que vem, caso ele seja candidato a uma das duas vagas ao Senado. Mas independente dele sair ou não em abril, a decisão de disputar o governo está tomada em qualquer condição”, afirmou Cida Borghetti em entrevista à Banda B nesta terça-feira (10).
O prazo estipulado pela legislação eleitoral para o governador Beto Richa renunciar ao cargo, caso confirme a sua candidatura ao Senado, é no início de abril. Tudo indica que isso deva ocorrer, apesar de não haver até o momento uma confirmação oficial por parte do tucano. “É uma decisão pessoal do governador, mas temos seis meses até o fim deste prazo para a desincompatibilização e vamos ver como as coisas caminharão”.
Duas vezes deputada estadual e deputada federal e com uma trajetória política marcada pela saúde preventiva, combate ao câncer de mama e políticas voltadas à primeira infância, Cida Borghetti garante que chegou o momento de assumir o governo de forma definitiva. Para isso, tem como maior articulador e cabo eleitoral o marido, Ricardo Barros. “Ele é um grande entusiasta da minha candidatura e sempre apoiou a valorização da mulher na política. Contar com o apoio dele como grande líder é fundamental”, diz a vice-governadora.
Cida Borghetti não trabalha com a hipótese do governador apoiar outro candidato na eleição para o governo, já que o pré-candidato Ratinho Jr, deputado estadual pelo PSB, e da base aliada, também já declarou que conta com o apoio do tucano. “Obviamente que espero muito contar com o apoio do governador. Ele está bastante confiante com a melhora nas pesquisas de opinião pública e vem desenvolvendo um trabalho diferenciado e de sucesso ao compararmos a situação fiscal do Paraná com de outros estados, que em alguns casos nem dinheiro para a folha de pagamento tem”, disse a pré-candidata do PP.

1 Comentário


No Congresso da ABES, Curitiba é escolhida para sede do evento, em 2021

O encerramento do Congresso da Abes (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária) e da Fenasan (Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente) realizado na última semana foi marcado pela escolha da cidade que será a sede do evento em 2021. O congresso acontece a cada dois anos e, em 2019, será realizado na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte. Curitiba foi a cidade escolhida para sediar o evento do ano de 2021. Porto Alegre foi a concorrente da capital paranaense. Será a terceira vez que o Paraná recebe o Congresso da Abes: Curitiba foi sede em 1965 e Foz do Iguaçu em 1997.
O Congresso da Abes/ Fenasan é o maior evento de saneamento ambiental das Américas. Na edição de 2017, o evento teve a participação de 4.000 congressistas e reuniu 1.160 trabalhos técnicos. Foram 49 painéis que abordaram temas de interesse para os profissionais do setor. A Fenasan contou ainda com a participação de expositores de 25 países e de todos os estados brasileiros.
Nesta edição do Congresso foi elaborada a Carta dos Sanitaristas, entregue para o Ministro das Cidades, Bruno Araújo. A carta aborda questões prioritárias do setor do saneamento no Brasil. Durante o evento também foi lançado o Ranking ABES da Universalização do Saneamento. O ranking foi baseado nos dados do SNIS (Sistema Nacional de Informações em Saneamento) e avaliou os indicadores de 231 municípios com mais de 100 mil habitantes. O estudo enquadra as cidades em três categorias: rumo à universalização, compromisso com a universalização e primeiros passos para a universalização. Apenas 6% dos municípios avaliados estão na categoria “Rumo a Universalização”. Duas cidades atendidas pela Sanepar estão nesta categoria, Curitiba e Maringá.
O Congresso também promoveu o envolvimento de lideranças políticas brasileiras como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o Ministro das Cidades, Bruno Araújo, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, além de senadores, secretários e gestores de companhias de saneamento de todos os estados brasileiros.

Comente aqui


Barros anuncia mais recursos para o Paraná

Ricardo Barros anunciou mais recursos para Curitiba (foto de Erasmo Salomão/Ministério da Saúde)

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, esteve em Curitiba, ontem, liberando mais de R$ 26 milhões para ampliar e qualificar o atendimento à população de Curitiba (PR), na urgência e emergência da rede hospitalar. Os recursos serão destinados à habilitação de novos leitos e serviços de média e alta complexidade.
Barros destacou que o recurso é um importante reforço para o credenciamento e financiamento de novos serviços de saúde em Curitiba, que chega a partir da economia gerada em sua gestão no Ministério da Saúde. “Estão sendo habilitados novos leitos e serviços na porta de entrada de urgência e emergência em hospitais de referência que atendem, além da população de Curitiba, toda a região metropolitana. Essa medida garante mais acesso à saúde de toda a população curitibana”, reforçou o ministro da saúde.
Serão habilitados novos leitos clínicos e de UTI, além da ampliação dos serviços da rede de urgência em cinco estabelecimentos de saúde do município: Hospital do Trabalhador, Santa Casa de Misericórdia, Hospital Universitário Evangélico, Hospital das Clínicas e Hospital São Vicente. Os recursos irão fortalecer a Rede de Urgência e Emergência (RUE) e serão incorporados ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade do estado do Paraná e de Curitiba.

Desde que Ricardo Barros assumiu o Ministério da Saúde, o Paraná foi contemplado com R$ 179,1 milhões para habilitação e/ou qualificação de 717 serviços/leitos de média e alta complexidade que estavam funcionando sem a contrapartida federal. Durante o período, o estado teve 13 UPAs habilitadas, o que representa investimento anual federal de R$ 21,7 milhões. Em julho deste ano, o Paraná recebeu R$ 23,5 milhões para reforçar a Atenção Básica, principal porta de entrada para o SUS, com a habilitação de 348 Agentes Comunitários de Saúde, 99 Equipes de Saúde da Família, 78 Equipes de Saúde Bucal, 29 Núcleos de Apoio à Saúde da Família e 02 Equipes de Saúde Prisional.
Maringá e cidades vizinhas também têm recebido recursos do Ministério da Saúde, através do ministro Ricardo Barros. O último repasse para a região foi no valor de R$ 28,5 milhões para atendimento de serviços de média e alta complexidade. “Através de uma gestão eficiente, com economia de alugueis e outros serviços e na revisão de contratos, o Ministério da Saúde economizou quase R$ 4 bilhões que estão sendo reaplicados em mais serviços de saúde para os brasileiros”, diz o ministro.

1 Comentário
 

Lula terá recepções a favor e contra, quarta-feira 13, em Curitiba

Na Internet circulam informações de que Curitiba terá uma quarta-feira 13 movimentada, com manifestações a favor e protestos contra Lula.
O ex-presidente vai a Curitiba para o segundo depoimento ao juiz Sergio Moro.
O curioso é que este depoimento poderia ser feito por videoconferência, mas à época, Lula decidiu que queria ir a Curitiba. A viagem acontece depois de uma semana muto desfavorável ao petista, especialmente pelo depoimento do ex-ministro e companheiro Antônio Palocci dado justamente ao juiz federal Sérgio Moro, na capital paranaense.
Lula terminou uma peregrinação pelo Nordeste um dia antes do depoimento de Palocci. No palaque, lideranças pró-Lula não economizaram em agressões verbais a Moro e pediram “luta” em favor do ex-presidente, afirmando que ela só termina no dia 1º de janeiro de 2019, aludindo a uma eventual posse do seu apoiado como presidente.
A Frente Brasil Popular, a Resistência Democrática e o Fórum de Lutas 29 de Abril esperam petistas, aliados e movimentos sociais para defender Lula.
De outro lado os movimentos Curitiba Contra a Corrupção e o Movimento Brasil Livre organizam uma “recepção” com grande manifestação contra Lula.
Os lulistas esperam a sua presença em ato marcado parra as 18 horas na Praça Generoso Marques, em frente ao Paço Municipal, dentro da programação da 2ª Jornada de Lutas pela Democracia, que começa com atividades culturais a partir das 14 horas.
Eles querem repetir a mobilização e os debates de maio, quando Lula prestou seu primeiro depoimento à Justiça Federal de Curitiba.
Os movimentos de protesto contra Lula querem concentrar pessoas em frente ao Museu Oscar Niemeyer (MON), a partir das 13h30. A expectativa é de que o público cresça no fim da tarde, quando muita gente sai do trabalho.
A expectativa é de o movimento contra Lula cresça em razão das últimas notícias, como o depoimento de Antônio Palocci e a prisão de Gedel Vieira Lima.
Promessa de quarta-feira quente em Curitiba.

1 Comentário


Montanha de dinheiro

Quem passou pelo Centro de Curitiba na manhã de ontem (28) ficou curioso ao perceber uma montanha de malotes de cédulas falsas de dinheiro, organizada em uma estrutura montada na Rua XV de Novembro. O valor simboliza os R$ 4 bilhões apreendidos durante a Operação Lava Jato, que foi deflagrada no dia 17 de março de 2014. Nesta segunda, será exibida a pré-estreia do filme “Polícia Federal – A Lei É Para Todos” sobre a operação, considerada a maior investigação do país contra corrupção e lavagem de dinheiro. O filme estreia no dia 7 de setembro. No elenco estão Antonio Calloni, Flávia Alessandra, Bruce Gomlevsky, João Baldasserini, Rainer Cadete e Ary Fontoura.

Comente aqui


Coluna do dia 3 de agosto, quinta-feira

SUGESTÕES Na sua página no Facebook, o deputado estadual Evandro Júnior faz uma campanha convidando as pessoas a mandarem sugestões. Elas estão utilizadas para o seu trabalho e até mesmo para projetos de lei.

DÓRIA O prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), estará hoje (3) em Curitiba. Ele fará palestra sobre “Gestão pública e gestão privada: a experiência e os possíveis choques”.

POSITIVO A palestra será das 11h30 às 14h30, na Universidade Positivo. A palestra/almoço está sendo organizada pelo G7, liderado pela Fecomércio.

PRESENÇAS O governador Beto Richa (PSDB) e a vice, Cida Borghetti (PP) estarão no evento. Lideranças políticas e empresariais do Paraná estarão presentes.

AVALIAÇÃO Sem dúvida Dória será questionado e falará sobre o resultado da votação de ontem, na Câmara dos Deputados, que definiu o futuro de Michel Temer.

MARIA DA PENHA Maringá realizará a Semana Municipal de Comemoração à Lei Maria da Penha, a partir da segunda-feira, dia 7. Conscientização e informação à mulher.

PROCON Sob o comando de Rogério Calazans, o PROCON de Maringá continua muito ativo. O alvo agora será as vitrines com promoções para o Dia dos País.

SENADO A deputada federal Christiane Yared desabafou nas redes sociais. Disse que está sendo alvo de ataques, depois que admitiu a possibilidade de concorrer ao Senado, em 2018, pelo PR.

NA EQUIPE O ex-vereador Da Silva está na equipe do deputado estadual Evandro Júnior.

SANEPAR O atendimento da Sanepar será centralizado no centro, na avenida Tamandaré, 150 (esquina com a Rua Piratininga), no Novo Centro.

JARDIM ALVORADA A Sanepar desativará o atendimento ao público no Jardim Alvorada, na próxima segunda-feira (7).

 

REGIÃO

GESTÃO DO LIXO Hoje, 3 de agosto, às 20 horas, na Câmara de Sarandi, reunião vai definir a formação de comissão elaborar o Plano Municipal de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Urbanos. Importante para o município.

GASTOS COM PESSOAL Ex-prefeito faz contato com a coluna e comenta reportagem de O Diário, publicada no domingo, sobre o limite dos gastos com pessoal.

NA FRENTE Na lista divulgada pelo Tribunal estão Nova Esperança, Paiçandu, Iguaraçu, Flórida, Sarandi e Mandaguari.

MENOS INVESTIMENTOS Quanto maiores os gastos com folha de pagamento e custeio menos recursos para investimentos. Dilema para o setor público e municípios em todo o país.

 

FRASE
“Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo”. Hermann Hesse

 

PARA LEMBRAR

CAMPANHA DO AGASALHO 2017 – Prorrogada até o dia 31 de agosto. Confira aqui alguns postos de arrecadação: • Just Construções – Av. Prudente de Morais, 698 – (44) 3025-1627 • Acim Ver. Basílio Sautchuk, 388 – 0800 600 9595 • Sicred • Sindvest
R. Rebouças, 140 – (44) 3026-3379.

DE 2 A 4 DE AGOSTO, II Congresso Regional de Direito dos Animais. Abertura: dia 2, 19 horas, com palestra de William Fracalossi. Plenário da Câmara Municipal de Maringá (entrada pela avenida Cerro Azul).

MEETING A UNINGÁ está com inscrições abertas para o Meeting de Harmonização Orofacial, de 18 a 20 de agosto.

OS MELHORES Especialistas do Brasil estarão em Maringá para o evento, voltado a médicos e cirurgiões dentistas. Programação e inscrições no uninga.br/meeting.

CASAMENTO COMUNITÁRIO A Secretaria de Assistência Social de Sarandi informa que ainda tem 30 vagas disponíveis para o casamento comunitário do dia 26 de agosto. Inscrições somente até amanhã, 3 de agosto, no CRAS – Esperança, fone 3126-9618.

 

ÚLTIMA
Amiga me passa esta: “Tem muito jiló cozido se achando figo em calda”.

1 Comentário


Dória em Curitiba

O prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), vem a Curitiba na próxima quinta-feira (3) a convite do G7, grupo formado pelas maiores instituições do setor produtivo do Paraná. Dória desembarca na capital paranaense para ministrar a palestra sobre “Gestão pública e gestão privada: a experiência e os possíveis choques”. O governador Beto Richa (PSDB) e a vice, Cida Borghetti (PP) estarão no evento. A palestra deve atrair dezenas de políticos já que a gestão do atual prefeito de São Paulo tem sido reconhecida de forma positiva pela população e a popularidade de Dória só cresce.
O evento acontece das 11h30 às 14h30 na Universidade Positivo. A palestra/almoço está sendo organizada pelo G7, mas a Fecomércio é quem encabeça o evento. O G7 é formado pela Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Federação da Agricultura do Paraná (Faep), Federação e Organização das Cooperativas do Paraná (Fecoopar), Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio-PR), Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Paraná (Fetranspar), Associação Comercial do Paraná (ACP) e Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap) e Sebrae-PR.

Comente aqui


Osmar na frente em Curitiba

A pouco mais de um ano das eleições 2018, o Instituto IRG quis saber quem é o preferido dos curitibanos para assumir o governo do Paraná em 2019. Osmar Dias está na frente com 33,76%, seguido por Ratinho Júnior com 29,30% e pela vice-governadora Cida Borgheti com 6,02%. O levantamento foi realizado na capital paranaense pelo instituto de pesquisas IRG, com 1.100 eleitores, entre os dias 24 e 30 de junho.

Comente aqui