Estudantes



DCE finaliza recepção aos calouros com eventos, nesta sexta-feira (23)

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) convida toda a comunidade de Maringá e região para participar do encerramento da recepção dos calouros calouras da Universidade Estadual Maringá (UEM). O evento, que acontecerá do dia 23 de março, sexta-feira, contará com apresentações culturais e stands das Empresas Juniores, Centros Acadêmicos, PETs, Feira de economia e solidária […]

2 Comentários


Inscrições para o Fies

As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2017 já estão abertas. O prazo termina nesta sexta-feira (28). Os interessados devem se inscrever pelo site do programa (http://fiesselecao.mec.gov.br). Neste processo seletivo são ofertadas 75 mil vagas em cursos superiores em instituições particulares de ensino. É possível filtrar as vagas por curso, instituição e município, em ‘consultar vagas’ (http://fiesselecaoaluno.mec.gov.br/consulta/curso). Este é o último semestre do programa em que vale o regulamento antigo, novas regras foram anunciadas para 2018. Poderão se candidatar estudantes cuja renda familiar mensal bruta per capita não ultrapasse três salários mínimos. Além disso, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, ter nota mínima de 450 pontos na prova e não ter zerado na redação.
O benefício não será concedido a candidatos inadimplentes com o Fies ou com o Programa de Crédito Educativo. Também não podem participar do programa estudantes que já contam com o financiamento para outro curso.

Comente aqui


A realidade da UNE

Virgilio Marchesini

Há exatos 7 dias, eu, juntamente com (mais ou menos) 200 estudantes entre eles, liberais e conservadores aglutinados em uma chapa encabeçada pela Juventude do PSDB, fechávamos o ciclo de 3 dias no Congresso Nacional da União Nacional dos Estudantes.
Para quem não conhece, a UNE é (ou pelo menos deveria ser), a entidade máxima e democrática do corpo estudantil que tem (ou deveria ter) como principal função lutar pela educação e pelos estudantes. Basicamente, o sindicato dos Estudantes.
Só da UNE, dinheiro do governo é destinado para ela, seja pela carteirinha do estudante ou qualquer outra dívida histórica que o governo possui ou pelo menos justifica-se pagar para ela.
A história por lá é diferente: a UNE é uma entidade aparelhada por militantes profissionais, cujo principal objetivo é formar uma classe de militância de uso exclusivo para a esquerda.
E as pautas? Fora Temer, Diretas Já, greve geral, etc…
Pautas para educação? Das poucas, nenhuma realmente é útil e eficiente para a educação.
Respeito à democracia? Só se você for de esquerda, do contrário, será recebido com cuspes, jatos de suco/água, garrafas, resto de comida, cadeiradas e até pedradas.
Se você for mulher? Se você não for de esquerda, será democraticamente agredida.
Negro? Se você não for de esquerda, será democraticamente taxado de capitão do mato.
E se você for de esquerda mesmo, mas está numa chapa TUCANA sofrerá as consequências igualmente.
Tudo isso foi o que presenciei e passei apuros juntamente com a galera JPSDB, para no final, ver um silêncio estarrecedor por parte da UNE, aquela que defende os estudantes.
O que concluo é que há duas opções para o futuro da UNE: a aceitação de uma verdadeira democracia por parte da grande maioria dos esquerdistas radicais ou o fim da UNE.
O cessar de repasses de verba pública para esta entidade é inevitável, deve haver sem mais, nem menos. Não existe motivos para a obrigatoriedade de se receber dinheiro do povo – e dos próprios estudantes de forma indireta, já que há entidades que lutam muito mais pela educação do que a União Nacional dos Estudantes diz lutar em 80 anos.

* Virgilio Marchesini, graduando em Direito pela UniCesumar, coordenador regional do Movimento Brasil Livre

1 Comentário


Estudantes protestam

O plenário da Câmara de Maringá está lotado, neste momento, recebendo o pré-candidato à presidência, Jair Bolsonaro
Muita gente acompanhando, muitos curiosos e um grupo de estudantes que protesta, de costas para o plenário e para o visitante.

Comente aqui


Reumatologistas do Paraná realizam evento, em Maringá

Profissionais da saúde, médicos reumatologistas, clínicos, ortopedistas e residentes, além de estudantes de medicina, têm um compromisso essa semana, em Maringá. Nos dias 28 e 29 (sexta-feira e sábado) acontecerá na cidade o 4º Simpósio do Interior da Sociedade Paranaense de Reumatologia (SPR).
“A SPR realiza dez reuniões anuais, entre fevereiro e novembro, sempre na última semana de cada mês, para discutir doenças, avanços médicos importantes, novos medicamento e outros temas. É isso que estaremos fazendo, aqui em Maringá”, explica o presidente da entidade, Marco Rocha Loures.
Junto com o simpósio da Sociedade Paranaense de Reumatologia acontecerá um encontro do laboratório UCB Biopharma, que na sexta-feira à noite apresentará a palestra do médico Rodrigo Lupino Assad, sobre as diferenças do tratamento com antiTNFs em pacientes com artrite reumatóide.
A anti-TNF é um bloqueador do fator de necrose tumoral, considerado um dos maiores avanços no tratamento das doenças reumatológicas, utilizado no Brasil há menos de uma década, e que ainda suscita discussões.
No sábado de manhã, a SPR vai discutir, com a mediação de Paulo Roberto Donadio, casos clínicos surgidos nas universidades estaduais de Maringá (UEM) e de Londrina (UEL); a utilização de órteses, na palestra do médico Marcos Renato de Assis (órteses são instrumentos que auxiliam os pacientes de reumatismo nos afazeres diários, como digitar, pegar escovas de dente, ferro de passar roupa, etc. Além de proporcionar um conforto, também é considerada uma moderna forma de tratamento, já que aumenta a mobilidade adequando os desvios e contraturas articulares.
O presidente da SPR informa que também serão discutidos novos tratamentos para a doença, a evolução dos medicamentos e a utilização de ultrassom (palestra do reumatologista Tulio Ravelli), com moderação dos médicos Felipe Grizzo e Cássia Franchini.
“Estes avanços científicos, seja em medicamentos, seja na utilização de novos equipamentos ou instrumentos, como as órteses, são muitos importantes para minorar os sintomas dos pacientes de doenças reumáticas, daí a importância deste encontro”, explica o médico Marco Rocha Loures.
O evento em Maringá será encerrado com a palestra do advogado Rodrigo Valente, sobre “Medicação de alto custo e o Poder Judiciário”.
Par participar do evento não há necessidade de inscrições prévias. Médicos, estudantes e interessados no tema estão convidados.

Serviço: 4º Simpósio do Interior da Sociedade Paranaense de Reumatologia (SPR)
Local: Hotel Deville Maringá
Contato: (41) 3324-6562 ou (44) 9657-8210

Programação
Dia 28 de Agosto – Sexta-feira
19h45 – 20h – Abertura e Boas Vindas Dr. Marco Rocha Loures
20h – 21h – Dr. Rodrigo Lupino Assad (SP) – Tratamento com antiTNFs em pacientes com AR:há diferenças?
Dia 29 de Agosto – Sábado
Moderador: Dr. Paulo Roberto Donadio
08:30 – 09:00 – Caso Clínico UEL
09:00 – 09:30 – Caso Clínico da UEM
09:30 – 10:00 – Órteses em Reumatologia – Dr. Marcos Renato de Assis (SP)
Moderadores: Dr. Felipe Grizzo e Dra. Cássia Franchini
10:30 – 11:15 – Ultrassom em Reumatologia – Dr. Tulio Ravelli (PR)
11:15 – 12:00 – Reumatologia, medicação de alto custo e o Poder Judiciário – Dr. Rodrigo Valente (PR)

Comente aqui


Tecnologia e novos medicamentos em reumatologia

lupus

A Sociedade Paranaense de Reumatologia (SPR) realiza essa semana, em Curitiba, nos dias 25 a 27, a 6ª Jornada Paranaense de Reumatologia.
Para os médicos um evento científico, para todos mais informações e conhecimento sobre doenças importantes.
Estão na programação debates e apresentações de estudos de artrite reumatóide, lúpus e doenças, tratamentos e procedimentos em reumato/orto.
Novas tecnológias, aplicadas a diagnósticos e tratamentos, serão apresentadas e debatidas, além dos mais recentes estudos em cada uma dessas áreas.
Médicos convidados estarão participando, entre eles médicos de São Paulo, Rio Grande do Sul e da Argentina.

Para os médicos e estudantes de Medicina as informações sobre o evento estão na página da Sociedade Paranaense de Reumatologia > AQUI

Para pessoas interessadas, é possível baixar cartilhas com informações sobre doenças estudadas e tratadas nessa especialidade.
Para a cartilha sobre Lúpus, acesse AQUI.

No Facebook acesse AQUI

Comente aqui


Alunos de Ecologia da Unesp vêm conhecer Maringá

Professor e universitários de Ecologia da Unesp de Rio Claro (SP), estão em Maringá para conhecer as ações que são desenvolvidas em em prol do meio ambiente no município. Eles foram recebidos nesta terça-feira (14), pelo secretário do Meio Ambiente, Umberto Crispim de Araújo, em reunião que durou mais de duas horas com palestra, perguntas e informações sobre as questões do meio ambiente, desde a preservação de cursos de água e nascentes à proteção da flora, fauna, cuidados com a arborização pública e reservas florestais, e os planos de preservação da Mata Atlântica e os Corredores da Biodiversidade.
De acordo com o professor doutor Milton Cezar Ribeiro, do Departamento de Ecologia Espacial e Conservação, Maringá foi escolhida para a visita e pesquisas de 35 alunos em vias de formação, pelos diferenciais de apresentar uma pujança verde, meio ambiente respeitado, conservado, as reservas florestais na zona urbana e os projetos lançados nos últimos anos.
Pioneiro – O curso de Ecologia da Unesp foi o primeiro implantado no Brasil, em 1976, e tem como objetivo formar profissionais nas mais diversas linhas de pesquisa que abrangem as distintas escalas da Ecologia, como Ecologia Molecular, Ecologia de Ecossistemas, Ecologia de Populações e Comunidades Animais e Vegetais, Ecologia Humana, Manejo de Conservação, Ecologia de Paisagens e Ecologia Global.
Segundo o professor Cezar, muitas das linhas de pesquisa visam buscar soluções práticas para o entendimento do funcionamento dos ecossistemas brasileiros: “O foco de nosso deslocamento é Maringá e as soluções que aqui estão sendo colocadas em prática”.
Para o secretário Crispim, ligado às questões do meio ambiente em Maringá e no Estado há mais de 25 anos, e agora à frente da secretaria municipal, foi gratificante expor a Maringá ecológica e soluções que estão sendo implementadas, para uma turma de tão alto nível e envolvida com as questões: “Disse a eles que voltem a visitar nossa cidade e que também apresentem sugestões para que possamos gerir as equações ambientais da forma mais correta, pois o respeito à natureza é imprescindível”.
Durante a reunião os acadêmicos receberam cópias do plano de reciclagem, apoio logístico e profissionais da prefeitura para acompanhá-los em visitas ao Parque do Ingá e outras reservas, fundo de vale preservado e, se a agenda permitisse, ao Parque do Japão e fazendinha da Expoingá, no Parque internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro.

Comente aqui


Estudantes de Moda promovem desfiles de final de ano

Acontecem hoje (29) e amanhã (30) dois desfiles do curso de Moda do Cesumar. Serão quase 300 peças apresentadas por modelos e seus criadores, na passarela montada no Ginásio de Esportes da instituição.
O primeiro desfile, hoje, às 19h30, no Ginásio de Esportes (ao lado do bloco 2), será dos alunos do primeiro ao terceiro ano da graduação, com os looks inspirados na Itália. O segundo, amanhã, no mesmo horário e local, será o desfile dos formandos da graduação, que apresentarão no palco a coleção que desenvolveram para conclusão do curso, tendo como proposta a criação de uma marca e de uma empresa.
Os desfiles – O primeiro desfile trará para a passarela mais de 200 peças conceituais que tiveram a inspiração na relação da Itália com o Brasil. “Cada traje irá respeitar a dificuldade de cada ano da graduação e contemplará as técnicas aprendidas até então”, diz Sandra Franchini, coordenadora do curso de Moda do Cesumar.
Já amanhá à noite, estudantes que estão terminando o curso, mostram tudo o que aprenderam nos quatro anos de formação. Ao longo dos meses, os formandos receberam o desafio de criar uma empresa, trabalhar a comunicação, a gestão, os custos e preparar a coleção para um empreendimento real. “O papel aceita tudo e neste exercício prático o importante era que os alunos percebessem a demanda do mercado para ajustar a criação”, afirma Sandra.
As coleções são variadas e destinadas para diversos públicos, como peças plus size, para senhoras, crianças, fantasias de peças íntimas, vestidos de festa, ginástica, entre outros. “É importante que o público perceba que os looks que estarão nas passarelas são as peças conceitos, de onde vieram a inspiração para desenvolver a coleção comercial, que é destinada a venda para o público”, explica a coordenadora.
Durante a apresentação do desfile os formandos serão avaliados por uma banca de professores, especialistas do mercado e representantes do setor de vestuário.
Os desfiles acontecem no Ginásio de Esportes, ao lado do bloco 2, a partir das 19h30, hoje (quinta-29) e amanhã. A entrada é gratuita.

ASSESSORIA DE IMPRENSA
CESUMAR – Centro Universitário de Maringá
(44) 3027- 6360 | Ramais: 1140/1265
www.cesumar.br/imprensa

Comente aqui


Estudantes do Cesumar orientam sobre AIDs e DSTs

Desde as 8 horas estudantes do curso de Farmácia do Cesumar, em parceria com a Secretaria de Saúde do Município, estão no Terminal Urbano e na Praça Raposo Tavares em ação para esclarecer as pessoas sobre doenças sexualmente transmissíveis, como AIDs e outras.
Eles estão entregando preservativos e folhetos.
A ação prosseguirá até às 13 horas.

 

Comente aqui


UEM: equipe da reitoria mantém agenda

Hoje pela manhã a equipe da reitoria da UEM realizou uma reuniào para avaliar o movimento estudantil que ocupou, na tarde do dia 25, o prédio da Reitoria. Foram analisados os encaminhamentos que estão sendo adotados, como as negociações com o Estado, já que muitas reivindicações dos alunos dependem do governo. A pedido do reitor Júlio Santiago Prates Filho, a chefe de gabinete, Magda Félix de Oliveira, conduziu a reunião. Ela comunicou que a agenda da equipe continua. Prates Filho está em Curitiba. Na pauta desta segunda-feira, assinatura de termo de convênio com o Tribunal de Contas sobre o Pacto Social de manhã e reunião com Conselho de Reitores do Paraná à tarde. Nesta terça-feira, dia 30, às 11 horas, está agendada uma reunião com o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Leal, com o reitor e uma comissão dos manifestantes.
Está mantido o cronograma das atividades da equipe, como a viagem a Brasília
No Ministério das Comunicações para protocolar o pedido de renovação da outorga da Rádio UEM FM. As comemorações dos 10 anos do Câmpus Regional de Umuarama serão na quinta-feira, dia 1º. A professora lembrou que a administração tem empenhado esforços na negociação com os estudantes. Disse que a pauta de reivindicações entregue no dia 11 de agosto, com cinco itens, foi respondida pela administração no dia 24 e lido durante manifestação dos alunos no dia 25, quando eles invadiram e ocuparam o prédio da Reitoria. Informou inclusive que o Restaurante Universitário já começa a servir refeições vegetarianas duas vezes por semana, na quarta e na sexta-feira, que já existe uma proposta de construção do Restaurante Universitário 2 e que já sendo viabilizada a contratação de servidores.
Outro ponto importante é a questão da ocupação da Rádio UEM FM ocorrida neste domingo. A administração solicitou a desocupação da emissora e que os estudantes parem de transmitir programação não autorizada.

Comente aqui