Hospital da Criança



Coluna de quinta-feira, dia 11 de janeiro

HOSPITAL DA CRIANÇA Na terça-feira o secretário de Saúde de Maringá, Jair Biatto, participou de reunião com o diretor-geral da secretaria da Saúde, Sezifredo Paz; a diretora da Organização Mundial da Família, Deisi Kusztra, a deputada Maria Victoria e técnicos dos órgãos. A fase é de projetos e estabelecimento de cronograma para a implantação do Hospital da Criança de Maringá. Serão atendidas cerca de 20 especialidades, em região de referência que têm mais de 2 milhões de habitante.
VAI SER MELHOR O deputado estadual Ratinho Júnior (PSD), pré-candidato a governador, assina artigo onde afirma que 2018 vai ser um ano muito melhor para os paranaenses.
OPORTUNIDADE Ratinho Júnior afirma que “temos a grande oportunidade de contrariar as previsões pessimistas. Não podemos adiar as mudanças e os avanços que a sociedade espera.”
RELATÓRIO O secretário-executivo da Junta de Serviço Militar de Maringá encaminhou relatório das atividades, em 2017. 3022 jovens se alistaram e 2.700 participaram do Juramento à Bandeira.
NAS ESCOLAS Com o projeto Junta Militar na Escola, mais de 5 mil adolescentes receberam informações sobre o alistamento e o serviço militar.
ATENDIMENTO A Junta de Serviço Militar está localizada no Terminal Rodoviário de Maringá e atende das 8 às 17 horas, sem fechar.
RECURSOS PARA TRIBUTOS Projeto do vereador Jean Marques (PV) alterou o Código Tributário de Maringá, estabelecendo mudança na competência do julgamento de recursos.
CONSELHO Pela mudança, o julgamento de recursos, nos processos administrativos de questões tributárias, será realizado pelo Conselho Municipal de Contribuintes.
PRAZO A alteração na lei tributária tem um prazo de 9 meses para ser aplicada, no caso, 20 de julho de 2018. Até lá o Executivo deve fazer alterações na lei do Conselho de Contribuintes.
O PRIMEIRO CONSELHO Em 7 de abril de 2004 foi publicada a lei, de autoria do então vereador Edmar Arruda, criando o primeiro Conselho de Contribuintes de Maringá.
NÃO VAI Tudo indica que o ex-presidente Lula não irá a Porto Alegre para acompanhar o seu julgamento no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Vai acompanhar de São Paulo.
APREENSÃO Noticiários têm aberto espaço para informar sobre os dois eventos políticos marcados para este sábado, dia 13, às 9 horas, na Câmara de Maringá.
MUNICÍPIOS
PAIÇANDU Em março a Construtora Monolux, que completou 50 anos, assina contrato com a Caixa para construir 309 casas, em Paiçandu, pelo programa Minha Casa Minha Vida (MCMV).
CONJUNTO Muito bem localizado em Paiçandu, o empreendimento criará o Conjunto Residencial João Marques dos Reis.
CRUZEIRO DO SUL E PARANACITY Foi divulgada a empresa vencedora que vai executar a recuperação da ciclovia às margens da PR-464.
EXTRACON A empresa vai realizar a obra, orçada em R$ 344.346,14 mil. Os recursos foram conseguidos pelo deputado Tiago Amaral que apresentou o pedido junto com o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ademir Mulon.
FRASE “O problema é que a maioria dos homens prefere um elogio que os prejudica a uma crítica que os beneficia”. Norman Vincent Peale
ÚLTIMA A inflação oficial de 2017 foi calculada em 2,95%.
Comente aqui
 

Coluna do dia 19 de dezembro, terça-feira, aniversário do Paraná

CONQUISTA Maringá terá hospital da criança com cerca de 160 leitos. Tudo começou com um pedido da UEM feito à deputada estadual Maria Victoria. O Hospital começou a tomar forma ontem, com a cessão de um terreno de 86 mil m² da União ao município. O prefeito Ulisses Maia assinou ontem o contrato de cessão do terreno, em reunião que aconteceu no gabinete da vice-governadora Cida Borghetti, tendo também a presença do secretário de Saúde Maringá, Jair Biatto, da deputada Maria Victória e do ministro da Saúde, Ricardo Barros. Grande conquista.

COM PREFEITOS O ministro da Saúde, Ricardo Barros, fez uma apresentação do trabalho desde maio de 2016, no Ministério. Muitas mudanças e resultados.

FIRMEZA Quem conhece sabe: Ricardo não tem medo de críticas e nem de cara de feia. Ser ministro da Saúde do Brasil não é tarefa fácil. Tem mais pepino que a Agricultura.

TERMINAL INTERMODAL Os vereadores que compuseram a CPI do Terminal Intermodal estiveram visitando as obras ontem.

MEMBROS A CPI foi presidida pelo vereador Sidnei Telles (PSD), engenheiro, tendo como relator o vereador Jean Marques (PV), e membro Alex Chaves (PHS).

INVESTIGAÇÃO Com base no relatório da CPI o promotor de Defesa do Patrimônio Público, Leonardo Vilhena, abriu investigação sobre a obra, em setembro.

DIFÍCIL Em entrevista o prefeito Ulisses Maia considerou 2017 o período mais difícil da sua administração, pois houve uma ruptura de 12 anos de governos que se sucederam.

HERANÇA Vale a pergunta: quantos prefeitos, no país, receberam uma Prefeitura com mais de R$ 300 milhões em caixa, 54 obras em andamento e superávit de R$ 150 milhões?

TRANSIÇÃO A queixa recorrente de que não houve transição no final de 2016 é contestada até por alguns assessores que fizeram parte da equipe do atual prefeito.

ATENDIDO O advogado Laércio Fondazzi coordenou a transição. Foi presença assídua e realizou várias reuniões na Prefeitura, sendo atendido nas suas solicitações.

TSE O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na manhã de ontem as resoluções que nortearão a campanha de 2018. O princípio da liberdade de expressão ficou bem claro.

ANIVERSÁRIO O Paraná completa hoje 164 anos da sua emancipação.
MUNICÍPIOS

13º SALÁRIO A Prefeitura de Marialva pagou na sexta-feira (15), a segunda parcela do décimo terceiro salário dos servidores e dos aposentados. Total de R$ 1,6 milhão.

EX-PREFEITOS Estiveram na inauguração do novo prédio do Cisamusep os ex-prefeitos de Santa Fé, Edson Palotta Netto (PSDB), e de Sarandi, Carlos De Paula, dentre outros.

NA ÁREA Ex-prefeito é para a vida toda… e alguns deles estão muito ativos.

SARANDI O empresário Aristides Mossambani, da Equitrator, fez no sábado a sua tradicional festa de confraternização de fim de ano.

PRESENÇAS Estiveram presentes o prefeito de Sarandi, Valter Volpato; de Ourizona, Rodrigo Amado; de Tuneiras do Oeste, Bóia; de Ariranha do Ivaí, Augusto Cicatto. O deputado federal Aliel Machado também passou por lá.

FLORAÍ A reunião dos prefeitos em Floraí teve a governadora em exercício, Cida Borghetti, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e os deputados Evandro Júnior (estadual) e Edmar Arruda (federal).

ORGANIZAÇÃO A reunião dos prefeitos, a inauguração do Centro Esportivo e os eventos de aniversário, comandados pelo prefeito Fausto Herradon, foram muito bem organizados.
FRASE
“A perseverança é a mãe da boa sorte”. Miguel de Cervantes

PARA LEMBRAR

A CASA DO PAPAI NOEL, instalada sob o palco central na Praça da Prefeitura, funcionará de segunda a sexta, das 8 às 11h30 e das 15 às 22 horas. Sábados e domingos, das 15 às 22h.

28 A 30 DE DEZEMBRO, 11ª Festflor, em Uniflor. A tradicional festa de rodeios é uma realização da Prefeitura.
ÚLTIMA
Tem gente que tem mais sorte que juízo.

 

2 Comentários


Trabalho de Maria Victória conquista Hospital da Criança para Maringá

A deputada Maria Victória e o prefeito Ulisses Maia na assinatura do termo de cessão do terreno para o Hospital da Criança, em Curitiba

Um pedido feito pela UEM à deputada estadual Maria Victória, o Hospital da Criança começou a tomar forma nesta segunda (18), com a cessão de um terreno de 86 mil m² da União ao município. Maringá terá um hospital pediátrico com cerca de 160 leitos e que contará com um centro de pesquisas em doenças raras. A unidade será referência na região, atendendo a uma população de cerca de 3 milhões de pessoas.
O primeiro passo foi dado na manhã desta segunda-feira (18), no Palácio Iguaçu, onde o prefeito de Maringá, Ulisses Maia, e o superintendente do Patrimônio da União no Paraná, Jorge Luiz Moreira da Silva, assinaram o contrato de cessão de uso de um terreno de 88,6 mil m² do antigo aeroporto no Novo Centro Cívico, da União para o município.
A cessão foi articulada pela vice-governadora Cida Borghetti e pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros. A deputada Maria Victória deu o início aos trabalhos para viabilizar o projeto a partir de uma solicitação da Universidade Estadual de Maringá (UEM).
“O Hospital da Criança de Maringá começou a se tornar realidade há algum tempo, quando recebi o pedido da UEM para a instalação de um centro de pesquisa em doenças raras. Hoje, graças a Deus, o o trabalho nos colocou a oportunidade de trazermos um grande presente de Natal para a cidade de Maringá e para as crianças da região, que é o Hospital da Criança, com a parceria e o apoio do Hospital Pequeno Príncipe, que vai permitir à instituição prestar atendimento em oncopediatria e outras 20 especialidades”, afirmou a deputada estadual Maria Victória.
“É uma honra participar deste momento histórico, onde hoje a prefeitura recebe da União esta área de mais de 88 mil m² para o Hospital da Criança, que teve o início do trabalho feito pela deputada Maria Victória, com o apoio do ministro da Saúde e a parceria com o Governo do Estado e a prefeitura, o que vai permitir que tenhamos um centro de referência na saúde infantil na nossa região”, resumiu o prefeito de Maringá, Ulisses Maia.
O Hospital da Criança de Maringá terá 23 mil m², com 160 leitos e 21 especialidades, entre elas oncopediatria, ortopedia, cardiologia, transplantes entre outras. A estrutura contará também com um centro de pesquisas de doenças raras.
A construção do hospital conta também com o apoio da Organização Mundial da Família e do Hospital Pequeno Príncipe. A OMF vai repassar recursos financeiros e técnicos. Já o Hospital Pequeno Príncipe, referência nacional em saúde infantil, dará apoio ao projeto e, ainda, poderá participar da licitação para auxiliar na gestão da unidade.
Os apoios foram costurados em conversas da deputada Maria Victória com a presidente da OMF, a pediatra Deisi Kusztra e com o diretor-executivo do HPP, José Alvaro Carneiro.
A vice-governadora Cida Borghetti confirmou o suporte do Geverno do Estado ao Hospital e comemorou a iniciativa: “É uma semana histórica não só para Maringá, mas especialmente para a saúde das nossas crianças, a notícia da construção desse hospital. Parabéns a todos pela mobilização, em especial à Organização Mundial da Família (WFO), na pessoa da sua presidente, a doutora Deisi Kusztra, por sua atenção tão especial às nossas crianças”.
O ministro Ricardo Barros, por sua vez, saudou a união de esforços que permitiu que o projeto saísse do papel: “Maringá terá seu Hospital da Criança, uma decisão acertada do prefeito Ulisses Maia, que aceitou o desafio de ter uma estrutura de saúde tão grande no município, e da deputada Maria Victória, que iniciou esse processo com a ideia do centro de pesquisas em doenças raras que evoluiu para esta parceria”, lembrou.
O secretário municipal da Saúde de Maringá, Jair Biatto, confirmou: “O prefeito Ulisses Maia acertadamente aceitou o convite do Ministério da Saúde, do Governo do Estado e da deputada Maria Victória para implantar o Hospital da Criança na cidade. Será um hospital com cerca de 160 leitos, com UTI neopedriátrica, que com a parceria e apoio do Hospital Pequeno Príncipe vai trazer uma nova medicina para as crianças de Maringá e de toda a região”.
O superintendente do Patrimônio da União no Paraná, Jorge Luiz Moreira da Silva, frisou a importância da obra também para o governo federal: “O Ministério do Planejamento, por meio da Secretaria do Patrimônio da União, orgulha-se por participar deste momento ímpar, em que a comunidade de Maringá e da região e a população do Estado do Paraná recebe a doação desta área para a instalação do hospital pediátrico”.

Comente aqui