Mandaguari



Repasse

Em solenidade realizada no Gabinete do prefeito Romualdo Batista, a Cohapar oficializou na manhã desta quinta-feira (11) o repasse do imóvel onde se encontra um salão comunitário que atende moradores do Jardim Cristina e bairros vizinhos. A assinatura da escritura realiza um sonho dos moradores daquela região da cidade.
Logo após a assinatura do documento, o prefeito Romualdo Batista anunciou que “o próximo passo será a construção de um novo salão comunitário, pois o antigo está bastante deteriorado pelo tempo e o fato de pertencer à Cohapar nos impedia de realizar qualquer intervenção por parte do município”. O ato contou com a presença do coordenador regional da Cohapar em Maringá, Daniel Emerson de Mattos, do chefe do escritório regional, Djalma Timóteo da Silva, do presidente da Câmara Municipal de Mandaguari, Jocelino Tavares ao lado do vereador Luiz Carlos Garcia, do presidente da Associação dos Moradores do Jardim Cristina, Claudemir Lavorato, integrantes da diretoria da entidade e moradores.

Comente aqui


Mandaguari comemorou seus 80 anos

Os 80 anos de Mandaguari foram comemorados com eventos do dia 5 ao dia 7 de maio.
A abertura foi na sexta-feira (5), com show da dupla Jeann e Júlio. No dias 5 e 6 também foram realizados shows num palco alternativo nas barracas, com participação de cantores e duplas sertanejas locais.
O segundo dia foi aberto com o desfile das escolas. O tema do foi “Mandaguari 80 anos, história contada por nossa gente”. O desfile foi muito aplaudido.
Na noite do aniversário o show ficou por conta da dupla sertaneja Alan a Aladim.
No domingo, terceiro e último dia de festa, foi realizada a Prova Rústica em comemoração aos 55 anos da empresa Romagnole. No período da tarde foi a vez da apresentação da Orquestra de Viola Raiz Sertaneja da cidade de Marialva.
No final da tarde a população se reuniu em volta do bolo, de 80 metros, para cantar os parabéns e encerrar a festa de aniversário de Mandaguari.

Comente aqui


Ratinho Júnior visita Mandaguari

O prefeito de Mandaguari, Romualdo Batista, recebeu ontem, segunda-feira (8), o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Junior. Além do Gabinete do Chefe do Executivo, o secretário visitou também obras de revitalização do Jardim Boa Vista, a Cocari e meios de comunicação da cidade.
Ratinho Júnior colocou a SEDU à disposição do município para dar continuidade a obras e também para novos projetos para o município. “Mandaguari tem uma importância muito grande para o Estado, em virtude da sua agricultura diversificada e indústria fortalecida”, afirmou o secretário.
Ratinho Júnior foi recebido pelos vereadores Jocelino Tavares (presidente do legislativo), Eron Barbiero, Clarice Ignácio Pessoa Pereira, João Jorge Marques, Marcia Serafini, Luiz Carlos Garcia e Hudson Guimarães. Também estavam presentes os secretários municipais Vâine Mirim Michelan Batista (de Governo), Ivan Moraes (Desenvolvimento Econômico), Dulcinéia Pierini (Saúde), Gisele Knupp (Assistência Social) e Faustino Ferreira dos Santos, além dos representantes do Movimento Tarifa Zero, Alexandre Stroher e Júlio Cesar Lazarin da Silva.

Comente aqui


Romagnole ganha prêmio na Espanha

romagnole

A empresa Romagnole, com matriz na região de Maringá, em Mandaguari, recebeu um prêmio internacional em Madri, na Espanha. A empresa foi destacada pelos projetos de Responsabilidade Social Corporativa, programas que a empresa deenvolve para os seus colaboradores e famílias, resultando em mais saúde e qualidade de vida.
A premiação “Fornecedor Iberdrola” ocorre a cada ano, organizada pela empresa Iberdrol. O diretor de Concessionárias e Exportação, Haroldo Danillo Romani, recebeu o prêmio, em nome da Romagnole.
São destacados fornecedores que mais se destacam em áreas como fornecimento de materiais e serviços, qualidade, preservação ambiental, competitividade, inovação e responsabilidade social. Em 2016 foram destacadas 18 empresas, de vários países e continentes.
Romagnole – A Romagnole Produtos Elétricos S.A. é, já há alguns anos, uma das maiores fabricantes de produtos elétricos do Brasil. Atua desde 1962, oferecendo linhas de transformadores de distribuição e industriais, ferragens eletrotécnicas, postes e artefatos de concreto utilizados em redes elétricas.
Sua gestão profissionalizada tem programas de investimentos permanentes na qualificação dos colaboradores e em recursos e iovações tecnológicas, o que a coloca em posição de destaque entre as empresas do seu segmento, no país e no mundo.
Grupo Iberdrola – O grupo tem empresas atuando nos segmentos de distribuição de gás natural e de geração e distribuição de eletricidade. É considerado um dos maiores grupos do mundo no setor de energia.
Tem 26 mil funcionários e abastece mais de trinta milhões de pessoas com gás natural e energia elétrica. A Iberdrola possui mais de 20 mil fornecedores nos cinco continentes.
No Brasil a Iberdrola controla o Grupo Elektro, que fornece energia para mais de cinco milhões de pessoas, e a Enerbrasil, que atua na geração de energia eólica. Tem ainda participação societária na empresa Força Eólica Brasil para investimentos na construção de parques eólicos no país.
Sustentabilidade – Os projetos de responsabilidade social mantidos pela Romagnole estão detalhados no seu relatório anual de sustentabilidade que está no site da empresa – www.romagnole.com.br -.

Comente aqui
 

DER autoriza novos viadutos, em Mandaguari

O Departamento de Estradas e Rodagens (DER) autorizou a construção de dois novos viadutos além do alargamento de uma trincheira no Contorno de Mandaguari. O alargamento da trincheira da estrada Promessa, além dos viadutos da Cocari e Estrada Keller, são obras de grande importância para a comunidade de Mandaguari.
As três obras terão um custo de R$ 6,3 milhões e devem ser entregues até o final deste ano, junto com o Contorno.
O presidente da Viapar, Marcelo Stachow Machado, lembra que a concessionária e o DER estavam cientes dessas reivindicações da comunidade de Mandaguari e faltava apenas formalizar a autorização. “Faremos essas três interligações em desnível no Contorno. Isso vai garantir mais segurança aos usuários, pedestres e ciclistas”, explica.
O Contorno que vai tirar o tráfego pesado do perímetro urbano da cidade de Mandaguari é a maior obra rodoviária do interior do Paraná, orçada em R$ 95 milhões.

Comente aqui


Mandaguari faz 76 anos

O município de Mandaguari, ao qual Maringá já pertenceu, o primeiro emancipado na nossa região. completa hoje 76 anos.
Na programação de aniversário, comandada pelo prefeito Romualdo Batista (Batistão), hoje, às 16 horas, será servido um bolo de 76 metros, na Praça Independência. No local também haverá apresentações culturais.

Comente aqui


Advogados de Mandaguari elegem representantes da Comarca junto à OAB

Os advogados de Mandaguari elegeram na tarde desta quarta-feira, dia 24, os representantes da Comarca junto à Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Maringá.
Dois advogados disputavam o cargo, Adilson Álvares Lopes, que já era o representante e foi reeleito com 18 votos, e Alfredo Ambrósio Junior, que teve 14 votos. Nos dois anos de mandato Adilson terá como vice a advogada Josiane Pires Viana.
A eleição aconteceu na sala da OAB, que fica localizada no Fórum, e foi conduzida pelo presidente da OAB Subseção Maringá, Airton Molina.

 

Comente aqui


Vereador mobiliza voluntários para criar ONG protetora dos animais

O vereador Pedro Ricieri está liderando um movimento que pretende formar em Mandaguari uma organização não governamental protetora dos animais. A iniciativa já conta com a adesão de dezenas de voluntários que pretendem trabalhar para reduzir o número de animais abandonados e maltratados na cidade.
O vereador destaca que Mandaguari tem um número grande de animais soltos pelas ruas, principalmente cachorros, muitos deles machucados ou com doenças que podem ser transmitidas para as pessoas. “Se andarmos no centro ou nos bairros vamos nos deparar com inúmeros cães abandonados com ferimentos e doenças como a sarna e outras que podem contaminar os seres humanos”.
Com a parte burocrática para formalizar a criação da ONG bastante adiantada, Pedro diz que os integrantes da entidade pretendem começar a atuar ainda este mês. A primeira ação será uma campanha para conscientizar as pessoas sobre a posse responsável. Para isso eles pretendem conseguir apoio dos veículos de comunicação e também querem preparar panfletos informativos com orientações sobre como os donos de animais devem proceder. “A posse responsável é a única forma de combater esse abandono de animais. Que se dispõe a ter um bicho de estimação precisa saber das suas responsabilidades. É um ser vivo que precisa de cuidados como qualquer ser humano e não deve ser abandonado pelas ruas porque ficou velho ou doente”, disse.
Segundo o vereador algumas pessoas tentam agir para combater este problema recolhendo animais das ruas, mas se não houver uma soma de esforços não se conseguirá resultados efetivos. “Ninguém vai conseguir nada agindo sozinho. Existe aqui na cidade por exemplo uma mulher que recolhe e tenta tratar todos os cães que encontra nas ruas com algum problema. Quando a visitamos contamos mais de 30 animais em seu quintal. Apesar da boa vontade, a atitude dela não tem surtido efeitos práticos. Precisamos da união de pessoas e um direcionamento para o trabalho e isso poderemos ter com esta ONG.
Incentivo à castração – O vereador diz que a ONG também fará um trabalho para estimular a castração de cães e gatos para conter a reprodução indiscriminada e evitar que o problema da superpopulação desses animais se agrave na cidade. “Estudos científicos mostram que em seis anos o número de descendentes de uma cadela pode chegar a seis mil animais. A única forma de combater essa situação é por meio da castração.
Além de estimular que os proprietários façam a esterilização dos seus animais, a ONG pretende buscar alternativas para que esta ação envolva também os animais de rua e se torne acessível para pessoas de baixa renda. “Vamos em busca de doações, promoções e parcerias com veterinários e instituições de ensino que tem o curso de veterinária para viabilizar as castrações dos animais de rua e daqueles cujos donos não podem pagar pelo procedimento”.
Meta é a criação do centro de zoonoses – Embora as ações iniciais da ONG sejam voltadas para a conscientização sobre a posse responsável e ao controle da população de animais, a meta traçada pelos integrantes da ONG é a criação de um centro de zoonoses com estrutura para tratar e abrigar animais em situação precária até que eles possam ser encaminhados para novos donos. “Não é algo fácil de se conseguir, mas vamos buscar apoio da sociedade e do poder público para que isso se torne realidade. Mandaguari precisa dessa estrutura e toda a população sairá ganhando, pois com este grande número de animais a solta todos estão sujeitos à contraírem doenças ou sofrerem algum tipo de acidente com esses bichos”.

2 Comentários


Selo dos 75 anos de Mandaguari

 

O selo e carimbo comemorativos aos 75 anos de Mandaguari serão lançados no próximo sábado (5), a partir das 16 horas no Centro de Convenções “Décio Bacelar”, durante as homenagens que serão feitas a ex-prefeitos, ex-vice-prefeitos, ex-vereadores e atuais prefeitos de municípios paranaenses que nasceram em Mandaguari.
O gerente regional dos Correios em Maringá, Carlos Roberto Mariani e a gerente da agência local, Gizele Maria de Castro, vão representar a empresa no evento, que terá também as presenças do prefeito Cyllêneo Pessoa Pereira Júnior, o “Cileninho”, do vice Cláudio Fachini, do presidente da Câmara Municipal, Alécio do Cartório Bento da Silva Filho, demais vereadores e autoridades convidadas.

Comente aqui