matou a mãe



Doação

A família da dona Armelinda Gimenes Natel, de 52 anos que morreu no hospital depois de ser atingida por um tiro na nuca, efetuado pelo próprio filho, resolveu doar os órgãos que foram coletados na madrugada de sábado (15), no hospital Santa Casa em Cianorte. Uma equipe de Curitiba esteve no hospital para retirar os órgãos que foram transportados pelo helicóptero SAMU, até Maringá e posteriormente até a cidade de Curitiba para serem implantados em outros pacientes receptores.
Segundo informações do hospital, as córneas ficaram em Maringá. Seguiram para Curitiba o fígado, os rins e coração.
O sepultamento de dona Amrelinda foi realizado na manhã deste domingo (16), em Cianorte, e o filho foi preso no final da semana passada.

Comente aqui