Mulher



A mulher na política

Em Maringá, que tem 15 vereadores e nenhuma mulher na Câmara Municipal, o assunto “mulher na política” veio à tona no debate com o advogado Henrique Neves, ex-ministro do TSE, levantado pela advogada Camile Bandeira Henequim, ao final do XII Conjuris (OAB), na quinta-feira (17). O Brasil está entre os últimos colocados em um ranking de […]

Comente aqui


‘O Assunto é Política’: Flavio Arns deve ser candidato pela Rede

Colunas ‘O Assunto é Política’, hoje, sexta-feira, 18 de maio, na CBN Maringá: 1ª edição – Participação da mulher na política ainda é muito pequena no Brasil 2ª edição – Lula poderá ou não ser candidato a presidente?

Comente aqui


Cel. Audilene assume o Comando Geral da Polícia Militar do Paraná

A Cel. Audilene foi empossada no Comando Geral da Polícia Militar do Paraná. É a primeira mulher a assumir este cargo, no Paraná, e a segunda a assumir o comando geral da PM em um estado, no Brasil.

Momento que entra para a história: primeira mulher governadora, Cida Borghetti, dando posse à primeira comandante Geral da Polícia Militar do Paraná.

Comente aqui


Mulheres que decidem

Registro feito na quarta em Brasília durante a reunião do Conselhão da República, presidido pelo presidente Michel Temer. A roda feminina formada pela vice-governadora Cida Borghetti, a empresária Viviane Senna, a economista-chefe da XP Investimentos Zeina Latif e a deputada estadual Maria Victoria. A conversa girou em torno de estímulos ao setor produtivo para a […]

Comente aqui


Cida convida vice-prefeita de Ponta Grossa para se filiar ao PP

A vice-governadora Cida Borghetti (PP), pré-candidata ao governo do Estado, convidou a vice-prefeita Elizabeth Schmidt (PSB), para se filiar ao PP e assumir o comando da sigla em Ponta Grossa e na região dos Campos Gerais. Após a entrada do deputado federal Aliel Machado no PSB, Elizabeth recebeu convites além do PP de Cida, para regressar ao DEM do deputado estadual Plauto Miró, e do Podemos do senador Álvaro Dias, pré-candidato a Presidente da República. As informações são do Blog do Johnny

Cida sempre foi simpática com Elizabeth. São duas mulheres fortes, uma ocupando o cargo de vice-governadora do Estado e a outra de vice-prefeita de Ponta Grossa. As duas, por diversas vezes assumiram o comando na ausência de seus titulares e mostraram ter competência não somente para auxiliar no comando, mas também para comandar o governo do Estado do Paraná e a Prefeitura de Ponta Grossa.

Além do mais, com Elizabeth o PP ganha um comando na cidade, o que nunca teve. E Cida um importante apoio à sua pré-candidatura ao governo do Paraná.

Elizabeth ficou lisonjeada com o convite e aguarda o retorno do prefeito Marcelo Rangel (PPS) que está em viagem à São Paulo (SP) para discutir com ele o convite. Marcelo é amigo de Cida. Os dois foram deputados estadual juntos.

A entrada de Elizabeth no PP fortaleceria as suas pretensões de disputar a Prefeitura de Ponta Grossa em 2020, tendo recebido incentivos de Cida, que deve assumir o governo do Estado em abril e pode ser eleita a próxima governadora em outubro.

 

(foto: arquivo/google)
link nota – Blog Johnny

Comente aqui


As mulheres e suas esperas

Neste dia 8 de março convido vocês a visitarem o blog da Psicóloga Djeyme, que escreve este texto.

“Como compartilhamos nossas vivências, expectativas e compromissos? Como nos doamos para a família, casamento, filhos e vida profissional? Qual a nossa parte nestas divisões ou são elas que nos fazem inteiras?”

As mulheres e suas esperas. 

Comente aqui


Cida defende mais campanhas de apoio à mulher, nas rádios

A vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, solicitou ao setor de radiodifusão do Estado a ampliação da divulgação de campanhas informativas de combate à violência contra a mulher e a exploração sexual infantil.
“É importante a participação efetiva da imprensa na divulgação de campanhas informativas. Ações para denunciar os agressores e proteger as mulheres, as crianças e as famílias”, disse a vice-governadora nesta sexta-feira (29) durante o 24º Congresso Paranaense de Radiodifusão em Curitiba.
Por iniciativa de Cida Borghetti a Aerp criou, em 2015, um boletim para conscientizar a população para os crimes que atingem a mulher e, ao mesmo tempo, conclamar as próprias mulheres, seus familiares e pessoas próximas, para que denunciem os agressores. “Queremos ampliar essa iniciativa e incluir também o alerta contra o abuso sexual de crianças e adolescentes”, disse.
O evento organizado pela Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná (Aerp) e o Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Paraná (Sert/PR), reúne cerca de 350 profissionais de radiofusão de todas as regiões do Paraná.

Comente aqui


Mulher corajosa

Mulher percebe arma de brinquedo e bota assaltantes pra correr em Umuarama Uma mulher de 49 anos, residente na avenida Duque de Caxias, percebeu que a dupla de assaltantes que invadiu sua casa na noite de domingo (6) portava armas de brinquedo (simulacros) e reagiu. A atitude inesperada assustou os invasores, que saltaram o muro e correram em direção à avenida Rio Grande do Norte. Segundo a moradora, um dos assaltantes aparentava ter 13 anos. Ele e o comparsa renderam a dona da casa e sua mãe, de 73 anos, com um revólver e uma pistola. As vítimas estavam na cozinha. Um dos criminosos agiu com truculência, inclusive chegando a enforcar a mulher ao anunciar o assalto. Um dos assaltantes foi descrito como de estatura mediana, magro, trajando moletom cinza com detalhe vermelho. O adolescente era baixo e magro. A PM realizou buscas, mas a dupla não foi localizada.

1 Comentário


Patrulha Maria da Penha

Agentes da Guarda Municipal de Maringá e Sarandi vão participar juntos de um treinamento especializado para atuarem em parceria na Patrulha Maria da Penha, voltada à proteção de mulheres vítimas de violência.
A decisão conjunta foi definida nesta semana pelos prefeitos Ulisses Maia e Walter Volpato durante reunião, com integrantes das duas administrações, na Prefeitura de Maringá. Comandos da Guarda Municipal de Sarandi, representada pelo corregedor Flávio Silva, e de Maringá, pelo gerente Osmar Machado, participaram da reunião, que teve também a presença do secretário de Trânsito, Transporte e Segurança Pública de Sarandi, Joel Inglês da Silva.
Entre os dias 8 e 11 de agosto uma equipe da patrulha de Curitiba estará em Maringá para ministrar o curso e treinar 50 agentes da Guarda Municipal de Maringá e 32 de Sarandi. A capacitação terá carga horária de 30 horas, no período das 8 horas da manhã até as 5 da tarde em local a ser definido pelos organizadores.
“A formação de agentes, masculinos e femininos, visa transmitir treinamento adequado para adoção de medidas protetivas em defesa das mulheres vítimas de agressão e procedimentos práticos para que elas não voltem a ser agredidas pelos companheiros”, explica o gerente de Políticas Gerais da Secretaria da Mulher, Júlio César de Paula Rodrigues.

Comente aqui


Violência contra mulheres

A Polícia Civil de Apucarana prendeu dois homens acusados de crimes contra a mulher. Em uma das ações, o preso que foi identificado como Juliano Oliveira Cruz, de 45 anos, tinha mandado de prisão por ameaça e tentativa de homicídio. De acordo com a polícia, ele submeteu a então namorada a uma roleta russa (jogo onde os participantes colocam uma bala em uma das câmaras de um revólver. O tambor do revólver é girado e fechado, de modo a que localização da bala seja desconhecida. Os participantes apontam o revólver para suas cabeças e atiram, correndo o risco da provável morte caso a bala esteja na câmara engatilhada). A vítima chegou a mudar de cidade para fugir do suspeito, mas ele continuou com a perseguição.
A outra prisão foi a de Diego Leonel Fernandes, de 30 anos. Segundo o delegado de Apucarana, José Aparecido Jacovós, o preso é acusado de assassinar a companheira de 46 anos com um espeto de churrasco e ter ainda enrolado a cabeça da vítima com fita crepe. O homem ainda tentou esconder o corpo da mulher. O crime teria sido motivado supostamente por uma ameaça, já que a vítima teria ameaçado revelar à polícia que Fernandes era o autor de um homicídio de um traficante rival. O acusado já foi julgado e condenado a 15 anos de prisão. Ele fugiu da cadeia e estava foragido, sendo novamente capturado.

Comente aqui