Música



CJ Ramone fará show histórico em Maringá

O lendário CJ Ramone, ex-baixista da Banda Ramones, confirmou turnê pelo Brasil. Entre as dez cidades que vão receber o show está Maringá, no dia 19 de novembro, no Polo Club, a partir das 18 horas. Para completar o sucesso da apresentação, o renomado Jiro Okabe, presidente da gravadora Mosrite Americana, é presença confirmada como special guest do evento.
Nesta nova passagem ao Brasil, o músico CJ Ramone apresentará canções do álbum “American Beaty”, do histórico DVD “Havanna GoGo”, gravado em Cuba, músicas clássicas dos Ramones, além de excelentes composições dos primeiros álbuns solo “Reconquista” e “Last Chance to Dance”.
No show, o produtor e baixista Jiro Okabe vai lançar oficialmente o novo álbum “My Revolution”, ao lado de Richard Griffin (bateria) e Alex Kne (vocal/guitarra).
A diretora artística da GMC Eventos, Jany Lima, ressalta que o show será inesquecível e um grande presente para Maringá. “O CJ foi baixista da maior banda de punk rock da história. Ele fará apenas 10 shows na turnê brasileira e a nossa cidade foi uma das escolhidas para essa mega apresentação”.

CJ Ramone
Christopher Joseph Ward, o CJ Ramone, é um músico americano e ex-baixista do grupo punk rock Ramones, onde ficou de 1989 a 1996, substituindo Dee Dee, outro lendário baixista. Johnny Ramone afirma ter encontrado a pessoa certa para a substituição, até porque CJ mantinha a banda ainda mais jovem.
O primeiro show de CJ com os Ramones foi em 30 de setembro de 1989 na Inglaterra e seu último show com a banda foi dia 6 de agosto de 1996. CJ é um verdadeiro apaixonado pelos seus fãs brasileiros, sem contar que é ativo com a comunidade autista devido ao autismo de seu filho. Nas horas vagas, é voluntário como professor na Escola de Rock Farmingdale, em Nova York.

Ingressos
Para aqueles que não querem perder esse show histórico, os ingressos podem ser adquiridos no térreo do Edifício Três Marias, avenida Getulio Vargas nº266.
Pista
1º Lote – Meia R$ 50,00 + R$ 5,00 de taxa / Solidário R$ 50,00 + R$ 5,00 de taxa
Camarote
1º Lote – Meia R$ 100,00 + R$ 5,00 de taxa / Solidário R$ 100,00 + R$ 5,00 de taxa

Serviço
O evento é uma realização da GMC Eventos, promoção da Rádio MIX Maringá.
Data: 19/11/2017
Local: Polo Club (Avenida Tiradentes, 149)
Horários: Início aproximado do show às 20 horas
Censura: 18 anos
Tags: #CJRamone #CJemMaringá #ExRamones #punkrock #turnênoBrasil #GMCEventos

Comente aqui


Fernando & Sorocaba e Mariana Fagundes na Barraca Universitária, hoje (7)


O sábado (6) foi de muita diversão para quem prestigiou a Barraca Universitária (BU). O show da dupla sul mato-grossense Munhoz & Mariano lotou o espaço de quase 4 mil metros quadrados que fica dentro do Parque de Exposições de Maringá. Jean & Julio e Mariana & Mateus também se apresentaram e agitaram o público.
Mariano destacou que estava feliz em participar da Barraca Universitária. “Temos um carinho grande por essa cidade e muitos amigos maringaenses. Eu amo Maringá e é uma honra poder estar aqui e receber esse carinho do público. Agradeço mais uma vez a Barraca Universitária pela confiança em nós”.
Em diversas canções, Munhoz & Mariano interagiram com o público, descendo do palco, tirando selfies e também convidaram duas pessoas para dançarem junto com eles. Sucessos como Box de Chuveiro, A Bela e a Fera, Pantera Cor de Rosa, e Seu Bombeiro foram as que mais animaram a BU.
A administradora de empresas, Joseli Peicher, prestigiou o show e destacou as melhorias que a Barraca Universitária apresentou neste ano. “Fiquei surpresa com a organização desse ano e com a nova estrutura. É nítida a evolução da Barraca Universitária e como se tornou uma balada de qualidade e referência para as demais. Os shows de hoje foram ótimos e pretendo vir nos próximos”.

HOJE, DOMINGO
Quem vai animar a BU neste domingo (7) é a dupla Fernando & Sorocaba com as músicas  É Tenso, Bobeira Pra Ver, Tô Passando Mal, além de canções mais românticas como Madri e Anjo de Cabelos Longos. A cantora  Mariana Fagundes também estará na BU cantando os sucessos É só me chamar, Só você não vê, Judia e muito mais. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente nos pontos de venda oficiais que são: Maringá FM, Posto Digo´s, Farmácia São Paulo, Academia Muscle World, Feitep Faculdade de Engenharias e Arquitetura e Auto Escola Universo.

Comente aqui


Barraca Universitária começa no dia 4 de maio


Considerada a melhor festa universitária do sul do Brasil, a Barraca Universitária (BU) acontecerá em oito das onze noites durante a Expoingá, que começa no dia 4 de maio e promete ser um grande sucesso. Este ano, uma NOVA Barraca Universitária será apresentada pelo Grupo Maringá de Comunicação. O evento está na 18ª edição. Além dos excelentes shows programados, uma estrutura com quase 4 mil metros quadrados marca o novo projeto arquitetônico da BU.
“Trabalhamos um projeto arquitetônico que envolve a apresentação da nova fase da Barraca Universitária. O serviço oferecido dentro da nossa estrutura foi cuidadosamente pensado para melhor atender o público, que encontrará espaços diferenciados. Além dos investimentos na produção artística, teremos shows sensacionais”, afirma a diretora artística do GMC, Jany Lima.
SHOWS!
A programação da Barraca Universitária começará no dia 4 de maio, com os shows Naiara Azevedo, May & Karen e Vitor Maia. No dia 5 será a vez de Inimigos da HP e Antony & Gabriel; dia 6, Munhoz & Mariano, Jean & Júlio, Mariana & Mateus; dia 7, Fernando & Sorocaba e Mariana Fagundes; dia 10, Zé Neto & Cristiano e Kleo Dibah & Rafael; dia 11 será a noite das “coleguinhas” Simone e Simaria; dia 12, Valesca Popozuda, Higor Rocha e MC Guime; e, no dia 13 de maio, show de Jads & Jadson, Day & Lara e Rodrigo & Ravel.
Acompanhe mais informações no site e no facebook da Barraca.

Comente aqui


Cultura urbana, na praça: A arte que vem dos movimentos populares


A cultura urbana ganhou novo espaço em Maringá, com Adriano Bacurau, na Juventude, e o apoio nas demais secretarias, como Mulher, Igualdade e Idoso, Cultura, Educação e Esportes. Na foto, lado do Adriano, a professora Rosângela Panucci, diretora da Semulher, e Salete (fico devendo um nome…).
A 1ª Mostra de Arte de Rua, realizada hoje, teve música, dança e fotografia.
Cultura é fundamental para os jovens, de todas as idades. A cultura urbana, que nasce na cidade, nas mais diversas comunidades, sempre tem muita realidade, emoção e sentimento, de quem vive a cidade nas suas veias mais populares, cheias de sonhos, lutas e teimosia, garra, vontade e resiliência.
Gosto dessa abertura a coisas novas, a expressões legítimas que as vezes incomodam. Mas são elas que nos colocam de cara com o que a maioria da população sente e vivencia. Temos que aprender, muito, com a cultura urbana.

Comente aqui


Barraca Universitária movimenta economia local


Considerada a maior festa sertaneja do sul do país, Barraca Universitária atrai público de diferentes idades e fomenta vários setores da economia.

A Barraca Universitária, que ocorre em oito das onze noites da Expoingá, tem seu público fidelizado, a juventude universitária. Mas, de acordo com pesquisa realizada na edição de 2016, o perfil dos frequentadores da BU é bem mais amplo. Com formato consolidado e o alto investimento nas produções artísticas, a Barraca Universitária, que está em sua 18ª edição, tem atraído pessoas de todas as idades de Maringá e Região Metropolitana.

Este sucesso de público nas noites da Barraca Universitária reflete em diversos setores da economia, dentro da Feira, com a utilização do estacionamento e praça de alimentação, por exemplo, mas também na economia local, aumentando a demanda dos salões de beleza, lojas e hospedagens. Além dos próprios artistas e sua equipe, hotéis de Maringá recebem também pessoas que vem da região e optam por pernoitar.

O presidente do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Dirceu Gambini destaca o potencial turístico de Maringá impulsionada pelos eventos. “Maringá tem atraído pessoas de várias partes do Estado e fora dele, o que movimenta os setores de nossa economia. Nesse contexto, a Barraca Universitária, que há anos já faz parte do calendário de eventos local, contribui e de forma muito significativa, fomentando a geração de negócios para empresas do trade turístico local, concentra visitantes que também acabam utilizando outros serviços como transporte e por vezes meios de hospedagem, e consolida a cidade como destino de eventos. Ou seja, a Barraca Universitária é boa para a população se divertir e igualmente positivas para nossa economia”,

De acordo com a pesquisa realizada pelo Grupo Maringá de Comunicação (GMC) o maior público da Barraca Universitária está inserido na faixa etária de 26 a 35 anos, mostrando que, apesar do nome “Universitária”, seu público não é somente de jovens estudantes. “Investimos na pesquisa para saber mais sobre o público frequentador do nosso evento. Queremos receber bem a todos. Em cima de dados é que podemos saber quem são, de onde vem e o que eles esperam da Barraca Universitária. E, o mais interessante foi descobrir que adultos e os casais também procuram a BU como forma de entretenimento. O nosso objetivo é oferecer bons shows num espaço moderno e seguro”, destaca a produtora artística do GMC, Jany Lima.

A pesquisa mostrou ainda que há um equilíbrio entre o público masculino e feminino. A idade dos frequentadores é a partir dos 18 anos, chegando até mais que 45 anos. A grande maioria é de Maringá, mas, uma média de 35% do frequentadores vem da região. Há também um equilíbrio pelo gosto de camarote ou pista. A Barraca Universitária de 2017, que apresenta um projeto arquitetônico de quase 4 mil metros quadrados, oferecerá mais opções de setores, a novidade é resultado da amostra da pesquisa.

Sobre o fomento da economia, a pesquisa mostra que 50% do público comprou alguma peça de roupa para estrear na BU e que mais de 40% se alimentou dentro da Expoingá para depois entrar na Barraca Universitária onde o consumo maior é de bebida.

Os shows da Barraca Universitária ocorrerão entre os dias 4 e 13 de maio, durante a Expoingá. Neste ano, a GMC Eventos apresenta uma nova Barraca Universitária, que foi reformulada e planejada para oferecer boas noites de entretenimento ao público. No total, serão 18 shows divididos em oito noites.

A primeira noite da Barraca Universitária, no dia 4 de maio, apresentará os shows de Naiara Azevedo, May & Karen e Vitor Maia. No dia 5 será a vez de Inimigos da HP e Antony & Gabriel animar a galera. Já no dia 6, Munhoz & Mariano, Jean & Júlio, Mariana & Mateus fazem a festa; dia 7, Fernando & Sorocaba e Mariana Fagundes; dia 10, Zé Neto & Cristianoe KleoDibah&Rafael; dia 11 será a noite das “coleguinhas” Simone e Simaria; dia 12, ValescaPopozuda, Higor Rocha e MC Guime; e, para encerrar com chave de outro, no dia 13 de maio, show de Jads&Jadson, Day & Lara e Rodrigo & Ravel.

As apresentações começarão sempre por volta das 23 horas e os preços dos ingressos antecipados variam de R$ 25,00 a R$ 95,00 por noite, dependendo da área escolhida. A BU oferece também opção de passaporte para todas as noites. Os pontos de venda oficiais são a Maringá FM, Posto Digo´s, Farmácia São Paulo, Academia Muscle World, Feitep Faculdade de Engenharias e Arquitetura e Auto Escola Universo. Mais informações estão disponíveis no site oficial www.barracauniversitaria.com.br.

*Foto: Divulgação

Comente aqui


Sábado tem o 9º Disco Clube de Maringá, no SESC

O Disco Clube de Maringá nasceu em agosto de 2015 com o objetivo de popularizar as feiras de LPs (Long Play), CDs (Compact Disc), DVDs e de tudo que for relacionado a esta cultura, como camisetas, quadros e aparelhos de som, seguindo a tendência que acontece mundialmente há vários anos.

Foram realizadas oito feiras no Sesc Maringá, com grande repercussão e sucesso de público, em todas edições. E agora, sábado, dia 11 de fevereiro, será realizada a 9ª edição, no Sesc Maringá, das 10 às 18 horas.

Quatro colecionadores da cidade, Eduardo Lemos, Robespierre Tosatti, Eddy Lust e Silvio Ramos, se uniram para administrar o Disco Clube de Maringá. No projeto, são bem-vindos também expositores convidados e não pertencentes efetivamente ao grupo e a visitantes que desejam vender ou trocar discos de suas coleções.

Organizado por um grupo que há muito tempo se dedica ao ramo de discos, o evento oferecer uma enorme variedade de títulos de álbuns nas mais diversas linhas do rock, pop, jazz, blues e da música brasileira. Além dos diversos gêneros e estilos de música, outra característica do Clube são as muitas opções de preços, inclusive com a grande novidade do disco de vinil com valor promocional. Isso proporciona aos jovens a entrada no mundo dos LPs.

Uma das novidades do Disco Clube tem sido os shows de encerramento com início às 17 horas. A atração desta edição será a banda Azulejo de Vênus, power trio com influências de Blues Rock e Rock Psicodélico na linha de Jimi Hendrix e Grand Funk Railroad. Apresentarão seu projeto autoral com músicas cantadas em português que serão lançadas em seu próximo EP.

Imperdível esta grande festa, feita sob medida para quem ama a música em suas várias formas.

Site Disco Clube 

Grupo no Facebook

Comente aqui


Corona Kings

untitled

Caique Fermentão, Felipe Queiroz, Antonio Fermenton, Endrigo Bortoloto e Leonardo Visioli formam a banda Corona Kings, com repertório próprio muito bom.

No sábado, agora, às 23 horas, estarão no MPB Bar, em Maringá, apresentando músicas de Foo Fighters.
Como eles mesmo garantem, “sábado vai ser doido”!

1 Comentário
 

Porque hoje é sábado

*Porque hoje é sábado faz 100 anos que nasceu no Rio de Janeiro um gênio das letras e da vida.
Vinicius de Moraes viveu muito e escreveu um pouco… bebeu um pouquinho mais, talvez, nos sábados (e quem sabe em outros dias também…).
Viveu cada dia com uma atualidade impressionante. Sabia inovar e se readaptar às coisas que aconteciam como poucos.
Celebrar o centenário de Vinicius, que conheci anda criança, adolescente talvez, me assusta. Não pode ter passado tanto tempo!
Também me alegra. Há coisas que não são atingidas pelo tempo. Como a arte, os sentimentos, os gênios, os sábados…
Os sábados! Fazem parte da minha vida de forma sagrada, profunda, eterna. Mesmo que vocês não entendam e que não seja possível explicar, aproveitem, exultem, sintam, vivam, muito, porque hoje é sábado.

Dia Da Criação
Vinicius de Moraes

I

Hoje é sábado, amanhã é domingo
A vida vem em ondas, como o mar
Os bondes andam em cima dos trilhos
E Nosso Senhor Jesus Cristo morreu na Cruz para nos salvar.

Hoje é sábado, amanhã é domingo
Não há nada como o tempo para passar
Foi muita bondade de Nosso Senhor Jesus Cristo
Mas por via das dúvidas livrai-nos meu Deus de todo mal.

Hoje é sábado, amanhã é domingo
Amanhã não gosta de ver ninguém bem
Hoje é que é o dia do presente
O dia é sábado.

Impossível fugir a essa dura realidade
Neste momento todos os bares estão repletos de homens vazios
Todos os namorados estão de mãos entrelaçadas
Todos os maridos estão funcionando regularmente
Todas as mulheres estão atentas
Porque hoje é sábado.

II

Neste momento há um casamento
Porque hoje é sábado.
Há um divórcio e um violamento
Porque hoje é sábado.
Há um homem rico que se mata
Porque hoje é sábado.
Há um incesto e uma regata
Porque hoje é sábado.
Há um espetáculo de gala
Porque hoje é sábado.
Há uma mulher que apanha e cala
Porque hoje é sábado.
Há um renovar-se de esperanças
Porque hoje é sábado.
Há uma profunda discordância
Porque hoje é sábado.
Há um sedutor que tomba morto
Porque hoje é sábado.
Há um grande espírito de porco
Porque hoje é sábado.
Há uma mulher que vira homem
Porque hoje é sábado.
Há criancinhas que não comem
Porque hoje é sábado.
Há um piquenique de políticos
Porque hoje é sábado.
Há um grande acréscimo de sífilis
Porque hoje é sábado.
Há um ariano e uma mulata
Porque hoje é sábado.
Há um tensão inusitada
Porque hoje é sábado.
Há adolescências seminuas
Porque hoje é sábado.
Há um vampiro pelas ruas
Porque hoje é sábado.
Há um grande aumento no consumo
Porque hoje é sábado.
Há um noivo louco de ciúmes
Porque hoje é sábado.
Há um garden-party na cadeia
Porque hoje é sábado.
Há uma impassível lua cheia
Porque hoje é sábado.
Há damas de todas as classes
Porque hoje é sábado.
Umas difíceis, outras fáceis
Porque hoje é sábado.
Há um beber e um dar sem conta
Porque hoje é sábado.
Há uma infeliz que vai de tonta
Porque hoje é sábado.
Há um padre passeando à paisana
Porque hoje é sábado.
Há um frenesi de dar banana
Porque hoje é sábado.
Há a sensação angustiante
Porque hoje é sábado.
De uma mulher dentro de um homem
Porque hoje é sábado.
Há a comemoração fantástica
Porque hoje é sábado.
Da primeira cirurgia plástica
Porque hoje é sábado.
E dando os trâmites por findos
Porque hoje é sábado.
Há a perspectiva do domingo
Porque hoje é sábado.

III

Por todas essas razões deverias ter sido riscado do Livro das Origens, ó Sexto Dia da Criação.
De fato, depois da Ouverture do Fiat e da divisão de luzes e trevas
E depois, da separação das águas, e depois, da fecundação da terra
E depois, da gênese dos peixes e das aves e dos animais da terra
Melhor fora que o Senhor das Esferas tivesse descansado.
Na verdade, o homem não era necessário
Nem tu, mulher, ser vegetal dona do abismo, que queres como as plantas, imovelmente e nunca saciada
Tu que carregas no meio de ti o vórtice supremo da paixão.
Mal procedeu o Senhor em não descansar durante os dois últimos dias
Trinta séculos lutou a humanidade pela semana inglesa
Descansasse o Senhor e simplesmente não existiríamos
Seríamos talvez pólos infinitamente pequenos de partículas cósmicas em queda invisível na terra.
Não viveríamos da degola dos animais e da asfixia dos peixes
Não seríamos paridos em dor nem suaríamos o pão nosso de cada dia
Não sofreríamos males de amor nem desejaríamos a mulher do próximo
Não teríamos escola, serviço militar, casamento civil, imposto sobre a renda e missa de sétimo dia,
Seria a indizível beleza e harmonia do plano verde das terras e das águas em núpcias
A paz e o poder maior das plantas e dos astros em colóquio
A pureza maior do instinto dos peixes, das aves e dos animais em cópula.
Ao revés, precisamos ser lógicos, freqüentemente dogmáticos
Precisamos encarar o problema das colocações morais e estéticas
Ser sociais, cultivar hábitos, rir sem vontade e até praticar amor sem vontade
Tudo isso porque o Senhor cismou em não descansar no Sexto Dia e sim no Sétimo
E para não ficar com as vastas mãos abanando
Resolveu fazer o homem à sua imagem e semelhança
Possivelmente, isto é, muito provavelmente
Porque era sábado.

Comente aqui


Paraná FM: gostei do projeto

www.parana.fm

www.parana.fm

O projeto Paraná FM – PRFM – é a nova rede de música paranaense. Conheça artistas de todo o Paraná, você escolhe os melhores! Curta e compartilhe! www.parana.fm #ParanaFM

O QUE É?
Paraná FM é um projeto musical promovido pela Rádio e TV Educativa do Paraná (éParaná) e Governo do Paraná com o objetivo de estimular a produção musical paranaense, descobrindo e premiando novos talentos artísticos.

PARTICIPE
A participação é gratuita e aberta a todas as pessoas físicas residentes e domiciliadas no Estado do Paraná.
Os artistas podem cadastrar suas músicas e vídeos dentro dos seguintes estilos musicais: Rock/Pop, MPB, Sertanejo, Eletrônica e Hip Hop

SUA PÁGINA
Cada artista conta com uma página própria contendo suas músicas, fotos, vídeos, atividades e links para suas mídias sociais. Estes conteúdos são disponibilizados ao público da rede de modo que possam curtir e compartilhá-los com seus amigos.

Comente aqui