SASC



Abordagem aos moradores de rua

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc) intensificou as ações de abordagem de pessoas em situação de rua triplicando o número de equipes. Na noite de ontem, cerca de 50 pessoas foram atendidas pelo Serviço de Abordagem Social, sendo que 26 foram encaminhadas para o Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop). Os moradores que recusaram o encaminhamento receberam cobertores. O serviço de abordagem atende 24 horas e quando as temperaturas aproximam dos 10° graus as ações são intensificadas durante a noite, com maior número de equipes trabalhando na rua até as duas horas da manhã e uma equipe de plantão após esse horário. O Centro Pop oferece as pessoas em situação de rua banho, alimentação e roupas. Após esse atendimento, os moradores são cadastrados, recebendo atendimento aprofundado com profissionais das áreas de assistência social e psicologia. Também são oferecidos atendimentos especializados como contato com familiares, comunidades terapêuticas, abrigamento e serviços intersetorial e socioassistencial. Além das ações da Sasc, o Provopar de Maringá, por meio da Campanha do Agasalho, disponibiliza dezenas de pontos fixos de arrecadação de roupas, cobertores e calçados, que são recolhidas e encaminhadas para entidades assistenciais, de forma que a demanda seja atendida no decorrer de toda a campanha. A campanha, lançada no dia 18 de maio, segue até o dia 31 de julho.
O Albergue Santa Luíza de Marillac também iniciou campanha de arrecadação de leite e pó de café, devido o aumento do consumo nos dias de frio. No mês de junho deste ano foram servidos 2.254 cafés da manhã. A direção do local também pede doações de toalhas de banho. O albergue atende todos os dias das 17 às 19 horas para banho e entregue kit de higiene pessoal para cada acolhido. As doações podem ser levadas a qualquer horário do dia. O Albergue Santa Luíza de Marillac fica na rua Fernão Dias, 840. Telefone 044 4001 14 00.

Comente aqui


Conferência

Com o tema “Garantia de Direitos no Fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS)”, a 11ª Conferência Municipal de Assistência Social discutirá as deliberações e diretrizes para melhorias no âmbito de assistência social do município. O evento ocorre nesta quarta-feira, 19, às 8h30, no Auditório Dona Etelvina, bloco 7, da Unicesumar, localizada na avenida Guedner, 1610, Jardim Aclimação.
O objetivo é articular com o Sistema Único de Assistência Social (SUAS), governo e comunidade, a avaliação e construção de necessidades e demandas dos usuários da assistência social e seus direitos. O evento é promovido pela Prefeitura, por meio do Conselho Municipal de Assistência Social (Comas), em parceria com a Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc).

Comente aqui


Realocados

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc) realocou, no final de semana, índios que estavam acampados às margens da avenida Horácio Racanello, nas proximidades do terminal rodoviário. O grupo, formado por cerca de 40 pessoas, entre crianças, adultos e idosos, está em abrigo no Parque Residencial Aeroporto. A Secretaria de Serviços Públicos realiza os serviços de jardinagem, hidráulica e elétrica do novo local que será convertido numa “casa de passagem”, dando condições adequadas para os indígenas se abrigarem quando estiverem na cidade.
O deslocamento de grupos indígenas para Maringá e outras cidades da região não é fenômeno recente. Há anos que índios saem de suas reservas para comercializar artesanato. Geralmente os índios que chegam ao município vêm da aldeia caigangue de Manoel Ribas, localizada a 160 km de Maringá, formada por cerca de 2 mil índios, entre eles 700 crianças.
O secretário de Assistência Social e Cidadania, Ederlei Alkamin, reforça que o deslocamento foi pactuado com líderes indígenas do grupo que aprovaram o local e destaca a necessidade de prestar atendimento que ofereça dignidade, conforto e segurança.

Comente aqui


Rua Solidária

A Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc), lançou hoje, 12, o Programa Rua Solidária. O programa oferece cadastro especial a pessoas em situação de rua, assegurando o acesso mais rápido a ações educativas e inclusão em programas sociais. O lançamento ocorreu na rua Fernão Dias, próximo ao Centro Pop e ao Albergue Santa Luzia de Marillac, com a presença do secretário de Assistência Social, Ederlei Alkamin, diretores e equipes de secretarias municipais.
“É uma nova proposta de trabalho da Sasc, juntamente com as demais secretarias para que possamos acolher as pessoas em situação de rua, e oferecer atividades ocupacionais, bem como, a reinserção delas na sociedade. As ações do programa serão contínuas e também atenderá outras ruas de Maringá. Essa semana vamos nos concentrar em atividades na rua Fernão Dias”, destacou o secretário da Sasc, Ederlei Alkamin.

Comente aqui


Conferência debate segurança alimentar e nutricional

alimentar

Será realizada nessa terça-feira, dia 23, a 3ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. O tema será “Comida de Verdade no Campo e na Cidade por Direitos e Soberania Alimentar”. O evento é realizado pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania (SASC) e Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA). A conferência será realizada das 13 às 17 horas, no Auditório Hélio Moreira.
Na programação, palestra dinâmica sobre o tema, ministrada pelo agrônomo da EMATER e membro da Comissão Regional de Segurança Alimentar e Nutricional (CORESAN), José Sérgio Righetti. Após os delegados da conferência se dividirão em três grupos de trabalho para discutir temas específicos e eleger propostas de políticas públicas de Segurança Alimentar e Nutricional para o município, Estado e União.
Os grupos terão as temáticas: “Comida de verdade: avanços e obstáculos para conquista da alimentação adequada e saudável e da soberania alimentar”; “Dinâmicas em curso, escolhas estratégicas e alcances da política pública”; “Fortalecimento do sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan)”.
A Conferência é a instância máxima de participação popular e tem por objetivo, além de estabelecer diretrizes para a execução da política no município, eleger 12 delegados titulares e 12 suplentes que representarão o município na etapa regional da Conferência.

Comente aqui


II Fórum: Crack, é Possível Vencer

II Fórum Municipal: Crack, é Possível Vencer! e VI Conferência Municipal de Políticas sobre Drogas, dias 17 e 18 de outubro, das 7h30 às 17 horas, no Auditório Dona Etelvina, Bloco 7 da Unicesumar.
Incrições ate o o dia 14 de outubro, na internet – AQUI ou pelo telefone (44) 3221-6417.
Organização do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas e Diretoria de Programas sobre Drogas/SASC.

Comente aqui
 

Na praça da Catedral

Silvio Barros, Rodrigo Guimarães Fernandes (diretor da TV Tibagi/Rede Massa) e Bernadete, na Praça da Catedral, prestigiando o Passeio Ciclístico de combate às drogas, organizado pelo Comitê Municipal de Combate às Drogas, com apoio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc), Secretaria de Saúde e Rede Massa.

Comente aqui


Carnaval sem drogas

A SASC em parceria com jovens da Igreja Bola de Neve e outras congregações, convida a todos que desejam participar do movimento de recuperação da Praça Raposo Tavares, no próximo sábado, dia 18, pela manhã.
Serão mais de 100 jovens de várias igrejas de Maringá, que estarão lavando, pintando, recuperando a praça e levando apoio espiritual e efetivo, as pessoas que frequentam aquele lugar para fazer uso de drogas, álcool ou prostituição.
A Igreja Católica, representada por Alex Chaves, e as igrejas evangélicas pelo pastor Célio Moreira, estarão de mãos dadas, sob a coordenação do secretário Ulisses Maia, dando início aos eventos do Carnaval sem Drogas.
Quem puder participar será bem-vindo. Uma ação humana e cristã em busca do convívio de todas as pessoas que desejam a volta da praça do seu jeito mais sadio e solidário.

Comente aqui


Sasc faz cursos profissionalizantes

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania de Maringá (Sasc) oferece mais de 40 cursos profissionalizantes para complementar a renda das famílias e oferecer oportunidades de emprego.
Ontem, sexta-feira (10), 78 alunos receberam certificados de conclusão dos cursos de atualização em maquiagem, uso básico do micro com Internet, técnicas de serviço de manicure e preparo de salgadinhos, feitos em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).
A Prefeitura de Maringá mantém contrato com o Senac, investindo mais de R$ 300 mil em cursos profissionalizantes, que atendem mais de mil pessoas cadastradas nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS).
A Sasc também mantém convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), proporcionando a oferta de qualificações para adolescentes em áreas ligadas à construção civil e costura industrial. O objetivo é criar oportunidades para evitar que os adolescentes vivam situações de risco social.
Oportunidades – A dona de casa Daniele Souza Andrade dos Santos (na foto recebendo os cumprimentos de Ulisses Maia) concluiu o curso de atualização em maquiagem e recebeu o certificado das mãos do secretário de Assistência Social, Ulisses Maia. “Estou muito contente por ter feito esse curso. Agora vou poder fazer uns ‘bicos’ para ajudar minha família”, contou.
O secretário explica que a promoção desses cursos faz parte da estratégia da Sasc em oferecer qualificação para que as pessoas melhorem de vida. “Entendemos que com a renda proveniente do próprio trabalho, as pessoas se sentem mais dignas. É uma oportunidade de deixar de depender somente do serviço e das ações sociais para passar a ser independente no próprio sustento”, concluiu Ulisses.

Comente aqui