UEM

 

DCE finaliza recepção aos calouros com eventos, nesta sexta-feira (23)

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) convida toda a comunidade de Maringá e região para participar do encerramento da recepção dos calouros calouras da Universidade Estadual Maringá (UEM). O evento, que acontecerá do dia 23 de março, sexta-feira, contará com apresentações culturais e stands das Empresas Juniores, Centros Acadêmicos, PETs, Feira de economia e solidária […]

2 Comentários


Coluna de terça-feira, dia 6 de fevereiro

UEM Decisão do reitor da UEM, Mauro Baesso, comunicada ontem, colocou fim ao impasse da universidade com o Estado. A folha de pagamento da UEM passará a integrar o sistema único de RH e Fazenda do Estado do Paraná. A decisão foi anunciada pela UEM e também pela vice-governadora, Cida Borghetti, que vinha se empenhando pelo consenso. O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, participou ontem à tarde, na ACIM, de reunião agendada pela UEM, para debater as necessidades da universidade.

UNIVERSIDADE 4.0 O prefeito Ulisses Maia, formado em Direito na UEM, não esconde seu carinho pela instituição e pensa em um projeto coletivo apoiado por Maringá e suas forças, em favor da universidade.

CAMPANHA SALARIAL Será hoje, 6 de fevereiro, às 18h30, na Câmara Municipal, assembleia geral do SISMMAR para apresentação aos servidores das reivindicações à Prefeitura.

PONTOS DEFINIDOS A reposição da inflação e melhorias no vale-alimentação, como fim de descontos para funcionários em férias). Também será apresentado percentual de ganho real.

PRESIDENTE Analistas acreditam que os eleitores tenderão a escolher candidatos alinhados com políticas econômicas de resultado, que estão ajudando a recuperar a economia.

RISCOS Eles acreditam que candidatos com política econômica indefinida e nos extremos, à direita ou esquerda, terão mais dificuldades. Esperar para conferir.

PTB A bancada federal petebista faz hoje uma reunião para debater a situação da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ). Há um enorme desconforto, que tem aumentado muito na última semana.

OUTRO NOME Na reunião os deputados do PTB devem pressionar a direção do partido para indicar outro nome para o Ministério do Trabalho. Não vai ser fácil. Papai Roberto Jefferson não vai gostar.

EAD Foi um grande sucesso o lançamento do EAD da Uningá, no sábado pela manhã.

ANIVERSARIO A Maringá FM festejou os seus 37 anos com um show histórico. Boa notícia para o Provopar, que receberá parte da renda para projetos de responsabilidade social.

NOVO ESTAR A informação é do prefeito Ulisses Maia: Maringá terá um novo EstaR, com aplicativo. O sistema será informatizado e também haverá a continuidade dos servidores, com venda de cartões.

RADARES MÓVEIS Maringá terá quatro radares móveis. Eles serão utilizados com sinalização diferenciada, avisando os motoristas da fiscalização.

LEI A fiscalização móvel foi estabelecida por projeto de lei do vereador Sidnei Telles (PSD), publicada no Diário Oficial de Maringá no dia 1º de fevereiro.

40 RADARES Maringá terá 40 radares fixos, instalados em janeiro. O Ipem – Instituto de Pesos e Medidas – está fazendo a aferição de cada um deles.

COMEÇO Os testes com os radares devem terminar no dia 9, próxima sexta-feira. Os radares começarão a funcionar após o Carnaval.

 

MUNICÍPIOS

CASSAÇÃO Ontem, a Câmara Municipal de Loanda teve na pauta a abertura do processo de cassação do vereador Bruno Peres, o Perereca, do Solidariedade. O vereador foi denunciado por ato incompatível e quebra de decoro.

CHAPEU ALHEIO O processo foi aberto após o parlamentar postar em rede social a atribuição de obras de pavimentação asfáltica no município como sendo projeto de sua autoria. O programa, porém, é do Governo Federal, do ano de 2015.

LÍDER O vereador Perereca é líder da administração do prefeito João Nicolau dos Santos (Sargento Santos).

SÃO CARLOS DO IVAI Rafael José (RJS Imagens Aéreas) me mandou o vídeo. Colocaram fogo, na madrugada de sábado, na Casa do Papai Noel, em São Carlos do Ivaí. Vandalismo inaceitável.

FLORAÍ Começou ontem à noite, no Centro Esportivo Jean Peres Carrilho Granzoti, o 1º Campeonato de Futebol Society. O centro esportivo de Floraí é excelente.

CONTAS REPROVADAS A reprovação de contas de um agente público pode levar à inelegibilidade. Mas a região tem prefeito que foi eleito mesmo com as contas rejeitadas pela Câmara.

 

FRASE “A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável.” Mahatma Gandhi

 

ÚLTIMA Um mau acordo é, na maioria das vezes, bem melhor do que uma boa briga.

1 Comentário


Salários dos servidores da UEM estão depositados

A informação é do governo do Paraná: os servidores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) estão recebendo os salários de janeiro nesta segunda-feira (05). Ao longo do dia, a Caixa Econômica Federal processou os créditos nas contas dos funcionários. A medida foi possível em razão de autorização encaminhada pela reitoria da instituição ao banco na manhã de hoje.
O documento, assinado pelo reitor Mauro Baesso, autoriza que, “a partir desta data”, os créditos da folha sejam “realizados direta e indiretamente pelo Estado do Paraná, por meio do Sistema Único de Recursos Humanos”. Os recursos já estavam liberados pelo governo desde o dia 30 de janeiro, mas faltava esse ofício para que pudessem ser depositados nas contas dos servidores.

LEGAL – O texto da informação oficial do governo continua: o Sistema Único de Recursos Humanos do Estado já faz a gestão da folha de pagamentos das demais universidades e órgãos públicos estaduais. A inclusão da UEM na plataforma atende preceitos legais, além de deliberações do Poder Judiciário e do Tribunal de Contas do Estado (TCE).
A previsão legal consta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, que determina que todos os órgãos e unidades da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo “deverão se integrar aos sistemas únicos de execução orçamentária e financeira e de processamento da folha de pagamento de pessoal”.
No início de janeiro, também entrou em operação o Sistema Integrado de Finanças Públicas do Estado (Novo Siaf). A plataforma só pode liberar recursos para a folha se o órgão estiver integrado com o sistema estadual de recursos humanos.

Comente aqui


UEM adere ao Sistema Único de RH do Estado

Reitor da UEM, Mauro Baesso, assinou a adesão da UEM ao sistema único de RH do Estado do Paraná

O reitor da UEM, Mauro Baesso, assinou documento aderindo ao sistema único de planejamento e fazenda do Estado do Paraná.
Com esta adesão o Estado realizará o pagamento da folha.
A vice-governadora anunciou em vídeo, há 30 minutos, a decisão da UEM. Escreveu em nota: “Feliz em anunciar a solução para o impasse em relação ao pagamento dos salários dos servidores da UEM. Com diálogo e boa vontade de ambas as partes construímos uma solução que prioriza a boa gestão dos recursos estaduais e o fortalecimento da entidade.”
A UEM realizará daqui a pouco a reunião que convocou. Contará com a presença do prefeito, Ulisses Maia, e lideranças convidadas. Sem dúvida o momento é oportuno para a discussão da universidade, do seu papel, das suas potencialidades e necessidades.

O vídeo está neste link:
https://www.facebook.com/cidaborghettioficial/videos/964251603726962/

7 Comentários


Recusa da UEM em aderir sistema estadual causa impasse

UEM pede socorro para uma situação que depende apenas da sua própria gestão

A UEM foi a única das universidades estaduais a resistir a adesão ao sistema META4, de planejamento e controle dos gastos do estado do Paraná. O controle foi estabelecido na Lei de Dirtrizes Orçamentárias (LDO) do Paraná, para 2018. Decisões judiciais também determinam que a UEM  atenda a legislação, inclusive com multa diária determinada ao reitor.
A UEM encaminhou convite, assinado por ela e incluindo o prefeito Ulisses Maia, para “uma reunião de emergência com o objetivo de discutir a greve situação em que a UEM se encontra”, nesta segunda-feira, dia 5, às 14 horas, na ACIM.
De fato a situação da UEM é grave. Caso não atenda a legislação e as decisões judiciais, ficará sem recursos, o que significa a impossibilidade de pagar os salários dos seus 4.133 funcionários. 95% dos recursos que recebe são para a folha de pagamento.
Problema maior é que o governo do Estado nada pode fazer. Caso descumpra a lei, estará incorrendo em irregularidade e trazendo para si a responsabilidade pela liberação de recursos.
O convite da universidade afirma que “Nosso patrimônio está em risco. A UEM pede socorro”. Sem dúvida isto é verdade. Resta estabelecer, com clareza, quem a colocou nesta situação.

Na coluna de hoje, escrevo também sobre a situação da UEM. Há muitas informações sobre supersalários, inclusive acima do teto constitucional, acúmulos de funções e outras.
A média salarial é de mais de R$ 11 mil, o que reforça a informação de salários elevados, tendo em vista que muitos funcionários recebem mensalmente valores bem menores.

2 Comentários


Coluna de domingo, dia 4 de fevereiro

SUGESTÕES Na semana passada o deputado federal Sérgio Souza lembrou que, como relator da CPI dos Fundos de Pensão, foi duro no fechamento do Relatório. Para ele esta foi uma CPI que não acabou em pizza e teve desdobramentos em várias operações da PF e MPF, como a Greenfield, que bloqueou R$ 8 bilhões, e a Pausare, que mirou suas ações no Postális.

CASCAVEL O deputado Ratinho Junior (PSD) visitou o Sindicato Rural de Cascavel. Recebeu uma pauta de reivindicações e sugestões.

SINAIS No discurso de entrega de recursos do ICMS para prefeitos, esta semana, o governador Beto Richa citou ao menos quatro vezes a vice, Cida Borghetti, em sua fala.

NACIONAL Osmar Dias fez uma visita ao presidente nacional do PSB. Continuam as especulações sobre a sua permanência ou saída do PDT.

BATISTA RENOVADA O pastor Sandro Martins realiza hoje, às 9 horas, na Igreja Batista Renovada, uma grande reunião, com a presença de centenas de pastores.

ELOGIO Na sessão de quinta-feira o vereador Odair Fogueteiro elogiou, na tribuna, o trabalho voluntário que o médico Dr. Batista realiza.

PROJETO Fogueteiro apresentou um projeto de lei que permite o serviço voluntário de médicos, no município. Entrou na pauta, mas foi retirado por três sessões.

ITINERANTE Na terça-feira, das 17 às 20 horas, o Gabinete Itinerante do vereador Odair Fogueteiro estará na Praça de Todos os Santos, próximo ao teatro Reviver.

POLÊMICA A UEM bateu o pé e não aderiu ao sistema META4 do governo do Paraná. Com isto descumpre a LDO para 2018 e decisão judicial que penaliza o reitor, com multa diária.

ARGUMENTOS A UEM se ampara em decisão do Tribunal de Justiça de 1992, sobre autonomia. Ocorreu que em 2000 foi aprovada a lei 101, Lei de Responsabilidade Social.

DIFERENTE Acórdãos do STJ e STF, em 2011 e 2012, esclarecem que autonomia não é soberania.

FONTE De onde vem os recursos para a UEM? Do governo do estado. Ou seja, a UEM é custeada pelos impostos que os paranaenses pagam.

GESTÃO Com a legislação em vigor, feita para ajustar as contas do estado, se o governo do estado liberar os pagamentos para a UEM estará incorrendo em irregularidade.

NÚMEROS 95% do que a UEM recebe é para salários. São 4.133 funcionários, média salaria de R$ 11,3 mil. Há 40 servidores que recebem acima do teto constitucional, que é de R$ R$ 33,7 mil.

LIXO Os dados são da Funverde, de Maringá: No município estamos reciclando somente 1,5 toneladas, das 150 toneladas que poderiam ser recicladas, por dia.

VOLUME Maringá gera 400 toneladas de lixo por dia. Das 150 toneladas recicláveis, sobram 148,5 toneladas por dia, ou seja, 53,4 toneladas de material reciclável que é enterrado, por ano.

CONSCIENTIZAÇÃO Será preciso, em Maringá, além de um sistema de coleta seletiva amplo, campanhas de conscientização para separação do lixo orgânico do reciclável.

VALORES Além de pagar para enterrar, Maringá está enterrando cerca de R$ 35 milhões por ano de recicláveis, cálculos da Funverde.

CURSO A Sema-PR, por meio do consórcio EnvEx-Engebio, que elaborou o PERS/PR, realizará a 1ª Oficina Técnica Regional do Plano Estadual de Resíduos Sólidos do Paraná, na terça.

LOCAL Será na regional do CREA-PR, em Maringá, terça, dia 6, das 8h30 às 17h30. Inscrições no link: https://goo.gl/forms/F6p00XPa95dOb5Qy1

KIT ESCOLAR A entrega simbólica do kit escolar para 2018, agora incluindo tênis, será realizada na sexta-feira, dia 9 de fevereiro, às 9 horas, na Escola Municipal Professor José Marchesini.

 

MUNICÍPIOS

SARANDI Na sessão de amanhã, na Câmara de Sarandi, às 17h30, a primeira ordinária de 2018, estão na pauta a votação das contas dos exercícios de 2014 e 2015.

DESAPROVAÇÃO O parecer da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara de Sarandi é pela desaprovação das duas contas do então prefeito Carlos De Paula.

MARIALVA As comissões permanentes da Câmara de Marialva se reuniram na manhã de sexta-feira para definir a pauta da primeira sessão ordinária, que acontece amanhã, dia 5, às 19h30.

MANDAGUARI Com o tempo firme, a Secretaria de Urbanismo, Obras e Serviços Públicos de Mandaguari intensificou as operações tapa buracos, em vários pontos da cidade.

 

FRASE “Eu não sou teimoso. Teimoso são aqueles que teimam comigo”. Antonio Carlos Magalhães

 

ÚLTIMA Contra olho gordo se recomenda colírio dietético.

2 Comentários


Coluna de quarta-feira, dia 31 de janeiro

CURITIBA O vereador Do Carmo viajou ontem para Curitiba. Acompanhou o prefeito Ulisses Maia e o secretário de Fazenda, Orlando Chiqueto, em compromisso oficial com o governador Beto Richa. Também cumpriu agenda, na capital do estado. Alguns contatos foram políticos. Definições e mudanças pode vir por aí.

UEM A universidade de Maringá terminou sendo a única estadual do Paraná que não integrou os dados da sua folha ao sistema estadual (META4).

CURIOSIDADE Argumentos da UEM à parte, a recusa aguça curiosidades. Gente que busca dados garante que há pagamentos de salários e vantagens acima do teto constitucional.

LDO A utilização do sistema estadual (META4) pelos órgãos do governo do Estado está determinado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2018.

CORRIGINDO A nota de ontem sobre o Carlão, presidente do Podemos, saiu truncada e incorreta. Ele está internado na Santa Casa de Araçatuba, sem previsão de alta.

TELEFONEMAS O senador Alvaro Dias telefonou ontem para o Carlão, desejando melhoras. O presidente estadual do Podemos, Elizeu Chociai, também ligou.

ISRAEL A ligação de Alvaro Dias para Carlão foi feita de Israel. O senador está visitando a Terra Santa.

SANTO ANDRÉ Paulo Serra, prefeito de Santo André, autorizou o reajuste de valores na planta genérica, aumentando o IPTU em cerca de 75%. Mas ontem ele cancelou o aumento.

ARRECADAÇÃO O aumento previsto na arrecadação seria de 118%, totalizando R$ 581 milhões. Desde de 1998 os valores dos imóveis não eram atualizados.

SEM ATUALIZAÇÃO Desde 2001 a planta genérica de Londrina não era atualizada. Este ano foi. A grita é geral. Maringá também não atualiza os valores da planta há mais de 15 anos.

NACIONAL A Globo News, que ontem deu a notícia do recuo do prefeito de Santo André, noticiou que o reajuste do IPTU em Londrina foi, em média, de 700%.

FORA O vereador londrinense Estevão da Zona Sul não poderá integrar o Podemos por ter votado a favor da mudança dos valores da planta genérica de imóveis, em Londrina.

AGITADÍSSIMA No confronto entre os Legislativos, Londrina ganha de Maringá, em agitação, nesta legislatura. Mas o ano promete chuvas e trovoadas por aqui também, em 2018.

 

MUNICÍPIOS

UNIFLOR Miguel Pettenazzi foi prefeito de Uniflor por oito anos, nos dois mandatos de 2001 a 2008. Marcou a gestão por simplicidade, realizações e capacidade de liderar. Hoje, no seu aniversário, com certeza será muito lembrado em Uniflor e na região.

SARANDI Garbúggio é o único nome sarandiense disposto a concorrer por uma cadeira à câmara federal. Em 2016, ele recebeu 17.067 votos como vice da chapa Para Sarandi Avançar, composta também pelo empresário Conrado Ferri.

SARANDI O deputado federal Edmar Arruda esteve no Hospital Metropolitano, em Sarandi, para conhecer os investimentos realizados no centro cirúrgico.

RECURSOS Equipamentos multiparamétricos foram recentemente adquiridos com R$ 300 mil em recurso viabilizado pelo parlamentar. A unidade atende, em média, 3 mil pessoas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), todos os meses.

 

FRASE “Pense o quiser, você tem que viver com os seus pensamentos.” Frase da cultura Apache.

 

ÚLTIMA Amigo reclamando: Todos me odeiam porque acham que sou paranoico.

 

1 Comentário


A UEM e o META4

Os argumentos estão colocados pela UEM para não entregar seus dados ao sistema de gestão da folha de pagamento dos salários dos servidores do Estado. São muitos, aliás, porém insuficientes para impedir que esta recusa levante, no mínimo, curiosidade.
Há informações de que em rápida consulta ao site da universidade é possível encontrar mais cerca de duas centenas de servidores que recebem salários e outras vantagens acima do teto constitucional. Haveria acúmulos de cargos de professor e agente universitário. Será mesmo?
Uma das situações encontradas e não esclarecidas é de servidores que acumulam salários com pensões. Em dezembro, um professor teria recebido mais de R$ 45 mil de salários, mais R$ 15 mil de uma pensão e mais R$ 19 mil de outra pensão. Este professor, no caso, teria recebido quase R$ 80 mil entre salários e duas pensões.
Na verdade existe uma grande torcida para que isto seja algum equívoco. A explicação definitiva poderia vir com adesão ao sistema Meta-4, como todas as demais universidades fizeram.

4 Comentários


Meta4: Justiça estabelece multa para reitores da UEL e UEM

O juiz Jailton Juan Carlos Tontini, da 3ª Vara da Fazenda Pública, estabeleceu multa de diária de R$ 500,00 para os reitores Mauro Baesso, da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e Berenice Jordão, da Universidade Estadual de Londrina (UEL), pelo descumprimento de ordem judicial anterior, que impunha aos gestores o repasse de informações da folha de pagamento das instituições ao sistema de gestão de recursos humanos do Estado (RH – Meta4).
“A imposição da multa deve ser na pessoa do Magnífico Reitor, e não da Universidade”, determina o despacho do juiz, “com o intuito de que, na hipótese de descumprimento, o patrimônio pessoal daqueles, e não desta, responda pela recalcitrância”. Tontini cita que a UEL cumpriu a medida judicial parcialmente e a UEM “simplesmente não cumpriu”.
“Assim, não resta outra alternativa ao Poder Judiciário que não adotar medidas a fim de que a tutela provisória seja cumprida, sendo absolutamente descabida a pretensão da Universidade Estadual de Maringá de que este Juízo candidamente a assista desrespeitar a ordem judicial”.

CD – A UEL entregou um CD onde afirma que estão todos os dados solicitados. Daí a consideração de cumprimento parcial da medida pela Universidade Estadual de Londrina.
A LDO 2018, no seu artigo 28 determina que “para cumprimento do disposto no § 6º do art. 48 da Lei de Responsabilidade Fiscal, todos os órgãos e unidades da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo, ressalvadas apenas as empresas estatais não dependentes, deverão se integrar aos sistemas únicos de execução orçamentária e financeira e de processamento da folha de pagamento de pessoal.”
O § 1º estabelece: “As empresas estatais não dependentes deverão informar a execução do Orçamento de Investimentos em módulo próprio do sistema único, nos termos de
regulamentação da Secretaria de Estado da Fazenda. Continua o § 2º: “O agente público que, por ação ou omissão, der causa ao descumprimento do disposto no § 6º do art. 48 da Lei de Responsabilidade Fiscal ficará sujeito às sanções previstas na Lei Federal nº 8.429, de 02 de junho de 1992 e na Lei Complementar Estadual nº 113, de 15 de dezembro de 2005.”

1 Comentário