Ulisses Maia



Coluna de hoje, quinta-feira, dia 18 de janeiro

SEGURANÇA O coronel Antonio Roberto dos Anjos Padilha, Cidadão Honorário de Maringá, deve assumir uma nova missão: coordenar a área de segurança, integrando a equipe da Prefeitura de Maringá. O projeto é audacioso, a começar pelo seu comandante, líder e especialista.

RESERVA O coronel Padilha entra para a reserva no próximo dia 22. Em seu lugar, no comando do 3º CRPM (Comando Regional de Polícia Militar) assumirá o coronel Antonio Carlos de Morais.

FIM DE JANEIRO O coronel Morais comandou o 2º BPM, em Jacarezinho, por quatro anos. A troca de comando no 3º CRPM deverá ser ainda em janeiro.

COLETIVA O governador Beto Richa e o secretário de Segurança, Wagner Mesquita de Oliveira, devem apresentar em coletiva os números da segurança do estado, em 2017. São bons.

HOMICÍDIOS Maringá teve 6,7 homicídios por 100 mil habitantes, o menor número em 10 anos. O Paraná também teve o menor número de homicídios em 10 anos.

FECHAMENTO Há uma expectativa quando aos números do fechamento das contas de 2017 do município de Maringá. Devem ser anunciados pelo prefeito Ulisses Maia, nos próximos dias.

EM LONDRINA O prefeito Ulisses Maia já está em Maringá. Chegou na madrugada de quarta-feira, em vôo turbulento, que desceu em Londrina. O susto no vôo foi grande.

BRINCADEIRA No whatsapp Ulisses brincou com amigos: “Quase que o Scabora fica prefeito definitivo”.

HORAS EXTRAS Um dos desafios da administração de Maringá para este ano será a redução e o gerenciamento das horas extras. O valor aumentou muito, no ano passado.

CONTRATAÇÕES Ontem à tarde a secretária de Educação, Valkiria Trindade; a gerente de Educação Infantil, Juliana Jorge, estiveram reunidas com o secretário de Fazenda, Orlando Chiqueto, e o secretário de Gestão, Alexis Kotsifas. Na pauta contratações para CMEIs.

DISPUTADO O sargento Fahur, pré-candidato a deputado federal, tem sido disputado por vários partidos. Mas ele ainda não decidiu.

TURISMO No dia 1º de fevereiro, a Paraná Turismo comemora 23 anos. Seu presidente, Jacó Gimennes assina artigo (que está no blog) onde fala dos avanços concretizados nos últimos anos.

MASTERPLAN Além de muitos produtos e serviços, a Paraná Turismo construiu o Masterplan Paraná Turístico 2026 – que propõe ao estado um status de Produtor de Turismo.

PROFISSIONALIZAÇÃO O projeto, para a próxima década, prevê Destinos Inteligentes, Alicerces Sustentáveis na Rede de IGR´s – Instâncias de Governança Regional, em 14 Regiões Turísticas.

 

MUNICÍPIOS

ESTADUAL O vice-prefeito de Jandaia do Sul, Cir Albieri (PDT) deverá ser candidato a deputado estadual. Ele recebeu a visita de Carlos Moraes, pré-candidato a deputado federal.

CONTATOS Carlos Moraes que é maringaense e hoje faz sucesso na televisão em Cascavel, no Oeste do Paraná, tem feito contatos em regiões onde tem amigos. Está entusiasmado com o incentivo à sua candidatura.

NA ÁREA O deputado estadual Evandro Araújo, do PSC, aproveita o começo do ano para trabalhar nas bases e planejar o ano. Ele se destaca na Assembleia entre os parlamentares no primeiro mandato.

ÂNGULO O governador Beto Richa liberou recursos para asfalto, um caminhão coletor e um carro para Educação, no município de Ângulo.

 

FRASE “Com a idade as certezas vão ficando um tanto duvidosas”. João Cabral de Melo Neto

 

ÚLTIMA Rugas são coisas do passado.

Comente aqui


Edson Scabora assume como prefeito em exercício

Ulisses Maia, Lindolfo Júnior e Edson Scabora

“É uma honra”, disse Edson Scabora ao assumir o cargo de prefeito durante as férias de Ulisses Maia, até o dia 19 de janeiro. A posse aconteceu ontem, às 10h30, e teve a presença de muitas autoridades, amigos, familiares e convidados.

Chamaram a atenção as palavras do prefeito Ulisses Maia, quando reafirmou a confiança no seu vice e deixou claro que ele tem carta branca para tomar as decisões necessárias, durante a sua interinidade.

7 Comentários


A coluna de hoje, sexta-feira, dia 22 de dezembro

MAIS R$ 8,6 MILHÕES Ontem, em Curitiba, logo após a assinatura do convênio com a Sanepar, no valor de R$ 56 milhões, o governo do Paraná liberou recursos para recuperação de 70 vias públicas. Recursos a fundo perdido. Na foto, assinam o convênio, o prefeito Ulisses Maia, a vice-governadora Cida Borghetti, acompanhados do secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho (Pepe), e dos vereadores Onivaldo Barris e Willian Gentil.

HOSPITAL DA CRIANÇA Hoje, às 9 horas o prefeito Ulisses Maia recebe, no Teatro Calil Haddad, a deputada estadual Maria Victória, a vice-governadora Cida Borghetti, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, para o anúncio oficial, na cidade, da conquista do Hospital da Criança de Maringá.

BOAS NOTÍCIAS Esta foi uma semana de excelentes notícias para Maringá: O Hospital da Criança, R$ 56milhões para saneamento, e R$ 8,6 milhões a fundo perdido para recuperação de asfalto.

UNIÃO DE FORÇAS A conquista de recursos é um trabalho conjunto, fundamental e necessário. A melhor parte, a mais importante: Estas conquistas beneficiam a todos.

NO PAÍS O Jornal da Globo mostrou na noite de quarta-feira a reportagem “gasto público com pessoal sufoca o orçamento e limita os investimentos”.

FALÊNCIA A reportagem mostrou que 86% dos municípios do Brasil estão em estado falimentar, sem condições de cumprir o seu papel básico com a população.

EXEMPLOS Três municípios foram destacados pela boa gestão, dentre eles, Maringá. O município conquistou respeito e alcançou números que o tornam referência, no Brasil.

DESAFIO Manter Maringá nesta condição é um desafio da administração municipal e dos maringaenses. A organização da sociedade de Maringá foi citada na reportagem.

PRÉ-CANDIDATO Aguinaldo do Posto preside a Rede de Sustentabilidade em Marialva e é pré-candidato a deputado estadual. Tem recebido importantes apoios.

LEITOR Ontem escrevi sobre o orçamento do Paraná, que será de R$ 59,7 bilhões, em 2018. O atento leitor Rodolfo Santos ligou para avisar que os percentuais para educação, saúde e segurança estavam errados.

RECURSOS VINCULADOS Realmente faltou explicar que os percentuais de 30% da educação e 12% para saúde se referem a receitas vinculadas. Não bate o percentual com o total do orçamento.

 

MUNICÍPIOS

MANDAGUARI O prefeito Romualdo Batistão e o vice, Ari Stroher, na foto com o deputado federal Alex Canziani, também estiveram ontem em Curitiba para a assinatura de convênios com a Sanepar. São R$ 21,5 milhões para ampliação de captação, no ribeirão Dourados.

MARIALVA A vereadora Josiane do Maurício (Progressista) esteve ontem em Maringá. Teve um ano com sucesso na sua atuação na Câmara e na comunidade.

CHEFs DO CAMPO Está circulando a revista que traz “Um festival de sabores”. Projeto da Cocamar, coordenado pelo no Marketing por Denise Rosa da Silva. A edição é de Rogério Recco.

SAÚDE O setor da Saúde em Marialva recebeu investimento de mais de R$ 22 milhões em 2017. A área passou por transformações significativas que melhoraram o atendimento.

SERVIÇOS Um neurologista está atendendo a 80 pacientes por mês. Foram contratados novos laboratórios, serviço de ultrassom e eletrocardiograma com laudo.

CLIMATIZADAS Todas as Unidades Básicas de Saúde de Marialva estão sendo climatizadas e está sendo implantado o sistema de prontuário eletrônico.

 

FRASE
“Não podemos prever o futuro, mas podemos criá-lo.” Peter Drucker

 

PARA LEMBRAR

A CASA DO PAPAI NOEL, instalada sob o palco central na Praça da Prefeitura, funcionará de segunda a sexta, das 8 às 11h30 e das 15 às 22 horas. Sábados e domingos, das 15 às 22h.

22 DE DEZEMBRO, hoje, às 9 horas, Teatro Calil Haddad. Assinatura do convênio para repasse de recursos para construção do Hospital da Criança de Maringá. Assinam Prefeitura de Maringá, Ministério da Saúde, Governo do Paraná e a Organização Mundial da Família.

 

ÚLTIMA
A união faz a força.

Comente aqui


Convênios com governo do Paraná garantem mais recursos para Maringá

Vídeo gravado agora há pouco, em Curitiba. O governador Beto Richa informa sobre os recursos liberados hoje para Maringá. Foram R$ 56 milhões para rede de esgoto, nos distritos de Iguatemi e Floriano, e mais R$ 8,6 milhões, a fundo perdido, para recuperação de 70 ruas da cidade, totalizando 42 quilômetros.

1 Comentário


Maringá recebe mais R$ 8,6 milhões, a fundo perdido

Prefeito Ulisses Maia recebe agora, às 11h30, mais 8,6 milhões a fundo perdido do Governo do Paraná

Hoje o prefeito de Maringá, Ulisses Maia, está em Curitiba, parar assinatura de convênio com a Sanepar, qiue somam R$ 56,5 milhões. A notícia melhor ainda é que às 11h30, o governador Beto Richa e a vice-governadora, Cida Borghetti, assinam o Convênio do Governo do PR/SEIL com a Prefeitura de Maringá, liberando R$ 8,6 milhões a fundo perdido para o município.
Os recursos são para recuperação de asfalto e melhoria de 70 ruas, totalizando 42,2 quilômetros.
A contrapartida do município será com os serviços de recuperação prévia do pavimento (remendos, preenchimento de buracos, recomposição da base, recuperação de meio-fios e sarjeta, recuperação de poços de visita, grelhas de boca de lobo e demais reparos localizados).
O prazo para execução é de 270 dias. A fiscalização será do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR).

1 Comentário
 

Coluna do dia 19 de dezembro, terça-feira, aniversário do Paraná

CONQUISTA Maringá terá hospital da criança com cerca de 160 leitos. Tudo começou com um pedido da UEM feito à deputada estadual Maria Victoria. O Hospital começou a tomar forma ontem, com a cessão de um terreno de 86 mil m² da União ao município. O prefeito Ulisses Maia assinou ontem o contrato de cessão do terreno, em reunião que aconteceu no gabinete da vice-governadora Cida Borghetti, tendo também a presença do secretário de Saúde Maringá, Jair Biatto, da deputada Maria Victória e do ministro da Saúde, Ricardo Barros. Grande conquista.

COM PREFEITOS O ministro da Saúde, Ricardo Barros, fez uma apresentação do trabalho desde maio de 2016, no Ministério. Muitas mudanças e resultados.

FIRMEZA Quem conhece sabe: Ricardo não tem medo de críticas e nem de cara de feia. Ser ministro da Saúde do Brasil não é tarefa fácil. Tem mais pepino que a Agricultura.

TERMINAL INTERMODAL Os vereadores que compuseram a CPI do Terminal Intermodal estiveram visitando as obras ontem.

MEMBROS A CPI foi presidida pelo vereador Sidnei Telles (PSD), engenheiro, tendo como relator o vereador Jean Marques (PV), e membro Alex Chaves (PHS).

INVESTIGAÇÃO Com base no relatório da CPI o promotor de Defesa do Patrimônio Público, Leonardo Vilhena, abriu investigação sobre a obra, em setembro.

DIFÍCIL Em entrevista o prefeito Ulisses Maia considerou 2017 o período mais difícil da sua administração, pois houve uma ruptura de 12 anos de governos que se sucederam.

HERANÇA Vale a pergunta: quantos prefeitos, no país, receberam uma Prefeitura com mais de R$ 300 milhões em caixa, 54 obras em andamento e superávit de R$ 150 milhões?

TRANSIÇÃO A queixa recorrente de que não houve transição no final de 2016 é contestada até por alguns assessores que fizeram parte da equipe do atual prefeito.

ATENDIDO O advogado Laércio Fondazzi coordenou a transição. Foi presença assídua e realizou várias reuniões na Prefeitura, sendo atendido nas suas solicitações.

TSE O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na manhã de ontem as resoluções que nortearão a campanha de 2018. O princípio da liberdade de expressão ficou bem claro.

ANIVERSÁRIO O Paraná completa hoje 164 anos da sua emancipação.
MUNICÍPIOS

13º SALÁRIO A Prefeitura de Marialva pagou na sexta-feira (15), a segunda parcela do décimo terceiro salário dos servidores e dos aposentados. Total de R$ 1,6 milhão.

EX-PREFEITOS Estiveram na inauguração do novo prédio do Cisamusep os ex-prefeitos de Santa Fé, Edson Palotta Netto (PSDB), e de Sarandi, Carlos De Paula, dentre outros.

NA ÁREA Ex-prefeito é para a vida toda… e alguns deles estão muito ativos.

SARANDI O empresário Aristides Mossambani, da Equitrator, fez no sábado a sua tradicional festa de confraternização de fim de ano.

PRESENÇAS Estiveram presentes o prefeito de Sarandi, Valter Volpato; de Ourizona, Rodrigo Amado; de Tuneiras do Oeste, Bóia; de Ariranha do Ivaí, Augusto Cicatto. O deputado federal Aliel Machado também passou por lá.

FLORAÍ A reunião dos prefeitos em Floraí teve a governadora em exercício, Cida Borghetti, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e os deputados Evandro Júnior (estadual) e Edmar Arruda (federal).

ORGANIZAÇÃO A reunião dos prefeitos, a inauguração do Centro Esportivo e os eventos de aniversário, comandados pelo prefeito Fausto Herradon, foram muito bem organizados.
FRASE
“A perseverança é a mãe da boa sorte”. Miguel de Cervantes

PARA LEMBRAR

A CASA DO PAPAI NOEL, instalada sob o palco central na Praça da Prefeitura, funcionará de segunda a sexta, das 8 às 11h30 e das 15 às 22 horas. Sábados e domingos, das 15 às 22h.

28 A 30 DE DEZEMBRO, 11ª Festflor, em Uniflor. A tradicional festa de rodeios é uma realização da Prefeitura.
ÚLTIMA
Tem gente que tem mais sorte que juízo.

 

2 Comentários


Trabalho de Maria Victória conquista Hospital da Criança para Maringá

A deputada Maria Victória e o prefeito Ulisses Maia na assinatura do termo de cessão do terreno para o Hospital da Criança, em Curitiba

Um pedido feito pela UEM à deputada estadual Maria Victória, o Hospital da Criança começou a tomar forma nesta segunda (18), com a cessão de um terreno de 86 mil m² da União ao município. Maringá terá um hospital pediátrico com cerca de 160 leitos e que contará com um centro de pesquisas em doenças raras. A unidade será referência na região, atendendo a uma população de cerca de 3 milhões de pessoas.
O primeiro passo foi dado na manhã desta segunda-feira (18), no Palácio Iguaçu, onde o prefeito de Maringá, Ulisses Maia, e o superintendente do Patrimônio da União no Paraná, Jorge Luiz Moreira da Silva, assinaram o contrato de cessão de uso de um terreno de 88,6 mil m² do antigo aeroporto no Novo Centro Cívico, da União para o município.
A cessão foi articulada pela vice-governadora Cida Borghetti e pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros. A deputada Maria Victória deu o início aos trabalhos para viabilizar o projeto a partir de uma solicitação da Universidade Estadual de Maringá (UEM).
“O Hospital da Criança de Maringá começou a se tornar realidade há algum tempo, quando recebi o pedido da UEM para a instalação de um centro de pesquisa em doenças raras. Hoje, graças a Deus, o o trabalho nos colocou a oportunidade de trazermos um grande presente de Natal para a cidade de Maringá e para as crianças da região, que é o Hospital da Criança, com a parceria e o apoio do Hospital Pequeno Príncipe, que vai permitir à instituição prestar atendimento em oncopediatria e outras 20 especialidades”, afirmou a deputada estadual Maria Victória.
“É uma honra participar deste momento histórico, onde hoje a prefeitura recebe da União esta área de mais de 88 mil m² para o Hospital da Criança, que teve o início do trabalho feito pela deputada Maria Victória, com o apoio do ministro da Saúde e a parceria com o Governo do Estado e a prefeitura, o que vai permitir que tenhamos um centro de referência na saúde infantil na nossa região”, resumiu o prefeito de Maringá, Ulisses Maia.
O Hospital da Criança de Maringá terá 23 mil m², com 160 leitos e 21 especialidades, entre elas oncopediatria, ortopedia, cardiologia, transplantes entre outras. A estrutura contará também com um centro de pesquisas de doenças raras.
A construção do hospital conta também com o apoio da Organização Mundial da Família e do Hospital Pequeno Príncipe. A OMF vai repassar recursos financeiros e técnicos. Já o Hospital Pequeno Príncipe, referência nacional em saúde infantil, dará apoio ao projeto e, ainda, poderá participar da licitação para auxiliar na gestão da unidade.
Os apoios foram costurados em conversas da deputada Maria Victória com a presidente da OMF, a pediatra Deisi Kusztra e com o diretor-executivo do HPP, José Alvaro Carneiro.
A vice-governadora Cida Borghetti confirmou o suporte do Geverno do Estado ao Hospital e comemorou a iniciativa: “É uma semana histórica não só para Maringá, mas especialmente para a saúde das nossas crianças, a notícia da construção desse hospital. Parabéns a todos pela mobilização, em especial à Organização Mundial da Família (WFO), na pessoa da sua presidente, a doutora Deisi Kusztra, por sua atenção tão especial às nossas crianças”.
O ministro Ricardo Barros, por sua vez, saudou a união de esforços que permitiu que o projeto saísse do papel: “Maringá terá seu Hospital da Criança, uma decisão acertada do prefeito Ulisses Maia, que aceitou o desafio de ter uma estrutura de saúde tão grande no município, e da deputada Maria Victória, que iniciou esse processo com a ideia do centro de pesquisas em doenças raras que evoluiu para esta parceria”, lembrou.
O secretário municipal da Saúde de Maringá, Jair Biatto, confirmou: “O prefeito Ulisses Maia acertadamente aceitou o convite do Ministério da Saúde, do Governo do Estado e da deputada Maria Victória para implantar o Hospital da Criança na cidade. Será um hospital com cerca de 160 leitos, com UTI neopedriátrica, que com a parceria e apoio do Hospital Pequeno Príncipe vai trazer uma nova medicina para as crianças de Maringá e de toda a região”.
O superintendente do Patrimônio da União no Paraná, Jorge Luiz Moreira da Silva, frisou a importância da obra também para o governo federal: “O Ministério do Planejamento, por meio da Secretaria do Patrimônio da União, orgulha-se por participar deste momento ímpar, em que a comunidade de Maringá e da região e a população do Estado do Paraná recebe a doação desta área para a instalação do hospital pediátrico”.

Comente aqui


Por consenso, André Luís Bovo vai presidir a Amusep

Foto feita ao final da reunião dos prefeitos da região, em Floraí, sexta-feira, dia 15 de dezembro

Em reunião geral de prefeitos da região, com a presença da governadora em exercício, Cida Borghetti; do ministro da Saúde, Ricardo Barros, do deputado federal Edmar Arruda e estadual Evandro Júnior, do prefeito de Maringá, cidade polo da região, o prefeito Fausto Herradon presidiu a última reunião geral itinerante de 2017. Na pauta, a eleição da diretoria para 2018, eleita por aclamação, com André Luís Bovo, prefeito de São Jorge do Ivaí como presidente; Romualdo Batista (Batistão), prefeito de Mandaguari como 1º vice-presidente, e Geraldo Gomes (Gera), de Munhoz de Melo, como 2º vice-presidente.
A reunião teve os pronunciamentos do prefeito anfitrião, Fausto Herradon; do prefeito eleito, André Luís Bovo; do prefeito de Maringá, Ulisses Maia; do deputado estadual Evandro Júnior; do deputado federal Edmar Arruda; do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e da vice-governadora Cida Borghetti, que esteve em Floraí na condição de governadora em exercício.
Os pronunciamentos dos prefeito demonstraram união para elaboração da pauta de trabalho para 2018.
Os deputados relataram as atividades e projetos que têm feito pela região. Evandro Júnior na Assembleia Legislativa e Edmar Arruda na Câmara dos Deputados e Brasília, junto ao governo federal.
Ricardo Barros, deputado federal licenciado para exercer o cargo de ministro da Saúde, elogiou o trabalho da bancada de deputados federais da região, que tem atuado unida na defesa dos projetos e conquista de recursos para Maringá e região. Lembrou da ação conjunta que resultou na garantia de R$ 70 milhões no orçamento para o início das obras do novo Contorno Sul Metropolitano.
Ricardo também fez uma apresentação do seu trabalho como ministro, mostrando problemas enfrentados, medidas tomadas e resultados. A economia de recursos já ultrapassou os R$ 4,5 bilhões, dinheiro reaplicado em mais medicamentos, equipamentos, obras e benefícios aos usuários do SUS, em todas as regiões do Brasil.
Cida Borghetti fez um relato dos investimentos do governo do Estado na região. Destacou as parcerias com os município, as soluções construídas em conjunto. Também destacou o apoio dos deputados estaduais da região, que ajudaram a aprovar medidas que resultaram no saneamento das contas e na concretização de uma gestão estadual que hoje é referência entre os demais estados do Brasil.

1 Comentário


Hospital Municipal de Maringá recebe mais R$ 10 milhões

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, esteve ontem no Hospital Municipal de Maringá para a assinatura da liberação de R$ 10 milhões que serão utilizados para uma ampliação. As obras vão completar os projetos do hospital, hoje interligado com a UPA Zona Sul e ao lado da nova Central de Especialidades que será inaugurada no próximo dia 15.
Os recursos são para a construção de 16 novas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), sendo 10 para adultos e 6 para crianças. O projeto, em fase final de elaboração, também prevê salas de consultas e leitos para internamento. O secretário de Saúde, Jair Biatto, disse que a ampliação da estrutura também deve viabilizar uma unidade de internamento específica para mulheres. Com a finalização dessa etapa, o projeto original do hospital, iniciado na quando Ricardo Barros foi prefeito (1989-1992), estará concluído.
Prefeito – O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, agradeceu ao ministro e declarou que Ricardo Barros manteve a ajuda ao município da mesma forma como fez na administração anterior. De acordo com o prefeito, os recursos liberados pelo ministro ajudaram no atendimento às filas de especialidades, durante todo o ano.
Para Ulisses, Maringá é uma cidade onde após as eleições as forças políticas se unem para trabalhar pela cidade, o que foi feito pelo ministro.
Ministro – Ricardo lembrou da liberação de recursos, feita logo no começo do ano, e o apoio permanente à Secretaria da Saúde do município, auxiliando a cumprir as metas de bom atendimento à população.
O ministro disse ainda que Maringá vem sendo citada, nos últimos anos, como a melhor cidade para se viver, uma das melhores para investimentos, sempre as líderes nas pesquisas de qualidade de vida, empreendedorismo, planejamento urbano, gestão pública, e que é necessário que continue confirmando esta liderança.
Para Ricardo Barros, há políticos estadistas, que pensam na população e em tudo que é necessário fazer para o desenvolvimento, e outros que se dedicam apenas a mandatos e projetos políticos pessoais, de grupos. Afirmou que após eleições é preciso descer do palanque e unir forças para a prestação de serviços, com investimentos e atendimento aos programas sociais e econômicos que resultam em crescimento, geração de empregos, renda e bem-estar.
O ministro registrou ainda o espaço aberto pelas últimas administrações de Maringá às entidades organizadas, o que tem auxiliado nas definições dos objetivos macroecônomicos. Relembrou que nesta segunda-feira, às 18h30, será apresentado o relatório final do Masterplan, na ACIM.

2 Comentários