Viapar



Vencedores do Viapar Cultural vão ser definidos na sexta-feira (15)

Ao todo, 27 projetos foram inscritos e destes 18 estão habilitados a concorrer às três premiações Vão ser definidos nesta sexta-feira (15), na sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim), os finalistas da 5ª edição do Viapar Cultural, edital promovido pela concessionária de rodovias em parceria com o Instituto Cultural Ingá (ICI). Ao […]

Comente aqui


Árvore solar em Maringá


Na próxima sexta-feira, será instalada em Maringá uma “Árvore Solar”. A estrutura tem seis metros de altura, semelhante a de uma grande árvore. Ela terá dez placas solares para a captação de energia. A iniciativa é da concessionária de rodovias VIAPAR que vai instalar o equipamento no jardim de sua sede, na PR 317, em Maringá.
O engenheiro eletricista da Solus Energias, Guilherme Marzolla, empresa responsável pela implantação do projeto, explicou que a estrutura vai gerar 75 KW/h mês, volume suficiente para abastecer uma casa popular. “Também consta no plano a instalação de quatro bancos [formato cata-vento] na base da árvore, bem como tomadas, onde as pessoas vão poder usá-las para diversos fins, inclusive o carregamento do telefone celular”, disse. “O ambiente ainda vai contar com wiffi”. Inauguração da Árvore Solar – Sexta, dia 30/06, 16 horas, no jardim da sede da Viapar – PR 317 – n.7246 – Saída para Campo Mourão, perto do Aeroporto Regional de Maringá.

Comente aqui


Isenção

Moradores de Marialva também querem redução ou isenção do pedágio na praça de Mandaguari, na BR-376. É o que dizem vereadores da cidade, que criaram nesta semana uma comissão de estudos para negociar valor tarifário com a concessionária Viapar. O primeiro contato com a empresa já foi feito. Por meio da assessoria de imprensa, a concessionária Viapar disse que vai se pronunciar sobre o assunto nos próximos dias. (Amarildo dos santos)

Comente aqui
 

Acidente impressionante em Mandaguari

A Viapar divulgou essas imagens de acidente ocorrido agora à tarde, às 16h19, na praça de pedágio em Mandaguari.
Apesar do acidente espetacular ninguém se feriu com gravidade. O motorista do Civic teve ferimentos leves.
Mas uma imprudência desse tamanho poderia ter causado uma tragédia.

1 Comentário


Duplicação Mandaguaçu-Nova Esperança

VIAPAR apresentou projeto de duplicação Mandaguaçu-Nova Esperança

VIAPAR apresentou projeto de duplicação Mandaguaçu-Nova Esperança

O projeto de  duplicação da BR 376, entre Mandaguaçu e Nova Esperança,  foi apresentado nesta quinta-feira pela VIAPAR aos vereadores e comerciantes de Nova Esperança.  A obra terá inicio no Km 135 (Mandaguaçu)  e terminará no Km 157 (Nova Esperança).
Serão investidos R$130 milhões no trecho de 24 quilômetros  a ser duplicado. A obra terá inicio em janeiro de 2015 e deve terminar em dezembro de 2016.
Após a apresentação feita pelo engenheiro da VIAPAR Diogo Pereira,  muitos comerciantes sugeriram possíveis mudanças em partes do projeto. “Viemos também para ouvir a comunidade e as alterações possíveis poderão ser  repassadas ao DER”, disse o presidente da concessionária Marcelo Stachow Machado.
Machado,  no entanto,  ressaltou que o interesse público  sobrepõe ao interesse privado e que o projeto nem sempre poderá agradar a todos.  Já o prefeito Gerson Zanusso ficou contente em conhecer um projeto para a “Rodovia do Café”: “Será uma grande conquista para os moradores e com certeza vai melhorar a segurança de todos” .
A apresentação contou com imagens em 3D o que possibilitou entender o projeto com mais detalhes, principalmente nas vias de acessos às cidades da rodovia. Um desses locais,  o trevo de Atalaia, será uma das prioridades do projeto uma vez que muitos acidentes tem ocorrido naquele trecho.

Comente aqui


Liberação parcial de viaduto do contorno de Mandaguari

Liberado tráfego em Contorno de Mandaguari

Liberado tráfego em Contorno de Mandaguari

Na sexta-feira (25) foi liberado o tráfego parcial de veículos sobre o viaduto da BR-376, localizado na altura do quilômetro 212, em Mandaguari. Esta obra faz parte do contorno da cidade, que já está bem adiantado e tem previsão para ser inaugurado ainda em dezembro deste ano. Segundo o departamento de engenharia da concessionária VIAPAR, empresa responsável pela construção do segmento, as obras seguem dentro do cronograma com 75% concluídas.
O contorno terá extensão total de 9,9 quilômetros de pista dupla, com canteiro central de 6 metros. Ele começa no quilômetro 210 da BR-376 e termina no quilômetro 203 da mesma rodovia. De acordo com a empresa, faltam apenas 2% da terraplenagem e  as equipes estão empenhadas na pavimentação e construção dos viadutos, uma vez que novas obras entraram no projeto.

1 Comentário


PR-317 será interditada às 14 horas, sexta-feira (25)

Nesta sexta-feira (25), a PR-317, segmento entre Engenheiro Beltrão e o trevo de acesso a Terra Boa, será interditada por 45 minutos para a explosão de rochas. A detonação está prevista para 14 horas, faz parte do pacote de obras de duplicação da rodovia entre Floresta e Campo Mourão. Por conta disso, a concessionária VIAPAR, empresa responsável pela administração do trecho, orienta os motoristas a programar a viagem.
A obra está prevista no contrato de concessão da VIAPAR, orçada inicialmente em R$ 210 milhões. Está incluso no pacote a construção de nove quilômetros de pista variante a qual vai cruzar o rio Ivaí, melhorando assim a geometria da rodovia a ser implantada em relação a existente. Também constam no projeto a construção de um viaduto em Engenheiro Beltrão, um viaduto de acesso a Terra Boa, 15 retornos em nível e uma ponte nova sobre o Rio Ivaí. A previsão inicial é que sejam utilizadas 189.000 toneladas de massa asfáltica, construídos 5.200 metros de bueiros, 92.000 metros de canaletas para escoamento de água, além da instalação de 740 metros quadrados de placas de sinalização e escavação de mais de 2.600.000 de metros cúbicos de terra.
Com as obras de duplicação a cidade de Peabiru ganhará um contorno, o qual terá seis quilômetros de extensão. Vai ter início no quilômetro 196 da BR-158 e termino no quilômetro 202 da mesma rodovia. Contará com dois viadutos, duas trincheiras e uma ponte sobre o Rio 119. Segundo o gerente de engenharia da empresa, Jackson Seleme, a duplicação está prevista pra ser finalizada no final de 2015. “Apesar da instabilidade climática as obras seguem dentro do cronograma. A duplicação é uma reivindicação antiga da população e trará mais segurança e agilidade pra quem utiliza o segmento”, destacou.
DETONAÇÕES – Mais detonações estão previstas para a próxima semana. Tanto o trecho como horário desta vão ser divulgados nos próximos dias.

 

Comente aqui


Detonações de rochas na duplicação Floresta-Campo Mourão

A Viapar informa que a detonação na PR 317 (próxima ao km 154 em Engenheiro Beltrão) prevista para hoje, dia 25, foi transferida para amanhã, quarta-feira, dia 26, às 16 horas. A mudança segue orientações do Exército.
As detonações fazem parte das obras de duplicação da PR-317 e BR-158, trecho de 53 quilômetros de extensão entre Floresta e Campo Mourão. Serão nove quilômetros da variante às margens do rio Ivaí e seis quilômetros, em pista dupla, do contorno de Peabiru . Uma obra prevista no contrato de concessão da Viapar, orçada inicialmente em R$ 210 milhões.
Para as obras algumas detonações de rochas são imprescindíveis para o andamento da obra. A empresa avisa a população da região, principalmente na área urbana de Engenheiro Beltrão, no entorno do km 154, que tais detonações serão realizadas nos próximos dias com total segurança para a população.
O aviso reforça que as pessoas não devem se aproximar dos locais das detonações, respeitando os avisos de alerta. A área será isolada conforme exigem os protocolos.
No projeto de duplicação está prevista a construção de um viaduto em Engenheiro Beltrão, um viaduto de acesso a Terra Boa, 15 retornos em nível e duas pontes novas uma sobre o Rio Ivaí e outra sobre o Rio 119.
Com as obras de duplicação a cidade de Peabiru ganhará um contorno, o qual terá seis quilômetros de extensão. Terá início no quilômetro 196 da BR-158 e término no quilômetro 202 da mesma rodovia. Contará com dois viadutos e duas trincheiras.

Comente aqui


DER autoriza novos viadutos, em Mandaguari

O Departamento de Estradas e Rodagens (DER) autorizou a construção de dois novos viadutos além do alargamento de uma trincheira no Contorno de Mandaguari. O alargamento da trincheira da estrada Promessa, além dos viadutos da Cocari e Estrada Keller, são obras de grande importância para a comunidade de Mandaguari.
As três obras terão um custo de R$ 6,3 milhões e devem ser entregues até o final deste ano, junto com o Contorno.
O presidente da Viapar, Marcelo Stachow Machado, lembra que a concessionária e o DER estavam cientes dessas reivindicações da comunidade de Mandaguari e faltava apenas formalizar a autorização. “Faremos essas três interligações em desnível no Contorno. Isso vai garantir mais segurança aos usuários, pedestres e ciclistas”, explica.
O Contorno que vai tirar o tráfego pesado do perímetro urbano da cidade de Mandaguari é a maior obra rodoviária do interior do Paraná, orçada em R$ 95 milhões.

Comente aqui