Mês: junho 2010



Visita Pastoral em Atalaia

Hoje às 19h30 na paróquia Nossa Senhora Rainha o arcebispo Dom Anuar Battisti preside a santa missa de abertura da Visita Pastoral em Atalaia, que vai até o próximo domingo, 04 de julho.

Nessa quinta-feira o arcebispo de Maringá visitará escolas, a delegacia e diversas empresas. Às 19h30 haverá santa missa na comunidade Santa Rita. A programação para sexta-feira inclui visita à câmara de vereadores, prefeitura, hospital, encontro com a Pastoral da Criança e duas missas: às 15h na matriz com o Apostolado da Oração e às 19h00 na comunidade conhecida como Batalha.

Já no sábado Dom Anuar visitará doentes e se reúne com catequistas e o Conselho Pastoral Paroquial, além de presidir a missa na matriz às 19h30. O encerramento da Visita Pastoral em Atalaia será no domingo às 9h com santa missa também na igreja matriz.

Comente aqui


Cardeal Marc Ouellet é o novo prefeito da Congregação para os Bispos

O papa Bento XVI aceitou nesta quarta-feira, 30, a renúncia do prefeito da Congregação para os bispos e presidente da Pontifícia Comissão para a América Latina, cardeal Giovanni Battista Re. Para sucedê-lo nos mesmos encargos foi nomeado o cardeal Marc Ouellet, atual arcebispo de Quebéc.

Bento XVI anunciou, ainda, outras três nomeações. Para presidir o Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização, cuja criação foi anunciada na segunda-feira, 28, foi nomeado o arcebispo Salvatore Fisichella.

A Pontifícia Universidade Lateranense também terá novo reitor. Será o padre Don Enrico dal Covolo, salesiano, membro da Pontifícia Academia de Teologia. Já a Pontifícia Academia para a Vida terá como presidente o padre Ignacio Carrasco de Paulo, atual chanceler da mesma Academia.

Por CNBB

Comente aqui


Hoje é dia de São Pedro e São Paulo

A solenidade de são Pedro e de são Paulo é uma das mais antigas da Igreja, sendo anterior até mesmo à comemoração do Natal. Já no século IV havia a tradição de, neste dia, celebrar três missas: a primeira na basílica de São Pedro, no Vaticano; a segunda na basílica de São Paulo Fora dos Muros e a terceira nas catacumbas de São Sebastião, onde as relíquias dos apóstolos ficaram escondidas para fugir da profanação nos tempos difíceis.

E mais: depois da Virgem Santíssima e de são João Batista, Pedro e Paulo são os santos que têm mais datas comemorativas no ano litúrgico. Além do tradicional 29 de junho, há: 25 de janeiro, quando celebramos a conversão de São Paulo; 22 de fevereiro, quando temos a festa da cátedra de São Pedro; e 18 de novembro, reservado à dedicação das basílicas de São Pedro e São Paulo.

Antigamente, julgava-se que o martírio dos dois apóstolos tinha ocorrido no mesmo dia e ano e que seria a data que hoje comemoramos. Porém o martírio de ambos deve ter ocorrido em ocasiões diferentes, com são Pedro, crucificado de cabeça para baixo, na colina Vaticana e são Paulo, decapitado, nas chamadas Três Fontes. Mas não há certeza quanto ao dia, nem quanto ao ano desses martírios.

A morte de Pedro poderia ter ocorrido em 64, ano em que milhares de cristãos foram sacrificados após o incêndio de Roma, enquanto a de Paulo, no ano 67. Mas com certeza o martírio deles aconteceu em Roma, durante a perseguição de Nero. Há outras raízes ainda envolvendo a data. A festa seria a cristianização de um culto pagão a Remo e Rômulo, os mitológicos fundadores pagãos de Roma. São Pedro e são Paulo não fundaram a cidade, mas são considerados os “Pais de Roma”.

Embora não tenham sido os primeiros a pregar na capital do império, com seu sangue “fundaram” a Roma cristã. Os dois são considerados os pilares que sustentam a Igreja tanto por sua fé e pregação como pelo ardor e zelo missionários, sendo glorificados com a coroa do martírio, no final, como testemunhas do Mestre. São Pedro é o apóstolo que Jesus Cristo escolheu e investiu da dignidade de ser o primeiro papa da Igreja. A ele Jesus disse: “Tu és Pedro e sobre esta pedra fundarei a minha Igreja”. São Pedro é o pastor do rebanho santo, é na sua pessoa e nos seus sucessores que temos o sinal visível da unidade e da comunhão na fé e na caridade.

São Paulo, que foi arrebatado para o colégio apostólico de Jesus Cristo na estrada de Damasco, como o instrumento eleito para levar o seu nome diante dos povos, é o maior missionário de todos os tempos, o advogado dos pagãos, o “Apóstolo dos Gentios”. São Pedro e são Paulo, juntos, fizeram ressoar a mensagem do Evangelho no mundo inteiro e o farão para todo o sempre, porque assim quer o Mestre.

Comente aqui
  

Cristo Redentor: nova fachada será inaugurada quarta-feira

O mais famoso cartão postal do Rio de Janeiro voltou a enfeitar a paisagem carioca, depois de quatro meses coberto por andaimes e tapumes. A inauguração da nova fachada está marcada para a próxima quarta-feira, 30.

Prestes a complentar 80 anos, o Cristo Redentor ganhou nova iluminação graças ao trabalho de renovação realizado por mais de 100 operários, financiado pela Arquidiocese do Rio de Janeiro e pela mineradora Vale, com investimento de R$ 7 milhões. Essa é a maior reforma já feita na estátua de mais de 30 metros de altura revestida de pedra-sabão, que apresentava rachaduras e infiltrações.

Segundo a administração do Parque Nacional da Tijuca, onde está localizado o monumento, o Cristo Redentor recebe por ano uma média de 1,8 milhão de turistas.

A inauguração terá a presença de autoridades locais e do arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, que ao meio-dia fará uma oração.

Por Agência Brasil

Comente aqui
 

Ficha Limpa: Igreja Católica teve papel indispensável na aprovação da Lei

Dois dos temas tratados na coletiva de imprensa desta quinta-feira, 24, com a presidência CNBB, foram eleições 2010 e a lei Ficha Limpa. Sobre a lei, o presidente da CNBB, dom Geraldo Lyrio Rocha, fez questão de agradecer a ação da Igreja no Brasil, desde as comunidades até as dioceses, que contribuíram com 1,6 milhões de assinaturas para a aprovação da lei de iniciativa popular.

“A ação da Igreja Católica foi indispensável para a aprovação da Lei Ficha Limpa, pois contribuímos desde as comunidades até as paróquias e dioceses, o que em números significa 90% da contribuição, dados que nos orgulham muito”, disse o presidente.

Dom Geraldo disse ainda que a Igreja fez sua parte e vai acompanhar o trabalho dos tribunais que irão dizer quem está apto a disputar as eleições. Ele ressaltou, porém, que a partir de agora está nas mãos da justiça brasileira coibir aqueles que não merecem disputar as eleições. “Ficha Limpa não é mais uma campanha, mas uma lei que agora está nas mãos da justiça. A CNBB através da Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP), no entanto, vai continuar acompanhando os trabalhos dos tribunais, que com certeza serão exercidos com grande competência”.

Eleições 2010

Questionado se a CNBB manifestará apoio a um candidato à presidência da República, ou irá avaliar propostas durante a corrida ao Planalto, dom Geraldo afirmou que não é competência da CNBB interferir no processo eleitoral brasileiro, mas ressaltou que a Conferência espera eleições limpas durante a disputa.

“A CNBB trabalha no campo moral, portanto, não é sua atribuição se intrometer no processo eleitoral. Manifestamos apenas a esperança  de uma corrida eleitoral justa e democrática, com respeito ao diferente e à diversidade de nosso país. Ao eleitor, pedimos que avalie bem os candidatos e lembramos que o processo eleitoral não termina ao confirmar o voto, mas continua ao longo dos mandatos”.

Por CNBB

Comente aqui