Mês: agosto 2011

 

Padre Sandro Ferreira conclui mestrado em teologia pela PUC

Padre Sandro Ferreira, vigário paroquial da paróquia Santo Antônio de Pádua em Maringá, concluiu em agosto o mestrado em Teologia pela PUCPR. A dissertação foi defendida no dia 24 em Curitiba. Padre Sandro Ferreira teve como orientador o professor Agenor Brighenti. A pesquisa para o mestrado focou a vida dos presbíteros no Brasil, com o título “A vida dos presbíteros nas dioceses do Brasil: desafios e perspectivas a partir dos Encontros Nacionais”.

 

O sacerdote do clero de Maringá foi bolsista da PUCPR, resultado do reconhecido desempenho acadêmico durante a graduação em teologia. “Agora, espero que o aprendizado seja colocado em prática a serviço do Reino de Deus e da Igreja em Maringá. Todo o mestrado não foi realizado em vista de um projeto pessoal, mas para servir melhor a Igreja. Que Deus me dê força e ânimo para realizar a sua obra”, afirma padre Sandro, que agora deve se dedicar mais à vida paroquial.

Comente aqui
 

Jornada Mundial da Juventude no Brasil: Rio 2013

O nosso querido Brasil já foi sede de muitos mundiais, da moda, da gastronomia, das artes, esportivos, importantes congressos científicos internacionais, enfim a nossa querida pátria já foi palco de grandes eventos que colocaram o nosso país em evidência.

Agora, o Brasil se prepara para receber, em2013, aJornada Mundial da Juventude, em2014 aCopa do Mundo e em 2016 os Jogos Olímpicos.

Recordo que em 1997, o papa João Paulo II celebrou o Segundo Encontro Mundial das Famílias no Rio de Janeiro, com dois milhões de pessoas.

Quando domingo passado o papa Bento XVI anunciou oficialmente que a Jornada Mundial da Juventude de 2013 será no Rio de Janeiro, todos os jovens que lá estavam e quem acompanhava ao vivo não deixou de se emocionar com essa bela e desafiante notícia.

Com certeza é uma bela notícia, mas soma-se uma grande responsabilidade em preparar não só o espaço físico, mas de maneira especial, preparar os corações dos jovens e adultos de todo o Brasil para acolher e conviver durante dez dias, com jovens de todas as latitudes.

A jornada não se reduz a um fim de semana. Os jovens estarão chegando ao menos 10 dias antes e serão hospedados e recebidos nas dioceses do Brasil. Terão como missão evangelizar, das mais variadas formas, como também conhecer as realidades da juventude brasileira. Esse intercâmbio é parte integrante da jornada.

A nossa arquidiocese certamente vai acolher uma delegação de algum país  este mundo de Deus. O que sabemos agora é que em fevereiro de 2013, receberemos a Cruz da Jornada que percorreu todas as dioceses nos países onde aconteceram as jornadas. Nos dias que ela permanecer conosco terá uma programação especial envolvendo o maior número possível de jovens e adultos por onde a cruz passar.

E aqui aproveito para destacar os 10 conselhos que Bento XVI transmitiu aos jovens em Madrid, durante a JMJ na Espanha:

1) Conversar com Deus;

2) Contar-lhe as penas e alegrias;

3) Não desconfiar de Cristo;

4) Estar alegres: querer ser santos;

5) Deus: tema de conversa com os amigos;

6) No Domingo, ir à Missa;

7) Demonstrar que Deus não é triste;

8) Conhecer a fé;

9) Ajudar: ser útil;

10) Ler a Bíblia:

“O segredo para ter um ‘coração que entenda’ é edificar um coração capaz de escutar. Isto é possível meditando sem cessar a palavra de Deus e permanecendo enraizados nela, mediante o esforço de conhecê-la sempre melhor. Queridos jovens, exorto-vos a adquirir intimidade com a Bíblia, a tê-la à mão, para que seja para vós como uma bússola que indica o caminho a seguir. Lendo-a, aprender eis a conhecer Cristo. São Jerônimo observa a este respeito: ‘O desconhecimento das Escrituras é o desconhecimento de Cristo’”. ( Papa Bento XVI )

 

Dom Anuar Battisti
Arcebispo de Maringá

2 Comentários
 

Projetos recebem dinheiro da CF 2011 em Maringá

Na próxima sexta-feira, 26, o Conselho Gestor do Fundo Arquidiocesano de Solidariedade (FAS) da Arquidiocese de Maringá irá repassar os valores aprovados aos projetos contemplados com recursos da Campanha da Fraternidade2011. Acerimônia de repasse será no salão paroquial da paróquia Santo Antônio de Pádua, às 20h.

Os projetos vão ser financiados com parte do dinheiro arrecadado durante a Coleta Nacional da Solidariedade, realizada no dia 17 de abril de 2011, Domingo de Ramos.

60% do total da coleta é que financia o FAS na Arquidiocese de Maringá. Os outros 40% são destinados à Caritas Brasileira, que financia projetos em âmbito nacional.

Neste ano de 2011 o total dos projetos apoiados soma a quantia de R$ 56.930,17. Todos eles têm afinidade com os objetivos da Campanha da Fraternidade 2011, cujo tema é: “Fraternidade e a vida no Planeta”  e o lema: “A criação geme em dores de parto” (Rm 8,22).

Comente aqui


Bispos brasileiros falam sobre a JMJ no Rio

MADRI – O presidente da CNBB e arcebispo de Aparecida (SP), cardeal  Raymundo Damasceno Assis; o arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, e o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB e bispo auxiliar de Campo Grande (MS), dom Eduardo Pinheiro, deram uma coletiva de imprensa, no início da noite, para falar da Jornada Mundial da Juventude de 2013 (JMJ), no Rio.  A coletiva foi no Centro de imprensa da JMJ de Madri, na região central da capital espanhola, que acolheu a 26ª JMJ encerrada hoje pelo papa Bento XVI.

O arcebispo do Rio agradeceu ao papa pela escolha do Rio de Janeiro para sediar a 27ª Jornada da Juventude. Ele classificou a responsabilidade como “um grande desafio” e explicou que entrará em contato brevemente com o Pontifício Conselho para os Leigos e responsáveis pela organização da Jornada de Madri a fim de iniciar a preparação da próxima, no Rio.

Dom Orani disse, ainda, que a Jornada será no fim do mês de julho e que, a partir de agora, aguarda o anúncio, pelo papa, do tema do próximo encontro mundial dos jovens. Ele lembrou que, em 2013, a Igreja no Brasil realizará a Campanha da Fraternidade sobre a Juventude.

O presidente da CNBB destacou a organização da Igreja da América Latina, através do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam), e falou em trabalhar em conjunto para ter o maior número possível de jovens do continente. na Jornada  “Vamos trabalhar como Conferência em união com Celam para que colabore na organização da Jornada, assim se reúne muito mais gente e muito mais países”, disse.

Dom Damasceno acredita que o trabalho deverá ser mais intenso uma vez que a Jornada foi antecipada em um ano por causa da Copa do Mundo que o Brasil sedia em 2014. “Teremos um ano a menos para preparar a Jornada, isso significa um trabalho mais intenso porque não temos tempo a perder”.

O cardeal ressaltou, ainda, que a América Latina é o continente com maior número de católicos, 47%, e avaliou que a jornada “trará muitos frutos, não só para os jovens no Brasil, mas para toda a América Latina”.

O presidente da Comissão para a Juventude qualificou como “um momento muito especial para a Igreja no Brasil’ a escolha do Rio de Janeiro para receber a próxima JMJ. “A Jornada no Rio mostrará uma Igreja viva, criativa, em parte por causa dos jovens”, disse. “A juventude brasileira, com sua criatividade, fará com que tenhamos uma bonita Jornada para todo o mundo”.

Parcerias
Os bispos não arriscaram a dizer quantos jovens a Jornada no Rio poderá reunir. Adiantaram, por outro lado, que da parte do Governo brasileiro, em suas três esferas (Federal, Estadual e Prefeitura), há muita disposição para acolher o evento, o maior do mundo para juventude católica.

Dom Eduardo explicou que a CNBB fará um projeto amplo considerando o antes, o durante e o depois da Jornada. “O projeto terá uma direção missionária com a pré-jornada, que deverá consistir numa semana missionária, e a peregrinação da cruz, que deverá ser acolhida pelas dioceses com espírito missionário”, esclareceu.O bispo disse, ainda, que haverá também um trabalho no campo social e com dependentes químicos.

Esta será a segunda Jornada sediada por um pais da América do Sul. A primeira foi em 1987, em Buenos Aires, Argentina. Os bispos ressaltaram que a Jornada no Rio encontrará uma América Latina mudada. Para dom Damasceno, apesar das melhoras, a realidade ainda é de concentração de riquezas e aumento de miséria. “A globalização trouxe como conseqüência a uniformização da cultura e se perde a identidade cultural”, disse o cardeal.

Dom Eduardo, por sua vez, destacou a presença e a influência dos meios de comunicação na vida dos jovens. “Vivemos o desafio grande de ajudar os jovens nesta cultura midiática”, observou. Para ele, no entanto, “2013 será o ano da juventude no Brasil”, concluiu dom Eduardo.

Comente aqui


Padre Zezinho em Maringá

Com o objetivo de aprofundar os conhecimentos no tema “Comunicação e Igreja”, a Arquidiocese de Maringá promoverá no dia 24 de agosto (quarta-feira) uma manhã de formação com o padre Zezinho, scj, especialmente destinada aos padres, seminaristas da e diáconos da Arquidiocese.

A formação será realizada no Centro de Formação Bom Pastor, com início às 8h. O encerramento será às 12h.

No período da tarde, padre Zezinho cumprirá agenda aberta ao público nas Livrarias Paulinas a partir das 15h. Às 18h30 o sacerdote presidirá a santa missa na Catedral de Maringá.

Comente aqui


O Papa, os jovens e a Família

Por iniciativa do papa João Paulo II, em 1975, em Roma, foi realizada a primeira Jornada Mundial da Juventude, quando fez soar aos milhares de jovens a exigência de um amor apaixonado por Cristo, o único capaz de preencher todas as necessidades do coração do homem e da mulher dos tempos de hoje.

O papa Bento XVI celebra em Madri a vigésima sexta jornada, reunindo nesses dias mais de um milhão de jovens. Nesta ocasião o clamor do papa será o mesmo: “Enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé” (Cl 2,7).

Os jovens não são os mesmos de trinta e seis anos atrás. O mundo é outro, as exigências são diferentes, as necessidades e anseios do coração dos jovens também mudaram. Mas o caminho a percorrer, o lugar da plena realização continua o mesmo.

Como diz Santo Agostinho: “O meu coração anda inquieto enquanto não repousar em ti Senhor”. O cardeal Antonio Maria Rouco, de Madri, e presidente da Conferência Episcopal Espanhola, presidiu a Santa Missa de abertura na última terça-feira acolhendo todos os jovens dizendo “esta é a vossa casa”. Na quarta, quinta e sexta-feira, o papa Bento XVI se encontra com professores, religiosos e religiosas, com jovens representantes de todos os países.

O momento central será no sábado à noite quando o papa celebrará a Eucaristia e falará a todos os jovens, e com eles passará em vigília. No domingo, o papa encerra com a missa pela manhã, enviando os milhares de participantes a evangelizar outros jovens e nesta ocasião anuncia a data e o lugar da próxima jornada.

A nossa arquidiocese está representada por 70 jovens do Setor Juventude, pastorais e movimentos que trabalham com jovens. O padre Marcos Roberto manifesta o sua impressão nestes dias participando deste evento mundial: “Pelas ruas de Madri são milhares e milhares de jovens cantando e se alegrando com a jornada… É tudo muito lindo ver esta multidão de jovens do mundo inteiro se alegrando com a convivência fraterna juvenil e o amor à Igreja e ao papa. Nas ruas somos uma multidão, afinal estamos em torno de 1 milhão de jovens. De todo Brasil somos 16 mil. Descrever a experiência da jornada somente é possível participando dela… É fantástico, maravilhoso… É conhecer a pluralidade de nossa juventude no mundo inteiro”.

Convido você a se unir a este evento eclesial, orando pelos jovens, pelo papa Bento XVI a fim de que juntos possamos criar um mundo novo, mais unido e fraterno. Acompanhe a jornada pelo site: www.jmj2011madrid.com. Nesta Semana da Família em todas as comunidades ecoa o lema: “Investir na família é investir na sociedade”.

Acreditamos que, apesar das investidas na destruição dos lares, somos capazes de continuar o caminho do Senhor, defendendo, investindo, apoiando, orando, porque a lei do Senhor é perfeita, conforto para a alma.

Nenhuma lei humana pode destruir a lei de Deus, nenhum homem pode se arrogar o direito de contradizer a Sagrada Escritura. Assim desejamos que esta Semana da Família seja um novo recomeçar através dos pequenos gestos de amor. Jovens e família em um único caminho, o caminho do amor.

 

Dom Anuar Battisti
Arcebispo de Maringá

Comente aqui