Albergue Santa Luiza de Marillac



Albergue Santa Luíza de Marillac

Albergue foi fundado em1959 por Dom Jaime Luiz Coelho e hoje possui diretoria própria

 

A Arquidiocese de Maringá agradece publicamente à Congregação Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo que durante cinco décadas trabalhou no acolhimento dos pobres no Albergue Santa Luíza de Marillac. A partir do dia 15 de dezembro as irmãs não estarão mais na equipe da instituição.

É importante destacar que o albergue não pertence à Arquidiocese, pois possui uma diretoria própria. A saída das irmãs, de fato, é marcante para toda a comunidade maringaense. A Congregação, com sede em Curitiba, decidiu deixar os serviços no albergue por necessidade de remanejamento interno na congregação e por incompatibilidade com o modelo de gestão da diretoria do Albergue Santa Luíza de Marillac.

 

Dom Anuar divulga nota em agradecimento

 

Venho, por meio desta, expressar, em meu nome e da Arquidiocese de Maringá, os sinceros agradecimentos pelo precioso trabalho realizado, pelos membros dessa Comunidade Religiosa, em prol dos carentes e desvalidos que passam pela nossa cidade.

Todos somos testemunhas de que, desde que as irmãs assumiram essa Instituição de Caridade, frutuosos serviços foram prestados à causa do Reino de Deus que, conforme o Senhor prescreveu, em Mt. 25, 31-46, tem sua concretização onde se pratica a caridade, tornando presente a Sua pessoa: “o que fizerdes ao menor dos meus irmãos é a mim que o fazeis”.

Portanto, estimadas irmãs, é com profundo pesar que somos obrigados a admitir a necessidade de deixarem os cuidados dessa Instituição, onde muitos benefícios brotaram do incessante labor dos membros dessa Congregação. Creio que São Vicente de Paulo muito teria a elogiar, o imenso zelo com que todas as senhoras levaram para frente os trabalhos que fizeram do nosso Albergue um lugar de arrimo para tantos carentes e desvalidos que não teriam, como o Senhor, “onde reclinar a cabeça”.

Por isso, caríssimas irmãs, somente me resta desejar, a todas quantas prestaram seu precioso contributo ao serviço caritativo, no Albergue Santa Luíza de Marilac, os mais sinceros agradecimentos e implorar aos Céus que as cumule das mais copiosas bênçãos.

 

 

Em Cristo, para servir,

 

Dom Anuar Battisti

Arcebispo de Maringá-PR

 

 

Nota da Congregação Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo

 

Nós, Irmãs, Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, do Albergue Santa Luíza de Marillac, vimos agradecer à sociedade de Maringá- PR, o apoio, incentivo, doações recebidos durante 52 anos de trabalhos, em prol dos pobres, que bateram à nossa porta, e todos foram acolhidos como hóspedes, irmãos preferenciais.

Por força maior, despedimo-nos de todos vocês – inesquecíveis amigos e benfeitores -, por deixarmos essa instituição de caridade.

Que Deus, autor da vida, retribua-lhes com as bênçãos e graças do Menino Jesus, de sua Mãe Santíssima, desejando a todos os amigos e benfeitores um Feliz e Santo Natal. Um abençoado Ano Novo próspero, repleto de saúde, paz, alegria e felicidade.

Com a imortal gratidão pelo que nos ajudaram a caminhar nesses cinquenta e dois anos, todos estão matriculados em nossas orações.

Irmãs, Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo.

Maringá, dezembro de 2012.

Comente aqui


Missa no Albergue Santa Luiza de Marillac

Missa em ação de graças pelos 54 anos do Albergue Santa Luiza de Marillac

 

O Arcebispo de Maringá, Dom Anuar Battisti preside santa missa nesse sábado (31) às 17h no Albergue Santa Luiza de Marillac, que em 2012 completa 54 anos de fundação. O Albergue Santa Luiza de Marillac foi fundado em 27 de março de 1959 pelo então Bispo de Maringá, Dom Jaime Luiz Coelho.

A casa tem à frente uma Diretoria leiga e está sob a coordenação das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo. O objetivo era acolher e hospedar trabalhadores que vinham da zona rural em busca de auxílio. As primeiras Irmãs, Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo – Província de Curitiba – chegaram em 1960 para atender todo o serviço de coordenação e administração interna da entidade.

Hoje, as Irmãs, em parceria com toda a Diretoria e funcionários do Albergue, continuam acolhendo pessoas pobres. São doentes físicos e mentais, andarilhos, alcoolistas, desempregados, jovens e idosos, em sua maioria, pessoas totalmente abandonadas, sem vínculo familiar. Após realizar a entrevista, os usuários recebem os diversos encaminhamentos de acordo com suas necessidades: tratamento de saúde, emprego, benefícios por invalidez ou velhice, localização de familiares e moradia, permanecendo na entidade o tempo que for necessário.

Muitas famílias sem destino certo passam pelo Albergue Santa Luiza de Marillac. Elas são cadastradas e permanecem na entidade até conseguir emprego e lugar para morar. A missão das Irmãs Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, nesta Obra, é evangelizar e promover todas essas pessoas com o mesmo respeito, ternura e amor ensinado pelo próprio Filho de Deus.

O albergue fica na Rua Fernão Dias, 840, Maringá. Telefone: 044 3224-1673.

 

 

“A Caridade de Jesus Crucificado nos impele”

Comente aqui


Morre Irmã Nair dos Santos, diretora do Albergue Santa Luiza de Marillac

A Arquidiocese de Maringá comunica o falecimento da Irmã Nair dos Santos, diretora do Albergue Santa Luiza de Marillac, em Maringá. A religiosa pertencia à Companhia das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, Servas dos Pobres. Irmã Nair tinha 66 anos e estava com câncer.  

 

O velório será realizado na capela do albergue. Às 18h30 será celebrada missa de corpo presente presidida pelo cônego Benedito Vieira Telles. Às 20h30 o primeiro Arcebispo de Maringá, Dom Jaime Luiz Coelho, também presidirá santa missa. O corpo da Irmã Nair dos Santos será sepultado nessa sexta-feira, às 10h, no Cemitério Municipal de Paranavaí.

 

O Arcebispo de Maringá, Dom Anuar Battisti, lamentou a morte da religiosa. O Albergue Santa Luiza de Marillac foi fundado em 27 de março de 1959 pelo primeiro Arcebispo de Maringá, Dom Jaime Luiz Coelho. O local é referência no acolhimento aos pobres.

 

O Albergue fica na Rua Fernão Dias 840.

 

 

“A Caridade de Jesus Crucificado nos impele”.

 

Por Assessoria de Imprensa da Arquidiocese de Maringá

Comente aqui