Pastoral da Saúde



Pastoral da Saúde quer incentivar participação nos conselhos de saúde

Conjuntura da Pastoral da Saúde foi apresentada na manhã desta quinta-feira, 8, na reunião conjunta do Clero

 

A Coordenadora da Pastoral da Saúde na Arquidiocese de Maringá Helena Strabelli apresentou um panorama das ações da pastoral durante a reunião conjunta do clero realizada nesta quinta-feira, 8, no Centro de Formação Bom Pastor.

A inclusão da temática na pauta da reunião foi motivada por causa da Campanha da Fraternidade 2012, cujo foco é a saúde pública.

Strabelli comentou que todas as paróquias têm a atuação da pastoral, mas muitas vezes são ações isoladas. “O objetivo é que os integrantes da pastoral não apenas visitem os doentes. É claro que isso é importante, mas se ficar apenas nessa dimensão se torna  pastoral da doença. Nós queremos avançar na área educativa, na prevenção e principalmente incentivar as pessoas a participarem nos conselhos de saúde”, disse.

Os padres partilharam experiências da pastoral nas paróquias e muitos foram unânimes concordando com a importância dos paroquianos estarem nos conselhos municipais e locais. “Queremos discutir políticas públicas para a saúde e não políticas de governo”, destacou a coordenadora da pastoral.

O objetivo é que a pastoral se difunda sobre todas as 55 paróquias da Arquidiocese de Maringá.

 

 

Por Assessoria de Imprensa da Arquidiocese de Maringá

Comente aqui
 

CF 2012: Coordenador Nacional da Pastoral da Saúde faz palestra em Maringá

No dia 01 de março, quinta-feira, o coordenador Nacional da Pastoral da Saúde, Sebastião Venâncio, fará palestra no Auditório da PUCPR Câmpus Maringá com o tema : “CF 2012: situação da saúde pública no Brasil e posicionamento da Igreja”. Venâncio também é assessor da CNBB para a Campanha da Fraternidade 2012. A palestra terá início às 19h no Auditório da PUC.

As vagas serão limitadas. A participação pode ser confirmada por e-mail: [email protected]; ou por telefone: 44 3026 2322, com Mariel ou Arthur.

Por Assessoria de Imprensa da Arquidiocese de Maringá

Comente aqui