Absurdo dos absurdos

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Cármen Lúcia, afirmou que um preso custa 13 vezes mais do que um estudante no Brasil. A declaração foi feita durante o 4º Encontro do Pacto Integrador de Segurança Pública Interestadual e da 64ª Reunião do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp), em Goiânia (GO). As informações são do Estadão.

“Um preso no Brasil custa R$ 2,4 mil por mês e um estudante do ensino médio custa R$ 2,2 mil por ano. Alguma coisa está errada na nossa Pátria amada”, afirmou.

Geral
10 Comentários


Governo apoia abertura de cassinos

cass

Um dia depois da Comissão Especial do Desenvolvimento Nacional aprovar projeto de lei que legaliza os jogos de azar no Brasil, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, defendeu para investidores de Londres a abertura do País nessa área. “O Ministério do Turismo vê com muitos bons olhos a legalização de cassinos, como já existem em vários lugares do mundo”, avaliou, citando entre os lugares em que o jogo é legalizado as Bahamas. As informações são da Agência Estado.

Geral
13 Comentários


IPTU 2017

IPTU O prefeito Roberto Pupin já encaminhou para a Câmara, há alguns dias, o projeto de lei que institui os valores do IPTU para 2017. São os valores de 2016 acrescidos de 5%.
MENOR O reajuste proposto levou em conta a crise que atinge a todos os contribuintes.
MAIOR Com esse reajuste estima-se que Maringá deverá manter o percentual de quase 90% do IPTU pago, a cada ano. Um dos maiores, se não o maior do país.
“NA CHÃO” Os vereadores derrubaram a urgência de proposta do vereador Luizinho Gari de dar um desconto de 40% no IPTU do próximo ano. A proposta dificilmente chegará ao plenário.
INCONSTITUCIONAL Vereadores não podem legislar em matéria tributária. A alçada é exclusiva do Poder Executivo.
ADMINISTRAÇÃO Decisões e medidas administrativas determinadas pelo prefeito Roberto Pupin têm sido questionadas pelo prefeito eleito, Ulisses Maia, e equipe de transição.
PAUTA Sem dúvida muitas dessas decisões estarão na pauta da transição, em debate e até mesmo com questionamentos no Judiciário.

 

Geral
14 Comentários


Sambando com nosso dinheiro

Em meio à crise econômica e ao esforço para aprovar no Congresso um teto para limitar os gastos públicos, o governo Michel Temer desembolsou, sem licitação, mais de meio milhão de reais para promover um show para convidados em homenagem ao centenário do samba. O evento aconteceu na noite desta segunda-feira (7) no Palácio do Planalto.

No Diário Oficial da União desta segunda, foram publicadas duas dispensas de licitação para contratação de artistas que se apresentarão na cerimônia da Ordem do Mérito Cultural, na qual serão premiados 36 personalidades do samba.

Geral
39 Comentários
 

Moro quer distância da política

Para decepção do seu fã clube, que quer vê-lo presidente da República, e também dos políticos em geral que querem vê-lo longe da Lava Jato, o juiz Sergio Moro descartou a possibilidade de sair candidato ou entrar para a política.

“Sou um homem da Justiça e, sem qualquer demérito, não sou um homem da política”, Fechou o assunto.

Geral
17 Comentários


Bagunça

Como pode um bando de moleques, muitos usando máscaras de bandidos, invadir escolas e prejudicar um monte de gente?

Além de detonar o ano letivo, deixam 43 mil estudantes paranaenses de fora do Enem. Só em Maringá são seis mil. No Brasil, mais de 300 mil.

A Justiça determinou que desocupem as escolas, mas nem bola deram.

Passou da hora de a PM resolver esta parada.

Geral
73 Comentários
 

Prefeitos eleitos estão ralados

Passadas as eleições municipais, os prefeitos eleitos começam a fazer as contas para cumprir as promessas de campanha sem comprometer o orçamento.

A partir do ano que vem, eles terão mais um problema para enfrentar: aprovada no último dia 25, a proposta de emenda constitucional (PEC) 241, que institui um teto para os gastos públicos, vai reduzir os repasses federais para áreas como saúde, educação e assistência social.

Geral
9 Comentários


Apertem os cintos, o eleitor sumiu

Dados do Tribunal Eleitoral (TSE) mostram que aproximadamente 10,7 milhões de pessoas optaram por votar branco, nulo ou se abstiveram no  segundo turno

Isso representa um crescimento de 6% em relação ao segundo turno de 2012 (que registrou 26,5% de votos brancos, nulos e abstenções).

Se os políticos não entrarem  na linha — sem roubar o trem —nas eleições de 2018 a coisa vai ser bem pior.

O povo tá fugindo das urnas.A multa por não votar é de R$ 3. Mixaria. Mas, não duvidem que os políticos aumentem o valor.

Geral
13 Comentários