Menores infratores

Na sessão ordinária desta terça-feira (13), o plenário da Câmara Municipal de Maringá votará, em primeira discussão, projeto do vereador Chico Caiana (PTB) dispondo sobre a contratação de jovens e adolescentes, em medidas socioeducativas do regime semi aberto, por empresas vencedoras de licitações públicas com o município de Maringá.

Boa esta. Empresa ganhou licitação da prefeitura maringaense, terá que contratar menores infratores. Tem que trabalhar mesmo.

Geral
14 Comentários

Enquetes, não

A gente sofre. Já expliquei várias vezes que enquete sobre intenção de voto não pode ser publicada. Pois é. Eleitor fez uma enquete num bar (!) sábado, me telefonou e exigiu que eu divulgasse na coluna e no blog, alegando, vejam só, que seu candidato a vereador está na frente e que é assinante do jornal. Expliquei que não pode ser divulgado, que a multa da Justiça Eleitoral é alta, etc. O sujeito me ofendeu. Disse que não queria divulgar porque estou comprado pelos demais candidatos (são 199) —–como estão outros blogueiros de Maringá. Dá pra suportar um elemento assim? Toda eleição alguém telefona exigindo a mesma coisa. Impressionante…

Geral
12 Comentários

Nós pagamos a conta

A fatura dos cartões corporativos da Presidência subiu 46,3% enquanto Dilma comandou o País, em relação aos governos Lula. A média anual de gastos passou de R$12,7 milhões, entre 2003 e 2010, para R$18 milhões de 2011 até maio de 2016, quando o impeachment de Dilma foi aprovado no Senado. No total, Lula gastou R$ 102,3 milhões em 8 anos, contra R$ 95,9 milhões de Dilma em 5 anos e 5 meses. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Alegando garantia da “segurança da sociedade e do Estado”, cerca de 95% dos gastos da Presidência são classificados como sigilosos.

Geral
17 Comentários

Hoje é Dia…

…do Hot Dog

…do Médico Veterinário —Embora as escolas de medicina veterinária existissem no Brasil desde 1910, a profissão só foi regulamentada em 1933, com um decreto do então presidente Getúlio Vargas, no dia 9 de setembro. Os médicos dos bichinhos só iriam contar com órgãos que os representassem em 1968, quando uma lei criou o Conselho Federal de Medicina Veterinária e os conselhos regionais.

 

Geral
5 Comentários