A Maringá de antigamente

Quem gosta de conferir como era Maringá antigamente, precisa visitar o site
Tudo Maringá, que tem muitas fotografias antigas da cidade.

É emocionante.

Até de 1940 há.

A foto abaixa mostra a praça Rocha Pombo em construção, no ano de 1951.

Já pensaram se pudéssemos voltar no tempo e comprar vários terrenos da avenida Brasil, que aparece aí também?

Aliás, poderíamos ajudar a memória de Maringá. Quem tiver fotos antigas, enviar para o blog.

14g.jpg

toras.jpg

Esta foto – uma raridade – mostra a avenida Brasil, na década de 50. Notem, do lado esquerdo, as toras das árvores que tiveram que ser derrubadas.

Maringá

22 comentários sobre “A Maringá de antigamente

  1. Rogério 13 de novembro de 2007 09:26

    Poxa… isso prova q as coisas tentem a se repetir.
    Afinal o prefeito quer mudar a Av. Brasil e o projeto preve a retirada das arvores do canteiro central. Poderemos ver novamente essas toras hehehe…

  2. Messias Mendes 13 de novembro de 2007 09:26

    Podemos e devemos contribuir com a memória de Maringá. A começar pela preservação de monumentos históricos que querem derrubar. Já pensou que legal se a cidade tivesse preservado o prédio de madeira do Cine Horizonte? Se tivesse restaurado e transformado num grande museu o prédio da Estação Ferroviária, aonde cheguei de trem, vindo da Bahia em dezembro de 1960?
    Claro, não dá mais para a cidade legar às futuras gerações parte da história de Maringá, como esses prédios a que me refiro. Mas ainda há tempo de salvar a rodoviária velha, que trouxe sonhos e despachou frustrações em uma época em que nossa cidade era movida a lutas políticas e muita poesia. Época em que A.A. de Assis estava no auge da criatividade, que Ary de Lima encantava com seus poemas maravilhosos e com sua oratória eloquente; em que o professor Hirã Sallée nos ensinava a boa gramática em prosa e verso; em que o professor Basílio Bacarin dava o tom da boa qualidade da escola pública, dirigindo com mãos firmes e grande saber pedagógico o Colégio Gastão Vidigal; em que Paulo Pucca e Jairo Augusto gritavam a todo pulmão , os gols do glorioso e quase imbatível Grêmio Esportivo. Bons tempos, Edson. E a rodoviária é, para mim e tantos outros maringaenses saudosos dos acordes do piano do maestro Aniceto Matti e da ebulição política que gerou Horácio Racanello, Renato Bernardi, Celidônio , Bonifácio Martins, Grabois e tantos outros, uma espécie de túnel do tempo. Salvemos, pois, a velha rodoviária, com sua arquitetura moderna, certamente inspirada nas concepções de cidadania do velho e cada vez mais sábio Oscar Niemeyer.

  3. robson 13 de novembro de 2007 09:27

    Edson, olha bem. Porque eu acho que é a Praça José Bonifácio, da Somaco e Posto Maluf.

    Edson Lima: O site Tudo Maringá diz que é a praça Rocha Pombo.

  4. Edson Lima 13 de novembro de 2007 09:31

    Para Messias Mendes:
    Você deu em seu blog uma notícia que recebi tambem, de que ambientalistas dariam um abraço na velha rodovíária, em protesto pela sua derrubada. O que aconteceu, Messias? Será que desistiram?

  5. Helio Nudi 13 de novembro de 2007 09:35

    Maravilhosa essa Maringa, em todos os tempos.

  6. Chevette 13 de novembro de 2007 09:54

    Nossa… “Não mudou muita coisa não…” LOL!

  7. sergio 13 de novembro de 2007 10:25

    Parece que o Silvio já andava por aqui nessa época, por causa das arvores derrubadas!!

  8. Geraldo 13 de novembro de 2007 10:39

    Se pudesse voltar no tempo e comprar alguns terrenos na Brasil, Santos Dumont, Getulio, hoje transformaria tudo em estacionamento, contrataria um bom administrador, compraria um Ap. na Atlântica em frente a ilha em Cambúriu, e ficaria tomando caipirosca de Vodka, Bohemia, e como passatempo ficaria separando as VÔ não VÔ.

  9. Álvaro Torres 13 de novembro de 2007 11:15

    Helio Nudi:

    Maringá realmente sempre foi maravilhosa mesmo. Aí é sim a Praça Rocha Pombo. Meus avós moraram muito tempo aí perto — onde passei dias felizes —, na Rua Santos Dumont.

  10. helaine 13 de novembro de 2007 13:34

    falar em arvores vcs ja perceberam que em todas as farmacias nossas costumam sumir as arvores das fachadas das lojas!

  11. Álvaro Torres 13 de novembro de 2007 15:06

    Messias Mendes:

    Lhe enviei um e-mail, mas parece que a mensagem não está chegando. Preciso de uma informação importante sobre o Grabois, que você cita no seu texto acima. Pode entrar em contato pelo meu e-mail?

    Grato.

  12. Walter 14 de novembro de 2007 09:44

    Para notícias de Maringá sobre:
    História, Região Metropolitana, Demografia, Economia, Cultura, etc, etc, vejam este link:

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Maring%C3%A1

    Olha só que interessante: A população da região metropolitana de Maringá que compreende Ângulo, Iguaraçu, Mandaguaçu, Mandaguari, Marialva, Maringá, Paiçandu e Sarandi já chegou a marca de 532.237 habitantes.

    Gente, é muita “gente”. E dá-lhe crescimento.

  13. jefferson 15 de novembro de 2007 11:51

    Ola Edson.

    Morei em Maringá de 1953 a 1956,e tenho algumas fotos da
    época.Meu pai foi patroleiro da Prefeituta e abriu varias
    ruas na cidade.Hoje moro no interior de Minas Gerais,numa
    cidade que chama Espera Feliz,no pé do Pico da Bandeira.
    Como faço para lhe enviar algumas fotos para publicar no
    seu blog.

    Abraços Jeferson

    Edson Lima diz: mande para o meu e-mail edsonlima@odiariomaringa.com.br

    Grato.

  14. Rogério 16 de novembro de 2007 15:00

    Edson… só pra corrigir. Aquela não é a Rocha pombo, mais sim a praça 7 de Setembro. A praça do Posto Maluf hj em dia.
    Da pra ver no fundo da foto o deposito do Dias Martins.

  15. Anônimo 14 de janeiro de 2008 17:41

    edson lima favor mande um alô para francisco bento neto, q é seu ouvinte de todos os dias ele é de mandaguaçu. kem manda o alô é seu filho roberto carlos,des de já meu muito obrigado…

  16. Eduardo de menezes 19 de fevereiro de 2009 10:42

    Era 12 horas, 10 de maio 1962, exatamente quando eu coloquei o meu pé no solo de Maringa, descendo do onimbus vindo de Mandaguari, que tinha vindo de Bela Vista do Paraiso, olhei para cidade e fiquei apaixonado,Maringa esta sera a cidade do futuro, fiquei parado por um momento na fonte que havia enfrente a rodoviaria, olhando para cidade e vendo um tom vermelhado que era o pó que levantava quando ventava, pensei comigo este pó é o simbolo da fertilidade das terras que vai fazer esta cidade ser a mais bela do norte do paraná.

  17. jeremias puliquezi 23 de fevereiro de 2009 11:33

    Naquela época era compreensível a derrubada de árvores em Maringá, pois sua pujança assim exigia. E a cidade soube até aqui manter-se consideravelmente verde. Agora, o grande erro que as futuras gerações lamentarão, será, além da perda de várias edifícações históricas, a substituição da antiga rodoviária por mais um (apenas mais um) amontoado de concreto. A derrubada da rodoviária, se necessária for, apenas se justificaria sob o argumento da vocação turistica (pouco evocada) desta linda cidade: A sua substituição por uma abertura da catedral até o estádio com predominância de jardins, nos moldes dos campos elíseos de París.Os professores e alunos de Turismo não podem passar pela história de Maringá sem uma manifestaçãozinha a respeito.

  18. Eduardo de menezes 19 de março de 2009 14:53

    para quem viu Maringa 1962, agora em 2009, a cidade é outra com suas belas arquiteturas, na quela época havia muitas casa de Madeira, as ruas sem asfalto, av principal quando os carros passava levantava muita poeira do solo fertil, ó maringa como tu proguediste como voce esta linda,

  19. Eduardo 25 de agosto de 2009 17:42

    No desfile de aniversario de Maringa 1962 eu estava lá vendo a evolução das normalista, achei muito bonito, eu era apenas um garoto com pouco mais de quinze anos, Maringa já estava se preparando para ser uma metropolis, as cidades vizinhas se curvava diante de uma das cidades que tudo indicava o que seria uma das mais belas da região pelo seu traçado.
    parabens maringa pelo seu povo educado e hospitaleiro.

  20. Eduardo Menezes 19 de novembro de 2009 13:39

    Parabens tudo maringa.com pela historia contada de maringa em fotos,é de muito bom gosto, todas cidades deveria se preocupar com historia da sua cidade, pois Maringa tem uma historia apaixonante, eu gostaria de ter contribuido com fotos dos anos sessenta, procurei muito mas não encontrei, eu tinha fotos da fonte luminosa enfrente rodoviaria, fotos do desfile dos estudantes na av Brasil de 1962, fotos do hotel santos dumont, fotos na vila industrial, fotos da loja Plenolar fuganti, infelismente não consegui localizar,

  21. www.sexbh.com.br 21 de fevereiro de 2010 04:35

    Portal BHacompanhantes – http://www.sexbh.com.br

    Olá seu amigo Giovanni do Club Sex BH indicou uma acompanhante de tirar o fôlego em Belo Horizonte em nosso portal, confira as fotos de seu ultimo ensaio:

    Acesse : http://www.sexbh.com.br

    Converse diretamente com Michele Gouveia, Garota Sex do Mês de Fevereiro e agende um programa com ela.

    Modelos Exclusiva disponíveis 24horas.

    Entre em nosso portal e tenha acesso a inúmeras Garotas de Programa de Alto Nível em Belo Horizonte, Gatas realmente bonitas inteiramente ao seu dispor.

    Modelos Recentes

    Daniela Carvalho, Loira 19 Anos, 56Kg e 1,69 Mts.

    Bruna Sampaio, Loira, 20 Anos, Estilo Ninfetinha e Totalmente Liberal.

    Karina Silva, Morena 18 Anos, um espetáculo!!!! Menina para namorar ….

    Venha se deliciar… Garotas sem frescuras e totalmente liberais.

    Cadastre-se em nossas promoções e ganhe um brinde surpresa !!!!

    Vale apena conferir http://www.sexbh.com.br

    Atenciosamente

    Fernando Silva email: fernando.sexbh@hotmail.com || http://www.sexbh.com.br

    OBS:

    Este email será enviado apenas uma vez,caso não tenha feito a inscrição em nossa lista, significa que alguém cadastrou seu email ou indicou o nosso portal para sua apreciação. Esta mensagem é enviada com a complacência da nova legislação sobre correio eletrônico, Seção 301, Parágrafo (a) (2) (c) Decreto S.1618, Título Terceiro aprovado pelo “105º Congresso Base das Normativas Internacionais sobre “SPAM”. Este e-mail não poderá ser considerado SPAM quando inclusa uma forma de ser removido. Para ser removido de futuros correios, por favor, responda este e-mail com o Título (assunto) tão somente: REMOVER.

  22. Eduardo de Menezes 13 de abril de 2010 13:02

    Quero a aqui declarar amor que eu tenho por Maringá,
    é uma bela cidade, onde o verde prevalece, suas lindas ruas,
    com duas reserva verde no centro da cidade muito bem cuidado,
    o povo maringaence e previlegiada pela qualidade de vida
    que a cidade oferece,

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.