Liberação da maconha no Brasil

Pessoal, vi agora pouco uma entrevista do ministro da Saúde, José GomesTemporão, na Globo News.

Ele está mesmo com a idéia fixa de liberar a maconha no Brasil –pequena quantidade para cada viciado, claro.

Semana que vem ele terá várias reuniões, inclusive no Ministério da Justiça, para tratar disso. O homem é corajoso.

Temporão acredita que com a chamada descriminilização – como ocorre em outros países, o consumo da maconha vai cair no Brasil.

Pelo que entendi, ele acha que muitos fumam essa inhaca, porque é proibido —tipo assim “não pode, é mais gostoso”. E nisso, acredito, ele tem razão.

Bem polêmico. A liberação vai alavancar o tráfico –a não ser que a maconha seja vendida em farmácias, como ocorre na Holanda.

48 comentários sobre “Liberação da maconha no Brasil

  1. Adriano 13 de fevereiro de 2009 14:21

    Essa teoria desse Temporão, é uma imbecilidade sem tamanho é um ccaminho sem volta.Imagina a gente conviver com gente se drogando do nosso lado. PUtz brasil ta perdido. Acho que esse Temporão é um viciado.

  2. Evandro Cesar 13 de fevereiro de 2009 14:22

    “Um abismo chama outro.” isto é biblico…
    enfim,
    só pra se ter uma idéia, na holanda, pais com maconha liberada para fumar pequenas quantidades em locais determinados …

    começou com a prostituição liberada (aqui no Brasil tem esse negocio de profissional do sexo), depois a maconha, depois as vitrinas de sexo, depois sexo ao ar livre em algumas praças, depois o aborto, e agora eles (holandeses) estudam a possibilidade de liberar a pedofilia – logico que mascaradamente, ou seja, discriminilizar o ato de fazer sexo com menores, ou seja, um adulto poderia fazer sexo com qualquer pessoa menor de 18 anos, enfim, sou inteiramente contra, por que não pensa em alguma coisa mais util, sei lá, melhorar essa lei seca, sei lá. Proíbido é mais gostoso? isso é mentira, desculpa!

  3. RICARDO VILLALOBOS 13 de fevereiro de 2009 14:43

    Corajoso mesmo, pois vai contra principalmente o preconceito que existe com essa planta. Muitos estudiosos do assunto garantem que o maior problema da maconha esta justamente na proibiçao e em toda a desgraça que o TRAFICO produz na sociedade. Nao que ela seja inofenciva, mas tambem nao é a pior substancia do mundo, pelo contrario, tem utilidade farmaceutica pra diversos males e vem sendo utilizados desde que o mundo é mundo sem grandes problemas (até a proibiçao, que abriu as portas para o trafico e tudo o que acontece por tras, inclusive muita grana rolando nas maos dos colarinhos brancos e policiais corruptos). Na minha opiniao para quebrar essa rede criminosa por tras do comercio ilegal seria interessante a venda controlada como ocorre na Holanda ou a liberaçao de plantio de pequena quantidade pelo usuário. Quer fumar? Cultive seu vazinho, saiba o que esta fumando, nao de dinheiro pra traficante! Assim a qualidade seria garantida, 100% da maneira que foi criada pela natureza, sem adiçao de inumeros lixos que os traficantes misturam para aumentar o lucro. Alias poucos conhecem a historia da proibiçao dessa erva no seculo passado, motivados por preconceitos raciais (negros/mexicanos) e pelo lobby da industria farmaceutica americana. Existe um documentario interessantissimo sobre o assunto, que recomendo para aqueles que nao querem se alienar sobre todos os pontos de vista realcionados a este tema. Foi lançado no Brasil em DVD pela revista superinteressante e esta disponivel tambem pelo youtube.Vale a pena.

  4. David 13 de fevereiro de 2009 15:08

    Vendo no blog do Noblat essa semana, um órgão da ONU tb está com essa proposta e também o ex-presidente FHC. Veja a nota
    A descriminalização da posse de maconha para o consumo pessoal pode ser uma das saídas para a erradicação das drogas, segundo relatório apresentado nesta quarta-feira pela Comissão Latino-Americana sobre Drogas e Democracia, que tem à frente os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso, César Gaviria (Colômbia) e Ernesto Zedillo (México). FH explicou que a sugestão de descriminalização não significa “tolerância”.

    - Reconhecemos que a maconha tem um impacto negativo sobre a saúde. Mas inúmeros estudos científicos demonstram que o dano causado por esta é similar aos do álcool e do tabaco

  5. Armando 13 de fevereiro de 2009 15:15

    UUUUUUUUUUUUUUUUUUHHHHHHHHHHHHHHUUUUUUUUUUUUUUUUUU… HAUAHUAHAUHAUHA… ZUERA!

  6. patricia 13 de fevereiro de 2009 15:35

    eu acho que devia libera a maconha porque mesmo proibido 80% dos moleque de 14 ate 30 fuma entao é melhor libera

  7. RICARDO VILLALOBOS 13 de fevereiro de 2009 15:45

    Adriano, nao fale besteira meu filho. Porque acha que o ministro é viciado apenas porque ele entende todo o contexto por tras do assunto, enquanto na sua cacecinha voce se preocupa com viciados ao seu lado? Nao quero polemizar, mas quantas idiotices voce ve as pessoas fazerem após ingerir bebida alcoolica? Só olhar para os acidentes de transito e os relacionamentos familiares pra ter uma ideia. Isso ocorre porque em nossa sociedade é legal e aceitável “tomar uma gelada ou um wiskizinho” enquanto fumar um pouco de mato se torna coisa de vagabundo. Nao estou defendendo o uso de nenhuma substancia, apenas a informaçao sobre o assunto, pois o que mais vemos sao opinioes baseadas em preconceitos, e aposto que esse post vai chover de comentarios desse tipo. Só pra constar, nao estamos discutindo sobre CRACK, COCAINA, HEROINA, etc. Nao adianta achar que é tudo farinha do mesmo saco porque nao sao! Informaçao, esse é o segredo.
    Concordo plenamente com o David, alias existem diversos estudos que provam que o tabaco é bem mais nocivo né EDSON? Vicia ou nao vicia? Mas é liberado pra comprar em qualquer esquina. Porque acham que isso acontece? Existem muitos intere$$es que o povo desconhece.

  8. Adriano 13 de fevereiro de 2009 15:52

    Daki uns dias vai ter gente doidão aki escrevendo comentario.Faça me o favor tem que ser proibido sim sempre.Eo mal exemplo ??? O negocio sem liberar jah é uma problema,isso vai incetivar o consumo daki uns dias nao poderemos nem sair mais de casa.

  9. Edson Lima 13 de fevereiro de 2009 16:08

    Vou ter que dar um tempo no blog. Quando voltar atualizo os comentários. Aproveito para agradecer. Nunca se viu tantos comentários assim num blog. Benza Deus.

  10. RICARDO VILLALOBOS 13 de fevereiro de 2009 16:09

    Isso Adriano, vamos proibir pra sempre! Vamos continuar deixando os usuarios financiar a industria do trafico, vamos continuar a prender usuarios na mesma cela que assassinos, ladroes e coisas do tipo. Ou na sua utopia as pessoas nao usarao mais a erva somente porque existe uma lei que os proibe? Voce conhece a historia da lei seca americana e o poder criado pela mafia pra abastecer o uso de alcool naquela epoca?

  11. V.R. 13 de fevereiro de 2009 16:14

    eu
    sou
    favorável
    a liberaçào da maconha e de todas as demais drogas existentes no mercado negro…………

    na Holanda e na Suécia deu certo………

  12. minc 13 de fevereiro de 2009 17:12

    Ei crianças isso é só o fim,só o fim.tem que liberar mesmo,as vezes por causa de um simples baseado o cara é jogado no meio de alta periculosidade.quem assistiu o filme BICHO DE 7 CABEÇAS SABE DISSO.

  13. Gersao 13 de fevereiro de 2009 17:27

    A oposição é incompetente (ou CONIVENTE) para mostrar a verdade. Como é que a população pode aprovar um desgoverno que: PERMITE QUE A VIOLÊNCIA CRESÇA DIA-A-DIA? Que se MORRE NAS FILAS DOS HOSPITAIS? Que NUNCA ANTES NESSE PAÍS TANTOS MORRERAM DE DENGUE?
    A lista de medicamentos distribuídos pelo SUS para o tratamento de câncer NÃO É ATUALIZADA HÁ SEIS ANOS!!! Neste período, surgiram MAIS DE QUARENTA REMÉDIOS MAIS EFICAZES E MODERNOS. Vale dizer: PODEM ESTAR MORRENDO POR DISTRIBUIR (quando há) REMÉDIOS OBSOLETOS!!! Por outrro lado, o CRIMINOSO Temporão gasta dinheiro publicando cartilhas para CONSUMO “SEGURO” DE DROGAS, inclusive do CONTRABANDEADO Ecstasy!!! É OU NÃO UM DESGOVERNO CRIMINOSO???

  14. David 13 de fevereiro de 2009 17:33

    eu não defendi a liberação. Pelo contrário, me oponho totalmente a este tipo de atitude. Postei ali um comentário que tirei do blog do noblat, em que o ex presidente FHC tb defende esta postura. A posição é dele.Não convordo com a opinião, mas queira mostrar que existe mais gente do que o Ministro Temporão que defende tais posições.
    Aonde houve liberação não existiu nenhum benefício real para os viciados ou a populção em geral. Se liberar a venda, vai tabmbém ter que liberar as plantações. E daí ? vão certificar os produtores? vão emitir nota fiscal? se apresentar nos cadastros comerciais e bancários como? produtos ou comerciante de maconha?
    O cara vai pedir um emprego, o empregador olha a CTPS dele e consta lá no emprego anterior: COMÉRCIO DE MACONHA FHC E TEMPORÃO LTDA. Será que vai ser empregado?

  15. Indignada 13 de fevereiro de 2009 17:37

    Primeiramente, não sou usuária de drogas, e sou totalmente contra o seu consumo, mas sinceramente vamos parar de demagogia e hipocrisia , pois o consumo da maconha já foi “liberado” faz é muiiiiiiiiiiiittttooo tempo, só não enxerga quem não quer. Assim como outras drogas como o crack, álcool e cigarro (desculpem -me os tabagistas “presente”, sem querer ofender ou julgar por favor, pois acho que cada um faz da sua vida o que bem quer e entende…e eu tbem adoro uma cervejinha e sei muito bem que álcool tbém é droga)

    TRabalho no novo centro e quem quizer conferir se é verdade pode passar e ver com os próprios olhos o que relato….

    na esquina entre a João Paulino x Herval próximo a algumas lojas de móveis ali localizadas, vcs podem ver a qquer hora do dia um bando de gente que ficam ali se drogando,embaixo das marquizes dos prédios recem construídos ali e a maioria das pessoas que por ali trabalham ou deixam seus carros estacionados morrem de medo de passar por ali, assim como eu…já cansamos de chamar a polícia que, não podem fazer nada pq são usuários….ou seja, tá liberado faz é tempo !!!!!!

    A diferença é que estando legalizada, a maconha vai deixar de ser “marginalizada”…mas continuando a ser consumida como sempre foi e sempre será….

    Acredito, no meu ponto de vista, que se isto acontecer poderá até diminuir a violencia e a briga de “ponto” do tráfico…..

    E tem mais…se os traficantes virarem “distribuidores e empresários do ramo” assim como as cervejarias e industrias de cigarros, imegine o tanto de imposto que será arrecadado uhuuuuuuuuuuuuuuu

  16. .. 13 de fevereiro de 2009 17:41

    PURA PALHAÇADA, CONFORME DISSE O FUTURO CAPITÃO QUE COMENTA AQUI NO BLOG, ME ESQUECI O NOME DELE. HOJE É TENENTE, MAS O CONSIDERO JÁ CAPITÃO DA PM DO PARANÁ SOMOS NÓS QUE COLOCAMOS ESSES ANIMAIS COMO POLÍTICOS E ELES COLOCAM ESSES MINISTROS ALOPRADOS .
    ENTAO SENDO ASSIM , A SAIDA PARA ACABAR COM O DESEMPREGO, É SÓ MANDAR TODOS OS FUNCIONÁRIOS DO BRAZIL INTEIRO EMBORA, DEMITE-SE TODO MUNDO , DAÍ PODEREMOS DIZER QUE NÃO EXISTE DESEMPREGO NO PAÍS, ´JÁ Q NÃO TERÁ EMPREGO, ENTÃO NÃO EXISTE DESEMPREGO

  17. Lukas 13 de fevereiro de 2009 17:49

    Ratificando meu comentário sobre a maconha, o nome do Futuro Capitao é Mazeto, então escrevo assim
    CAPITÃO MAZETO

  18. PROFESSOR 13 de fevereiro de 2009 19:42

    COMPLICADO!!!

    Como diz o ditado: “SE NÃO PODE COM O INIMIGO, JUNTE-SE A ELE”

    É mais fácil legalizar e autorizar as farmácias, os MANOS e os FILHOS DA CLASSE MÉDIA ALTA a venderem o produto e RECOLHER mais IMPOSTOS que enfrentar quadrilhas armadas até o dente.

    HAHAHAHAHA

    BOA IDÉIA!!!

  19. jairo 13 de fevereiro de 2009 19:56

    FAZER ALGUMA COISA BOA PARA FAVORECER A FAMILIA NINGUEM FAZ, MAS PARA FAVORECER O USUARIO E ATÉ O TRAFICANTE, TEM UM MONTE DE GENTE TENTANDO AJUDAR, SERÁ QUE ESTE CARA JA PENSOU QUE COM A LIBERAÇÃO DA MACONHA, OS USUARIOS VÃO ESQUECER DELA E PROCURAR OUTRAS DROGAS DE MAIOR POTENCIA? OU SEJA, QUE CONTINUARÁ PROIBIDA? ISTO EM MINHA OPINIÃO É SE ALIAR COM OS TRAFICANTE PARA QUE ELES DEIXAM DE VENDER A MACONHA QUE É DE POUCA VALIA E PASSAM A VENDER MAIS CRAK,COCAINA E OUTRAS DROGAS MAIS PERIGOSAS PARA MATAR MAIS RAPIDO O USUARIO E DESTRUIR A FAMILIA.ISTO NOS MOSTRA A IMCOPETENCIA DE NOSSOS POLITICOS QUE PREFERE LIBERAR A MALDITA DROGA, DO QUE COMBATER COM LEIS RIGIDAS OU ATÉ MESMO OFERERECER UM BOM TRATAMENTO PARA ESTES POBRES DOENTES.

  20. Nick 24 13 de fevereiro de 2009 20:57

    Já passou da hora de consertar 69 anos de erro! Proibir a maconha foi um grande erro que o governo cometeu. Abriu espaço para outras drogas fortes de destruidoras. Se a maconha for liberada, pra que correr atrás de crack ou cocaína? Parabéns ao ministro!

  21. Nick 24 13 de fevereiro de 2009 20:59

    Assistam o documentário que a Super Interessante fez sobre a maconha e descubram porque ela foi proibida no mundo.

    Tenho certeza de que muitos que condenam a cannabis sativa ficarão estarrecidos e perceberão o quanto foram manipulados pelo governo e as forças policiais ao longo dos anos.

    Assista. Tá no YouTube.

  22. Sandra 13 de fevereiro de 2009 23:04

    Depois de um tempo vão distribuir bolsa maconha.

  23. Ivete 14 de fevereiro de 2009 00:04

    O problema no Brasil é sempre achar que o que é bom lá fora, também pode ser bom aqui. Acho que é uma questão que deve ser debatida com toda a sociedade e não apenas decidida por alguns. Afinal a droga já tomou conta da sociedade de tal maneira que é urgente e necessário que se tome providências sérias em nome de um bem valioso que temos: a vida.

  24. Kareta 14 de fevereiro de 2009 08:22

    Ja que o mundo esta na sua reta final e não tem mais solução mesmo, é melhor que seja legalizado, pois quanto mais usuários se estragando com essa droga, menor será a concorrência para as boas oportunidades que ainda existem no mercado de trabalho. Quem é usuário dessa porcaria se coloca em uma condição de lixo humano, vira um inútil, com capacidade de raciocínio e tomada de decisão drasticamente limitada. A vantagem do usuário de maconha é que se torna um bunda mole, um retardado, ao contrário dos usuários de cocaína e crack, que se tornam violentos e matam para conseguir a droga. Portanto aqui vai meu total apoio ao ministro, mesmo porque se investigar o passado dele provavelmente deveria dar umas boas tragadas nas rodas de botecos no entorno das escolas e faculdade que frequentou (se frequentou).

  25. PAULOMARINGA 14 de fevereiro de 2009 11:36

    Não deixem de assistir. Vocês ficarão surpresos com este documentário. A rolagem para novos vídeos é automática. Insisto: assistam e ficarão surpresos:

    YOUTUBE

    GRASS – Maconha – A VERDADE QUE POUCOS SABEM E MUITOS DEVIAM SABER – PARTE 1

  26. Nick 10 14 de fevereiro de 2009 11:57

    Meu Deus, quantos comentários ridículos dos contra. Repetem o mesmo discursos que entupiram suas cabeças ao longo dos anos. Não conhecem sobre o que discursam nem tem opinião própria. Se conhecessem a cannabis, tenho certeza que mudariam esses discursos pequenos e vazios.

  27. Edilson neves 14 de fevereiro de 2009 12:11

    esse assunto ja esteve em pauta tempos atras, e agora volta a tona, eu sou contra, haja visto q temos campanhas combatendo o cigarro o alcool, seria uma incoerencia pois, a maconha tbem causa danos a saude, segundo estudos, o uso constante da droga aumenta em 40% o risco de esquizofrenia. no reino unido a maconha deixou d ser considerado uma droga classe “c” p/ classe “b”, isso significa q quem for flagrado com a maldita no reino unido pode pegar até 5 anos d prisao, ja a pena maxima p/ os fornecedores 14 anos. por aki tem aqules q defende ideia da liberaçao, argumentando o direito da plena liberdade, outro engano pois o direito individual nao pode prevalecer sobre o direito da vida em sociedade, e qto aos traficantes tbem nao inibe a açao dos msm, outro argumento errado pois, a maconha é um trampolim p/ as drogas + pesadas, ja q o usuario vai sentir a necessidade de progredir, passando assim a narcoticos + pesados tipo cocaina, heroina portanto, q nossas autoridades nao caiam nessa conversa, aprovando tal liberaçao…

  28. kaelsilva 14 de fevereiro de 2009 13:32

    sou totalmente contra a liberação, mas se for liberar tem que liberar tambem locais para venda como por exemplo farmacia. me da um sache com eno e uma troxa de maconha é o fim…

  29. Nick 9 14 de fevereiro de 2009 14:34

    Ihhhhhhhhh, véio, esqueci o que ia escrever. Depois eu volto!

  30. Nelsinho 15 de fevereiro de 2009 21:10

    Ver com os próprios olhos é muito legal. Acho que vou emprestar um par para ver com os olhos de outro.kkkkkkkkkkkkkkkk

  31. marcela 16 de fevereiro de 2009 09:16

    oi eu estou com um pouco do efeito da “EVA” VCS SABEM AO CERTO Q A MACONHA EM SÍ NÃO É LIXÍTA…EM FIM DEUS QUANDO FEZ O MUNDO ELE FEZ TUDO DE TAL MANEIRA PARA QUE ASSIM O HOMEN SOUBESSE DESFLUTAR TUDO DE BOM.–*A MACONHA É UM SER DA NATUREZA ONDE DEUS PERMITIO A ESISTÊNCIA .
    MAS ESSAS COISA Q O HOMEN PONHE A MÃO PRA CONTRUIR ,DESTRUINDO A SI E TODA ESSA SIRCONFERÊNCIA,QUE DEUS PLOJETOU .EM

  32. vincius 13 de março de 2009 15:50

    Na minha opinião deve liberar sim.
    Mais pra não gerar problemas
    seria necessario estimular um
    imposto aos futuros comerciantes.Liberando a maconha
    reduziria a taxa de criminalidade a surper lotação em cadeias.Por que não é só gente pobre qu fuma não,tem muito rico ai que tambem fuma.Essa é minha opinião.goste ou não..

  33. ENAYAD 16 de maio de 2009 16:24

    “A MACONHA NÃO DEVE SER LIBERADA,PELO SIMPLES FATO DE EXISTIRAM NO MUNDO PESSOAS IMPULCIVAS, CAPAZES DE NÃO CONSEGUIREM CONTROLAR O USO,ASSIM COMO PESSOAS OBESAS QUE NÃO CONSEGUEM PARAR DE SE ALIMENTAR!
    ACABAR COM ESSA TAL DE LIBERAÇÃO DA MACONHA SERIA UMA ESPECIE DE VITORIA PARA ALGUMAS PESSOAS, COMO MÃES QUE LUTAM TODOS OS DIAS PARA MANTER OS FILHOS LONGE DAS DROGAS OU MESMO MÃES QUE PERDERAM SEUS FILHOS OU MESMO FAMILIARES PELO ENVOLVIMENTO TAMBEM DAS DROGAS, E QUE SENTEM ESSA LEI DE PROIBIÇÃO COMO UM ALIADO PARA DETER ESSE MAL QUE TOMOU CONTA DE NOSSA REALIDADE.”

  34. Paulo 22 de maio de 2009 13:06

    Interessante algums colocações, não vejo argumentos mas preconceito na maioria delas. Aproibição da maconha não está somente ligada aos males que ela pode causar, está ligada a produção textil nos anos 40 nos EUA. Verifiquem e analisem.

    Segundo e último, pois não acredito qeu aqui vou convencer algum dos camaradas contrários de mandeira intransigente a liberação da maconha, e consequentemente do direito a plantarmos o que consumimos e assim não sermos mais “NÓS” os reféns do tráfico. Qual o medo? Que as pessoas passem a fumar durante o trabalho? Que um médico fume antes de atender um paciente? que um professor de auto-escola fume antes de ensinar um aluno o qeu não se deve fazer na direçaõ? Que o professor de seus filhos fume antes de ir pra aula? Que o seu filho conviva com isso?

    Tristes e cegos companheiros, isso já acontece e vcs nem percebem..

    Grande abraço a todos..

  35. patty maccari 10 de agosto de 2009 20:55

    Eu…acho q tem q ser liberado s o q adianta ser proibido os muleques fuma do msm geito libera assim é melhor num vai ter tanto trafico de droga no nosso pais…
    Pq tdo q é proibido é mais gostoso…

  36. raiane dias dos santos áquila 12 de agosto de 2009 23:49

    sou totalmente contra…………

  37. sergio 30 de agosto de 2009 10:08

    Perfeita a ideia ds liberaçao. quando alquem se apavora c a ideia e porque nao tem a menor noçao do problema. ainda sai como total ignorante. pois saiba que se o brasil plantar p exportar cannabis. ele transforma a sua economia na mais poderosa do mundo em pouco tempo, alem das milhares de intençoes industriais que a fibra da planta proporciona. o cultivo dela é milenar. as caravelas que trouxeram os descobridores do Brasil a essas terras traziam toneladas de cordas feitas com a fibra da cannabis. a maior economia da europa a Alemanha ja planta p industrializaçao a mais de dez anos.
    e agora ja é entendido pela maioria do mundo que o caminho para o combate as drogas nao e a criminilizaçao e sim a educaçao e saude. Hoje esse e o maior meio de estorçao que a policia tem para judiar covardemente dos nossos jovens. chega de ignorancia.
    E Por tanto parabens ministro da saude Jose gomes temporao é certa a sua providencia .

  38. FABIANA CRISTINA 30 de agosto de 2009 16:42

    PRA FALAR A VERDADE ACHO QUE DEVIA SER LIBERADO,NÃO SOU USUÁRIA, MAS ACHO QUE SE ALGUEM QUER MORRER ELE TEM A TOTAL LIBERDADE DE ESCOLHER COMO, E QUEM COMO SE DIZ O QUE É PROIBIDO É MAIS GOSTOSO, QUANDO SE LIBERAR NÃO SERÁ NECESSARIO FAZER TANTA COISA PARA SE CONSEGUIR, A INFORMAÇÃO TÁ AÍ CONSOME QUEM QUISER.

  39. geremias 9 de setembro de 2009 12:21

    sou contra a legalização da maconha e contra a idéia de que tal droga não seja maléfica à saude.voçes, usuários são todos escravos, não tem auto afirmação e necessitam dessa porcaria para para tal. maconha destrõem neurônios de no homem diminui o espermatozóide. continuem usando, seus fracassados!

  40. felipe andre escalfoni 16 de setembro de 2009 17:30

    a maconha tem que ser liberada sim maconha e muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito bom

  41. Marcelo 18 de setembro de 2009 17:15

    Não é pq a liberação da maconha vai acontecer que nosso País vai piorar.Geralmente como o texto demonstra, as pessoas fumam porque é proibido.Minha opinião mesmo sem ser usuário, sempre será a favor da liberação, ja que, com um país ridículo como o Brasil, que aproveita da bondade das pessoas a favor do senado/politica/justiça, quem sabe se a liberação ocorrer a cultura indigena volta a atuar em seus devidos lugares…
    Nosso Brasil não vai melhorar ou piorar com a liberação, isso só acontecerá, quando políticos decentes entrarem no governo.

  42. NATANAEL 14 de outubro de 2009 16:09

    Há muita hipocrisia sobre essa discussão, pois o álcool mata e ofende e oprime muito mais do que a maconha. Quantas e quantas famílias sofreram e ainda sofrem com o consumo de álcool. Quantas famílias já foram destruídas por causa daquele HAPPY WALWER do fim do dia. quantos atropelamentos, homicídios, suicídios, estupros, agressões (verbais e físicas), quantos relatos de jornais de pessoas que tiraram a vida do próximo por causa do álcool. Obs.: Más ninguém fala em proibir o álcool. porque, Porque se tornou objeto de lucro da máquina administrativa.
    Perdão se estiver sendo radical demais, mais a MACONHA diante de uma bomba nuclear que é o álcool parece ser mais uma bombinha de salão (sombinha de criança).

  43. CAMILA.... 19 de outubro de 2009 16:21

    LULA SEU OTARIO N ADINTA CONTINUAR PROIBINDO……. QUANTAS PESSOAS AINDA VAO TER QUE MORRER POR CAUSA DESSA LEI QUE N ESTA SERVINDO P/ NADA….. VOU TE DAR UM CONSELHO, FUMA UM BASEADO P/ VC PENSAR MELHOR NO CASO!!!!!!!!!!

  44. JHORDY MONTEIRO 3 de maio de 2010 16:49

    pow leghal mesmo só na maresia uuuuuuuuuuhhhhhhhhh.gol do brasil.

  45. Paulo Moreira 28 de maio de 2012 20:21

    A bebida alcólica é liberada e olhe quanda disgraça provoca nas famílias e sociedade. A maconha é simplismente o PORTAL DO IMFERNO DOS ácidos, do crack e da morte de nossos filhos e amigos. Não cometa mais este grande erro Sra Presidenta.

  46. romário 29 de maio de 2012 20:52

    dilma

  47. flavio 21 de junho de 2012 10:49

    …… libera Dilma, melhor para o brasil.???
    ……. mas libera a maconha, nao outros tipos d droga .!
    ……. vai libera ou nao queeremmos respostas

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.