Alvaro Dias quer baixar a maioridade penal

O senador Alvaro Dias(PSB/PR) voltou a defender hoje, em entrevista no Senado, a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição(PEC) apresentada por ele que reduz de 18 para 15 anos a maioridade penal.

Segundo o senador, a idade limite de 15 anos foi definida com base na média das pesquisas de opinião e também das idades usadas como parâmetro em vários países do mundo.

Para Alvaro Dias, esse é um debate importante por causa do aumento da criminalidade envolvendo menores de idade e a expectativa é de que a mudança da legislação possa contribuir para a redução dos índices de violência. Veja a entrevista

Geral

34 comentários sobre “Alvaro Dias quer baixar a maioridade penal

  1. Etilbutano 7 de maio de 2013 15:25

    Acho muito ainda, mas já é muito melhor do que está hoje.
    Por falar em dimenor, pra variar aquele monstro do Rio, que estuprou no ônibus, é dimenor… não tem um pra mandar um dimenor deste pra casa do pai dele?

  2. Curioso 7 de maio de 2013 15:29

    Por falar em menores…vcs lembram daquele rapazinho que deu tiros na policia de pistola gericó.
    Então… o rapazinho já está na ativa de volta, já comprou arma e novo estoque de drogas.
    Mas não estava preso até esses dias???
    Pois é… infelizmente essa é nossa realidade, a bandidagem está tomando conta da vila morangueira.
    Depois o povo se surpreende com o arsenal, mas ninguém faz nada até acontecer o pior.

  3. SARGENTO FAHUR 7 de maio de 2013 16:22

    Concordo com o Senador. Essa molecada de 15, 16 anos, hoje em dia eh muito esperta e sabe bem o que quer e faz. Podia se reduzir a idade penal e dar uma pequena atenuante para os criminosos menores de 18 anos, tipo um terço a menos de pena, ou algo próximo disso. Agora o que não pode e essa molecada deitar e rolar e ficarem praticamente impunes, sendo inclusive usados como bodes expiatórios em crimes praticados junto a maiores de idade. O único problema eh que neste pais tem um bando que defende bandido que da ate medo.

  4. Intrigado 7 de maio de 2013 16:29

    Baixar a idade penal não vai resolver o problema. Crianças de 12 ou 13 anos passarão a cometer os crimes q hj são praticados por quem tem 16 ou 17, o mundo do crime irá recrutá-los.

    Existem outras medidas q poderiam resolver o problema, mas nenhum governante tem interesse q o problema acabe.

    Enquanto isso aparece um Senador dizendo q descobriu o fogo e q o mundo esta salvo através de pesquisas de opinião.

    Mas é o q o povo deseja, então q seja feita a vontade do povo.

  5. ULF 7 de maio de 2013 16:45

    Está lá pelo que me lembro desde 1999 e agora vem me falar de reduzir a maioridade penal, ah! Lembrei, ano que vem tem eleição, e dessa vez ele precisa se reeleger, tá explicado! Sem mais Edson.

  6. PROFEÇOR 7 de maio de 2013 17:31

    Ouvi a entrevista do Senador em uma rádio. O que mais me chamou a atenção, e acho verdadeiro, é que, se esses “DE MENOR”, sabendo que vão para a cadeia e ficarão presos, não mais aceitarão assumir os crimes cometidos pelos “de maior”, e dessa forma deve diminuir muito a apreensão dessa meninada. Sabe-se que muitos “de menor” são os verdadeiros chefes de gangues, e aliciam os “de maior”. É invertida a coisa.
    Para meu gosto, muitos crimes já poderiam ser responsabilizados a partir de 12 anos.

  7. Alex 7 de maio de 2013 17:44

    Tem que baixar pra 12 anos.

  8. João R. 7 de maio de 2013 17:49

    Não deveria ter idade mínima, cometeu crime vai pra cadeia independente da idade, nos Estado Unidos se não me engano lá com 8 anos já responde pelos crimes..

  9. João R. 7 de maio de 2013 17:50

    E antes de prender tem que levar uma boa surra pra aprender a não fazer o que não deve…

  10. Felipe 7 de maio de 2013 18:06

    apoiado o senador

  11. humberto boaventura 7 de maio de 2013 18:26

    Podem esbravejar! Mas o brasil nao vai diminuir a maioridade penal. Primeiro porque o governo nao quer. Segundo porque e clausula constitucional imutavel. Terceiro porque nao resolve. Antes que diga que e uma opiniao de petista. Consultem as paginas dos ministerios publicos estaduais, todos sao contram. Os promotores lidam com o direito penal todo dia, entao eles sabem o que tao falndo. O indice de reincidencia de menores que sfrem as medidas educativas do eca e bem menor que a pena do codigo penal. O indice de crimes com pena de reclusao com mais de oito anos praticados por menores nao chega a 2%. Puro populismo penal!

  12. pingo 7 de maio de 2013 18:57

    O menor deveria ser punido pela gravidade de seu crime e não por sua idade.É só perguntar a um menor de idade de bem, se ele sabe o que faz?,ele lhe dirá que sim,pois o mesmo até escolhe: presidente,senadores,etc.

  13. Tormel 7 de maio de 2013 19:29

    MATARAM O FILHOTINHO.
    Seria bom se o senador explicasse porque o PSDB e o DEM se uniram para dar fim a CPMF (insonegável), com isso o Brasil viu escorrer pelo ralo a idéia genial de uma reforma tributária. O SUS já perdeu mais de 700 bilhões, com o fim dessa contribuição. O atual sistema (tributário) promove uma brutal concentração de rendas e consequentemente aumento da marginalidade.
    Colocar jovens nas cadeias brasileiras, do jeito que está, é pedir para que façam pós graduação para o crime.
    ALERTA! Jesus Cristo está voltando.

  14. Mary 7 de maio de 2013 19:35

    Acho que tem que, quando nascer, já nascer trancafiado…
    huahuahuahuahuahuahua

  15. melkizedeke 7 de maio de 2013 19:36

    Penso que desistir de um ser humano a partir de seus 15 anos, e socar o mesmo em uma cadeia, só fará que o mesmo ao cumprir sua primeira reprimenda legal saia com o potencial delitivo muito maior, deve haver outros meios legais de se trabalhar esta questão, eu não sei qual, mas é bom que este debate esteja em discussão, pena que esse Senador não tem apoio nem de sus partido aqui no Paraná, conhecido como cavaleiro do apocalipse, que nunca chega.

  16. RENATO 7 de maio de 2013 19:36

    Pois é leitor “CURIOSO”, este rapazinho é o chamado “elias maluco”, tem este apelido em alusão ao perigoso bandido carioca, devido à sua alta periculosidade.Mas o excelentíssimo Promotor de justiça da vara da infancia e juventude de Maringá, entendeu que ele praticou apenas o ato infracional de disparo de arma de fogo, e nao tentaiva de homicidio contra os policiais. Mesmo eles (eram dois menores)tendo disparado diversas vezes em direçao dos policiais, acertando um tiro na viatura, inclusive. Agora ambos estão soltos, aterrorizando a populaçao da vila Morangueira.

  17. Joaquim da Silva Ramos 7 de maio de 2013 20:18

    O SENADOR ALVARO DIAS, Tem razão tem que ser rebaixado a menoridade de 14 aos 17 anos tem que se responsabilizar pelos seus atos, ficando de 08 a 12 anos para o reformatorio, de 0 a 8 anos com a família e escola, tem que ser a mesma pena, se manerar a pena, eles continuam assumindo o crime que o adulto cometeu, não é porque tem eleição ano que vem, O senador Alvaro Dias sempre demonstrou ser contra a corrupção, indicando um caninho honesto e digno para todos os brasileiro.

  18. Marcelo Del Trejo 7 de maio de 2013 20:29

    Partem de uma premissa falsa aqueles que acham q o crime recrutará menores “ainda menores” se a maioridade for reduzida. Já há muito que o crime não recruta menores. Hoje, O CRIME É “OS MENORES“.

    Pela ousadia que possuem pela certeza da impunidade, hoje SÃO ELES OS CHEFES DAS QUADRILHAS. Já se foi o tempo no qual eram apenas “usados”.

    Esse crime no que deu origem a esse post é o exemplo típico. Mostra a ousadia de quem tem a mais absoluta certeza da TOTAL IMPUNIDADE, pela lei e pela força (armas).

    No mais, gostaria que me apontassem de q jeito exatamente essa “dimenor” foi usado por criminosos…

  19. marques 7 de maio de 2013 20:30

    Esse senhor que foi humilhado pelos tucanos tanto pelos dep. como pelo alberto beto,vendo o paraná sendo massacrado pela bandidagem, vem com essa conversa mole, por que nao fez isso qdo os tucanos comandavam o Brasil, oportunista isso sim.

  20. zani 7 de maio de 2013 21:04

    Não tem que baixar, tem que acabar, já não existe o estatuto da criança?
    Então deixou de ser criança(12 anos)tem que responder igual ao adulto.

  21. leo/mga 7 de maio de 2013 21:47

    Pra que debate, e so botar em votação, neste Pais tudo vai para debate e não resolvem nada.

  22. gersao 7 de maio de 2013 23:02

    Esse senador Álvaro Dias tem que parar com esse discurso de palanque. De que adianta reduzir para 15 anos se o de 14 poderá cometer crimes e continuar impune?

  23. Márcio 8 de maio de 2013 02:14

    Pura demagogia eleitoreira!
    Parece-me oportunista essa declaração do Sr. Álvaro Dias. Na verdade, uma forma de aparecer na mídia nas vésperas da campanha eleitoral.
    Creio que a lei para maioridade penal já deveria ter sido resolvida, inclusive pelos ilustres senadores, há muito tempo. Afinal, o que fez o senador em questão nos últimos 8 anos?

  24. jose ze 8 de maio de 2013 09:46

    Acho que diminuindo a maioridade penal, assim como deveres, direitos também serão conquistados, como carteira de motorista, onde um veiculo pode muitas vezes se tornar uma arma na mão de quem não sabe usar. O que pode ser feito é que assim como um cidadão que comete um crime de homicidio e é condenado a uma pena de 10 anos por exemplo, o menor se tiver 15 anos da mesma forma seja condenado, cumprindo 3 anos separados e ao completar 18 va cumprir os demais 7 anos na penitenciaria. Outra forma é que haja o ressarcimento do dano material, onde furtão por exemplo a sua casa, os autores sendo identificados, mas os objetos já se foram, que os autores paguem pelo prejuizo material.

  25. mac 8 de maio de 2013 10:27

    Eu não posso “bater” na minha filha, com 10 anos de idade.
    Mas posso “ameaçar” bater, ou dizer que vou colocá-la de castigo, caso desobedeça. Sabendo disso, ela não desobedece, ou, pelo menos, fica com medo e “desobedece” menos.
    É isso que conseguiremos com a diminuição da maioridade penal.
    Os menores, que hoje estão propensos a cometer um crime, ficarão com mais receio do castigo que poderão sofrer e, no mínimo, diminuirá a incidência de crimes por eles cometidos.
    Acabar não vai. Isso é lógico. Mas vai diminuir, com certeza. Ainda por cima, os que insistirem em cometer os crimes, é porque já estão cientes e perdidos mesmo. Então: cadeia neles.

  26. Carlos 8 de maio de 2013 10:46

    - Demagogia total!!!

  27. Mary 8 de maio de 2013 13:44

    Esse Piruquinha é um comédia. Prá mim ele está somente atrás de voto. E os desavisados votam nisso aí…Isso é “pacabá”!

  28. Peter Bad Harthes 8 de maio de 2013 13:52

    Os lulistas, a qualquer intervenção de algum parlamentar, chamam-no de oportunista, de demagogo. Às cagadas da sua quadrilha, culpam o PIG. Sugiro sairem por ai empilhando laranjas em descidas.
    O senador Álvaro Dias cumpre as tarefas que lhes foram delegadas, não se omitindo diante de problemas que dizem respeito à vida de cada um e de todos os brasileiros.

  29. Curioso 8 de maio de 2013 14:01

    Eu fico intrigado com a facilidade desses rapazinhos conseguirem armas, e armas semi automaticas.
    O policial que fornecia eles ainda está solto ?
    Olha o cara tem armas novas.
    A morangueirinha pede socorro, pois a criminalidade está voltando a assombrar os moradores.

  30. Marylin 8 de maio de 2013 15:05

    Isso já deveria ter acontecido há muito tempo, é absurdo essa molecada pensar que pode fazer tudo o que quer e não acontece nada. Se podem eleger um presidente ou prefeito, também podem pagar por seus crimes. Deveriam diminuir para 12 anos!

  31. zani 8 de maio de 2013 16:17

    Sempre tem os do contra, é verdade que só isso não vai resolver os problemas da violência, mas já é um ponto favoravel.
    Agora, querem acabar mesmo com os bandidos, até o de colarinho branco, só com um presidente tipo Ronald Reagan, o americano que sacudiu o pais.

  32. Anjo da Noite 9 de maio de 2013 09:58

    O que falta no Brasil e pena de morte.
    Nao adianta prender e lotar essas cadeias,sao como uma bomba pronta para explodir.
    Esse lei de preso ir no natal e ano novo e uma palhaçada…
    Esse monte de cara ae roubando pq nao arruma um emprego honesto e estuda para ter uma vida melhor.
    Quer dinheiro facil de quem acorda cedo p ir trabalhar.

  33. Junior 17 de maio de 2013 00:36

    Direitos humanos para seres humanos! Infratores contumazes, que arrebentam com a dignidade das pessoas de bem, devem ser eliminados, incinerados e banidos da face do planeta.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.